segunda-feira, 14 de novembro de 2022

Brasileirão - Classificação acumulada 2003-2022


Legenda:
Part: participações; PG: pontos ganhos; J: número de jogos; V: vitórias; E: empates; D: derrotas; GP: gols-pró; GC: gols-contra; SG: saldo de gols; TC: títulos conquistados; VC: vice-campeonatos conquistados.

Após décadas de experiência com os mais diferentes formatos, o Campeonato Brasileiro enfim estabilizou uma fórmula de disputa a partir de 2003: os pontos corridos, curiosamente o formato adotado em quase todos os países do mundo. A tabela acima mostra a classificação acumulada da Série A em todos estes anos, fornecendo uma visão de quais são os times com melhor desempenho perene na competição, independentemente da quantidade de taças conquistadas.

Apenas quatro clubes participaram de todas as edições de pontos corridos do Brasileirão, desde 2003: Fluminense, Flamengo, Santos e São Paulo, sendo naturalmente os que mais jogaram partidas (ao todo, 780 cada um, não contando os jogos anulados do Campeonato de 2005). Somente oito já foram campeões: além dos quatro já citados, também Cruzeiro, Corinthians, Palmeiras e Atlético Mineiro.

Nestas 20 temporadas, foram 8.026 jogos, dos quais 5.903 terminaram com um vencedor, 2.122 terminaram empatados e 1 não aconteceu (o W.O. duplo entre Chapecoense e Atlético Mineiro, em 2016). Nestas partidas, foram assinalados ao todo 20.640 gols - média de 2,57 gols por jogo.

A tabela leva em conta as pontuações oficiais dos clubes ao final de cada edição do Campeonato, incluindo ganhos e perdas diversos nos tribunais, mas mantendo os resultados dos jogos. Por isso, nem sempre as pontuações correspondem aos números de vitórias, empates e derrotas. Abaixo, listo todas as situações que geraram alterações de pontuação:
- em 2003, a Ponte Preta foi penalizada com a perda de 4 pontos por escalação irregular de um jogador em 2 jogos (contra Internacional e Juventude). O Internacional ganhou 2 pontos (pois havia empatado o jogo), e o Juventude ganhou 3 pontos (pois havia perdido o jogo);
- em 2003, o Paysandu foi penalizado com a perda de 8 pontos por escalação irregular de dois jogadores em 4 jogos (contra Corinthians, Ponte Preta, São Caetano e Fluminense). O Corinthians e o Fluminense ganharam 2 pontos cada (pois haviam empatado os jogos), e a Ponte Preta e o São Caetano ganharam 3 pontos cada (pois haviam perdido os jogos);
- em 2004, o São Caetano foi penalizado com a perda de 24 pontos, devido à negligência no caso da morte do jogador Serginho. Nenhum clube ganhou pontos;
- em 2005, onze partidas foram anuladas, pelo envolvimento do árbitro Edilson Pereira de Carvalho em manipulações de resultados. A tabela considera somente os resultados dos jogos refeitos, ignorando os onze resultados originais;
- em 2010, o Grêmio Barueri (então chamado Grêmio Prudente) foi penalizado com a perda de 3 pontos pela escalação irregular de um jogador. Nenhum clube ganhou pontos;
- em 2013, o Flamengo e a Portuguesa foram penalizados com a perda de 4 pontos cada, por escalação irregular de jogadores. Nenhum clube ganhou pontos;
- em 2016, a partida entre Chapecoense e Atlético Mineiro, pela 38ª rodada, não aconteceu, devido à tragédia do avião da Chapecoense no dia 29 de novembro. A CBF decretou um W.O. duplo e oficialmente considera uma derrota de 3 a 0 para cada clube - resultados que estão contabilizados na tabela, por serem os oficiais;
- em 2016, o Santa Cruz foi penalizado com a perda de 3 pontos, por atraso no pagamento de salários;
- em 2018, o Sport Recife foi penalizado com a perda de 3 pontos, por atraso no pagamento de salários.

Observações adicionais:
- o Athletico Paranaense se chamava Atlético Paranaense até 2018;
- o Grêmio Barueri disputou o Campeonato de 2010 com o nome Grêmio Prudente.

PCFilho

6 comentários:

  1. Algumas curiosidades:
    - o Fluminense é o clube que mais sofreu gols (985);
    - o Santos é o clube que mais marcou gols (1.139);
    - Internacional e Corinthians têm campanhas acumuladas praticamente iguais - no entanto, o Inter tem 0 título e 5 vices, contra 4 títulos e 0 vice do Timão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clubes com mais de 300 vitórias:
      São Paulo (351)
      Flamengo (335)
      Santos (329)
      Internacional (324)
      Corinthians (314)
      Palmeiras (309)
      Atlético Mineiro (308)
      Fluminense (306)

      Excluir
    2. Clubes com mais de 1.000 gols marcados:
      Santos (1.139)
      São Paulo (1.123)
      Flamengo (1.113)
      Atlético Mineiro (1.079)
      Fluminense (1.047)
      Palmeiras (1.013)

      Excluir
    3. Clubes com mais de 900 gols sofridos:
      Fluminense (985)
      Atlético Mineiro (949)
      Athletico Paranaense (922)
      Flamengo (920)
      Santos (918)

      Excluir
    4. Clubes com mais de 230 derrotas:
      Athletico Paranaense (272)
      Fluminense (269)
      Botafogo (249)
      Atlético Mineiro (244)
      Santos (244)
      Flamengo (233)

      Excluir
    5. Clubes com mais de 200 empates:
      São Paulo (218)
      Corinthians (215)
      Flamengo (212)
      Santos (207)
      Fluminense (205)

      Excluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.