domingo, 9 de junho de 2013

Brasil 5 x 2 França - Copa do Mundo de 1958

Pelé aproveita falha do goleiro Claude Abbes.

Abaixo, a ficha técnica completa e alguns vídeos preciosos de uma das maiores vitórias do futebol brasileiro em todos os tempos. No gramado do Estádio Råsunda, em Estocolmo, um dos maiores onzes da história aniquilou a poderosa seleção da França, na semifinal da Copa do Mundo de 1958. Com um gol de Vavá, um de Didi e três do menino Pelé (houve ainda um gol anulado de Zagallo e outro de Garrincha), a Seleção Brasileira venceu por 5 a 2, e se garantiu na final do Mundial.

Ficha Técnica:
24/06/1958 - Brasil 5 x 2 França
Motivo: Semifinal da VI Copa do Mundo.
Local: Estádio Råsunda (Estocolmo, Suécia).
Horário: 19:00 (hora local).
Público: 27.100 presentes.
Árbitro: Benjamin Griffiths (País de Gales).
Auxiliares: Raymon Wyssling (Suíça) e Reginald Leafe (Inglaterra).
Brasil: Gilmar (3); De Sordi (14), Bellini (2, capitão), Orlando (15) e Nilton Santos (12); Zito (19) e Didi (6); Garrincha (11), Vavá (20), Pelé (10) e Zagallo (7). Técnico: Vicente Feola.
Suplentes do Brasil: Castilho (1), Djalma Santos (4), Dino Sani (5), Oreco (8), Zózimo (9), Moacir (13), Mauro Ramos (16), Joel (17), Mazzola (18), Dida (21) e Pepe (22). 
França: Claude Abbes (1); Raymond Kaelbel (4), Andre Lerond (5), Armand Penverne (13) e Robert Jonquet (10, capitão); Jean-Jacques Marcel (12) e Maryan Wisnieski (22); Raymond Kopa (18), Just Fontaine (17), Roger Piantoni (20) e Jean Vincent (21). Técnico: Albert Batteaux.
Suplentes da França: Dominique Colonna (2), François Remetter (3), Roger Marche (6), Robert Mouynet (7), Bernard Chiarelli (8), Kazimir Hnatow (9), Maurice Lafont (11), Raymond Bellot (14), Stephan Bruey (15), Yvon Douis (16) e Celestin Oliver (19).
Gols: Vavá (1-0, aos 2'), Just Fontaine (1-1, aos 9') e Didi (2-1, aos 39') no 1º tempo; Pelé (3-1, aos 7'), Pelé (4-1, aos 19'), Pelé (5-1, aos 30') e Roger Piantoni (5-2, aos 38') no 2º tempo.

Vídeo com os gols do jogo, narrados por Régis Rösing:


Lances do jogo e da torcida (sem som):


Vídeo com os melhores momentos de Didi na partida:


Filmagem do jogo completo (som ambiente, sem narração):


PCFilho

Posts relacionados:
- Golaço do dia #40 - Didi.
- História - Brasil x França.
- Recordar é viver - Brasil 1 x 1 França (PK 3 x 4).

7 comentários:

  1. Pc, filho qual foi a última vitória da Seleção Brasileira encina da França ?

    ResponderExcluir
  2. Sidney, foi nesse jogo aqui:
    26/08/1992 - França 0 x 2 Brasil - Parc des Princes (Paris/FRA)

    ResponderExcluir
  3. Interessante, o Gilmar com a número 3!!!

    ResponderExcluir
  4. hehe isso mesmo, Leandro. Chega a ser engraçado ver um goleiro com a camisa 3, mas o vídeo não deixa dúvidas. hehe!

    A numeração ainda não tinha uma "lógica" nessa época. Didi, que era meia-atacante, vestiu a 6. Garrincha, consagrado com a camisa 7 do Botafogo, vestiu a 11. Nilton Santos foi o 12, número que hoje é usado por goleiros.

    Pelé é que, mesmo tendo ido para a Copa inicialmente como reserva, com apenas 17 anos, já vestia a camisa 10...

    ResponderExcluir
  5. Chato, mas a França jogou com 9 pois o capitão Jonquet fraturou a perna, e não era permitido substituições.

    ResponderExcluir
  6. Ainda com o placar de 1x1 no primeiro tempo a França perdeu o zagueiro e jogou com 10 a maior paete do jogo.

    ResponderExcluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.