quinta-feira, 21 de junho de 2012

Corinthians 1 x 1 Santos

O Santos de Neymar queria repetir o Santos de Pelé, desejava o bi da Copa Libertadores. Na década de 60, o caminho era menor, o campeão anterior já entrava na semifinal. Em 1963, o Santos de Pelé passou pelo Botafogo e já estava na finalíssima contra o Boca Juniors. Venceu os argentinos e já era bicampeão. O Santos de Neymar teve que encarar uma jornada mais longa, mas também alcançou a semifinal. O adversário da vez seria o Corinthians, rival de duelos seculares.


O Corinthians, tão glorioso, tão grande, tão numeroso, mas que lutava para chegar à final pela primeira vez em sua história. Paradoxos do futebol, ironias da teimosa Copa Libertadores.


O Pacaembu lotado, tenso, nervoso, como se estivessem em jogo as próprias grandezas dos dois clubes, e não uma mera vaga numa mera decisão de título. Como se uma eventual derrota tornasse o clube muito menor, como se uma eventual vitória tornasse o clube muito maior.


A vantagem era do Corinthians, conquistada em plena Vila Belmiro, com golaço de Emerson, que não poderia jogar a partida de volta, porque além de marcar o gol também foi expulso.


A vantagem que virou pó quando Neymar desmontou a sólida defesa corinthiana e fez 1 a 0. Nenhuma zaga é intransponível para Neymar, o ousado craque do Santos e da Seleção.


E lá foi o Corinthians para o ataque, em busca do gol que o levaria ao olimpo da decisão da Copa Libertadores. Alex cruzou, a bola sobrou para Danilo, e este marcou o gol que já está na história.


Já na semana que vem, começa a decisão, contra o Boca Juniors ou a Universidad de Chile. O Corinthians poderá ser campeão invicto, poderá ser só campeão, poderá também não ser campeão. Em qualquer dos três cenários, estará de parabéns.


Este time, do jovem goleiro Cássio, dos experientes Danilo e Chicão, da dupla dinâmica Ralf-Paulinho, do prodigioso Alex, das enormes vitórias por 1 a 0, honra a centenária camisa do Corinthians.


Este time já fez história.


PC

19 comentários:

  1. Eu disse um milhão de vezes que este time do Corinthians era o mais encardido dos brasileiros na Libertadores...a maioria duvidou do que eu disso, está ai...

    Att,

    bmz

    ResponderExcluir
  2. É vero, é um time chato, defende bem e ataca rápido. Sei não...

    ResponderExcluir
  3. Jogo ruim, mas era de se esperar.

    ResponderExcluir
  4. Corinthians x Boca

    Pelo que fizeram até agora, quem merece é o Corinthians.

    O time do Boca é velho e decadente. Chegou às semifinais na base do apito contra a gente. Na semi, La U fez um jogo muito ruim em Buenos Aires e agora perde a vaga.

    Se o Corinthians não cair nessa lorota de "Boca timaço", "mítica da bombonera" e blablablaboseiras ilimitadas, será o merecido campeão. É MUITO mais time.

    ResponderExcluir
  5. Belo texto, PC. Que façamos bonito nesta final, que não será nada fácil. E sem querer fazer média - vc sabe que falo com sinceridade -, o Flu completo, com Deco e Fred, seria bem mais difícil para nós que o Boca, sem contar que teríamos que fazer a final aí na Cidade Maravilhosa (sem vantagem do gol fora). Abraçào e parabéns pelo (primeiro) milhão de acessos!

    ResponderExcluir
  6. Belo texto, PC. Que façamos bonito nesta final, que não será nada fácil. E sem querer fazer média - vc sabe que falo com sinceridade -, o Flu completo, com Deco e Fred, seria bem mais difícil para nós que o Boca, sem contar que teríamos que fazer a final aí na Cidade Maravilhosa (sem vantagem do gol fora). Abraçào e parabéns pelo (primeiro) milhão de acessos!

    ResponderExcluir
  7. Nossa, fiquei surpreso com o adiamento dos jogos do curintia pelo Brasileiro. Quando o Flu pediu, nem deram bola! Lamentável! Por essas e outras que sou Boca desde criancinha! ST

    ResponderExcluir
  8. Leandro, se vc fosse ajudar,mesmo, que adiassem o derby de depois de amanhã, em que o Pal poderá jogar completo, já que o primeiro jogo da final com o Coritiba foi adiada em uma semana. Botafogo e Sport são fraquinhos e nos são irrelevantes.

    ResponderExcluir
  9. E outra. No ano passado, o Santos, por ter chegado à final da Libertadores, teve três jogos imediatamente adiados no Brasileirão, e não vi ninguém dar um pio. Quem quiser torcer contra, que torça, normal isso em grandes finais. Até porque, vamos combinar, quantidade de torcedores a favor nunca foi problema pra nós.

    ResponderExcluir
  10. Luzíada, que eu lembre aqui o pessoal reclamou sim do favorecimento ao Santos ano passado. Enfim, que pelo menos haja isonomia e que daqui pra frente que façam isso sempre e não só quando x ou y estiverem na final da Libertadores.

    Eu vou torcer pro Corinthians. O Boca não merece (apesar de ainda ser o time de melhor campanha). A elevada pontuação do boquinha não reflete a realidade. O time venceu apertado as duas contra os reservas do Arsenal (que poupou os jogadores para o fraco torneio Clausura). Depois pegou um fraquíssimo Unión Española, duas fáceis vitórias. Nas quartas, eliminou o nosso time misto (por lesões) com a inestimável contribuição de José Buytrago. Se o bandido desse o pênalti escandaloso e expulsasse o fraco e violento Roncaglia, nosso mistão teria vencido no chiqueiro da bombonera.

    Já o Corinthians fez uma grande campanha contra grandes adversários e sem a ajudinha do apito.

    ResponderExcluir
  11. Ajudando ou não, com pio ou sem pio, vou torcer para o Boca. Quem gostar, gostou. E vamos parar com esse papo de time tal é o Brasil na competição x! Isso não existe!

    ST

    ResponderExcluir
  12. Se for por merecimento, obviamente vai dar Corinthians. Essa campanha do Corinthians está me lembrando muito a do Fluminense em 2008. Há um time claramente merecedor do título.

    Vou torcer pro Corinthians também, porque é mais time que o Boca. Sei que a maioria dos brasileiros vai secar, sei também que a pressão sobre o Fluminense aumentará em caso de título do Timão. E mesmo assim torcerei por eles. Seria contra meus instintos fazer diferente.

    ResponderExcluir
  13. E sim, aqui nós reclamamos muito contra os adiamentos dos jogos do Santos ano passado. Assim como já havíamos criticado o adiamento de um jogo do Corinthians em 2010 pela "comemoração do centenário".

    O Fluminense teve negados pedidos parecidos, em 2002 pelo centenário e em 2008 pela final da Libertadores.

    Enfim, o Tricolor já está acostumado a ser maltratado pelas federações, pelo menos desde a década de 90. "Joga pedra na Geni, ela é feita pra apanhar, ela é boa de cuspir..."

    ResponderExcluir
  14. Pc, se vcs reclamaram ano passado aqui no blog, só posso me desculpar, ao Leandro inclusive. Fui injusto, mas isso deve ser relexo da verdadeira perseguição, discriminacão que o Corinthians vem sofrendo em SP. Até tira-teima (do jogo Vasco) questionam, se é a nosso favor. Pênalti a favor é proibido marcar, e recentemente, até gols, qualquer um. Um clube que ficou 22 anos sem vencer um Paulista, quando os estaduais eram os titítulos mais cobiçados, e que foi rebaixado em pleno mandato de um corintiano fanático como o ex-presidente Lula, não pode ser taxado de clube historicamente favorecido pela arbitragem, como os anti difamam, um milhão de vezes, quem sabe para que a farsa vire verdade absoluta, vencendo pelo cansaço. Não passarão, abs Marcelo

    ResponderExcluir
  15. E PC, parabéns pela postura, que tb é a minha. Torci pelo Flu em 2008, não porque fosse brasileiro, mas porque achava siimplesmente que o Flu era melhor, e eu sempre torço pelo melhor time, com exceção do meu, que, melhor ou nào, sempre contará com minha torcida (esse raciocínio não se aplica à nossa Seleção), abs

    ResponderExcluir
  16. Luzíada, obrigado pelos elogios ao texto, e pelos parabéns ao blog.

    Eu confesso que nem sempre torço pelo melhor time. Mas o que vejo nessa final é o confronto entre um representante do bom futebol e um time que chegou na base da arbitragem, da sorte e da intimidação.

    Por isso, não tenho dúvidas: torcerei mesmo pelo triunfo do Corinthians. Boa sorte pra vocês!

    ResponderExcluir
  17. Esse jogo em La Bombonera preocupa.. Se perdemos na bola, ok, mas lá, esse time do Boca tem batido uma barbaridade, sempre com a habitual complacência da arbitragem. E eles escolhem a dedo os jogadores do adversário para bater e tirar do jogo, e eventualmente do seguinte, como aconteceu com o Universidad do Chile na semi. Danilo, Castán e Paulinho que se cuidem, abraçào

    ResponderExcluir
  18. Mas o Santos de Neymar me dava mais medo, e passamos. Vamos ver, mas acho que dá, sim, para encarar o Boca. Só nao pode tremer ou entrar pilhado demais lá. Abs

    ResponderExcluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.