sexta-feira, 29 de julho de 2016

Xadrez - Mate em 2! (Piotr Ruszczynski)

Piotr Ruszczynski, Konkurs Polski Zwiazek Szachowy, 1971.
Código FEN: 3N2Q1/4k3/bR4P1/2Pr4/3b4/7B/8/7K w - - 0 1.

As Brancas jogam e dão xeque-mate em 2 lances!
(White to play and give checkmate in 2 moves!)

Piotr Ruszczynski é um criador de problemas e mestre internacional de xadrez polonês, que completa 65 anos de idade hoje. Feliz aniversário!
(Piotr Ruszczynski is a Polish chess problem composer and International Master, who turns 65 years old today. Happy birthday!)

PCFilho

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Xadrez - Mate em 3! (Mihail Croitor)

Mihail Croitor, KasparovChess, 17/10/2007.
Código FEN: 8/8/8/5Q2/2Pk4/8/2Rp4/3K4 w - - 0 1.


Um problema que me deu trabalho: as Brancas jogam e dão xeque-mate em 3 lances!
(A problem that gave me hard work: White to play and give checkmate in 3 moves!)

Mihail Croitor é um enxadrista e problemista moldávio. Hoje é seu 35º aniversário.
(Mihail Croitor is a Moldovan chess player and composer. Today is his 35th birthday.)

PCFilho

A campanha do Atlético Nacional na Copa Libertadores de 2016

Miguel Borja (23) celebra o gol do título (Foto:AFP).

A Copa Libertadores de 2016 terminou nesta quarta-feira, 27, com o espetacular triunfo do Atlético Nacional, de Medellín, que conquistou a taça continental pela segunda vez em sua história. Segue abaixo a campanha detalhada do glorioso quadro colombiano na 57ª edição da Copa Libertadores da América:

Fase de grupos:
23/02 - Tomás Adolfo Ducó (Buenos Aires) - Huracán 0, Atlético Nacional 2 (Moreno e Berrío)
01/03 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 3 (Sánchez, Copete e Moreno), Sporting Cristal 0
08/03 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 2 (Bocanegra e Moreno), Peñarol 0
15/03 - Centenario (Montevideo) - Peñarol 0, Atlético Nacional 4 (Copete, Bocanegra, Berrío e Luis Carlos Ruiz)
12/04 - Nacional (Lima) - Sporting Cristal 0, Atlético Nacional 1 (Ibarbo (p))
19/04 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 0, Huracán 0
Atlético Nacional classificado como 1º lugar geral.

Oitavas-de-final:
26/04 - Tomás Adolfo Ducó (Buenos Aires) - Huracán 0, Atlético Nacional 0
03/05 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 4 (Ibarbo (p), Guerra 2 e Copete), Huracán 2 (Espinoza e Ábila)
Atlético Nacional classificado na soma dos placares (4 a 2).

Quartas-de-final:
12/05 - Gigante de Arroyito (Rosario) - Rosario Central 1 (Montoya), Atlético Nacional 0
19/05 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 3 (Torres, Guerra e Berrío), Rosario Central 1 (Ruben (p))
Atlético Nacional classificado na soma dos placares (3 a 2), graças ao gol de Orlando Berrío aos 49 minutos do segundo tempo. Até aquele gol, o Rosario Central estava se classificando no critério dos gols fora de casa.

Semifinal:
06/07 - Morumbi (São Paulo) - São Paulo 0, Atlético Nacional 2 (Miguel Borja 2)
13/07 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 2 (Miguel Borja 2(1p)), São Paulo 1 (Calleri)
Atlético Nacional classificado na soma dos placares (4 a 1).

FINAL:
20/07 - Olímpico Atahualpa (Quito) - Independiente del Valle 1 (Mina), Atlético Nacional 1 (Berrío)
27/07 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 1 (Miguel Borja), Independiente del Valle 0
Atlético Nacional campeão na soma dos placares (2 a 1).

A campanha do Atlético Nacional em 2016 foi a melhor da história da Copa Libertadores no formato atual, com 14 jogos, 10 vitórias, 3 empates e 1 derrota. O aproveitamento de pontos foi de 78,6%: os colombianos somaram 33 dos 42 pontos possíveis ao longo da competição.

Com seus cinco gols marcados nas fases semifinal e final, Miguel Borja igualou os feitos de Pelé (pelo Santos, em 1963) e Thiago Neves (pelo Fluminense, em 2008).

Parabéns, Atlético Nacional, pela épica conquista!

PCFilho

Xadrez - Mate em 2! (Max Euwe)

Max Euwe, Kikeriki, 1927.
Código FEN: 2kr4/K1pp4/8/8/8/8/7Q/3R4 w - - 0 1.

As Brancas jogam e dão xeque-mate em 2 lances!
[Dica: este problema é muito semelhante ao mate em 2 de Theodore Morris Brown, já publicado aqui.]

(White to play and give checkmate in 2 moves!
[Hint: this problem is very similar to Theodore Morris Brown's twomover, already published here.])


Max Euwe, 1963.

Max Euwe foi um brilhante enxadrista e matemático, o 5º Campeão Mundial de Xadrez, e também presidente da Federação Internacional de Xadrez (FIDE). O problema de xadrez acima é o único composto e publicado por ele.

(Max Euwe was a brilliant chess player and mathematician, the 5th World Chess Champion, and also president of the International Chess Federation (FIDE). The chess problem above is the only one composed and published by him.)

PCFilho

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Ypiranga x Fluminense - Transmissão ao vivo (27/07/2016, Copa do Brasil)


Nesta quarta-feira, dia 27 de julho, às 21:45 de Brasília, no Colosso da Lagoa, em Erechim, Ypiranga e Fluminense se enfrentam na partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil de 2016.

O jogo será transmitido ao vivo pela TV Globo para os estados de Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais (exceto Ituiutaba, Uberlândia e Uberaba), Espírito Santo, Goiás, Tocantins, Sergipe, Alagoas, Pernambuco (somente Petrolina), Paraíba, Ceará, Piauí, Maranhão, Pará, Amazonas, Rondônia, Acre, Roraima e Amapá, e pelo canal de TV por assinatura SporTV 3, para todo o Brasil.

O Ypiranga, sob o comando técnico de Leocir Dall'Astra, deverá iniciar o jogo com a seguinte escalação: Carlão; Márcio, Negretti, Carlos Farias e Sander; Robson, Jessé, Mikael e Danilinho; Túlio Renan e João Paulo. Já o Fluminense, sob o comando técnico de Levir Culpi, provavelmente começará com: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Renato Chaves, Henrique e William Matheus; Douglas, Cícero, Marcos Júnior e Gustavo Scarpa (Dudu); Richarlison e Henrique Dourado (Magno Alves).

Na partida de ida, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, houve empate em 1 a 1. Assim, o time que vencer estará classificado para as oitavas-de-final da Copa do Brasil de 2016. Um empate em 0 a 0 classificará o Ypiranga, um empate em 1 a 1 levará a definição da vaga para a disputa de pênaltis, e um empate em 2 a 2 ou mais gols classificará o Fluminense.

Se o Fluminense for eliminado da Copa do Brasil, estará automaticamente classificado para a Copa Sul-Americana deste ano, no estranho critério da CBF que premia os clubes eliminados até esta fase com a vaga no torneio continental.

O empate na partida de ida foi o único jogo da história entre Fluminense e Ypiranga. Para mais detalhes, vide post História - Fluminense x Times Gaúchos.

PCFilho

terça-feira, 26 de julho de 2016

Cartola FC - Dicas da 17ª rodada - 2016



Amigos e amigas, seguem abaixo as minhas dicas para o Cartola FC nesta décima-sétima rodada do Campeonato Brasileiro de 2016, que terá os seguintes dez jogos, no sábado 30, no domingo 31 e na segunda-feira dia 1º (os horários estão no fuso de Brasília):
Figueirense x Vitória (sábado, 16:00, Orlando Scarpelli)
Sport Recife x Atlético Paranaense (sábado, 18:30, Ilha do Retiro)
Atlético Mineiro x Santa Cruz (sábado, 21:00, Independência)
Fluminense x Ponte Preta (domingo, 11:00, Giulite Coutinho)
São Paulo x Chapecoense (domingo, 11:00, Morumbi)
Internacional x Corinthians (domingo, 16:00, Beira-Rio)
Santos x Cruzeiro (domingo, 16:00, Vila Belmiro)
Coritiba x Flamengo (domingo, 16:00, Couto Pereira)
América Mineiro x Grêmio (domingo, 18:30, Independência)
Botafogo x Palmeiras (segunda-feira, 20:00, Luso-Brasileiro)

O mercado desta décima-sétima rodada do Cartola FC permanecerá aberto até as 14:00 de Brasília do sábado, dia 30 de julho. Não deixe para escalar seu time na última hora, mas confira sempre se os seus escolhidos de fato entrarão em campo!

Na complicada décima-sexta rodada, com a escalação sugerida aqui no blog, o PC Football Club marcou 23,04 pontos, acumulando até aqui 880,55 pontos no Campeonato (média de 55,03 pontos por rodada). O patrimônio atual do PC Football Club é de C$ 186,25.

Para esta 17ª rodada, minha sugestão de escalação é a seguinte, no esquema tático 4-3-3, sob o comando técnico de Roger Machado (Grêmio, C$ 15,03): Marcelo Grohe (Grêmio, C$ 11,62); Wellington Silva (Fluminense, C$ 12.05), Maicon (São Paulo, C$ 9,43), Pedro Geromel (Grêmio, C$ 21,13) e Iago (Grêmio, C$ 2,53); Diego Souza (Sport Recife, C$ 19,35), Lucas Lima (Santos, C$ 16,34) e Camilo (Botafogo, C$ 12,77); Robinho (Atlético Mineiro, C$ 20,64), Copete (Santos, C$ 16,54) e Rafael Moura (Figueirense, C$ 11.80).

O time sugerido acima custa ao todo C$ 169,23, e tem a seguinte distribuição por clubes: Grêmio (4), Santos (2), Sport Recife (1), Atlético Mineiro (1), Fluminense (1), Botafogo (1), São Paulo (1) e Figueirense (1). Naturalmente, a escalação está sujeita a alterações até o fechamento do mercado - se acontecerem, elas serão informadas aqui.

E vocês, amigos e amigas? Como escalarão os seus preciosos times para esta rodada #17 do Cartola FC 2016? Quais jogadores vocês sugerem? Os comentários de todos são bem-vindos, lembrando sempre: respeito em primeiro lugar! Sigam as regras do blog, grafem os nomes dos clubes da maneira correta, e tratem bem todos os demais comentaristas. Boa sorte a todos, e obrigado pelo prestígio ao Jornalheiros! Conto com a colaboração de vocês para que o blog seja uma fonte preciosa de dicas para o Cartola FC nessa temporada.

Na foto do post, com a camisa 17, o camaronês Marc-Vivien Foé, que tragicamente faleceu em campo, durante a semifinal da Copa das Confederações de 2003, entre Camarões e Colômbia, no Stade de Gerland, em Lyon, na França, vítima de um infarto fulminante. No intervalo do jogo, menos de trinta minutos antes de cair desacordado, Foé teria dito aos seus companheiros: "Garotos, mesmo se for preciso morrer no gramado, nós temos que vencer esta semifinal!". A seleção camaronesa vencia o jogo por 1 a 0, e manteve o resultado. Na decisão da competição, foi derrotada pela equipe da França, por 1 a 0, na prorrogação.

PCFilho

PS: a Liga Jornalheiros já conta com 631 times participantes. O meu PC Football Club está em 98º lugar na classificação geral, com 880,55 pontos. A liderança segue com o poderoso Lagoa Bonita EC, do amigo Plínio Antoniete, que acumula 1044,78 pontos. Em segundo lugar, vem o Lavaibola Kaneladas, do cartoleiro Kako Carvalho, com 1031,05 pontos, e em terceiro o Feroada FC, do cartoleiro Baki Maffra, com 1013,65 pontos. O maior pontuador da 16ª rodada foi o Sampahia, do cartoleiro Wendell de Souza, com 77,72 pontos. Para participar da nossa Liga Jornalheiros, basta solicitar a entrada clicando aqui.

PPS: estou terminando de escrever o e-book "Um método inteligente para apostar na Loteca", detalhando minuciosamente a estratégia que desenvolvi para a Loteca (a loteria esportiva da Caixa Econômica Federal). Interessados, por favor entrem em contato por e-mail: pcfilho@gmail.com. Ainda há tempo de adquirir o livro com desconto.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Flamengo x América MG - Transmissão ao vivo (25/07/2016, Brasileirão)


Nesta segunda-feira, dia 25 de julho, às 20:00, horário de Brasília, em partida válida pela décima-sexta rodada do Campeonato Brasileiro de 2016, o Flamengo recebe o América Mineiro no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo.

O jogo que encerra a 16ª rodada do Brasileirão será transmitido ao vivo pelo canal de TV por assinatura SporTV para todo o Brasil, exceto Rio de Janeiro e Espírito Santo, e pelo canal pay-per-view Premiere para os dois estados.

O Flamengo está com 24 pontos ganhos em 15 jogos disputados (campanha de 7 vitórias, 3 empates e 5 derrotas, 18 gols-pró e 18 gols-contra). O América Mineiro tem 8 pontos ganhos em 15 partidas disputadas (campanha de 2 vitórias, 2 empates e 11 derrotas, 9 gols-pró e 27 gols-contra).

O último duelo entre Flamengo e América Mineiro se deu no dia 17/02/2016, pela Copa da Primeira Liga, também no Estádio Kléber Andrade. Na ocasião, o Flamengo venceu por 1 a 0, com gol de Éverton, cobrando pênalti.

Os dois clubes já se enfrentaram 24 vezes até hoje, com 13 vitórias do time carioca, 6 empates e 5 triunfos da equipe mineira. A história detalhada do confronto entre Flamengo e América Mineiro pode ser conferida no meu post História - Flamengo x América MG.

PCFilho

Palpites da Loteca - Concurso 712



Amigos, segue abaixo a programação com os 14 jogos que compõem o concurso número 712 da Loteca, a loteria esportiva da Caixa Econômica Federal, a serem disputados no sábado 30 e no domingo 31 de julho, válidos pelas Séries A, B e C do Campeonato Brasileiro de 2016 (os horários estão no fuso de Brasília):
1) Internacional/RS x Corinthians/SP (Série A, domingo, 16:00, Beira-Rio)
2) Santos/SP x Cruzeiro/MG (Série A, domingo, 16:00, Vila Belmiro)
3) Coritiba/PR x Flamengo/RJ (Série A, domingo, 16:00, Couto Pereira)
4) Bragantino/SP x Bahia/BA (Série B, sábado, 16:30, Tanabi)
5) São Paulo/SP x Chapecoense/SC (Série A, domingo, 11:00, Morumbi)
6) Portuguesa/SP x Mogi Mirim/SP (Série C, sábado, 19:00, Canindé)
7) Paysandu/PA x Vila Nova/GO (Série B, sábado, 16:00, Curuzu)
8) Vasco/RJ x Criciúma/SC (Série B, sábado, 21:00, São Januário)
9) Figueirense/SC x Vitória/BA (Série A, sábado, 16:00, Orlando Scarpelli)
10) Sport Recife/PE x Atlético Paranaense/PR (Série A, sábado, 18:30, Ilha do Retiro)
11) Fortaleza/CE x Confiança/SE (Série C, domingo, 19:00, Castelão)
12) América/MG x Grêmio/RS (Série A, domingo, 18:30, Independência)
13) Atlético Mineiro/MG x Santa Cruz/PE (Série A, sábado, 21:00, Independência)
14) Fluminense/RJ x Ponte Preta/SP (Série A, domingo, 11:00, Giulite Coutinho)

Para facilitar as análises de favoritismo em cada confronto, seguem abaixo os porcentuais de apostas estimados para estas 14 partidas do concurso 712 da Loteca (os porcentuais são a base do método que explico no e-book - ver informações abaixo, no PS do fim do post). Em cada jogo, o primeiro porcentual refere-se ao mandante, o segundo ao empate, e o terceiro ao visitante:
1) Internacional/RS x Corinthians/SP - (35% 30% 35%)
2) Santos/SP x Cruzeiro/MG - (60% 25% 15%)
3) Coritiba/PR x Flamengo/RJ - (40% 25% 35%)
4) Bragantino/SP x Bahia/BA - (35% 30% 35%)
5) São Paulo/SP x Chapecoense/SC - (60% 25% 15%)
6) Portuguesa/SP x Mogi Mirim/SP - (25% 30% 45%)
7) Paysandu/PA x Vila Nova/GO - (44% 27% 29%)
8) Vasco/RJ x Criciúma/SC - (65% 20% 15%)
9) Figueirense/SC x Vitória/BA - (45% 27% 28%)
10) Sport Recife/PE x Atlético Paranaense/PR - (44% 28% 28%)
11) Fortaleza/CE x Confiança/SE - (75% 15% 10%)
12) América/MG x Grêmio/RS - (15% 25% 60%)
13) Atlético Mineiro/MG x Santa Cruz/PE - (65% 20% 15%)
14) Fluminense/RJ x Ponte Preta/SP - (50% 27% 23%)

Já publiquei aqui no Jornalheiros os históricos completos dos seguintes confrontos (clique nos links abaixo para conferir):

A aposta mínima na Loteca dá direito a um palpite duplo e custa R$ 2,00 (dois reais). Para cada palpite duplo marcado a mais, multiplica-se o preço da aposta por 2. Para cada palpite triplo marcado a mais, multiplica-se o preço da aposta por 3. Por exemplo, uma aposta com dois palpites duplos e dois palpites triplos custa R$ 2,00 × 2 × 3 × 3 = R$ 36,00 (trinta e seis reais).

As apostas neste concurso 712 da Loteca poderão ser registradas em qualquer uma das cerca de 12.700 casas lotéricas espalhadas pelo território do Brasil, até as 14:00 de Brasília do sábado, dia 30 de julho. Não deixe para registrar os seus bilhetes na última hora, até porque algumas casas lotéricas não abrem nos sábados.

A estimativa de prêmio para um ganhador único com 14 acertos neste concurso 712 da Loteca é de R$ 2.400.000,00 (dois milhões e quatrocentos mil reais). O rateio das premiações para as faixas de 14 e 13 acertos deverá ser divulgado pela Caixa Econômica Federal em seu site, na tarde da segunda-feira, dia 1º de agosto.

Abaixo, a seção dos comentários, que está sempre aberta para que vocês façam suas observações. Qual será a grande zebra da rodada? Qual time não perderá de jeito nenhum? Querem organizar um bolão? Espero as suas opiniões! Muito obrigado a todos vocês pelo prestígio a este blog Jornalheiros, e boa sorte rumo aos 14 acertos!

PCFilho

PS: estou terminando de escrever o e-book "Um método inteligente para apostar na Loteca", detalhando minuciosamente a estratégia que desenvolvi para a Loteca. Interessados, por favor entrar em contato por e-mail: pcfilho@gmail.com, ou nos comentários abaixo. Ainda é possível adquirir o livro com desconto.

Xadrez - Mate em 5! (Théodore Adrien Louis Herlin)

Théodore Adrien Louis Herlin, La Régence, 1849.
Código FEN: 8/8/p3p3/P2kB3/B2N1P2/1K3P2/8/8 w - - 0 1.


As Brancas jogam e dão xeque-mate em 5 lances!

(White to play and give checkmate in 5 moves!)

PCFilho

Treinadores demitidos no Brasileirão 2016



Todos os anos, acontece a mesma coisa: quase todos os clubes da Série A do Campeonato Brasileiro trocam de treinador pelo menos uma vez ao longo da competição. Alguns times fazem três, quatro ou até mais mudanças no comando técnico, numa dança das cadeiras que é um dos sintomas mais evidentes da falta de organização do nosso futebol.

Segue abaixo a lista de treinadores demitidos durante o Campeonato Brasileiro de 2016 (por decisão do clube ou do respectivo técnico):
19/05 (1ª rodada): Diego Aguirre (Atlético Mineiro)
26/05 (3ª rodada): Muricy Ramalho (Flamengo)
02/06 (5ª rodada): Gilson Kleina (Coritiba)
03/06 (5ª rodada): Givanildo Oliveira (América Mineiro)
15/06 (7ª rodada): Tite (Corinthians)
24/06 (10ª rodada): Guto Ferreira (Chapecoense)
11/07 (14ª rodada): Vinícius Eutrópio (Figueirense)
11/07 (14ª rodada): Argel Fucks (Internacional)
17/07 (15ª rodada): Sérgio Vieira (América Mineiro - 2ª demissão)
25/07 (16ª rodada): Paulo Bento (Cruzeiro)

Quem será o próximo a dançar?

PCFilho

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Medalhas recusadas na história dos Jogos Olímpicos


Conquistar uma medalha olímpica é o sonho de qualquer atleta, em qualquer modalidade. Entretanto, nem sempre os agraciados com a maior honraria do esporte a aceitam. Abaixo, estão listados alguns casos curiosos de medalhas recusadas na história dos Jogos Olímpicos, por solidariedade a outros atletas desclassificados, ou por protestos contra decisões controversas de arbitragem.

I)  John Taylor (Estados Unidos) e William Robbins (Estados Unidos), Jogos Olímpicos de Londres, 1908.
Na final dos 400 metros nos Jogos Olímpicos de Londres, disputada no White City Stadium, no dia 23/07/1908, quatro atletas competiram pelas três medalhas. O norte-americano John Condict Carpenter saiu vencedor, à frente dos compatriotas John Taylor e William Robbins e do britânico Wyndham Halswelle. No entanto, Carpenter foi desclassificado por ter obstruído Halswelle, numa manobra que era permitida pelas regras dos Estados Unidos, mas proibida pelas regras britânicas, que eram as válidas naquelas Olimpíadas. Assim, foi ordenada uma nova corrida, dois dias depois, sem a presença de Carpenter, para definir os medalhistas. No entanto, em solidariedade ao compatriota eliminado, John Taylor e William Robbins se recusaram a correr, protestando contra a decisão da organização. De forma melancólica, Halswelle correu sozinho e ficou com a medalha de ouro, no único W. O. já registrado na história dos Jogos Olímpicos. As medalhas de prata e bronze não foram concedidas a nenhum atleta: Taylor e Robbins ficaram mesmo sem premiação.

II) Hugo Wieslander (Suécia) e Ferdinand Reinhardt Bie (Noruega), Jogos Olímpicos de Estocolmo, 1912.

Jim Thorpe (fotos: Getty Images).

Nas Olimpíadas de 1912, em Estocolmo, capital da Suécia, o norte-americano Jim Thorpe (nas fotos acima) teve uma performance excepcional, conquistando as medalhas de ouro no Pentatlo e no Decatlo. Porém, menos de um ano depois, um jornalista descobriu e denunciou que ele havia jogado beisebol num pequeno time profissional em 1909 e 1910, e portanto não poderia ter disputado os Jogos Olímpicos, que eram exclusivos para atletas amadores. Jim Thorpe admitiu que violou a regra, e o Comitê Olímpico Internacional (COI) solicitou que ele devolvesse as medalhas.

Após tirar o nome de Jim Thorpe do registro oficial dos campeões olímpicos, o COI reconheceu o sueco Hugo Wieslander, segundo lugar no Decatlo, e o norueguês Ferdinand Reinhardt Bie, segundo lugar no Pentatlo, como os legítimos vencedores das competições. Entretanto, numa belíssima demonstração de honra, ambos se recusaram a aceitar as medalhas de ouro, que, para eles, deveriam continuar com Jim Thorpe, o verdadeiro campeão.

Posteriormente, Hugo Wieslander foi convencido a aceitar sua medalha de ouro, apesar de manifestar notório desconforto com a situação. Em 1951, ele doou a medalha ao museu do Gymnastik-och Idrottshögskolan, de onde ela foi roubada três anos depois, jamais tendo sido recuperada. Em 1982, o COI decidiu restituir as medalhas de ouro de Jim Thorpe, trinta anos após a sua morte. Os filhos de Jim Thorpe receberam as medalhas, mas o COI continua reconhecendo Ferdinand Reinhardt Bie e Hugo Wieslander como co-vencedores das suas respectivas competições.

III) Time de Basquete Masculino dos Estados Unidos, Jogos Olímpicos de Munique, 1972.

A polêmica cesta da vitória da União Soviética (foto: FIBA).

Nos Jogos Olímpicos de 1972, realizados em Munique, na Alemanha Ocidental, a final do Basquete Masculino foi disputada entre as equipes dos Estados Unidos e da União Soviética, no auge da chamada Guerra Fria, que criou um clima de rivalidade sem precedentes entre os atletas das duas nações. O time da União Soviética era mais experiente, e se manteve à frente do placar durante a maior parte do jogo. Com menos de 10 minutos restando, os Estados Unidos (que levaram uma equipe universitária) perdiam por uma diferença de 10 pontos. No entanto, em uma reação incrível, conseguiram encostar no placar, e viraram para 50 a 49, a três segundos do fim, graças a dois lances livres convertidos por Doug Collins. Os três segundos a seguir seriam os mais longos da história do esporte.

Como as regras proibiam os times de pedirem tempo após um lance livre, os soviéticos recomeçaram o jogo a seguir, mas o técnico exigiu da arbitragem um tempo, e o árbitro búlgaro Artenik Arabadjan parou o cronômetro com 1 segundo faltando, para analisar o pedido. O árbitro negou o pedido e autorizou o reinício do jogo pelo time soviético, com 1 segundo no cronômetro. Quando o cronômetro estourou, os norte-americanos começaram a festejar. Entretanto, o dirigente R. William Jones, secretário-geral da Federação Internacional de Basquete Amador, abordou a mesa dos árbitros e ordenou que o cronômetro voltasse para os 3 segundos, em vez do 1 segundo que fora concedido após a parada.

Os árbitros concordaram, e o time soviético reiniciou a jogada final pela terceira vez. Após receber um passe que atravessou toda a quadra, Aleksandr Belov converteu uma cesta de dois pontos logo antes do estouro do cronômetro, revirando o placar para 51 a 50, e dando a medalha de ouro para a União Soviética. Os Estados Unidos, naturalmente, protestaram contra a controversa decisão dos árbitros, mas tiveram suas reclamações ignoradas. Então, o time norte-americano decidiu boicotar a cerimônia de premiação, e os atletas não foram ao pódio para receber suas medalhas de prata.

Desde então, os 12 atletas do time de Basquete dos Estados Unidos já foram convidados diversas vezes a aceitar suas medalhas, mas recusaram sempre - as medalhas permanecem até hoje trancadas em um cofre em Lausanne, na Suíça. O capitão Kenny Davis e o companheiro Tom Henderson têm até um parágrafo em seus testamentos, proibindo para sempre os seus descendentes de aceitarem uma medalha de prata dos Jogos Olímpicos de 1972. Aqueles três segundos durarão mesmo uma eternidade...

IV) Ibragim Samadov (CEI), Jogos Olímpicos de Barcelona, 1992.

No Levantamento de Peso, naturalmente, o campeão é o atleta que conseguir levantar o maior peso. Entretanto, às vezes acontece um empate. Em 1992, em Barcelona, aconteceu um inédito empate tríplice: três atletas levantaram precisamente o mesmo peso, 814 libras (369,224 kg). Ibragim Samadov, que competiu pela Comunidade dos Estados Independentes, ficou com o bronze porque perdeu no primeiro critério de desempate: ele pesava 45 gramas (!!!) a mais que os dois adversários (o grego Pyrros Dimas e o polonês Krzysztof Siemion). O grego venceu o polonês no segundo critério de desempate - quem levantara o peso antes - critério que, se fosse o primeiro desempate, daria a medalha de ouro a Samadov, pois ele fora o primeiro a levantar as 814 libras.

Revoltado com o resultado, Ibragim Samadov não se inclinou para receber sua medalha de bronze, a pegou com a mão, a atirou no chão, deu as costas para o pódio e saiu andando, sob intensas vaias da plateia. Ele estava visivelmente irritado desde o momento em que falhara na tentativa de ultrapassar as 814 libras, e fora amolado por torcedores gregos. Após dar a Ibragim Samadov uma chance de se explicar, o COI o expulsou da Vila Olímpica e retirou sua medalha. Ele se desculpou no dia seguinte, mas continuou sem a medalha (que também não foi herdada pelo quarto lugar, porque a desclassificação de Samadov se deu após a competição).

V) Ara Abrahamian (Suécia), Jogos Olímpicos de Pequim, 2008.

Ara Abrahamian (fotos: Getty Images).

Competindo pela Suécia nos Jogos de Pequim, Ara Abrahamian perdeu a semifinal na Luta Greco-Romana, categoria até 84 kg, e pôs a culpa pela derrota em "erros grosseiros de arbitragem". Ele teve que ser contido após o incidente, e inicialmente se recusou a participar da luta pela medalha de bronze. Entretanto, ele mudou de ideia, lutou e ganhou o bronze. Porém, durante a cerimônia de premiação, ele retirou a medalha do pescoço, a largou no chão e saiu andando. O COI desclassificou Abrahamian "por insultar os outros atletas", e ele perdeu o direito à medalha conquistada.

VI) Shin A-Lam (Coreia do Sul), Jogos Olímpicos de Londres, 2012.

(foto: Getty Images)

Uma das imagens mais marcantes dos Jogos de 2012 foi a da esgrimista sul-coreana Shin A-Lam chorando sentada, em protesto após uma derrota controversa para a alemã Britta Heidemann, na luta semifinal. Shin alegava que o golpe vencedor de Heidemann acontecera após o estouro do cronômetro, que era controlado por um adolescente voluntário. Shin foi requisitada a permanecer no local enquanto os árbitros avaliavam seu apelo - que acabou sendo rejeitado após uma longa hora. Desestabilizada emocionalmente, Shin acabou derrotada na luta pelo bronze, e a Federação Internacional de Esgrima lhe ofereceu uma medalha especial de consolação, que ela recusou.

PCFilho

Xadrez - Mate em 4! (Théodore Adrien Louis Herlin)

Théodore Adrien Louis Herlin, Le Palamède, 15/04/1845.
Código FEN: 2N5/8/k2K4/8/p1PB4/P7/8/8 w - - 0 1.

As Brancas jogam e dão xeque-mate em 4 lances!


(White to play and give checkmate in 4 moves!)


Théodore Adrien Louis Herlin, nascido em 22 de julho de 1817, publicou este problema famoso sob o nome de "L'Anonyme de Lille". Ele ainda é famoso por seus problemas estratégicos, e especialmente pela chamada Manobra Herlin, que resolve o problema acima.)

(Théodore Adrien Louis Herlin, born on July 22, 1817, published this famous problem under the name of "L'Anonyme de Lille". He is still famous for his strategic problems, and especially for the so-called Herlin Maneuver, which solves the problem above.)

PCFilho