domingo, 20 de maio de 2012

Resenha: Corinthians 0 x 1 Tricolor


Amigos, começou neste fim de semana a quadragésima-sexta edição do Campeonato Brasileiro de futebol. Corinthians e Fluminense estrearam no Pacaembu, no confronto entre os dois últimos campeões do certame.

Os treinadores Abel e Tite resolveram poupar praticamente todos os titulares, priorizando os jogos da Copa Libertadores na quarta-feira. Aproveito a oportunidade para criticar a postura de ambos: o Brasileirão é o principal campeonato da temporada, e não pode ser assim tão desprezado. Entenderia perfeitamente um descanso para determinados atletas, que estivessem fisicamente desgastados. Mas jogar com times inteiramente reservas é, na minha visão, um erro grave. Essa aposta na Copa Libertadores é muito arriscada, visto que a sorte é um fator decisivo em torneios mata-mata. O Fluminense parece não ter aprendido com os erros de 2008, quando deixou o Campeonato Brasileiro de lado, perdeu a Copa Libertadores na final por um triz, e depois precisou correr dobrado para escapar do rebaixamento no Nacional.

Times reservas à parte, sempre que Fluminense e Corinthians entram em campo, uma grande rivalidade está em jogo. As duas instituições estão ligadas entre si desde o nascimento do Corinthians, fundado por jovens paulistas que assistiram a uma partida do Fluminense no Rio de Janeiro, em 1910. Em 1952, no Maracanã, Fluminense e Corinthians decidiram a Copa Rio, o Mundial de Clubes da época, com triunfo tricolor. Em 1976, o Corinthians obteve contra o Fluminense a maior vitória de sua história, numa tarde de dilúvio no Maracanã. Em 1984, o Fluminense vingaria a famosa invasão vencendo a semifinal do Campeonato Brasileiro em pleno Morumbi, com direito a aula de tática de Parreira.

Neste domingo, o Fluminense obteve a grande vitória graças a uma jogada de escanteio na segunda etapa: o jovem Marcos Júnior cobrou muito bem, e Leandro Euzébio cabeceou consciente, vencendo o goleiro Cássio. Amigos, foi um gol que valeu por seis pontos, os três que deu ao Fluminense, mais os três que tirou do Corinthians (afinal, tenho o pressentimento de que Fluminense e Corinthians estarão brigando pelo título em novembro).

Agora, Fluminense e Corinthians voltam suas atenções para a Copa Libertadores, para os jogos de quarta-feira, contra Boca Juniors e Vasco. Se passarem pelos fortes oponentes, já estarão nas semifinais do torneio continental. E aí, talvez, quem sabe, poderão escrever mais um capítulo na história desta grande rivalidade.

PC

11 comentários:

  1. Em 2008, o que aconteceu não foi a não escalação dos titulares no Brasileiro, o Fluminense abandonou a competição enquanto estava na Libertadores, o time reserva entrava sem a minima vontade de ganhar.

    Enfim, gostei da vitória, mas não da postura do time no segundo tempo quando tirou Lanzini pra colocar o Jean, o time que já perdia meio campo, passou a não ter mais ninguém pra pensar o jogo.

    ST.

    Ingresso pra quarta comprado.

    ResponderExcluir
  2. Exato, Big, tb não entendi a saída do Lanzini. Seria melhor ter tirado o Matheus Carvalho ou o Samuel, que são muito fracos.

    PC, não sabia dessa história dos jovens do curintia.

    Agora é quarta-feira. Precisamos ter muito cuidado com esse tal corredor do inferno ou sei lá como se chama. Sempre tem alguns torcedores que destoam ou rivais que se infiltram e não podemos dar moleza. Mesmo a bosta da conmebol não punindo nada, é preciso cuidado. No mais, é mostrar ao boquinha quem manda!

    ST

    ResponderExcluir
  3. A Comenbol é tão tendenciosa que é capaz de punir a gente por fazer o que todo mundo faz fora do Brasil na Libertadores.

    Pergunta: Pq o comentarista de arbitragem da Globo diz que não foi penalti no lance com o Willian e o Fantástica vem falar o mimimi dizem que teve penalti não marcado pros mano?!

    Se alguém conhecer a resposta, diga.

    ResponderExcluir
  4. Big, nos vemos no Leste Superior, certo? :)

    Leandro, os jovens paulistas assistiram a um jogo entre o Fluminense e o Corinthian Casuals, da Inglaterra, em Laranjeiras. Voltaram pra São Paulo, e semanas depois fundaram o Corinthians Paulista, em homenagem aos ingleses.

    (esse jogo, aliás, foi a maior goleada que o Fluminense sofreu em sua história - 10 a 1 - os ingleses naturalmente eram muito mais experientes que nós)

    ST!
    PC

    ResponderExcluir
  5. Vitória importante. Ganhamos um jogo que quase ninguém ganha.

    Legal a enquete! Acabei de ver que o boquinha recebeu 32 votos. O pessoal acredita muito na lorotinha de imprensa de que esse timeco é bicho-papão. Nunca foi, nunca vai ser.

    E convenhamos, boquinha favorito???
    Gente, o Buitrago não vai apitar todas as partidas deles.

    ResponderExcluir
  6. Ramón, o árbitro do último jogo do Boca Juniors nessa Copa Libertadores será o chileno Enrique Osses.

    É ele que apitará Fluminense x Boca quarta-feira. ;)

    ResponderExcluir
  7. Valeu, PCinclopédia do Futebol! Sabe muito!

    Leste Superior [2]

    ST

    ResponderExcluir
  8. Leandro, você vai ao jogo??? :D

    ResponderExcluir
  9. kkkkkkkkkk
    Eu sabia que vc iria perguntar, PC. Não, ainda não será dessa vez. Mas estarei torcendo, contra tudo e contra todos que querem nos derrubar!

    Leste Superior [3]

    ST

    ResponderExcluir
  10. Bom resultado no domingo. O time sofreu com a falta de entrosamento, estava nítido que não estavam acostumados a jogar todos juntos, mas ao fim, ganhamos o Corinthians, com gol do incansável Euzébio, que tem lá suas deficiencias, mas aparece na hora oportuna.
    Gostei do Walace subindo, é veloz e tem habilidade, mas não apoia nada na defesa. o Wellington zagueiro também é bola, tem tudo pra crescer. o MJ tem que levantar a cabeça, tá muito afobado. Joga muita bola, mas tá fominha, tem que levantar a cabeça. Com certeza será utilizado amanhã, precisa ter calma e jogar junto.
    O melhor do domingo, o Digão jogando improvisado de volante jogando melhor do que o Edinho. Gostaria de ver mudanças no meio, saindo Vagner, entrando o Lanzini, Euzébio no lugar do Anderson, mas creio que já está decidido, teremos que tolerar o Vagner novamente. Espero que o destino sorria pra ele e que ao menos faço um gol ou uma jogada que de origem a um, para que tenhamos boas lembranças quando se for, e não nos restem apenas essas apresentações nulas.

    ST.
    Gostaria de ver amanhã

    ResponderExcluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.