quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Resenha: Tricolor 0 x 0 Grêmio


Amigos, vocês conhecem a história da Leiteria? Na década de 50, Castilho ganhou fama no Fluminense como um goleiro bastante sortudo. O guardião fazia suas intervenções extraordinárias, sobrenaturais até, mas quando a bola passava por ele, o imponderável acabava ajudando-o, e a dita sempre explodia na trave. Reza a lenda que, em um jogo contra o America, em 1951, quatro bolas seguidas chocaram-se contra os paus, diante de milhares de torcedores perplexos no Maracanã. Daí veio o apelido de Leiteria, sinônimo de sortudo, devido a um leiteiro de Laranjeiras, que ficara famoso por ganhar dois prêmios gordos na loteria da época. (Cabe registrar que, coincidentemente, Castilho trabalhara um tempo como entregador de leite em sua adolescência.)

Desde então, a Leiteria passou a ser o décimo-segundo jogador do Fluminense, uma espécie de segundo goleiro, a salvar as bolas que o goleiro de fato deixa passar. A sorte seguiu acompanhando Castilho, e depois também foi fiel companheira de Félix e de Paulo Victor, outros arqueiros lendários do Fluminense. Nesta quarta-feira, no Maracanã, Diego Cavalieri provou que também tem um casamento com a danada da Leiteria.

O chute de Fellipe Bastos, da entrada da área, foi um foguete. Diego Cavalieri nem pulou: ficou estático, e evitou o gol com o olhar, tal qual Castilho - a bola explodiu em sua trave esquerda. Depois foi a vez de Barcos cabecear com perigo - novo golpe de vista de Diego Cavalieri, e a bola explodiu no travessão. Duas intervenções sensacionais da Leiteria, garantindo o zero a zero e salvando o Fluminense da catástrofe da derrota.

No ataque, o Fluminense produziu pouco durante os noventa minutos. Sem a criatividade e o gênio de Nossa Majestade o Rei Darío Leonardo Conca Primeiro e Único, o Fluminense é um time totalmente previsível. A retranca gremista armada por Felipão conseguiu neutralizar os ataques tricolores. No segundo tempo, até tivemos algumas chances, que acabaram desperdiçadas pelos atacantes.

Enfim, devemos este pontinho do empate a Diego Cavalieri e à Leiteria. Felizmente, a lenda de Castilho é tão forte que continua decidindo jogos para o Fluminense. Abençoado é o clube que teve e tem Castilho em suas fileiras.

PCFilho

NOTAS DO ONZE:
Diego Cavalieri: Sempre que possível, defendeu. Quando não dava, contou com a trave. Um goleiro que tem a sorte de levar duas bolas na trave merece... 10,0
Bruno: Mostrou alguma disposição, mas não conseguiu grande coisa. 4,5
Elivélton: Boa atuação. 6,5
Marlon: Muito bem. 7,5
Carlinhos: Sonolento. 4,0
(Chiquinho): Melhor que o titular. 6,5
Rafinha: Qualidade na saída de bola. 6,0
(Gustavo Scarpa): entrou aos 40 do segundo tempo. 6,0
Jean: Combativo. 6,0
Cícero: Um bom chute no 1º tempo, e só. 4,5
Wagner: Pouco criativo, mas ao menos tentava. 5,0
Rafael Sobis: Sonolento. 4,0
(Kenedy): Melhor que o titular. 6,5
Fred: Não recebeu uma única e escassa bola em boas condições. 5,0
T. Cristóvão Borges: Sem Dario Conca, não conseguiu fazer o time ser criativo. 4,5

Árbitro Heber Roberto Lopes: Boa arbitragem. 6,5

14 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Não exagere, Paret. No segundo tempo o Grêmio fez muito pouco.

    ResponderExcluir
  3. Estranhamente gostei da atuação do Rafinha ontem.

    Ninguém mais atura Bruno, Carlinhos, Sóbis e Wagner. .. PelamordeDeus!!
    Não dá pra aturar essa burocracia!!!

    Fred apesar de não estar rendendo muito bem, está se esforçando. .. Precisa de um companheiro de ataque. Fica muito isolado.

    Se a receita de 2014 é repetir 2013, tenho medo do que essa diretoria fará com 2015 e 2016 já que querem tirar a unimed...
    Não defendo a unimed, nunca fui fã. Mas Peter e MB não tem cara de que conseguirão um patrocinador... nem mesmo pior que o do Botafogo...

    Que cheguemos logo aos 48 pts

    ResponderExcluir
  4. Raphael,

    Eu não sei se torço mais pelos 48 pontos, ou pela renovação com a Unimed...

    ResponderExcluir
  5. Rapaz,
    Essa diretoria tem que mudar muito pra nos surpreender positivamente. ... Essa dupla dinâmica... É difícil. ..

    E tem gente que defende como se fosse perfeita. ..

    E olha que tenho muitas restrições às ações da unimed...

    ResponderExcluir
  6. Sim, a parceria com a Unimed tem problemas mil.

    Mas, diante da abissal incompetência dos atuais homens de Laranjeiras, não temos alternativa a não ser rezar pela continuidade do patrocínio.

    ResponderExcluir
  7. É verdade!!

    Precisávamos de uma diretoria que estivesse no clube pelo Flu e para o Flu.

    P.s.: li que Sóbis não gostou da substituição. É o fim. O cara não produz, não faz gol e ainda quer ficar em campo fazendo o que? Errando passe e armando ataque do adversário?

    ResponderExcluir
  8. Pelo nível de suas últimas atuações, Rafael Sobis tem mais é que pôr a viola no saco e trabalhar... Não tá jogando nada!

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  11. Marcos Paret,

    Você não sabe se comportar. Considere-se excluído desse blog. Nem adianta tentar comentar novamente.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  13. Não vi o jogo, mas se São Castilho é a referencia, é sinal que o goleiro tricolor foi o melhor em campo, e isso é muito mau...

    ResponderExcluir
  14. P... que paret, que mala!

    O Flu melhorou no segundo tempo, mas tivemos sorte em não perder. O Kenedy me surpreendeu. Estava mais acordado. Já o Carlinhos... consegue ser pior que o Chiquinho... por aí se tem uma ideia.

    A dupla é Fred-Kenedy!

    ResponderExcluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.