terça-feira, 3 de maio de 2011

Ah, se eles soubessem...


Amigos, esses garotos não têm noção do tamanho da responsabilidade que carregam.

Eles não têm noção do que significa vestir as cores de um grande clube brasileiro.

Eles não têm noção do que significa ser ídolo de um grande clube brasileiro.

Se eles tivessem uma mínima noção, não se mandariam para o primeiro clube europeu a chamá-los, balançando notas de euro.

Se eles tivessem uma mínima noção, amariam menos o dinheiro, e mais a camisa.

Se eles tivessem uma mínima noção, ouviriam menos os empresários, e mais os torcedores.

Se eles tivessem uma mínima noção, reclamariam menos e se esforçariam mais.

Se eles tivessem uma mínima noção, não jogariam fora a oportunidade de ouro que têm nas mãos.

Ah, se eles soubessem o que significa gravar seu nome numa parede ao lado de um Castilho, um Pelé, um Garrincha, um Romerito...

Ah, se eles soubessem o que significa estar nos sonhos de milhares de crianças, jovens, adultos e velhos...

Ah, se eles soubessem...

PC

16 comentários:

  1. O pior do caso Emerson é que ele sai apontando para todos os lados, falando do elenco sem citar nomes, etc..agindo como um rato.

    Creio que, por esta entrevista, ele era um elemento desagregador no grupo. Acho babaca ele achar que treinador que ouve seus comandados é ruim, quando na verdade é uma qualidade.

    Outra ponto escroto da entrevista dele é quando ele fala da relação Fluminense/Unimed, onde ele coloca a Unimed como algo a cima do clube...

    Tudo errado, Sheik, tudo errado...vá jogar por petrodolares!!!

    ResponderExcluir
  2. Só mais uma coisa. O gol do título brasileiro foi feito por Marquinho no Couto Pereira, em 2009.

    ResponderExcluir
  3. O gol do título brasileiro foi feito por Marquinho no Couto Pereira, em 2009. [2]

    ResponderExcluir
  4. Você se acha maior que o Fluminense, Sheik, e não é. Nunca será!
    Você passará pelo Clube, Sheik, que ficará.
    Você passou pelo rival, que não o quer mais de volta, e continua aí, sem você.
    Você fez o gol do título, maravilha, mas é pago para isso. Jogar e fazer gols. E você, Sheik, até que ia bem. Mas jogou tudo fora. Por bobagens...
    Você, na verdade, perdeu o bonde, Sheik, o bonde da História do Tricolor mais amado do Brasil! Adeus, Sheik, tente não sair mais do trilho e realmente fazer história, e não somente dinheiro...

    ResponderExcluir
  5. já esperava o sheik chutar o pau da barraca, mas to com peter desrespeitou a instituição fluminense e sua torcida. FORA!

    ResponderExcluir
  6. http://globoesporte.globo.com/platb/ilanhouse/2011/05/03/emerson-o-papelao-do-ano/

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Como o jogador Emerson saiu mal do Fluminense, era preciso consertar. Foi orquestrada a réplica por alguém com tutano (será que tem?), que alguém da mídia disponível aceita dizer... A verdade é que ele precisava se defender, se não corria o risco de não conseguir asilo em outro clube de futebol.
    Houve um erro, sim, do Fluminense, e até me surpreendo que não tenham pensado em que momento deveria ocorrer a rescisão. Só um motivo relevante justificaria fazer a rescisão antes do jogo no Paraguai. Por sorte, a entrevista não causa mal algum. Mas, com certeza, se a rescisão fosse depois do jogo, estaria totalmente esvaziada a réplica do jogador. Agora, mais uma vez, o Peter tem de se explicar, como está no noticiário vespertino. Quando tudo parecia em paz, surge o bate-boca que não nos interessa, reacendem as fofocas...

    ResponderExcluir
  9. Já esperava isso dele, nunca confiei nesse cara. Nunca mereceu jogar no Flu.
    Mais não vai abalar nem o time nem a torcida. Somos muito mais que isso.

    ResponderExcluir
  10. Também não gostei nem um pouco dessa entrevista. Ele sabe bem o que esse time passa com a imprensinha. Aí sai e expõe o grupo desse jeito pros lobos.

    Não tava nem aí se ele havia ou não cantado o mais novo tema da megalomania desenfreada e cega. Fui contra a rescisão. Essa entrevista me fez ver que eu estava errado.

    ResponderExcluir
  11. Também não gostei da rescisão "amigável", mas pelo visto não tinha jeito mesmo.

    O pior é que ele atirou pra tudo que é lado, mas não deu nome aos bois. Assim é fácil, né, Sheik?

    ResponderExcluir
  12. A resposta veio rapido... grupo ta unido e pronto pra batalha... e os ratos.. enfim vao saindo... o culpado dessa zorra toda.. vcs tem deixado de lado... AA.. tem tocado o terror... e ninguem percebe... ST

    ResponderExcluir
  13. "O pior é que ele atirou pra tudo que é lado, mas não deu nome aos bois. Assim é fácil, né, Sheik?" [2]

    Coisa de menino, de moleque.

    ResponderExcluir
  14. http://www.lancenet.com.br/fluminense/Flu-oficializa-Sandro-Lima-futebol_0_478152341.html

    ResponderExcluir
  15. Sandro Lima oficializado?

    Feliz ano velho, Fluminense!

    ResponderExcluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.