sábado, 5 de setembro de 2009

O Brasil está na Copa

Amigos, a vaga na Copa do Mundo de 2010 é nossa. O escrete de Dunga foi à Argentina e conseguiu lá a sua mais bela vitória. Os 3 a 1 sobre a equipe de Maradona, no Estádio Gigante de Arroyito, em Rosário, garantiram o Brasil na África do Sul.

E a atuação da Seleção foi irretocável. Debaixo dos arcos, o goleiro Júlio César operava verdadeiros milagres. A defesa brasileira é uma bastilha inexpugnável, com Lúcio e Luisão. Este até gol marcou, de cabeça. O ataque verde-amarelo também é muito forte, com Elano, Robinho, Kaká, e Luís Fabiano.

Ah, Luís Fabiano! Eis o nome da noite no Gigante de Arroyito. O Fabuloso é o camisa 9 que Dunga pediu aos céus. Analisemos o feito do craque: meter dois gols na Argentina, em plena Rosário! Não é apenas questão de talento: também é necessário ter coragem.

O golaço de Dátolo chegou a assustar. Mas a Seleção se impôs, e logo veio o gol de Luís Fabiano, o gol definitivo, o gol que nos leva à África do Sul. Cabe destacar o passe de Kaká: preciosidade milimétrica.

Este ano, fomos campeões na África do Sul, na tal Copa das Confederações. Tenho uma certeza profética: ano que vem, o escrete levantará mais uma taça na terra de Nelson Mandela. Vamos tratar do hexa!

PC

6 comentários:

  1. boa vitória, apesar de ninguém mover da minha mente q o Brasil achou os 2 primeiros gols.

    o 3º foi genial, mas os 2 primeiros foram achados. argentina tava pressionando d+

    ResponderExcluir
  2. Maradona provavelmente foi o melhor jogador que vi em campo, e o pior técnico que vi no banco, sem exageros.

    ResponderExcluir
  3. Fabuloso é matador,a 9 caiu muito bem nele.

    obs,não entendo nem nunca entenderei porque Gilberto Silva é sequer convocado,mas ok

    ResponderExcluir
  4. O Brasil é muito eficiente jogando no contra-ataque. A defesa realmente está irretocável. Acho, porém, que contra equipes fechadas, o Brasil é meio improdutivo. Os jogadores se perdem quando têm de criar as jogadas.

    Sobre o lance do Kaká, ele deu muita sorte. Por uma câmera atrás, é possível ver que a bola tocou no pé do zagueiro argentino. Se não tivesse tocado, não sei se ele iria acertar. Bem, a sorte acompanha os bons e o Kaká é um deles.

    Eu odeio a seleção brasileira. Para o meu desgosto, ela se tornou uma boa equipe.

    ResponderExcluir
  5. O Brasil é muito eficiente jogando no contra-ataque. A defesa realmente está irretocável. Acho, porém, que contra equipes fechadas, o Brasil é meio improdutivo. Os jogadores se perdem quando têm de criar as jogadas. [2]

    Sorte que as seleções não costumam se retrancar como Náuticos da vida...

    ResponderExcluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.