sábado, 30 de junho de 2012

Resenha: Náutico 0 x 2 Tricolor


Amigos, o jogo nos Aflitos foi engraçado. Poucas vezes na sua história, o Fluminense foi tão dominado por um adversário. O Náutico teve tantas oportunidades de gol que poderia até ter goleado o Tricolor. E no entanto o placar final dizia "Fluminense 2 a 0". Um jornalista desatento poderia escrever a manchete "Fácil vitória tricolor". E estaria cometendo a maior mentira do ano.


Do time do Fluminense, poucos atletas tiveram boa atuação. O jovem Samuel guardou nas redes as duas grandes chances que teve. O artista Deco foi o cérebro por trás dos dois lances decisivos. O colombiano Valencia entrou e a defesa finalmente tornou-se segura. E o melhor em campo, obviamente, foi o goleiro Diego Cavalieri.



O arqueiro tricolor foi uma muralha intransponível. Houve umas duzentas finalizações à meta do Fluminense, mas a cidadela continuou intacta. Chutes, cabeçadas, caneladas, pontapés, paus, pedras: nada, absolutamente nada passava por Diego Cavalieri. Foi ele, pois, o principal responsável pelo triunfo tricolor.



Agora o Fluminense tem 4 vitórias e 3 empates, sendo o único invicto do Campeonato Brasileiro. Na sequência, porém, há duas batalhas dificílimas, primeiro o Flamengo, depois o Botafogo. Para passar pelos rivais, será necessário melhorar o jogo. Nossos últimos triunfos foram frutos dos geniais lampejos de Deco e das monumentais intervenções de Diego Cavalieri. Desconfio que precisaremos de mais do que isso nas próximas semanas.



PC

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Pré-jogo - Náutico x Fluminense

Estádio dos Aflitos (foto: Nauticonet)


Amigos, no sábado o Fluminense volta a campo pelo Campeonato Brasileiro, para enfrentar o Náutico, no Recife. O Tricolor vem de duas vitórias (4 a 1 na Portuguesa e 4 a 1 no Atlético Goianiense), e ocupa a quinta colocação na tabela, com 12 pontos. O adversário vem de derrota (5 a 1 para o Atlético Mineiro), e está em décimo-terceiro lugar, com 7 pontos.

O grande destaque do Náutico no Campeonato não estará em campo: o atacante Araújo está emprestado pelo próprio Fluminense, e uma cláusula do contrato impede sua escalação. O treinador Gallo provavelmente escolherá seu substituto dentre Kim e Romero.

No Fluminense, a principal dúvida é quanto ao retorno de Fred ao time, que deve ser escalado por Abel com Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Anderson e Carlinhos; Edinho, Jean, Wagner e Deco; Wellington Nem e Samuel (Fred).

Arbitragem
O árbitro do jogo no Estádio dos Aflitos será Evandro Rogério Roman, da Federação do Paraná. Ele será auxiliado por Alessandro Rocha de Matos e Pedro Santos de Araújo.

História
Ao longo da história, o Fluminense já encarou o Náutico em 30 partidas: foram 13 vitórias do Fluminense, 9 empates e 8 triunfos do Náutico. Ao todo, o Tricolor assinalou 48 gols, contra 33 dos pernambucanos. A lista com os jogos encontra-se aqui.

A última partida entre Fluminense e Náutico aconteceu no returno do Campeonato Brasileiro de 2009, no Maracanã, e terminou empatada em 1 a 1 (gols de Darío Conca para o Fluminense e Carlinhos Bala para o Náutico).

Pitaco do Samarone
Amigos, o papagaio mais racional que muitos seres humanos está confiante no onze tricolor: aposta em 2 a 1 para o nosso Fluminense. Segundo ele, será uma batalha apertada, pois sempre é difícil atuar nos Aflitos, contra a atuante torcida capibaribe. O louro tem razão: o Náutico ainda está invicto em sua casa neste Campeonato (venceu Grêmio e Botafogo, e empatou com o líder Cruzeiro).

PC

História - Atlético-MG x Grêmio

Em 2011, o Atlético venceu o Grêmio na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Até hoje, Grêmio e Atlético Mineiro já se enfrentaram 61 vezes, com 23 vitórias do Grêmio, 17 empates e 21 triunfos do Atlético Mineiro, 74 gols do Grêmio e 59 gols do Atlético Mineiro.

Há um tabu em andamento neste duelo: o Atlético Mineiro não perde para o Grêmio há 6 jogos, com 4 vitórias e 2 empates.

Confiram a lista com todos os jogos do confronto:
18/10/1959 - Atlético-MG 1 x 4 Grêmio - Independência (Belo Horizonte)
25/10/1959 - Grêmio 1 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
22/05/1960 - Atlético-MG 0 x 2 Grêmio - Independência (Belo Horizonte)
29/05/1960 - Atlético-MG 0 x 4 Grêmio - Independência (Belo Horizonte)
02/10/1963 - Atlético-MG 1 x 1 Grêmio - Independência (Belo Horizonte)
10/10/1963 - Grêmio 2 x 1 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
09/04/1967 - Atlético-MG 1 x 1 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
20/10/1968 - Grêmio 0 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
07/09/1969 - Atlético-MG 3 x 1 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
25/03/1970 - Grêmio 2 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
21/04/1970 - Atlético-MG 0 x 2 Grêmio - Rei Pelé (Brasília)
14/11/1970 - Atlético-MG 1 x 0 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
15/08/1971 - Grêmio 1 x 1 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
13/09/1972 - Grêmio 1 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
02/09/1973 - Atlético-MG 0 x 0 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
18/10/1975 - Grêmio 3 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
28/11/1976 - Atlético-MG 0 x 0 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
14/12/1977 - Atlético-MG 3 x 1 Grêmio - Olímpico (Porto Alegre)
28/01/1982 - Atlético-MG 1 x 1 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
07/02/1982 - Grêmio 2 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
28/04/1982 - Grêmio 0 x 2 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
16/05/1982 - Atlético-MG 2 x 1 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
18/03/1984 - Atlético-MG 0 x 1 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
25/03/1984 - Grêmio 1 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
23/10/1987 - Grêmio 0 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
18/09/1988 - Atlético-MG 1 x 0 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
11/11/1989 - Atlético-MG 0 x 0 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
02/09/1990 - Grêmio 0 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
24/02/1991 - Atlético-MG 1 x 0 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
03/10/1993 - Atlético-MG 0 x 0 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
14/11/1993 - Grêmio 2 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
16/11/1995 - Atlético-MG 2 x 1 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
08/09/1996 - Grêmio 5 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
12/10/1997 - Atlético-MG 2 x 1 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
02/08/1998 - Grêmio 2 x 3 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
10/11/1999 - Atlético-MG 2 x 0 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
22/01/2000 - Atlético-MG 0 x 0 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
13/02/2000 - Grêmio 3 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
22/10/2000 - Atlético-MG 2 x 2 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
25/11/2001 - Atlético-MG 2 x 0 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
05/12/2001 - Atlético-MG 3 x 0 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
03/02/2002 - Grêmio 1 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
17/11/2002 - Grêmio 1 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
21/06/2003 - Atlético-MG 3 x 2 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
18/10/2003 - Grêmio 2 x 2 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
08/08/2004 - Atlético-MG 3 x 0 Grêmio - Independência (Belo Horizonte)
12/12/2004 - Grêmio 0 x 1 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
07/07/2007 - Atlético-MG 0 x 1 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
03/10/2007 - Grêmio 2 x 2 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
09/08/2008 - Atlético-MG 0 x 4 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
07/12/2008 - Grêmio 2 x 0 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
16/05/2009 - Atlético-MG 2 x 1 Grêmio - Mineirão (Belo Horizonte)
23/08/2009 - Grêmio 4 x 1 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
03/06/2010 - Grêmio 2 x 1 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
26/09/2010 - Atlético-MG 1 x 2 Grêmio - Arena do Jacaré (Sete Lagoas)
03/08/2011 - Grêmio 2 x 2 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
05/11/2011 - Atlético-MG 2 x 0 Grêmio - Arena do Jacaré (Sete Lagoas)
01/07/2012 - Grêmio 0 x 1 Atlético-MG - Olímpico (Porto Alegre)
23/09/2012 - Atlético-MG 0 x 0 Grêmio - Independência (Belo Horizonte)
09/06/2013 - Atlético-MG 2 x 0 Grêmio - Arena do Jacaré (Sete Lagoas)
15/09/2013 - Grêmio 0 x 1 Atlético-MG - Arena do Grêmio (Porto Alegre)

PC

História - Ponte Preta x Vasco

Vasco e Ponte Preta se enfrentaram em 2009,
pela Série B do Campeonato Brasileiro.


Vasco e Ponte Preta já se enfrentaram em 34 jogos, com 10 vitórias do Vasco, 16 empates e 8 vitórias da Ponte Preta, 51 gols do Vasco e 45 gols da Ponte Preta.

Confiram a lista com todos os jogos entre Ponte Preta e Vasco ao longo da história:
11/06/1950 - Ponte Preta 2 x 2 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
27/04/1954 - Vasco 2 x 3 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
14/12/1969 - Vasco 1 x 2 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
23/09/1970 - Ponte Preta 1 x 0 Vasco - Parque Antártica (São Paulo)
08/04/1976 - Ponte Preta 1 x 1 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
11/12/1977 - Ponte Preta 0 x 0 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
09/04/1978 - Vasco 3 x 1 Ponte Preta - Maracanã (Rio de Janeiro)
07/02/1981 - Ponte Preta 1 x 1 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
15/04/1981 - Vasco 0 x 0 Ponte Preta - Maracanã (Rio de Janeiro)
18/04/1981 - Ponte Preta 0 x 0 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
07/10/1998 - Ponte Preta 2 x 1 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
11/09/1999 - Vasco 3 x 1 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
27/11/1999 - Ponte Preta 3 x 2 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
01/12/1999 - Vasco 2 x 1 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
27/04/2000 - Vasco 1 x 1 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
03/05/2000 - Ponte Preta 0 x 1 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
20/08/2000 - Vasco 2 x 1 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
30/09/2001 - Ponte Preta 2 x 2 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
20/01/2002 - Vasco 3 x 3 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
13/11/2002 - Vasco 2 x 0 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
24/05/2003 - Vasco 1 x 0 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
28/09/2003 - Ponte Preta 2 x 2 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
17/07/2004 - Ponte Preta 3 x 2 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
31/10/2004 - Vasco 2 x 2 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
29/05/2005 - Ponte Preta 4 x 2 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
22/09/2005 - Vasco 0 x 0 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
23/04/2006 - Ponte Preta 1 x 2 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
31/08/2006 - Vasco 2 x 2 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
11/07/2009 - Vasco 3 x 0 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
10/10/2009 - Ponte Preta 1 x 1 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
30/06/2012 - Vasco 3 x 2 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
23/09/2012 - Ponte Preta 0 x 0 Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)
08/08/2013 - Vasco 1 x 1 Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
27/10/2013 - Ponte Preta x Vasco - Moisés Lucarelli (Campinas)

PC

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Evandro Rogério Roman apitará Náutico x Fluminense



Apitará Náutico x Fluminense, sábado, nos Aflitos, o árbitro Evandro Rogério Roman, da Federação do Paraná. Ele será auxiliado por Alessandro Rocha de Matos e Pedro Santos de Araújo.

Até hoje, Evandro Rogério Roman já apitou 25 jogos do Fluminense, e o retrospecto é preocupante: 6 vitórias tricolores, 6 empates e 13 derrotas. Das 6 vitórias, 3 foram contra clubes pequenos (Gama/DF, Esportivo/RS e Uberaba/MG). Confiram a lista com todas as partidas:
17/08/1997 - Internacional 4 x 1 Fluminense - Beira Rio (Porto Alegre/RS)
19/08/2001 - Fluminense 4 x 3 Gama - Maracanã (Rio de Janeiro)
27/03/2002 - Juventude 1 x 1 Fluminense - Alfredo Jaconi (Caxias do Sul/RS)
13/07/2003 - Fluminense 1 x 3 São Paulo - Maracanã (Rio de Janeiro)
28/04/2004 - São Paulo 1 x 0 Fluminense - Morumbi (São Paulo/SP)
09/03/2005 - Esportivo RS 1 x 2 Fluminense - Montanha dos Vinhedos (Bento Gonçalves/RS)
18/05/2005 - Treze 1 x 0 Fluminense - Amigão (Campina Grande/PB)
12/06/2005 - Santos 1 x 1 Fluminense - Vila Belmiro (Santos/SP)
27/07/2005 - Fluminense 1 x 1 Goiás - Raulino de Oliveira (Volta Redonda/RJ)
31/05/2006 - São Paulo 1 x 0 Fluminense - Morumbi (São Paulo/SP)
04/10/2006 - Flamengo 4 x 1 Fluminense - Maracanã (Rio de Janeiro)
26/10/2006 - Fluminense 1 x 2 Grêmio - Raulino de Oliveira (Volta Redonda/RJ)
26/05/2007 - Fluminense 3 x 0 Internacional - Maracanã (Rio de Janeiro)
30/06/2007 - Fluminense 1 x 2 Botafogo - Engenhão (Rio de Janeiro)
16/08/2007 - Fluminense 0 x 1 Flamengo - Maracanã (Rio de Janeiro)
29/08/2007 - Internacional 1 x 4 Fluminense - Beira Rio (Porto Alegre/RS)
03/10/2007 - Fluminense 1 x 1 Corinthians - Maracanã (Rio de Janeiro)
08/06/2008 - Grêmio 2 x 1 Fluminense - Olímpico (Porto Alegre/RS)
10/08/2008 - Ipatinga 2 x 1 Fluminense - Ipatingão (Ipatinga/MG)

PC

terça-feira, 26 de junho de 2012

História - Coritiba x Palmeiras



Houve até hoje 51 jogos entre Coritiba e Palmeiras, com 20 vitórias do Palmeiras, 16 empates e 15 vitórias do Coritiba, 77 gols do Palmeiras e 63 gols do Coritiba. Os dois alviverdes decidiram a Copa do Brasil de 2012, com o Palmeiras sagrando-se campeão.

Confiram a lista com todos os jogos entre Coritiba e Palmeiras:
16/01/1938 - Coritiba 3 x 3 Palestra Itália/SP - Belfort Duarte (Curitiba)
28/04/1940 - Palestra Itália/SP 6 x 2 Coritiba - Pacaembu (São Paulo)
20/11/1946 - Coritiba 3 x 1 Palmeiras - Belfort Duarte (Curitiba)
23/11/1946 - Coritiba 2 x 4 Palmeiras - Belfort Duarte (Curitiba)
27/01/1957 - Coritiba 1 x 1 Palmeiras - Belfort Duarte (Curitiba)
02/02/1957 - Palmeiras 7 x 4 Coritiba - Pacaembu (São Paulo)
11/06/1958 - Palmeiras 2 x 2 Coritiba - Pacaembu (São Paulo)
09/08/1959 - Coritiba 3 x 1 Palmeiras - Belfort Duarte (Curitiba)
27/04/1960 - Palmeiras 0 x 1 Coritiba - Pacaembu (São Paulo)
12/07/1961 - Palmeiras 2 x 0 Coritiba - Pacaembu (São Paulo)
23/07/1961 - Coritiba 3 x 1 Palmeiras - Belfort Duarte (Curitiba)
09/08/1961 - Palmeiras 4 x 1 Coritiba - Pacaembu (São Paulo)
29/03/1966 - Coritiba 1 x 1 Palmeiras - Belfort Duarte (Curitiba)
09/11/1969 - Coritiba 1 x 3 Palmeiras - Belfort Duarte (Curitiba)
11/09/1971 - Coritiba 0 x 1 Palmeiras - Belfort Duarte (Curitiba)
20/11/1971 - Palmeiras 1 x 1 Coritiba - Pacaembu (São Paulo)
05/12/1971 - Coritiba 0 x 0 Palmeiras - Belfort Duarte (Curitiba)
10/09/1972 - Coritiba 1 x 0 Palmeiras - Belfort Duarte (Curitiba)
16/12/1972 - Palmeiras 3 x 0 Coritiba - Palestra Itália (São Paulo)
16/12/1973 - Coritiba 0 x 1 Palmeiras - Belfort Duarte (Curitiba)
13/01/1974 - Palmeiras 0 x 0 Coritiba - Palestra Itália (São Paulo)
27/11/1976 - Palmeiras 0 x 0 Coritiba - Palestra Itália (São Paulo)
12/07/1978 - Coritiba 0 x 0 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
11/10/1987 - Palmeiras 1 x 0 Coritiba - Pacaembu (São Paulo)
06/11/1988 - Palmeiras 0 x 1 Coritiba - Pacaembu (São Paulo)
04/10/1989 - Coritiba 1 x 3 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
17/08/1996 - Palmeiras 5 x 0 Coritiba - Palestra Itália (São Paulo)
25/03/1997 - Coritiba 0 x 1 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
03/04/1997 - Palmeiras 4 x 2 Coritiba - Palestra Itália (São Paulo)
07/10/1997 - Coritiba 1 x 1 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
21/10/1998 - Palmeiras 1 x 2 Coritiba - Palestra Itália (São Paulo)
27/10/1999 - Coritiba 2 x 1 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
04/10/2000 - Palmeiras 2 x 1 Coritiba - Palestra Itália (São Paulo)
30/09/2001 - Coritiba 4 x 1 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
04/09/2002 - Palmeiras 2 x 2 Coritiba - Palestra Itália (São Paulo)
29/05/2004 - Palmeiras 2 x 0 Coritiba - Palestra Itália (São Paulo)
19/09/2004 - Coritiba 0 x 0 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
08/05/2005 - Coritiba 1 x 0 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
08/09/2005 - Palmeiras 1 x 1 Coritiba - Palestra Itália (São Paulo)
11/05/2008 - Coritiba 2 x 0 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
17/08/2008 - Palmeiras 1 x 0 Coritiba - Palestra Itália (São Paulo)
09/05/2009 - Palmeiras 2 x 1 Coritiba - Palestra Itália (São Paulo)
19/08/2009 - Coritiba 1 x 0 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
05/05/2011 - Coritiba 6 x 0 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
11/05/2011 - Palmeiras 2 x 0 Coritiba - Pacaembu (São Paulo)
03/08/2011 - Coritiba 1 x 1 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
06/11/2011 - Palmeiras 0 x 2 Coritiba - Arena Barueri (Barueri)
05/07/2012 - Palmeiras 2 x 0 Coritiba - Arena Barueri (Barueri)
11/07/2012 - Coritiba 1 x 1 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
19/07/2012 - Coritiba 1 x 1 Palmeiras - Couto Pereira (Curitiba)
11/10/2012 - Palmeiras 0 x 1 Coritiba - Fonte Luminosa (Araraquara)
Obs.: o Estádio Couto Pereira chamou-se Belfort Duarte até 1977.

PC

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Denúncia contra a CBF


Segue abaixo relevante denúncia feita pelo amigo Bruno Vargas Costa ao Ministério Público, contra a CBF, por conta da recente mudança ilegal na tabela do Campeonato Brasileiro de 2012.


"Gostaria de realizar uma DENÚNCIA contra a CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

A entidade modificou a data de uma partida e o horário de outra ILEGALMENTE ferindo o Regulamento Geral das Competições e prejudicando os torcedores destas 4 agremiações.

Segundo o artigo 13 deste regulamento, as tabelas das competições somente poderão ser modificadas se as solicitações dos interessados forem encaminhadas num prazo de 10 dias de antecedência em relação a data da programação original da partida.

Neste link podemos compreender melhor, na página 7, o artigo por mim mencionado.

No entanto, no dia 22 de Junho a entidade de forma arbitrária transferiu a partida Corinthians X Botafogo anteriormente marcada para o dia 30/06 para o dia 11/07. Além disso para ajustar a grade de TV da emissora aberta que transmite os jogos do Campeonato Brasileiro alterou o horário da partida entre Náutico X Fluminense das 18h30 para as 16h20.

Podemos conferir neste link a IMT publicada pela entidade no seu site.

Solicito portanto ao Ministério Público em caráter de emergência que a CBF seja interpelada imediatamente para que estas alterações sejam suspensas e que seja cumprido o regulamento da competição.

Atenciosamente,
Bruno Vargas Costa."


História - Corinthians x Times Argentinos

Foto: Paulo Sérgio (Corinthians) e Walter Pico (Boca Juniors).
Confronto na Copa Libertadores de 1991.

Até hoje, o Corinthians já enfrentou equipes argentinas em 68 jogos, com 26 vitórias do Corinthians, 16 empates e 26 triunfos argentinos, 104 gols do Corinthians e 102 gols argentinos. Pela Copa Libertadores, o Corinthians foi eliminado pelo Boca Juniors em 1991, eliminou o Rosário Central em 2000, foi eliminado pelo River Plate em 2003 e 2006, venceu o Boca Juniors na final de 2012, e foi eliminado pelo Boca Juniors em 2013.

Confiram a lista com todos os jogos do Corinthians contra times argentinos ao longo da história (em negrito, as partidas de Copa Libertadores):
01/05/1929 - Corinthians 3 x 1 Barracas - Parque São Jorge (São Paulo)
02/02/1930 - Corinthians 7 x 2 Tucumán - Parque São Jorge (São Paulo)
13/07/1930 - Corinthians 4 x 2 Huracán - Parque São Jorge (São Paulo)
16/04/1931 - Corinthians 0 x 0 Gimnasia y Esgrima - Parque São Jorge (São Paulo)
10/02/1935 - Corinthians 2 x 0 Boca Juniors - Parque São Jorge (São Paulo)
17/02/1935 - Corinthians 1 x 3 River Plate - Parque São Jorge (São Paulo)
26/01/1936 - Corinthians 1 x 0 Estudiantes - Parque São Jorge (São Paulo)
15/02/1936 - Corinthians 1 x 1 Huracán - Rua da Moóca (São Paulo)
13/01/1938 - Corinthians 3 x 4 Huracán - Parque São Jorge (São Paulo)
07/02/1941 - Corinthians 1 x 1 Gimnasia y Esgrima - Pacaembu (São Paulo)
22/12/1946 - Corinthians 1 x 2 River Plate - Pacaembu (São Paulo)
08/01/1947 - Corinthians 2 x 6 Boca Juniors - Pacaembu (São Paulo)
15/01/1948 - Corinthians 2 x 1 River Plate - Pacaembu (São Paulo)
25/01/1948 - Corinthians 1 x 1 Boca Juniors - Pacaembu (São Paulo)
12/02/1953 - Corinthians 1 x 0 Racing - Pacaembu (São Paulo)
18/03/1956 - Corinthians 2 x 1 Newell's Old Boys - Pacaembu (São Paulo)
27/03/1956 - Corinthians 4 x 1 Boca Juniors - Pacaembu (São Paulo)
12/01/1957 - Corinthians 1 x 2 Rosário Central - Pacaembu (São Paulo)
21/01/1961 - Boca Juniors 3 x 4 Corinthians - La Bombonera (Buenos Aires)
24/01/1961 - River Plate 2 x 1 Corinthians - Monumental de Núñez (Buenos Aires)
07/06/1961 - Corinthians 2 x 2 Racing - Pacaembu (São Paulo)
11/06/1961 - Boca Juniors 5 x 0 Corinthians - La Bombonera (Buenos Aires)
03/10/1962 - Corinthians 3 x 1 River Plate - Pacaembu (São Paulo)
15/01/1969 - San Lorenzo 1 x 1 Corinthians - Estadio Nacional (Santiago, Chile)
27/07/1969 - Corinthians 2 x 1 River Plate - Auto Stade (Montreal, Canadá)
02/08/1969 - Corinthians 1 x 1 River Plate - Downing Stadium (New York City, EUA)
22/01/1970 - San Lorenzo 0 x 0 Corinthians - Centenário (Montevideo, Uruguai)
03/02/1970 - River Plate 3 x 1 Corinthians - Centenário (Montevideo, Uruguai)
29/07/1971 - Corinthians 3 x 1 San Lorenzo - Palestra Itália (São Paulo)
27/06/1974 - Corinthians 0 x 0 San Lorenzo - Parque São Jorge (São Paulo)
01/02/1975 - Corinthians 1 x 0 San Lorenzo - Morumbi (São Paulo)
21/11/1980 - Corinthians 1 x 0 Argentinos Juniors - Vivaldão (Manaus)
18/11/1981 - Corinthians 2 x 1 Independiente - Estadio de Pachuca (Pachuca, México)
21/01/1982 - Corinthians 1 x 0 Estudiantes - Pacaembu (São Paulo)
18/02/1986 - Independiente 0 x 1 Corinthians - Mundialista (Mar del Plata)
17/04/1991 - Boca Juniors 3 x 1 Corinthians - La Bombonera (Buenos Aires)
25/04/1991 - Corinthians 1 x 1 Boca Juniors - Morumbi (São Paulo)
18/08/1998 - Corinthians 1 x 2 Racing - Morumbi (São Paulo)
29/09/1998 - Racing 1 x 0 Corinthians - El Cilindro (Avellaneda)
28/07/1999 - Corinthians 1 x 2 Independiente - Pacaembu (São Paulo)
10/08/1999 - Vélez Sarsfield 0 x 3 Corinthians - José Amalfitani (Buenos Aires)
14/08/1999 - Boca Juniors 2 x 0 Corinthians - Riazor (La Coruña, Espanha)
28/09/1999 - Independiente 2 x 0 Corinthians - La Doble Visera (Avellaneda)
05/10/1999 - Corinthians 2 x 0 Vélez Sarsfield - Pacaembu (São Paulo)
21/10/1999 - San Lorenzo 2 x 1 Corinthians - Nuevo Gasómetro (Buenos Aires)
27/10/1999 - Corinthians 1 x 2 San Lorenzo - Pacaembu (São Paulo)
03/05/2000 - Rosário Central 3 x 2 Corinthians - Gigante de Arroyito (Rosário)
09/05/2000 - Corinthians 3 x 2 Rosário Central [PK 4x3] - Pacaembu (São Paulo)
09/08/2000 - Boca Juniors 3 x 0 Corinthians - La Bombonera (Buenos Aires)
19/09/2000 - Corinthians 2 x 2 Boca Juniors - Pacaembu (São Paulo)
29/07/2001 - Corinthians 2 x 1 Independiente - Pacaembu (São Paulo)
25/09/2001 - Independiente 1 x 0 Corinthians - La Doble Visera (Avellaneda)
21/11/2001 - Corinthians 2 x 1 San Lorenzo - Pacaembu (São Paulo)
28/11/2001 - San Lorenzo 4 x 1 Corinthians - Nuevo Gasómetro (Buenos Aires)
01/05/2003 - River Plate 2 x 1 Corinthians - Monumental de Núñez (Buenos Aires)
14/05/2003 - Corinthians 1 x 2 River Plate - Morumbi (São Paulo)
14/09/2005 - Corinthians 0 x 0 River Plate - Morumbi (São Paulo)
28/09/2005 - River Plate 1 x 1 Corinthians - Monumental de Núñez (Buenos Aires)
26/04/2006 - River Plate 3 x 2 Corinthians - Monumental de Núñez (Buenos Aires)
04/05/2006 - Corinthians 1 x 3 River Plate - Pacaembu (São Paulo)
27/09/2006 - Corinthians 0 x 0 Lanús - Morumbi (São Paulo)
11/10/2006 - Lanús 4 x 2 Corinthians - Nestor Díaz Pérez (Lanús)
17/01/2009 - Corinthians 5 x 1 Estudiantes - Pacaembu (São Paulo)
13/01/2010 - Corinthians 3 x 0 Huracán - Pacaembu (São Paulo)
27/06/2012 - Boca Juniors 1 x 1 Corinthians - La Bombonera (Buenos Aires)
04/07/2012 - Corinthians 2 x 0 Boca Juniors - Pacaembu (São Paulo)
01/05/2013 - Boca Juniors 1 x 0 Corinthians - La Bombonera (Buenos Aires)
15/05/2013 - Corinthians 1 x 1 Boca Juniors - Pacaembu (São Paulo)

Almir Pernambuquinho foi atleta de Corinthians e Boca Jrs.
No jogo de 11/06/1961, fez 2 gols pelo Boca contra o Timão.

Post relacionado: História - Corinthians na Copa Libertadores.

PC

História - Alemanha x Itália

Foto: Franz Beckenbauer na semifinal da Copa do Mundo de 1970.

As seleções principais de futebol de Alemanha e Itália já se enfrentaram em 32 ocasiões, com 15 vitórias da Itália, 10 empates e 7 triunfos da Alemanha. Ao todo, a Itália assinalou 48 gols, contra 36 da Alemanha. Estes números consideram os jogos da Alemanha Ocidental no período entre 1950 e 1990.

Os três principais jogos do confronto foram em fases decisivas da Copa do Mundo. Na semifinal de 1970, no Estádio Azteca, a Itália venceu uma das mais dramáticas batalhas da história dos Mundiais: 1 a 1 no tempo normal e 3 a 2 na prorrogação, totalizando 4 a 3. Na final de 1982, no Santiago Bernabéu, a Itália sagrou-se campeã com uma vitória por 3 a 1, gols de Rossi, Tardelli e Altobelli, com Breitner descontando. Na semifinal de 2006, no Westfalenstadion, mais uma partida dramática: após duas horas sem gols, Grosso e Del Piero garantiram a vitória para a Itália no finalzinho da prorrogação.

Confiram a lista com todos os jogos do confronto:
01/01/1923 - Itália 3 x 1 Alemanha - ??? (Milano, Itália)
23/11/1924 - Alemanha 0 x 1 Itália - Wedaustadion (Duisburg, Alemanha)
28/04/1929 - Itália 1 x 2 Alemanha - ??? (Torino, Itália)
02/03/1930 - Alemanha 0 x 2 Itália - Stadtisches (Frankfurt-am-Main, Alemanha)
01/01/1933 - Itália 3 x 1 Alemanha - Littoriale (Bologna, Itália)
15/11/1936 - Alemanha 2 x 2 Itália - Olympiastadion (Berlin, Alemanha)
26/03/1939 - Itália 3 x 2 Alemanha - Giovanni Berta (Firenze, Itália)
26/11/1939 - Alemanha 5 x 2 Itália - Olympiastadion (Berlin, Alemanha)
05/05/1940 - Itália 3 x 2 Alemanha - San Siro (Milano, Itália)
30/03/1955 - Alemanha Oc. 1 x 2 Itália - Neckarstadion (Stuttgart, Alemanha Oc.)
18/12/1955 - Itália 2 x 1 Alemanha Oc. - Stadio Olimpico (Roma, Itália)
31/05/1962 - Alemanha Oc. 0 x 0 Itália - Estádio Nacional (Santiago, Chile)
13/03/1965 - Alemanha Oc. 1 x 1 Itália - Volksparkstadion (Hamburg, Alemanha Oc.)
17/06/1970 - Itália 4 x 3 Alemanha Oc. - Azteca (Cidade do México)
26/02/1974 - Itália 0 x 0 Alemanha Oc. - Stadio Olimpico (Roma, Itália)
08/10/1977 - Alemanha Oc. 2 x 1 Itália - Olympiastadion (Berlin, Alemanha Oc.)
14/06/1978 - Alemanha Oc. 0 x 0 Itália - Monumental de Núñez (Buenos Aires, Argentina)
11/07/1982 - Itália 3 x 1 Alemanha Oc. - Santiago Bernabéu (Madrid, Espanha)
22/05/1984 - Itália 0 x 1 Alemanha Oc. - Letzigrund (Zurich, Suíça)
05/02/1986 - Itália 1 x 2 Alemanha Oc. - Partenio (Avellino, Itália)
18/04/1987 - Alemanha Oc. 0 x 0 Itália - Müngersdorfer Stadion (Köln, Alemanha Oc.)
10/06/1988 - Alemanha Oc. 1 x 1 Itália - Rheinstadion (Düsseldorf, Alemanha Oc.)
25/03/1992 - Itália 1 x 0 Alemanha - Stadio delle Alpi (Torino, Itália)
23/03/1994 - Alemanha 2 x 1 Itália - Gottlieb-Daimler Stadion (Stuttgart, Alemanha)
21/06/1995 - Alemanha 2 x 0 Itália - Letzigrund (Zurich, Suíça)
19/06/1996 - Itália 0 x 0 Alemanha - Old Trafford (Manchester, Inglaterra)
20/08/2003 - Alemanha 0 x 1 Itália - Gottlieb-Daimler Stadion (Stuttgart, Alemanha)
01/03/2006 - Itália 4 x 1 Alemanha - Artemio Franchi (Firenze, Itália)
04/07/2006 - Alemanha 0 x 2 Itália - Westfalenstadion (Dortmund, Alemanha)
09/02/2011 - Alemanha 1 x 1 Itália - Westfalenstadion (Dortmund, Alemanha)
28/06/2012 - Alemanha 1 x 2 Itália - Estádio Nacional (Varsóvia, Polônia)
15/11/2013 - Itália 1 x 1 Alemanha - San Siro (Milano, Itália)
29/03/2016 - Alemanha x Itália - Allianz Arena (München, Alemanha)

As seleções olímpicas de Alemanha Ocidental e Itália disputaram a decisão da medalha de bronze nos Jogos de Seul, em 1988:
30/09/1988 - Alemanha Oc. 3 x 0 Itália - Olympic Stadium (Seul, Coreia do Sul)

PCFilho

domingo, 24 de junho de 2012

Resenha: Atlético Goianiense 1 x 4 Tricolor


Amigos, o artista Deco foi mais uma vez decisivo. Durante todo o jogo em Goiânia, seus passes e lançamentos riscavam o gramado do Serra Dourada, encantando os espectadores, desesperando os adversários. Deco executa os movimentos com tanta leveza, que faz parecer que é fácil jogar bola, que é fácil ser craque.

No início, o Fluminense estava recuado, chamando o Atlético Goianiense para seu campo. A postura excessivamente defensiva do Tricolor foi castigada com um golaço de Ernandes, um disparo de fora da área, indefensável até mesmo para o gigante Diego Cavalieri. Um a zero para o rubro-negro goiano.

Foi só após o susto que o Fluminense acordou. E então a maior qualidade técnica do onze tricolor não demorou a aparecer. Bruno cruzou da direita, Wellington Nem cabeceou, e Samuel conferiu o rebote. Foi o primeiro gol da carreira profissional do jovem centroavante, que tinha a difícil missão de substituir os consagrados Fred e Rafael Moura.

Pouco depois, Deco começou a transformar seu talento em gols do Fluminense. A cobrança da falta, quase um escanteio, foi precisa, no segundo pau. O goleiro Márcio não alcançou, e Gum cabeceou para o gol. Era a doce e santa virada tricolor.

No início da etapa complementar, Deco, de novo ele, cobrou escanteio com veneno, Anderson desviou de leve, e o zagueiro goiano Gilson fez gol contra. Fluminense três a um.

Já no finalzinho, Lanzini enfileirou três defensores goianos e passou a Deco, que de primeira acionou Marcos Júnior, que foi derrubado por Gilson. O artista encerrou mais uma bela atuação com chave de ouro, cobrando o pênalti com a precisão habitual. Placar final, Fluminense 4, Atlético Goianiense 1.

Os dois triunfos seguidos fazem o pó-de-arroz voltar a acreditar em uma boa campanha no Brasileirão. Após seis rodadas, temos três vitórias e três empates, desempenho que, se mantido até dezembro, provavelmente nos levará ao sonhado quarto título. Levando em conta que temos peças importantes ainda fora do time, como Fred e Thiago Neves, podemos mesmo sonhar alto.

No fim de semana que vem, o Fluminense tem o jogo contra o Náutico nos Aflitos, e no seguinte o Fla-Flu centenário no Engenhão. Com duas vitórias nesses difíceis compromissos, nem mesmo o pó-de-arroz mais cético conseguirá disfarçar o otimismo.

Meu papagaio Samarone é um louro diferente, vocês sabem. Ele não fala quando lhe pedem, e sim quando bem entende, mas então o faz com uma sabedoria e um uso da razão incomuns nos seres humanos. Logo após o triunfo em Goiânia, quando lhe mostrei a tabela de classificação atualizada, ele começou a cantarolar a bela marcha de Lamartine Babo. Foi o prelúdio perfeito para as semanas que virão.

PC

História - Botafogo x Ponte Preta


Botafogo e Ponte Preta já se enfrentaram em 20 partidas, com 10 vitórias do Botafogo, 4 empates e 6 triunfos da Ponte Preta. Ao todo, o Botafogo assinalou 28 gols, contra 18 da Ponte Preta.

Confiram a lista com todos os jogos entre Botafogo e Ponte Preta:
18/11/1970 - Botafogo 4 x 0 Ponte Preta - Maracanã (Rio de Janeiro)
16/04/1978 - Ponte Preta 0 x 1 Botafogo - Moisés Lucarelli (Campinas)
06/11/1986 - Ponte Preta 1 x 0 Botafogo - Moisés Lucarelli (Campinas)
26/11/1986 - Botafogo 0 x 0 Ponte Preta - Maracanã (Rio de Janeiro)
21/10/1998 - Botafogo 1 x 0 Ponte Preta - Maracanã (Rio de Janeiro)
07/08/1999 - Ponte Preta 1 x 1 Botafogo - Moisés Lucarelli (Campinas)
16/09/2000 - Botafogo 3 x 1 Ponte Preta - Maracanã (Rio de Janeiro)
12/08/2001 - Ponte Preta 3 x 1 Botafogo - Moisés Lucarelli (Campinas)
17/02/2002 - Ponte Preta 2 x 0 Botafogo - Moisés Lucarelli (Campinas)
02/10/2002 - Botafogo 2 x 1 Ponte Preta - Caio Martins (Niterói)
20/06/2004 - Botafogo 0 x 1 Ponte Preta - Caio Martins (Niterói)
29/09/2004 - Ponte Preta 1 x 1 Botafogo - Moisés Lucarelli (Campinas)
20/07/2005 - Botafogo 4 x 2 Ponte Preta - Luso-Brasileiro (Rio de Janeiro)
27/10/2005 - Ponte Preta 0 x 1 Botafogo - Moisés Lucarelli (Campinas)
15/07/2006 - Botafogo 4 x 1 Ponte Preta - Raulino de Oliveira (Volta Redonda)
28/10/2006 - Ponte Preta 1 x 2 Botafogo - Moisés Lucarelli (Campinas)
24/06/2012 - Botafogo 1 x 2 Ponte Preta - Engenhão (Rio de Janeiro)
16/09/2012 - Ponte Preta 0 x 0 Botafogo - Moisés Lucarelli (Campinas)
08/06/2013 - Ponte Preta 0 x 2 Botafogo - Moisés Lucarelli (Campinas)
28/09/2013 - Botafogo 0 x 1 Ponte Preta - Maracanã (Rio de Janeiro)

PC

História - Inglaterra x Itália



As seleções de futebol de Itália e Inglaterra já se enfrentaram em 23 jogos, com 9 vitórias italianas, 7 empates e 7 triunfos ingleses, 26 gols da Itália e 28 gols da Inglaterra. Em 1980, a Itália venceu partida válida pela Euro; em 1990, a Itália venceu a decisão do terceiro lugar da Copa do Mundo; estas duas partidas aconteceram em território italiano. Na Euro 2012, o confronto foi no belíssimo Estádio Olímpico de Kiev, na Ucrânia, e a Itália venceu na disputa de pênaltis.

Confiram a lista com todos os jogos entre a Azzurra e o English Team:
13/05/1933 - Itália 1 x 1 Inglaterra - Stadio Nazionale del PNF (Roma, Itália)
14/11/1934 - Inglaterra 3 x 2 Itália - Highbury (London, Inglaterra)
13/05/1939 - Itália 2 x 2 Inglaterra - San Siro (Milano, Itália)
16/05/1948 - Itália 0 x 4 Inglaterra - Stadio Comunale (Torino, Itália)
30/11/1949 - Inglaterra 2 x 0 Itália - White Hart Lane (London, Inglaterra)
18/05/1952 - Itália 1 x 1 Inglaterra - Stadio Comunale (Firenze, Itália)
06/05/1959 - Inglaterra 2 x 2 Itália - Wembley Stadium (London, Inglaterra)
24/05/1961 - Itália 2 x 3 Inglaterra - Stadio Olimpico (Roma, Itália)
14/06/1973 - Itália 2 x 0 Inglaterra - Stadio Comunale (Torino, Itália)
14/11/1973 - Inglaterra 0 x 1 Itália - Wembley Stadium (London, Inglaterra)
28/05/1976 - Inglaterra 3 x 2 Itália - Yankee Stadium (New York City, EUA)
17/11/1976 - Itália 2 x 0 Inglaterra - Stadio Olimpico (Roma, Itália)
16/11/1977 - Inglaterra 2 x 0 Itália - Wembley Stadium (London, Inglaterra)
15/06/1980 - Itália 1 x 0 Inglaterra - Stadio Comunale (Torino, Itália)
06/06/1985 - Itália 2 x 1 Inglaterra - Estadio Azteca (Ciudad de México)
15/11/1989 - Inglaterra 0 x 0 Itália - Wembley Stadium (London, Inglaterra)
07/07/1990 - Itália 2 x 1 Inglaterra - Stadio San Nicola (Bari, Itália)
12/02/1997 - Inglaterra 0 x 1 Itália - Wembley Stadium (London, Inglaterra)
04/06/1997 - Inglaterra 2 x 0 Itália - Stade de la Beaujoire (Nantes, França)
11/10/1997 - Itália 0 x 0 Inglaterra - Stadio Olimpico (Roma, Itália)
15/11/2000 - Itália 1 x 0 Inglaterra - Stadio delle Alpi (Torino, Itália)
27/03/2002 - Inglaterra 1 x 2 Itália - Elland Road (Leeds, Inglaterra)
24/06/2012 - Inglaterra 0 x 0 Itália [PK 2x4] - Olimpiyskiy Stadium (Kiev, Ucrânia)
15/08/2012 - Inglaterra x Itália - Stade de Suisse [Wankdorf] (Berna, Suíça)

PC

sábado, 23 de junho de 2012

Paulo César de Oliveira apitará Atlético GO x Fluminense


Apitará Atlético Goianiense x Fluminense, neste domingo, no Serra Dourada, o árbitro paulista Paulo César de Oliveira. Os auxiliares serão Altemir Hausmann e Bruno Salgado Rizo.

A escalação de Oliveira é mais um cuspe da CBF no Fluminense. Conhecido por sua tendência de prejudicar clubes cariocas, e especificamente o Fluminense, Oliveira deveria ser proibido de estar dentro de um raio de 100 quilômetros de um estádio com jogo do Tricolor. Ao permitir o absurdo, a diretoria do Fluminense mais uma vez demonstra ser omissa na defesa dos interesses da instituição. (confira aqui alguns dos erros de Oliveira contra o Fluminense ao longo de sua carreira - mas antes prepare o estômago!)

A estatística de partidas apitadas por Oliveira confirma a perseguição do árbitro ao Fluminense: em 30 jogos, foram apenas 6 vitórias tricolores (houve também 14 empates e 10 derrotas). Eis a lista com todos os jogos:

03/09/1997 - Atlético Paranaense 0 x 0 Fluminense - Durival de Brito (Curitiba/PR)
19/02/1998 - Fluminense 0 x 2 Paraná - Maracanã (Rio de Janeiro)
06/09/1998 - Joinville 0 x 2 Fluminense - Ernesto Sobrinho (Joinville/SC)
06/10/1998 - ABC 1 x 1 Fluminense - Machadão (Natal/RN)
04/05/2000 - Maranhão 1 x 1 Fluminense - Castelão (São Luís/MA)
15/06/2000 - Fluminense 3 x 3 Atlético Mineiro - Maracanã (Rio de Janeiro)
23/08/2000 - Vitória 2 x 4 Fluminense - Barradão (Salvador/BA)
03/10/2001 - Grêmio 1 x 1 Fluminense - Olímpico (Porto Alegre/RS)
21/10/2001 - Cruzeiro 1 x 0 Fluminense - Mineirão (Belo Horizonte/MG)
30/01/2002 - Fluminense 1 x 1 Botafogo - Maracanã (Rio de Janeiro)
21/08/2002 - Atlético Mineiro 1 x 1 Fluminense - Independência (Belo Horizonte/MG)
24/04/2003 - Fluminense 0 x 1 Sport Recife - Maracanã (Rio de Janeiro)
11/05/2003 - Paysandu 2 x 2 Fluminense - Mangueirão (Belém/PA)
06/08/2003 - Fortaleza 3 x 1 Fluminense - Castelão (Fortaleza/CE)
09/09/2004 - Vitória 2 x 3 Fluminense - Barradão (Salvador/BA)
02/07/2005 - Fluminense 0 x 1 Paraná - Raulino de Oliveira (Volta Redonda/RJ)
24/10/2005 - Fluminense 1 x 1 Brasiliense - Raulino de Oliveira (Volta Redonda/RJ)
26/04/2006 - Cruzeiro 2 x 3 Fluminense - Mineirão (Belo Horizonte/MG)
17/05/2006 - Vasco 1 x 1 Fluminense - Maracanã (Rio de Janeiro)
28/05/2006 - Fluminense 1 x 0 Flamengo - Maracanã (Rio de Janeiro)
12/07/2006 - Fluminense 3 x 2 Juventude - Raulino de Oliveira (Volta Redonda/RJ)
23/05/2007 - Brasiliense 1 x 1 Fluminense - Boca do Jacaré (Brasília/DF)
03/07/2007 - Fluminense 0 x 0 Paraná - Raulino de Oliveira (Volta Redonda/RJ)



PC

História - Espanha x França


Até hoje, as seleções de futebol de Espanha e França se enfrentaram em 34 jogos, com 15 vitórias espanholas, 7 empates e 12 triunfos franceses, 61 gols da Espanha e 37 gols da França.

Confiram a lista com todos os jogos entre a Fúria e os Azuis:
30/04/1922 - França 0 x 4 Espanha - Bouscat (Bordeaux, França)
28/01/1923 - Espanha 3 x 0 França - Estadio de Atocha (San Sebastián, Espanha)
22/05/1927 - França 1 x 4 Espanha - Colombes (Paris, França)
14/04/1929 - Espanha 8 x 1 França - Campo de Torrero (Zaragoza, Espanha)
23/04/1933 - França 1 x 0 Espanha - Colombes (Paris, França)
24/01/1935 - Espanha 2 x 0 França - Chamartín (Madrid, Espanha)
15/03/1942 - Espanha 4 x 0 França - Nervión (Sevilla, Espanha)
19/06/1949 - França 1 x 5 Espanha - Colombes (Paris, França)
17/03/1955 - Espanha 1 x 2 França - Santiago Bernabéu (Madrid, Espanha)
13/03/1958 - França 2 x 2 Espanha - Parc des Princes (Paris, França)
17/12/1959 - França 4 x 3 Espanha - Parc des Princes (Paris, França)
02/04/1961 - Espanha 2 x 0 França - Santiago Bernabéu (Madrid, Espanha)
10/12/1961 - França 1 x 1 Espanha - Colombes (Paris, França)
09/01/1963 - Espanha 0 x 0 França - Camp Nou (Barcelona, Espanha)
17/10/1968 - França 1 x 3 Espanha - Stade Gerland (Lyon, França)
17/03/1971 - Espanha 2 x 2 França - Luis Casanova (Valencia, Espanha)
08/11/1978 - França 1 x 0 Espanha - Parc des Princes (Paris, França)
18/02/1981 - Espanha 1 x 0 França - Vicente Calderón (Madrid, Espanha)
05/10/1983 - França 1 x 1 Espanha - Parc des Princes (Paris, França)
27/06/1984 - França 2 x 0 Espanha - Parc des Princes (Paris, França)
23/03/1988 - França 2 x 1 Espanha - Parc Lescure (Bordeaux, França)
20/02/1991 - França 3 x 1 Espanha - Parc des Princes (Paris, França)
12/10/1991 - Espanha 1 x 2 França - Benito Villamarín (Sevilla, Espanha)
15/06/1996 - França 1 x 1 Espanha - Elland Road (Leeds, Inglaterra)
28/01/1998 - França 1 x 0 Espanha - Stade de France (Saint-Denis, França)
25/06/2000 - Espanha 1 x 2 França - Jan Breydel (Bruxelas, Bélgica)
28/03/2001 - Espanha 2 x 1 França - Mestalla (Valencia, Espanha)
27/06/2006 - Espanha 1 x 3 França - AWD-Arena (Hannover, Alemanha)
06/02/2008 - Espanha 1 x 0 França - La Rosaleda (Málaga, Espanha)
03/03/2010 - França 0 x 2 Espanha - Stade de France (Saint-Denis, França)
23/06/2012 - Espanha 2 x 0 França - Donbass Arena (Donetsk, Ucrânia)
16/10/2012 - Espanha 1 x 1 França - Vicente Calderón (Madrid, Espanha)
26/03/2013 - França 0 x 1 Espanha - Stade de France (Saint-Denis, França)
04/09/2014 - França 1 x 0 Espanha - Stade de France (Saint-Denis, França)

PC

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Corinthians 1 x 1 Santos

O Santos de Neymar queria repetir o Santos de Pelé, desejava o bi da Copa Libertadores. Na década de 60, o caminho era menor, o campeão anterior já entrava na semifinal. Em 1963, o Santos de Pelé passou pelo Botafogo e já estava na finalíssima contra o Boca Juniors. Venceu os argentinos e já era bicampeão. O Santos de Neymar teve que encarar uma jornada mais longa, mas também alcançou a semifinal. O adversário da vez seria o Corinthians, rival de duelos seculares.


O Corinthians, tão glorioso, tão grande, tão numeroso, mas que lutava para chegar à final pela primeira vez em sua história. Paradoxos do futebol, ironias da teimosa Copa Libertadores.


O Pacaembu lotado, tenso, nervoso, como se estivessem em jogo as próprias grandezas dos dois clubes, e não uma mera vaga numa mera decisão de título. Como se uma eventual derrota tornasse o clube muito menor, como se uma eventual vitória tornasse o clube muito maior.


A vantagem era do Corinthians, conquistada em plena Vila Belmiro, com golaço de Emerson, que não poderia jogar a partida de volta, porque além de marcar o gol também foi expulso.


A vantagem que virou pó quando Neymar desmontou a sólida defesa corinthiana e fez 1 a 0. Nenhuma zaga é intransponível para Neymar, o ousado craque do Santos e da Seleção.


E lá foi o Corinthians para o ataque, em busca do gol que o levaria ao olimpo da decisão da Copa Libertadores. Alex cruzou, a bola sobrou para Danilo, e este marcou o gol que já está na história.


Já na semana que vem, começa a decisão, contra o Boca Juniors ou a Universidad de Chile. O Corinthians poderá ser campeão invicto, poderá ser só campeão, poderá também não ser campeão. Em qualquer dos três cenários, estará de parabéns.


Este time, do jovem goleiro Cássio, dos experientes Danilo e Chicão, da dupla dinâmica Ralf-Paulinho, do prodigioso Alex, das enormes vitórias por 1 a 0, honra a centenária camisa do Corinthians.


Este time já fez história.


PC

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Rio Menos Cinco

Clique na figura para ampliá-la!

A charge é do meu amigo Leo João, e traduz meus sentimentos com relação a essa tal de "Rio + 20".

Quem quiser conhecer o trabalho do Leo João, visite o Vida Barata e aprecie suas outras charges, tão inteligentes quanto esta acima. :)

PC

segunda-feira, 18 de junho de 2012

UM MILHÃO!


Amigos, nesta semana o meu Jornalheiros atingiu oficialmente a incrível marca de um milhão de visitantes.

Aproveito a oportunidade para agradecer a todos os que me prestigiaram nesse período, seja comentando nos textos, seja divulgando as postagens, seja simplesmente lendo o conteúdo.

Agradecimentos ainda mais especiais vão para o meu irmão Ramón e os meus amigos Montanha e Leandro, que leem e comentam praticamente tudo que escrevo; para os queridos Alexandre Magno e Natália, que me ajudam imensamente com as pesquisas; para o professor Tadeu, que colabora com sugestões preciosas; para o Gilson, que divulga minhas postagens com tanto afinco; para o Rafael, co-fundador deste espaço; e para os amigos do Pavilhão Tricolor, meus grandes incentivadores.

Também já me ajudaram aqui, em várias ocasiões, os amigos Minoru, Joana, Francisco, Bel, Marco Aquino, João Garcez, Fernanda Greco, Lilian, Marcelo Pitanga, Marco, Mylena, Renato, Goten, Axlace, Cleber, Paulo-Roberto, Savioli, Fabiano Artiles, Vinicius Cabral, Jenny, Jefferson, Diego Corso, Hollow,  Bruno Leonardo, Camilo Rangel, PC Guimarães... A todos vocês, e também aos que imperdoavelmente me esqueci de citar, meu muito obrigado.

PC

domingo, 17 de junho de 2012

Fluminense 4 x 1 Portuguesa

Quando Deco começou a brilhar em Portugal, os torcedores brasileiros se perguntavam quem era aquele craque. Não parecia possível que ninguém aqui tivesse notado tanto talento. O futebol clássico, de passes refinados, dribles curtos e visão ampla do jogo, mostrava claramente o DNA tupiniquim. Deco era um natural herdeiro de Didi, Gérson, Ademir da Guia, Falcão. Por que nenhum olheiro brasileiro conseguiu enxergar o óbvio? Sorte da Europa, que teve o privilégio de ver Deco desfilar seu gênio por seus verdíssimos gramados.

Há dois anos, o Fluminense foi buscar Deco. E muitos acharam que foi um erro, que Deco já estaria velho, já estaria acabado para o futebol. Felizmente estavam enganados: a cada jogo no Fluminense, Deco demonstra com sua categoria que ainda tem futebol para dar e vender.

Examinem o caso do jogo contra a Portuguesa, sábado, no Engenhão: com dois lançamentos geniais, um para Fred, outro para Lanzini, Deco decidiu a partida. Quando a Portuguesa já se assanhava para empatar o duelo, o artista tricolor executou seus dois perfeitos poemas. E sua plateia rendeu-se em gritos e aplausos.

Sinceramente, não sei se o Fluminense terá fôlego para brigar pelo Campeonato Brasileiro. A julgar por estas primeiras rodadas, o time mostra irregularidade, alterna entre partidas boas e ruins. Entretanto, temos Deco. Só nós temos Deco. E isto pode ser nosso trunfo, nossa vantagem definitiva. Quando o artista da camisa 20 está em campo, o Fluminense pode ganhar batalhas complicadas, pode virar duelos aparentemente perdidos.

Claro que o Tricolor tem seus outros importantes valores. Diego Cavalieri defende nossa cidadela com a calma e o ímpeto necessários para a tarefa. Fred é um centroavante incisivo. Wellington Nem, tão jovem, já está na Seleção. Thiago Neves destila veneno em suas cobranças de falta e escanteio. Valencia é um leão no meio-campo. Mas confesso que é no talento de Deco que reside minha maior esperança para o tetracampeonato do Fluminense.

PC

História - Espanha x Croácia



A seleção principal de futebol da Espanha já enfrentou a Croácia 6 vezes, com 3 vitórias, 1 empate e 2 derrotas:
23/03/1994 - Espanha 0 x 2 Croácia - Luis Casanova (Valencia, Espanha)
05/05/1999 - Espanha 3 x 1 Croácia - Estádio Olímpico de La Cartuja (Sevilla, Espanha)
23/02/2000 - Croácia 0 x 0 Espanha - Gradski Stadion u Poljudu (Split, Croácia)
07/06/2006 - Espanha 2 x 1 Croácia - Stade de Genève (Genebra, Suíça)
18/06/2012 - Croácia 0 x 1 Espanha - PGE Arena Gdansk (Gdansk, Polônia)
21/06/2016 - Croácia 2 x 1 Espanha - Stade de Bordeaux (Bordeaux, França)

A Croácia é um dos países resultantes da separação da antiga Iugoslávia, que possuía uma forte seleção de futebol. Seguem abaixo os duelos da Espanha contra a Iugoslávia ao longo da história:
24/04/1932 - Espanha 2 x 1 Iugoslávia - Buenavista (Oviedo, Espanha)
30/04/1933 - Iugoslávia 1 x 1 Espanha - Estádio Nacional (Belgrado, Iugoslávia)
27/10/1968 - Iugoslávia 0 x 0 Espanha - Stadion Crvena Zvezda [Maracanã] (Belgrado, Iugoslávia)
30/04/1969 - Espanha 2 x 1 Iugoslávia - Camp Nou (Barcelona, Espanha)
19/10/1972 - Espanha 2 x 2 Iugoslávia - Estadio Insular (Las Palmas de Gran Canaria, Espanha)
21/10/1973 - Iugoslávia 0 x 0 Espanha - Stadion Maksimir (Zagreb, Iugoslávia)
13/02/1974 - Iugoslávia 1 x 0 Espanha - Waldstadion (Frankfurt, Alemanha Oc.)
10/10/1976 - Espanha 1 x 0 Iugoslávia - Sánchez Pizjuán (Sevilla, Espanha)
30/11/1977 - Iugoslávia 0 x 1 Espanha - Stadion Crvena Zvezda [Maracanã] (Belgrado, Iugoslávia)
04/10/1978 - Iugoslávia 1 x 2 Espanha - Stadion Maksimir (Zagreb, Iugoslávia)
10/10/1979 - Espanha 0 x 1 Iugoslávia - Luis Casanova (Valencia, Espanha)
20/06/1982 - Espanha 2 x 1 Iugoslávia - Luis Casanova (Valencia, Espanha)
07/06/1984 - Espanha 0 x 1 Iugoslávia - Estadio Municipal (La Línea, Espanha)
14/09/1988 - Espanha 1 x 2 Iugoslávia - Carlos Tartiere (Oviedo, Espanha)
26/05/1990 - Iugoslávia 0 x 1 Espanha - Estádio Central (Ljubljana, Iugoslávia)
26/06/1990 - Espanha 1 x 2 Iugoslávia - Marcantonio Bentegodi (Verona, Itália)
14/12/1996 - Espanha 2 x 0 Iugoslávia* - Mestalla (Valencia, Espanha)
30/04/1997 - Iugoslávia* 1 x 1 Espanha - Stadion Crvena Zvezda [Maracanã] (Belgrado, Iugoslávia)
21/06/2000 - Iugoslávia* 3 x 4 Espanha - Jan Breydel (Bruxelas, Bélgica)
* a partir de 1992, a Seleção da Iugoslávia representou apenas os estados de Sérvia e Montenegro.

PCFilho

sábado, 16 de junho de 2012

História - Alemanha x Dinamarca



O jogo mais importante do confronto entre Alemanha e Dinamarca, sem dúvida, foi a decisão da Eurocopa de 1992, na Suécia. Tendo entrado como convidada naquele torneio, a Dinamarca surpreendera a todos ao chegar àquela final. Não parecia possível que aquele time improvisado, convocado de última hora, sem o grande craque Michael Laudrup, chegasse tão longe. Mas o treinador Richard Møller-Nielsen conseguiu a proeza, com a ajuda de atuações monumentais do goleiro Peter Schmeichel. Após eliminar as potências França (invicta havia 3 anos) e Holanda (campeã da Euro anterior), a Dinamarca teve que encarar a poderosa Alemanha (então campeã mundial) na grande final. Com gols de Jensen e Vilfort, o milagre aconteceu: a Dinamarca venceu por 2 a 0 e sagrou-se como a gloriosa campeã da Europa em 1992. O mesmo estádio Nya Ullevi, que testemunhara os nascimentos de Garrincha e Pelé décadas antes, agora consagrava seus novos heróis.

Até hoje, Dinamarca e Alemanha já se enfrentaram 26 vezes, com 15 vitórias alemãs, 3 empates e 8 triunfos dinamarqueses, 53 gols da Alemanha e 36 gols da Dinamarca. Confiram a lista com todos os jogos do confronto:
06/10/1912 - Dinamarca 3 x 1 Alemanha - Idraetsparken (Copenhagen, Dinamarca)
26/10/1913 - Alemanha 1 x 4 Dinamarca - Viktoria (Hamburg, Alemanha)
02/10/1927 - Dinamarca 3 x 1 Alemanha - Idraetsparken (Copenhagen, Dinamarca)
16/09/1928 - Alemanha 2 x 1 Dinamarca - ??? (Nürnberg, Alemanha)
07/09/1930 - Dinamarca 6 x 3 Alemanha - Idraetsparken (Copenhagen, Dinamarca)
27/09/1931 - Alemanha 4 x 2 Dinamarca - ??? (Hanover, Alemanha)
07/10/1934 - Dinamarca 2 x 5 Alemanha - Idraetsparken (Copenhagen, Dinamarca)
16/05/1937 - Alemanha 8 x 0 Dinamarca - ??? (Breslau, Alemanha)
25/06/1939 - Dinamarca 0 x 2 Alemanha - Idraetsparken (Copenhagen, Dinamarca)
17/11/1940 - Alemanha 1 x 0 Dinamarca - ??? (Hamburg, Alemanha)
16/11/1941 - Alemanha 1 x 1 Dinamarca - ??? (Dresden, Alemanha)
24/09/1958 - Dinamarca 1 x 1 Alemanha Oc. - Idraetsparken (Copenhagen, Dinamarca)
20/09/1961 - Alemanha Oc. 5 x 1 Dinamarca - Rheinstadion (Düsseldorf, Alemanha Oc.)
30/06/1971 - Dinamarca 1 x 3 Alemanha Oc. - Idraetsparken (Copenhagen, Dinamarca)
13/06/1986 - Dinamarca 2 x 0 Alemanha Oc. - Corregidora (Queretaro, México)
24/09/1986 - Dinamarca 0 x 2 Alemanha Oc. - Idraetsparken (Copenhagen, Dinamarca)
23/09/1987 - Alemanha Oc. 1 x 0 Dinamarca - Volksparkstadion (Hamburg, Alemanha Oc.)
14/06/1988 - Alemanha Oc. 2 x 0 Dinamarca - Parkstadion (Gelsenkirchen, Alemanha Oc.)
30/05/1990 - Alemanha Oc. 1 x 0 Dinamarca - Parkstadion (Gelsenkirchen, Alemanha Oc.)
26/06/1992 - Dinamarca 2 x 0 Alemanha - Nya Ullevi (Göteborg, Suécia)
09/09/1992 - Dinamarca 1 x 2 Alemanha - Idraetsparken (Copenhagen, Dinamarca)
27/03/1996 - Alemanha 2 x 0 Dinamarca - Olympiastadion (München, Alemanha)
15/11/2000 - Dinamarca 2 x 1 Alemanha - Idraetsparken (Copenhagen, Dinamarca)
28/03/2007 - Alemanha 0 x 1 Dinamarca - MSV-Arena (Duisburg, Alemanha)
11/08/2010 - Dinamarca 2 x 2 Alemanha - Parken Stadion (Copenhagen, Dinamarca)
17/06/2012 - Dinamarca 1 x 2 Alemanha - Arena Lviv (Lviv, Ucrânia)

PC

História - Portugal x Holanda


Até hoje, as seleções de futebol de Portugal e Holanda se enfrentaram 11 vezes, com 7 vitórias portuguesas, 3 empates e 1 triunfo holandês, 14 gols de Portugal e 6 gols da Holanda.

A partida mais importante foi a de 2006, válida pela Copa do Mundo. O jogo ficou conhecido como a Batalha de Nuremberg, pela violência do duelo. O árbitro russo Valentin Ivanov distribuiu 20 cartões - 16 amarelos e 4 vermelhos - um recorde na história dos Mundiais. Portugal venceu por 1 a 0: Deco puxou a jogada pela direita e cruzou, Pauleta fez o pivô e Maniche concluiu.

Em 2004, Portugal e Holanda disputaram a semifinal da Eurocopa, em Lisboa (partida do ingresso acima). Portugal venceu por 2 a 1, e avançou à finalíssima. Em 2012, na fase de grupos da Euro, nova vitória portuguesa por 2 a 1.

Confiram a lista com todos os jogos entre os dois selecionados:
17/10/1990 - Portugal 1 x 0 Holanda - Estádio das Antas (Porto, Portugal)
16/10/1991 - Holanda 1 x 0 Portugal - Stadion Feijenoord [De Kuip] (Rotterdam, Holanda)
12/02/1992 - Portugal 2 x 0 Holanda - Estádio de São Luís (Faro, Portugal)
22/02/1995 - Holanda 0 x 1 Portugal - Philips Stadion (Eindhoven, Holanda)
10/02/1999 - Portugal 0 x 0 Holanda - Parc des Princes (Paris, França)
11/10/2000 - Holanda 0 x 2 Portugal - Stadion Feijenoord [De Kuip] (Rotterdam, Holanda)
28/03/2001 - Portugal 2 x 2 Holanda - Estádio das Antas (Porto, Portugal)
30/04/2003 - Holanda 1 x 1 Portugal - Philips Stadion (Eindhoven, Holanda)
30/06/2004 - Portugal 2 x 1 Holanda - José Alvalade (Lisboa, Portugal)
25/06/2006 - Portugal 1 x 0 Holanda - Frankenstadion (Nürnberg, Alemanha)
17/06/2012 - Portugal 2 x 1 Holanda - Metalist Stadion (Kharkiv, Ucrânia)

PC