quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Efemérides tricolores - 30 de novembro


1901: empolgados com o sucesso das partidas disputadas pelo "Rio Team" em São Paulo (vide 19 e 20 de outubro), Oscar Cox, Mário Frias e Cawood Robinson convidaram diversos amigos para uma reunião na sede do Laranjeiras Club, visando à fundação do "Rio Football Club". A tentativa de fundar o primeiro clube dedicado ao futebol no Rio de Janeiro fracassou, e Oscar Cox adiou a concretização de seu sonho para o ano seguinte... (vide 21 de julho).
O convite para a reunião de 30 de novembro de 1901.

1919: em partida válida pelo returno do Campeonato Carioca, no Estádio de Laranjeiras, o avassalador Fluminense obteve sua décima vitória consecutiva: 4 a 3 sobre o São Cristóvão (único time que o havia derrotado na competição, em 27 de julho). Os gols da vitória do Fluminense foram de Welfare, Zezé (dois) e Machado, e os três gols dos visitantes foram de Braz de Oliveira. A escalação do onze tricolor foi: Marcos; Vidal e Othelo; Laís, Oswaldo Gomes e Fortes; Mano, Zezé, Welfare, Machado e Bacchi. Com quatorze vitórias e uma derrota, o Fluminense seguia na liderança da competição, dois pontos à frente do vice-líder Flamengo. O timaço tricolor venceria todas as partidas seguintes, até garantir o tricampeonato, exatamente no duelo contra o rival rubro-negro (vide 21 de dezembro).

1941: em sua estreia no Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais, em General Severiano, a Seleção Carioca venceu a Seleção Baiana por 9 a 0, gols de Tim (dois), Pirillo (três), Pedro Amorim (três) e Patesko. O escrete do Distrito Federal atuou com: Yustrich [Flamengo]; Domingos da Guia [Flamengo] e Osvaldo [Vasco]; Afonsinho [Fluminense], Zarzur [Vasco] e Argemiro [Vasco]; Pedro Amorim [Fluminense], Zizinho [Flamengo], Pirillo [Flamengo], Tim [Fluminense] e Patesko [Botafogo]. No mesmo dia, em amistoso no Caio Martins, em Niterói, um time misto do Fluminense perdeu por 5 a 2 para o Canto do Rio.

1946: na terceira rodada do Supercampeonato Carioca, diante de 21.240 pagantes em São Januário, o Fluminense venceu o Botafogo por 3 a 1, graças aos gols de Pedro Amorim e Ademir Menezes (dois). Com o resultado, o Fluminense assumiu a liderança do Supercampeonato, com 5 pontos ganhos, contra 4 do Botafogo, 3 do Flamengo e nenhum do America. Nas três rodadas seguintes, o Fluminense obteria mais três vitórias, e cumpriria a profecia de Gentil Cardoso (vide 7, 15 e 22 de dezembro).

1947: em jogo válido pelo returno do Campeonato Carioca, no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense ganhou por 9 a 3 do Canto do Rio. Os gols tricolores foram de Ademir Menezes (dois), Lamparina (contra), Juvenal (três), Orlando Pingo de Ouro, Rodrigues Tatu e Pé-de-Valsa; para os visitantes, anotaram Demóstenes, Geraldino e Sílvio.

1952: em partida válida pelo returno do Campeonato Carioca, disputada no Estádio Caio Martins, em Niterói, o Fluminense derrotou o Canto do Rio por 3 a 0. Os gols dos campeões mundiais foram de Telê, Marinho e Orlando Pingo de Ouro (de pênalti).

1980: no jogo único da decisão do Campeonato Carioca, diante de uma multidão de 108.957 pagantes no Maracanã, o Fluminense derrotou o Vasco por 1 a 0, graças ao santo gol de falta do zagueiro Edinho, aos 22 minutos do segundo tempo. Com a vitória, o Fluminense sagrou-se campeão carioca pela 24ª vez. Foi sobre esta partida a última crônica do escritor tricolor Nelson Rodrigues. No mesmo dia, um acontecimento triste: faleceu o músico Cartola, ilustre torcedor do clube - sobre seu caixão, no dia seguinte, estavam as bandeiras do Fluminense e da Mangueira. O gênio faleceu campeão.

1985: na última rodada do segundo turno do Campeonato Carioca, no Maracanã, o Fluminense perdeu por 1 a 0 para o America. Por ter vencido o primeiro turno (vide 9 de outubro), o Fluminense já estava classificado para o triangular final, em que enfrentaria o Flamengo (vide 11 de dezembro) e o Bangu (vide 18 de dezembro), para se sagrar tricampeão do Rio de Janeiro.

1986: em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, diante de 94.043 pagantes no Maracanã, o Fluminense derrotou o Flamengo por 1 a 0, graças ao gol de Leomir, de pênalti, aos 44 minutos do primeiro tempo.

2008: em jogo da penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, no Morumbi, perante 66.888 pagantes no Morumbi, o Fluminense empatou em 1 a 1 com o São Paulo, impedindo a conquista antecipada do título pelo clube paulista. O jovem Tartá marcou o gol tricolor no começo do segundo tempo, e Borges empatou para os anfitriões pouco depois. O zagueiro tricolor Thiago Silva teve grande atuação na partida.

2014: em partida válida pelo returno do Campeonato Brasileiro, o Fluminense ganhou por 5 a 2 do Corinthians, no Maracanã. Os gols tricolores foram de Ralf (contra), Edson, Fred (dois, ambos de pênalti) e Dario Conca. O goleiro tricolor Diego Cavalieri defendeu uma cobrança de pênalti de Fábio Santos.

****

Aniversariantes do dia:

Januário Gomes de Barros (1939), meio-campista português que integrou o elenco do Fluminense na temporada de 1961.

Muricy Ramalho (1955), treinador que comandou a conquista do Campeonato Brasileiro de 2010, o terceiro da história do Fluminense. Entre 2010 e 2011, Muricy esteve no comando técnico do time tricolor em 54 partidas, tendo obtido 28 vitórias, 15 empates e 11 derrotas. Foi um dos mais vitoriosos treinadores de sua geração, tendo conquistado também três Campeonatos Brasileiros pelo São Paulo e uma Copa Libertadores pelo Santos.


PCFilho

Xadrez - Mate em 6! (Hans Lepuschütz)

Hans Lepuschütz, Deutsche Schachzeitung, 1936.
Código FEN: 2r5/P2R4/K6R/Npk3pp/p2p1p1r/P2p4/1p5b/3bn2n w - - 0 1.

As Brancas jogam e dão xeque-mate em 6 lances!

(White to play and give checkmate in 6 moves!)

PCFilho

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Efemérides tricolores - 29 de novembro


1931: em partida válida pelo returno do Campeonato Carioca, no campo da rua General Severiano, o Fluminense ganhou por 2 a 1 do Botafogo. Alfredinho e Preguinho marcaram os gols tricolores, e Otacílio fez para os anfitriões.

1942: no segundo jogo da semifinal do Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais, no Estádio do Botafogo, em General Severiano, a Seleção Carioca venceu a Seleção Gaúcha por 6 a 1, de virada, graças a três gols de Pirillo e três gols de Lelé, e garantiu sua classificação para a final. Baseado no time do Flamengo, o escrete do Distrito Federal jogou com: Jurandyr [Fla]; Domingos da Guia [Fla] e Newton Canegal [Fla]; Biguá [Fla], Zarzur [Vasco] e Jayme de Almeida [Fla]; Pedro Amorim [Fluminense], Zizinho [Fla], Pirillo [Fla], Lelé [Madureira] e Vevé [Fla]. Nas semanas seguintes, os cariocas decidiriam o torneio em quatro partidas contra o escrete de São Paulo, e terminariam como vice-campeões.

1953: em jogo válido pelo returno do Campeonato Carioca, no campo do Olaria, na rua Bariri, o Fluminense venceu a equipe anfitriã por 3 a 1, graças aos gols de Marinho, Telê e Didi (de pênalti).

1958: em partida válida pelo returno do Campeonato Carioca, no Maracanã, o Fluminense ganhou por 4 a 0 da Portuguesa da Ilha do Governador, gols de Jair Francisco, Escurinho e Waldo (dois, um de pênalti).

1964: em jogo pela décima-primeira rodada do returno do Campeonato Carioca, diante de 52.464 pagantes no Maracanã, o Fluminense perdeu para o Botafogo por 1 a 0, gol de Jairzinho. O resultado embolou de vez a disputa pelo título: o Fluminense seguia na liderança, com 32 pontos ganhos (campanha de 14 vitórias, 4 empates e 4 derrotas), agora ao lado do Flamengo (com a mesma campanha) e do Botafogo (este com um jogo a mais - 14 vitórias, 4 empates e 5 derrotas), e um ponto à frente do Bangu (este com 11 vitórias, 9 empates e 2 derrotas). Nas duas rodadas finais, o Fluminense enfrentaria Vasco e São Cristóvão, o Flamengo jogaria com Campo Grande e Botafogo, o Botafogo pegaria somente o Flamengo, e o Bangu enfrentaria Madureira e Bonsucesso. Ao fim, Fluminense e Bangu terminariam na ponta, cada um com 35 pontos ganhos - e assim partiriam para decidir o título em duas partidas extras (vide 16 e 20 de dezembro).

1967: em partida válida pelo returno do Campeonato Carioca, no Maracanã, o Fluminense ganhou por 3 a 1 do America, graças aos gols de Samarone, Rinaldo (de pênalti) e Camilo.

1970: em jogo do Campeonato Brasileiro, diante de 58.059 pagantes no Mineirão, em Belo Horizonte, o Fluminense perdeu para o Atlético Mineiro por 3 a 1, na primeira partida do treinador Telê contra o clube do seu coração. Os gols foram de Ronaldo, Vaguinho e Vanderlei para o Atlético, e de Samarone para o Fluminense. Com a campanha de oito vitórias, três empates e quatro derrotas, o Fluminense ainda precisaria pontuar na rodada final, contra o Atlético Paranaense, para se classificar ao quadrangular (vide 6 de dezembro). Na fase decisiva, enfrentaria Palmeiras, Cruzeiro e o próprio Atlético Mineiro - seria exatamente contra o Galo a partida final, na qual o Tricolor se sagraria campeão brasileiro pela primeira vez (vide 20 de dezembro).

1978: em partida válida pelo Campeonato Carioca, em Moça Bonita, o Fluminense ganhou por 2 a 0 do Bangu, gols de Isidoro e Luiz Fumanchu.

1979: em jogo válido pela última rodada da segunda fase do Campeonato Brasileiro, no Maracanã, o Fluminense derrotou o Maranhão por 6 a 0, gols de Edevaldo, Mário Marques, Cristóvão Borges (dois) e Zezé (dois, um de pênalti). Com campanha de três vitórias e quatro empates, o Fluminense se despediu invicto da competição.

1987: o Fluminense foi o convidado de honra para a comemoração do 60º aniversário do Nacional Atlético Clube, de Muriaé. No amistoso, disputado no Estádio Soares de Azevedo, o Tricolor venceu os anfitriões por 2 a 0, gols de Eduardo Souza e Washington.

2003: em jogo válido pelo returno do Campeonato Brasileiro, no Maracanã, o Fluminense derrotou o São Caetano por 2 a 1. Os gols saíram todos no segundo tempo: Marcelo Macedo abriu o placar para os tricolores, Warley empatou para os azuis, e Romário marcou o gol da vitória do Fluminense, cobrando pênalti.

2009: em partida válida pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense ganhou por 4 a 0 do Vitória, diante de 55.083 presentes (52.408 pagantes) no Maracanã, gols de Alan, Fred e Darío Conca (dois). Graças à Arrancada Histórica - a maior reação de um clube na história do Campeonato Brasileiro - o Fluminense enfim saiu da zona de rebaixamento, e o milagre estava prestes a se concretizar: bastaria um empate contra o Coritiba na rodada final, e a queda estaria evitada (vide 6 de dezembro).
A classificação do Brasileirão 2009 após a 37ª rodada.

2016: em um dos dias mais tristes da história do futebol brasileiro, três ex-jogadores do Fluminense faleceram na trágica queda do voo 2933 da LaMia, que levava o time da Chapecoense para a Colômbia: o ponta-esquerda Mário Sérgio (do time de 1975), o zagueiro Filipe Machado (do elenco de 2004) e o atacante Lucas Gomes (do plantel de 2015). Outra vítima do desastre foi o jornalista Paulo Julio Clement, torcedor do Fluminense, cujo corpo foi velado no Salão Nobre do clube. Além deles, outras 67 pessoas morreram no acidente aéreo.

****

Aniversariantes do dia:

Anito do Carmo Lopes, o Anito (1921), centroavante com 4 gols marcados em 16 jogos pelo Fluminense, entre as temporadas de 1942 e 1943. Atuou também em Bangu, São Paulo, Peñarol, Brasil de Pelotas e Canto do Rio.

Donald Pereira de Aguiar, o Donald (1933), zagueiro que integrou o elenco do Fluminense no ano de 1961.

Francisco Santana, o Fifi (1936), meia-direita com 3 gols marcados em 8 jogos pelo Fluminense entre 1956 e 1957. Teve sua tarde de herói no Maracanã, ao marcar os dois gols da vitória sobre o Botafogo, em 2 de dezembro de 1956.

João José Galhardo, o Galhardo (1942), zagueiro que atuou no Fluminense entre 1968 e 1971, fazendo parte de uma das melhores defesas da história do clube (Félix, Oliveira, Galhardo, Assis e Marco Antônio). Conquistou o Campeonato Brasileiro de 1970, os Campeonatos Cariocas de 1969 e 1971 e as Taças Guanabara de 1969 e 1971. Galhardo totalizou 164 partidas com a camisa tricolor.
Galhardo e Samarone, craques tricolores.

PCFilho

Xadrez - Mate em 2! (Ferenc Böhm)

Ferenc Böhm, Skakbladet, 1931.
Código FEN: 5RR1/B3P3/5K1p/p2p4/7p/r2Qq3/b2NBk2/3nr1b1 w - - 0 1.

As Brancas jogam e dão xeque-mate em 2 lances!

(White to play and give checkmate in 2 moves!)

PCFilho

terça-feira, 28 de novembro de 2017

História - Grêmio x Times Argentinos


Ao longo das décadas, o Grêmio de Porto Alegre já enfrentou adversários argentinos 100 vezes, com 49 vitórias, 26 empates e 25 derrotas, 154 gols-pró e 113 gols-contra. Foram 97 partidas contra clubes, duas contra a Seleção da Argentina, e uma contra um combinado de jogadores do país vizinho.

As estatísticas separadas por adversário estão assim:
- Argentinos Juniors: 1 jogo, 1 vitória, 0 empate e 0 derrota, 1 gol-pró e 0 gol-contra.
- Belgrano: 1 jogo, 0 vitória, 0 empate e 1 derrota, 2 gols-pró e 3 gols-contra.
- Boca Juniors: 8 jogos, 2 vitórias, 1 empate e 5 derrotas, 7 gols-pró e 13 gols-contra.
- Chacarita Juniors: 2 jogos, 0 vitória, 1 empate e 1 derrota, 3 gols-pró e 5 gols-contra.
- Colón: 2 jogos, 2 vitórias, 0 empate e 0 derrota, 3 gols-pró e 0 gol-contra.
- Estudiantes de La Plata: 11 jogos, 5 vitórias, 4 empates e 2 derrotas, 16 gols-pró e 11 gols-contra.
- Ferro Carril Oeste: 1 jogo, 1 vitória, 0 empate e 0 derrota, 1 gol-pró e 0 gol-contra.
- Gimnasia y Esgrima Jujuy: 1 jogo, 0 vitória, 0 empate e 1 derrota, 0 gol-pró e 3 gols-contra.
- Gimnasia y Esgrima La Plata: 2 jogos, 0 vitória, 2 empates e 0 derrota, 6 gols-pró e 6 gols-contra.
- Godoy Cruz: 2 jogos, 2 vitórias, 0 empate e 0 derrota, 3 gols-pró e 1 gol-contra.
- Huracán: 1 jogo, 1 vitória, 0 empate e 0 derrota, 7 gols-pró e 2 gols-contra.
- Independiente: 12 jogos, 6 vitórias, 3 empates e 3 derrotas, 18 gols-pró e 7 gols-contra.
- Lanús: 2 jogos, 2 vitórias, 0 empate e 0 derrota, 3 gols-pró e 1 gol-contra.
- Newell's Old Boys: 9 jogos, 6 vitórias, 3 empates e 0 derrota, 20 gols-pró e 9 gols-contra.
- Racing: 9 jogos, 5 vitórias, 4 empates e 0 derrota, 17 gols-pró e 8 gols-contra.
- River Plate: 17 jogos, 9 vitórias, 2 empates e 6 derrotas, 29 gols-pró e 23 gols-contra.
- Rosario Central: 4 jogos, 1 vitória, 0 empate e 3 derrotas, 3 gols-pró e 9 gols-contra.
- San Lorenzo: 5 jogos, 2 vitórias, 2 empates e 1 derrota, 4 gols-pró e 3 gols-contra.
- Talleres: 3 jogos, 2 vitórias, 1 empate e 0 derrota, 5 gols-pró e 2 gols-contra.
- Vélez Sarsfield: 4 jogos, 1 vitória, 2 empates e 1 derrota, 5 gols-pró e 5 gols-contra.
- Seleção da Argentina: 2 jogos, 0 vitória, 1 empate e 1 derrota, 0 gol-pró e 2 gols-contra.
- Combinado da Argentina: 1 jogo, 1 vitória, 0 empate e 0 derrota, 1 gol-pró e 0 gol-contra.

Abaixo, está a lista com os resultados de todos os jogos do Grêmio contra times argentinos ao longo da história:
30/01/1940 - Grêmio 2 x 1 Independiente - Baixada (Porto Alegre)
02/03/1941 - Grêmio 5 x 5 Gimnasia y Esgrima La Plata - Baixada (Porto Alegre)
03/03/1948 - Grêmio 2 x 0 Estudiantes de La Plata - Baixada (Porto Alegre)
21/01/1952 - Grêmio 1 x 1 Estudiantes de La Plata - Baixada (Porto Alegre)
04/02/1953 - Grêmio 2 x 2 Chacarita Juniors - Tiradentes (Porto Alegre)
03/01/1956 - Grêmio 3 x 1 Racing - Olímpico (Porto Alegre)
06/01/1956 - Grêmio 1 x 1 Racing - Olímpico (Porto Alegre)
20/09/1956 - Grêmio 0 x 0 Seleção da Argentina - Olímpico (Porto Alegre)
16/01/1958 - Grêmio 1 x 1 Gimnasia y Esgrima La Plata - Olímpico (Porto Alegre)
25/02/1959 - Boca Juniors 1 x 4 Grêmio - La Bombonera (Buenos Aires)
12/04/1959 - Grêmio 0 x 2 Seleção da Argentina - Olímpico (Porto Alegre)
07/09/1960 - Grêmio 1 x 0 Combinado da Argentina - Olímpico (Porto Alegre)
17/03/1963 - Colón 0 x 2 Grêmio - Brigadier General Estanislao López (Santa Fe)
20/03/1963 - Newell's Old Boys 1 x 2 Grêmio - El Coloso del Parque (Rosario)
22/03/1963 - Estudiantes de La Plata 1 x 1 Grêmio - Jorge Luis Hirschi (La Plata)
19/05/1966 - Grêmio 3 x 0 Racing - Olímpico (Porto Alegre)
16/05/1971 - Grêmio 2 x 0 River Plate - Olímpico (Porto Alegre)
30/01/1972 - Grêmio 1 x 0 River Plate - Fonte Nova (Salvador)
08/02/1972 - Grêmio 1 x 1 Newell's Old Boys - Olímpico (Porto Alegre)
11/02/1972 - Grêmio 3 x 1 Newell's Old Boys - Olímpico (Porto Alegre)
22/01/1973 - Grêmio 1 x 4 Boca Juniors - Olímpico (Porto Alegre)
27/02/1975 - Grêmio 7 x 2 Huracán - Olímpico (Porto Alegre)
20/04/1975 - Grêmio 4 x 2 Newell's Old Boys - Olímpico (Porto Alegre)
27/01/1976 - Grêmio 1 x 0 Racing - Olímpico (Porto Alegre)
10/03/1976 - Grêmio 3 x 0 Independiente - Olímpico (Porto Alegre)
18/02/1977 - Grêmio 2 x 0 Independiente - Olímpico Universitário (Caracas, Venezuela)
10/03/1977 - Racing 0 x 0 Grêmio - El Cilindro (Avellaneda)
23/03/1977 - Grêmio 1 x 0 San Lorenzo - Olímpico (Porto Alegre)
01/03/1978 - Newell's Old Boys 0 x 3 Grêmio - El Coloso del Parque (Rosario)
08/03/1978 - Grêmio 3 x 2 Newell's Old Boys - Olímpico (Porto Alegre)
20/02/1979 - Independiente 0 x 4 Grêmio - Gigante de Arroyito (Rosario)
22/02/1979 - Rosario Central 1 x 2 Grêmio - Gigante de Arroyito (Rosario)
24/02/1979 - Colón 0 x 1 Grêmio - Brigadier General Estanislao López (Santa Fe)
25/05/1979 - Newell's Old Boys 1 x 3 Grêmio - El Coloso del Parque (Rosario)
27/05/1979 - Rosario Central 4 x 1 Grêmio - Gigante de Arroyito (Rosario)
24/06/1980 - Grêmio 0 x 1 River Plate - Olímpico (Porto Alegre)
26/06/1980 - Grêmio 1 x 0 Argentinos Juniors - Olímpico (Porto Alegre)
14/01/1981 - Independiente 0 x 0 Grêmio - José María Minella (Mar del Plata)
21/06/1983 - Grêmio 2 x 1 Estudiantes de La Plata - Olímpico (Porto Alegre)
24/07/1984 - Grêmio 0 x 1 Independiente - Olímpico (Porto Alegre)
27/07/1984 - Independiente 0 x 0 Grêmio - La Doble Visera (Avellaneda)
02/03/1988 - Boca Juniors 1 x 0 Grêmio - La Bombonera (Buenos Aires)
16/03/1988 - Grêmio 2 x 0 Boca Juniors - Olímpico (Porto Alegre)
03/05/1988 - Grêmio 1 x 0 River Plate - Olímpico (Porto Alegre)
11/05/1988 - River Plate 3 x 1 Grêmio - Monumental de Núñez (Buenos Aires)
05/10/1989 - River Plate 2 x 1 Grêmio - Monumental de Núñez (Buenos Aires)
11/10/1989 - Grêmio 2 x 1 River Plate - Olímpico (Porto Alegre)
24/10/1989 - Grêmio 0 x 1 Estudiantes de La Plata - Olímpico (Porto Alegre)
01/11/1989 - Estudiantes de La Plata 0 x 3 Grêmio - Jorge Luis Hirschi (La Plata)
08/11/1989 - Grêmio 0 x 0 Boca Juniors - Olímpico (Porto Alegre)
16/11/1989 - Boca Juniors 2 x 0 Grêmio - La Bombonera (Buenos Aires)
31/10/1990 - Grêmio 1 x 0 Estudiantes de La Plata - Olímpico (Porto Alegre)
08/11/1990 - Estudiantes de La Plata 2 x 0 Grêmio - Jorge Luis Hirschi (La Plata)
01/10/1991 - River Plate 2 x 2 Grêmio - Monumental de Núñez (Buenos Aires)
10/10/1991 - Grêmio 1 x 1 River Plate - Olímpico (Porto Alegre)
08/02/1993 - Belgrano 3 x 2 Grêmio - Olímpico Chateau Carreras (Córdoba)
10/02/1993 - Talleres 2 x 3 Grêmio - Olímpico Chateau Carreras (Córdoba)
19/04/1993 - Gimnasia y Esgrima Jujuy 3 x 0 Grêmio - 23 de Agosto (San Salvador de Jujuy)
15/09/1994 - Grêmio 1 x 1 Racing - Olímpico (Porto Alegre)
29/09/1994 - Racing 1 x 2 Grêmio - El Cilindro (Avellaneda)
05/10/1994 - Grêmio 1 x 1 Independiente - Olímpico (Porto Alegre)
12/10/1994 - Independiente 2 x 0 Grêmio - La Doble Visera (Buenos Aires)
20/09/1995 - Grêmio 3 x 1 Racing - Olímpico (Porto Alegre)
05/10/1995 - Racing 3 x 3 Grêmio - José Amalfitani (Buenos Aires)
26/10/1995 - Grêmio 2 x 1 River Plate - Olímpico (Porto Alegre)
02/11/1995 - River Plate 3 x 2 Grêmio - Monumental de Núñez (Buenos Aires)
07/04/1996 - Grêmio 4 x 1 Independiente - Kobe Universiade Memorial Stadium (Kobe, Japão)
18/09/1996 - Grêmio 3 x 3 Vélez Sarsfield - Olímpico (Porto Alegre)
02/10/1996 - Vélez Sarsfield 1 x 0 Grêmio - José Amalfitani (Buenos Aires)
03/09/1997 - Estudiantes de La Plata 0 x 0 Grêmio - Jorge Luis Hirschi (La Plata)
22/10/1997 - Grêmio 3 x 2 Estudiantes de La Plata - Olímpico (Porto Alegre)
30/07/1998 - Grêmio 2 x 3 River Plate - Olímpico (Porto Alegre)
15/10/1998 - River Plate 3 x 1 Grêmio - Monumental de Núñez (Buenos Aires)
28/07/1999 - Vélez Sarsfield 1 x 1 Grêmio - Arquitecto Ricardo Etcheverri (Buenos Aires)
11/08/1999 - Grêmio 2 x 0 Independiente - Olímpico (Porto Alegre)
24/08/1999 - Grêmio 1 x 0 Vélez Sarsfield - Olímpico (Porto Alegre)
05/10/1999 - Independiente 1 x 0 Grêmio - La Doble Visera (Avellaneda)
22/07/2001 - River Plate 2 x 4 Grêmio - Monumental de Núñez (Buenos Aires)
13/09/2001 - Grêmio 1 x 0 River Plate - Olímpico (Porto Alegre)
25/10/2001 - Grêmio 0 x 0 Talleres - Olímpico (Porto Alegre)
01/11/2001 - Talleres 0 x 2 Grêmio - Olímpico Chateau Carreras (Córdoba)
24/04/2002 - River Plate 1 x 2 Grêmio - Monumental de Núñez (Buenos Aires)
02/05/2002 - Grêmio 4 x 0 River Plate - Olímpico (Porto Alegre)
13/06/2007 - Boca Juniors 3 x 0 Grêmio - La Bombonera (Buenos Aires)
20/06/2007 - Grêmio 0 x 2 Boca Juniors - Olímpico (Porto Alegre)
13/03/2014 - Grêmio 0 x 0 Newell's Old Boys - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
19/03/2014 - Newell's Old Boys 1 x 1 Grêmio - El Coloso del Parque (Rosario)
23/04/2014 - San Lorenzo 1 x 0 Grêmio - Nuevo Gasómetro (Buenos Aires)
30/04/2014 - Grêmio 1 x 0 San Lorenzo [PK 2 x 4] - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
09/03/2016 - Grêmio 1 x 1 San Lorenzo - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
15/03/2016 - San Lorenzo 1 x 1 Grêmio - Nuevo Gasómetro (Buenos Aires)
27/04/2016 - Grêmio 0 x 1 Rosario Central - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
05/05/2016 - Rosario Central 3 x 0 Grêmio - Gigante de Arroyito (Rosario)
04/07/2017 - Godoy Cruz 0 x 1 Grêmio - Malvinas Argentinas (Mendoza)
09/08/2017 - Grêmio 2 x 1 Godoy Cruz - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
22/11/2017 - Grêmio 1 x 0 Lanús - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
29/11/2017 - Lanús 1 x 2 Grêmio - La Fortaleza (Lanús)

PCFilho

Efemérides tricolores - 28 de novembro


1920: em partida válida pelo returno do Campeonato Carioca, no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense ganhou por 6 a 0 do São Cristóvão, com dois gols de Welfare, dois de Machado e dois de Zezé. O goleiro tricolor Gerdal Gonzaga de Bôscoli defendeu um pênalti cobrado por Martins, quando o Fluminense vencia por 3 a 0.

1954: em jogo válido pelo segundo turno do Campeonato Carioca, em São Januário, o Fluminense venceu a Portuguesa da Ilha do Governador por 2 a 0, com dois gols de Javier Ambrois.

1959: na sequência da sensacional campanha no Campeonato Carioca, o Fluminense derrotou o Bonsucesso por 5 a 0, no Maracanã, gols de Waldo (dois) e Telê (três). Sob o comando técnico de Zezé Moreira, o onze tricolor se alinhou assim: Castilho; Jair Marinho, Pinheiro e Altair; Edmilson e Clóvis; Maurinho, Paulinho Omena, Waldo, Telê e Escurinho. Somando dezesseis vitórias, dois empates e uma derrota, o timaço do Fluminense se aproximava de garantir a conquista de mais um Campeonato do Rio de Janeiro (vide 12 de dezembro).

1965: em partida válida pelo returno do Campeonato Carioca, em São Januário, o Fluminense ganhou por 2 a 1 do America, de virada. No primeiro tempo, o quadro rubro abriu o placar com Zezinho, mas os tricolores conseguiram a vitória na etapa complementar, graças aos gols de Amoroso e Antunes, respectivamente aos 25 e aos 41 minutos.

1976: na nona e última rodada da terceira fase do Campeonato Brasileiro, diante de 36.433 pagantes no Maracanã, o Fluminense venceu o Bahia por 1 a 0, e confirmou sua classificação à semifinal da competição. O gol da vitória tricolor foi assinalado pelo centroavante argentino Narciso Doval. Uma semana depois, Fluminense e Corinthians disputariam uma semifinal dramática, perante uma multidão no Maracanã (vide 5 de dezembro).

2010: em partida válida pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena Barueri, o Fluminense derrotou o Palmeiras por 2 a 1, de virada, e manteve a liderança na tabela de classificação. Dinei abriu o placar para o clube paulista, e Carlinhos e Tartá viraram o jogo para o Tricolor. Com 68 pontos ganhos (campanha de 19 vitórias, 11 empates e 7 derrotas), o Fluminense estava um ponto à frente do Corinthians e dois à frente do Cruzeiro. Na rodada final, o Tricolor venceria o Guarani no Engenhão, e conquistaria o terceiro Campeonato Brasileiro de sua história... (vide 5 de dezembro).
A classificação do Brasileirão 2010 após a 37ª rodada.

****

Aniversariante do dia:

Juan Gregorio Arrillaga, o Arrillaga (1908), meia-direita argentino com 6 gols marcados em 25 partidas pelo Fluminense, entre as temporadas de 1934 e 1935, ano em que conquistou o Torneio Aberto do Rio de Janeiro.

PCFilho

Ficha Técnica: Fluminense 1 x 2 Sport Recife

Foto: Lucas Merçon (Fluminense FC).

25/11/2017 - Fluminense 1 x 2 Sport Recife - Maracanã (Rio de Janeiro)
Motivo: Campeonato Brasileiro 2017, 37ª rodada.
Público: 12.819 presentes (10.660 pagantes).
Renda: R$ 219.540,00.
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA e FIFA).
Auxiliares: Hélcio Araújo Neves (PA) e José Ricardo Guimarães Coimbra (PA).
Fluminense: Diego Cavalieri; Lucas, Renato Chaves, Henrique [capitão] e Marlon; Marlon Freitas (Matheus Alessandro, no intervalo), Douglas, Gustavo Scarpa (Pedro, aos 29 do 2º tempo) e Júnior Sornoza (Wendel, no intervalo); Marcos Júnior e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.
Sport Recife: Magrão; Raul Prata, Oswaldo Henríquez, Durval [capitão] e Sander; Anselmo, Patrick, Marquinhos (Rogério, aos 35 do 2º tempo), Diego Souza (Índio, aos 47 do 2º tempo) e Mena (Rithely, aos 11 do 2º tempo); André. Técnico: Daniel Paulista.
Gols:
0-1: André, aos 11 do 1º tempo [assistência de Marquinhos];
0-2: André, aos 23 do 1º tempo [assistência de Anselmo];
1-2: Marcos Júnior, de bicicleta, aos 37 do 1º tempo [assistência de Gustavo Scarpa].
Cartões amarelos: Anselmo, aos 14 do 1º tempo; Marcos Júnior, aos 32 do 1º tempo; Renato Chaves, aos 11 do 2º tempo; Patrick, aos 18 do 2º tempo; Marlon, aos 20 do 2º tempo; Henrique Dourado, aos 47 do 2º tempo.

Faltando uma rodada para o término do Campeonato Brasileiro de 2017, o Fluminense está em 14º lugar, com 46 pontos ganhos, campanha de 11 vitórias, 13 empates e 13 derrotas, 49 gols-pró e 52 gols-contra.

PCFilho

Cartola FC - Dicas da 38ª rodada - 2017



Amigos, chegamos ao fim de mais uma temporada do Cartola FC. Os dez jogos da última rodada do Campeonato Brasileiro serão todos disputados no domingo, dia 3 de dezembro:
17:00 - Botafogo x Cruzeiro - Engenhão (Rio de Janeiro)
17:00 - Vasco x Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
17:00 - Santos x Avaí - Vila Belmiro (Santos)
17:00 - São Paulo x Bahia - Morumbi (São Paulo)
17:00 - Atlético Mineiro x Grêmio - Independência (Belo Horizonte)
17:00 - Atlético Paranaense x Palmeiras - Arena da Baixada (Curitiba)
17:00 - Sport Recife x Corinthians - Ilha do Retiro (Recife)
17:00 - Vitória x Flamengo - Barradão (Salvador)
17:00 - Atlético Goianiense x Fluminense - Pedro Ludovico (Goiânia)
17:00 - Chapecoense x Coritiba - Arena Condá (Chapecó)

Para auxiliar na montagem dos seus times, confiram a tabela de classificação atualizada e a tabela de probabilidades.

****

Na 37ª rodada, a escalação sugerida aqui rendeu 49,41 pontos. No acumulado do Campeonato, o PC Football Club tem 1845,60 pontos, média de 49,88 pontos por rodada.

Minha sugestão de escalação para esta 38ª e última rodada do Cartola FC custa ao todo C$ 155,03:
- Goleiro: Gatito Fernández (Botafogo, C$ 19,36);
- Laterais: Sander (Sport Recife, C$ 8,82) e Raul Prata (Sport Recife, C$ 5,44);
- Zagueiros: Anderson Martins (Vasco, C$ 10,38) e Igor Rabello (Botafogo, C$ 10,94);
- Meias: Otero (Atlético Mineiro, C$ 11,18), Diego Souza (Sport Recife, C$ 16,20) e Patrick (Sport Recife, C$ 10,56);
- Atacantes: Fred (Atlético Mineiro, 15,34),  (Corinthians, C$ 12,54) Bruno Henrique (Santos, C$ 14,55) e Henrique Dourado 🔪 (Fluminense, C$ 20,31);
- Técnico: Jair Ventura (Botafogo, C$ 11,95).

Naturalmente, a escalação está sujeita a alterações até o fechamento do mercado, dependendo das notícias de cada clube. Acompanhem as mudanças aqui no blog!

****

A nossa Liga Jornalheiros encerra o ano com 559 participantes! Faltando uma rodada para o fim do Campeonato, a briga pelas primeiras posições segue bastante acirrada, com menos de 5 pontos separando o líder do vice-líder! O ranking com os 10 maiores pontuadores da Liga até agora está abaixo:

1º. Pyongyang Sport FC (Sandro Biggs Silva) 🏆, 2359,23 pts;
2º. Palmeiras.Campeao.de.novo (Flávio), 2354,67 pts;
3º. PHLC Team (Henrique Lemes), 2314,65 pts;
4º. Dale juvem (Gabriel Ckim Mitoo), 2310,18 pts;
5º. SICHIERI F. C. (FERNANDO), 2306,82 pts;
6º. Soy de Paraguay (Tiago Ficuciello), 2303,65 pts;
7º. Recifee FC (Rafael Botelho), 2303,30 pts;
8º. CyKyM4ster FC (Evenny), 2288,36 pts;
9º. Crazy Boy PE (Rogério Silva), 2281,37 pts;
10º. FC CANI PG (Douglas Cani), 2281,00 pts.

O mito da Liga Jornalheiros na 37ª rodada foi o time STAIA-9 CARTOLA CLUBE, do cartoleiro RONEY CAUM, que marcou 88,41 pontos! Parabéns!

****

Muito obrigado a todos os que acompanharam os posts do Cartola FC no Jornalheiros ao longo de mais essa temporada. Que vocês tenham boas férias e um Feliz Natal. Em 2018, continuarão sendo bem-vindos aqui no blog! 😀

PCFilho

Lotogol - programação do Concurso 937


Amigos e amigas, segue abaixo a programação com os cinco jogos do concurso número 937 do Lotogol, todos válidos pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro de 2017:
1) Santos x Avaí (domingo, 17:00, Vila Belmiro)
2) Atlético Mineiro x Grêmio (domingo, 17:00, Independência)
3) Chapecoense x Coritiba (domingo, 17:00, Arena Condá)
4) São Paulo x Bahia (domingo, 17:00, Morumbi)
5) Vitória x Flamengo (domingo, 17:00, Barradão)

O jogo 2 deste concurso já teve seu histórico do confronto publicado aqui no blog: História - Atlético MG x Grêmio.

As apostas neste concurso 937 do Lotogol podem ser registradas até as 14:00 de Brasília do sábado 2, em qualquer casa lotérica do território brasileiro. A estimativa de prêmio para um ganhador único com 5 acertos é de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais).

PCFilho

PS: estou terminando de escrever o e-book "Um método inteligente para apostar na Loteca", detalhando minuciosamente a estratégia que eu desenvolvi para a Loteca. Interessados, por favor entrar em contato por e-mail: pcfilho@gmail.com, ou nos comentários abaixo. Ainda é possível adquirir o e-book com desconto.

PPS: o concurso 778 da Loteca ocorrerá somente em janeiro de 2018, de acordo com comunicado da Caixa Econômica Federal.

Xadrez - O problema de Plaskett

Gijs van Breukelen, Schakend Nederland, 1997.
Código FEN: 8/3P3k/n2K3p/2p3n1/1b4N1/2p1p1P1/8/3B4 w - - 0 1.

No diagrama acima, a vez é das Brancas, e elas parecem muito próximas da derrota. Sua única esperança é a promoção do Peão na 7ª fileira - mas ele não pode ser promovido, porque na sequência o Cavalo garfaria Rei e Dama, e as Pretas venceriam. Porém, há um caminho espetacular para a vitória: qual é?

(In the diagram above, it is White's turn, and they seem very close to defeat. Their only hope is the promotion of the Pawn in the 7th rank - but it cannot be promoted, because in the sequence the Knight would fork King and Queen, and Black would win. However, there is a spectacular way to victory: what is it?)

Contam-se muitas histórias envolvendo este problema, composto por Gijs van Breukelen. Na mais famosa delas, o grande-mestre inglês James Plaskett o teria mostrado aos colegas, que competiam num torneio em Bruxelas, em 1987 - e somente Mikhail Tal teria conseguido resolvê-lo. Por isso, acabou sendo conhecido como "o problema de Plaskett".

(There are many stories involving this problem, composed by Gijs van Breukelen. In the most famous of them, English grandmaster James Plaskett would have shown it to his colleagues who were competing in a tournament in Brussels, in 1987 - and only Mikhail Tal would have been able to solve it. That is why it became known as "Plaskett's puzzle".)

PCFilho

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Probabilidades do Brasileirão 2017 após a 37ª rodada


Instruções para a leitura da tabela:

G5: probabilidade de o time terminar o Campeonato Brasileiro de 2017 em uma das cinco primeiras posições, garantindo vaga direta na Copa Libertadores de 2018;

G6: probabilidade de o time terminar o Campeonato Brasileiro de 2017 em uma das seis primeiras posições, garantindo vaga direta na Copa Libertadores de 2018, caso o Grêmio, já finalista, vença a Copa Libertadores de 2017;

G7: probabilidade de o time terminar o Campeonato Brasileiro de 2017 em uma das sete primeiras posições, garantindo vaga na Copa Libertadores de 2018 ou na pré-Libertadores de 2018;

G8: probabilidade de o time de terminar o Campeonato Brasileiro de 2017 em uma das oito primeiras posições, garantindo vaga direta na Copa Libertadores de 2018 ou vaga na pré-Libertadores de 2018, caso o Grêmio, já finalista, vença a Copa Libertadores de 2017;

G9: probabilidade de o time terminar o Campeonato Brasileiro de 2017 em uma das nove primeiras posições, garantindo vaga direta na Copa Libertadores de 2018 ou vaga na pré-Libertadores de 2018, caso o Grêmio, já finalista, vença a Copa Libertadores de 2017, e o Flamengo, semifinalista, vença a Copa Sul-Americana de 2017 e termine no G9 do Brasileirão 2017;

SA813: probabilidade de o time terminar o Campeonato Brasileiro de 2017 entre o 8º e o 13º lugares, garantindo vaga na Copa Sul-Americana de 2018, caso a zona de classificação à Copa Libertadores seja G7;

SA914: probabilidade de o time terminar o Campeonato Brasileiro de 2017 entre o 9º e o 14º lugares, garantindo vaga na Copa Sul-Americana de 2018, caso a zona de classificação à Copa Libertadores seja G8;

SA1015: probabilidade de o time terminar o Campeonato Brasileiro de 2017 entre o 10º e o 15º lugares, garantindo vaga na Copa Sul-Americana de 2018, caso a zona de classificação à Copa Libertadores seja G9;

R: probabilidade de o time terminar o Campeonato Brasileiro de 2017 em uma das quatro últimas posições, sendo rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro de 2018.

Os porcentuais obtidos são resultados de milhares de simulações computacionais, que utilizam modelos probabilísticos baseados nos desempenhos de cada clube ao longo da competição. Os cálculos são do engenheiro Ramón Martins.

As probabilidades de título e de G4 não estão mais sendo mostradas, uma vez que essas situações já estão matematicamente definidas.

PCFilho

Brasileirão 2017 - Classificação após a 37ª rodada


Legenda:
J: jogos disputados;
PG: pontos ganhos;
V: vitórias;
E: empates;
D: derrotas;
GP: gols-pró;
GC: gols-contra;
SG: saldo de gols.

Artilharia do Campeonato:
⚽ 18 gols: Jô (Corinthians) e Henrique Dourado 🔪 (Fluminense);
⚽ 15 gols: André (Sport Recife);
⚽ 12 gols: Edigar Junio (Bahia) e Lucca (Ponte Preta);
⚽ 11 gols: Diego Souza (Sport Recife) e Fred (Atlético Mineiro);
⚽ 10 gols: Roger Rodrigues (Botafogo), Thiago Neves (Cruzeiro) e Tréllez (Vitória);
⚽ 9 gols: Hernanes (São Paulo), Fernandinho (Grêmio), Júnior Dutra (Avaí), Diego (Flamengo), Luiz Fernando (Atlético Goianiense), Wellington Paulista (Chapecoense) e Dudu (Palmeiras).

Resultados da 37ª rodada:
25/11/2017 (sábado)
17:00 - Fluminense 1 x 2 Sport Recife - Maracanã (Rio de Janeiro)
26/11/2017 (domingo)
17:00 - Corinthians 2 x 2 Atlético Mineiro - Itaquerão (São Paulo)
17:00 - Cruzeiro 0 x 1 Vasco - Mineirão (Belo Horizonte)
17:00 - Coritiba 1 x 2 São Paulo - Couto Pereira (Curitiba)
17:00 - Grêmio 1 x 1 Atlético Goianiense - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
17:00 - Ponte Preta 2 x 3 Vitória - Moisés Lucarelli (Campinas)
17:00 - Avaí 1 x 0 Atlético Paranaense - Ressacada (Florianópolis)
19:00 - Flamengo 1 x 2 Santos - Luso-Brasileiro (Rio de Janeiro)
19:00 - Bahia 0 x 1 Chapecoense - Fonte Nova (Salvador)
27/11/2017 (segunda-feira)
20:00 - Palmeiras 2 x 0 Botafogo - Allianz Parque (São Paulo)

Jogos da 38ª e última rodada:
03/12/2017 (domingo)
17:00 - Botafogo x Cruzeiro - Engenhão (Rio de Janeiro)
17:00 - Vasco x Ponte Preta - São Januário (Rio de Janeiro)
17:00 - Santos x Avaí - Vila Belmiro (Santos)
17:00 - São Paulo x Bahia - Morumbi (São Paulo)
17:00 - Atlético Mineiro x Grêmio - Independência (Belo Horizonte)
17:00 - Atlético Paranaense x Palmeiras - Arena da Baixada (Curitiba)
17:00 - Sport Recife x Corinthians - Ilha do Retiro (Recife)
17:00 - Vitória x Flamengo - Barradão (Salvador)
17:00 - Atlético Goianiense x Fluminense - Pedro Ludovico (Goiânia)
17:00 - Chapecoense x Coritiba - Arena Condá (Chapecó)

PCFilho

Efemérides tricolores - 27 de novembro (Dia de São Castilho)

Carlos José Castilho, o mítico goleiro do Fluminense.
Ele nasceu no bairro do Caju, no dia 27 de novembro de 1927,
filho de Ezequiel José de Castilho e Mariana Raya Castilho.

1932: no Estádio do Fluminense, em Laranjeiras, a Seleção Brasileira venceu o Andarahy por 7 a 2, com cinco gols do craque tricolor Preguinho - um recorde igualado apenas por Evaristo em 1957. Este foi o último jogo da Seleção Brasileira em Laranjeiras, o estádio em que nasceu (vide 21 de julho) e no qual permaneceu invicta: em 18 jogos, foram 13 vitórias e 5 empates, 51 gols-pró e 16 gols-contra.

1937: na última partida do primeiro turno do Campeonato Carioca, no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense ganhou por 1 a 0 do Flamengo, gol do centroavante Sandro, aos 39 minutos do segundo tempo. Com campanha de nove vitórias, um empate e uma derrota, o time tricolor, um dos mais brilhantes da história do Fluminense, seguia firme rumo à conquista do bicampeonato do Rio de Janeiro.

1955: em partida válida pelo segundo turno do Campeonato Carioca, no campo do Madureira, na rua Conselheiro Galvão, o Fluminense venceu os anfitriões por 4 a 2, de virada, após estar perdendo por 1 a 0 e por 2 a 1. Os gols do Fluminense foram de Clóvis, Waldo (dois) e Átis, e os do Madureira de Salvador e Tião.

1960: em jogo válido pelo returno do Campeonato Carioca, diante de 59.532 pagantes no Maracanã, o  Fluminense empatou em 1 a 1 com o Botafogo. Os gols aconteceram ainda no primeiro tempo: Quarentinha abriu o placar para os alvinegros, e Waldo empatou para os tricolores. Fluminense e America dividiam a liderança, cada um com 14 vitórias, 4 empates e 1 derrota, seguidos de perto pelo Botafogo, que tinha 13 vitórias, 4 empates e 2 derrotas. Nas três rodadas finais, os três rivais brigariam pelo título.

1966: diante de 60.581 pagantes no Maracanã, o Fluminense empatou em 1 a 1 com o Flamengo, em jogo do returno do Campeonato Carioca. Almir Pernambuquinho abriu o placar para os rubro-negros, e Amoroso empatou para os tricolores (que atuaram com a camisa branca com a faixa transversal). O melhor jogador em campo foi o goleiro tricolor Jorge Vitório, que "fechou o gol". Com o tropeço, o Flamengo agora dividia a liderança com o Bangu, cada um com 26 pontos ganhos - o Fluminense vinha em terceiro, com 22. O Bangu não largaria mais a liderança, e terminaria campeão carioca.

2002: na partida de volta das quartas-de-final do Campeonato Brasileiro, no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, o Fluminense perdeu por 2 a 0 para o São Caetano, classificando-se porque havia vencido a ida por 3 a 0 (vide 24 de novembro). Na semifinal da competição, o Tricolor enfrentaria o Corinthians, em duas partidas eletrizantes.

2004: em jogo válido pelo returno do Campeonato Brasileiro, no Mineirão, em Belo Horizonte, o Fluminense ganhou por 3 a 2 do Cruzeiro. O Fluminense abriu 2 a 0 com Ramon Menezes (de falta) e Alessandro, o Cruzeiro empatou com Fred e Adriano Gabiru, e a vitória tricolor veio com outro gol de Ramon Menezes (de pênalti).

2011: em jogo da penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, perante 34.132 presentes (29.476 pagantes) no Engenhão, o Fluminense perdeu por 2 a 1 para o Vasco (o gol tricolor foi de Fred). Com os resultados da rodada, o Tricolor não tinha mais chances de conquistar o título - terminaria a competição em terceiro lugar. No ano seguinte, a taça máxima do futebol nacional voltaria a sorrir...

****

Aniversariante do dia:


Carlos José Castilho (1927), goleiro e lenda do Fluminense. Com 697 partidas no time profissional, entre as temporadas de 1946 e 1965, Castilho é até hoje o atleta que mais vezes defendeu as três cores que traduzem tradição. Participou das conquistas do Torneio Municipal de 1948, do Campeonato Carioca de 1951, do Torneio José de Paula Júnior em 1952, da Copa Rio de 1952, da Copa das Municipalidades em 1953, do Campeonato Carioca de 1959, do Torneio Rio-São Paulo de 1960 e do Campeonato Carioca de 1964. Na Copa Rio, o Campeonato Mundial de Clubes, teve participação fundamental na partida contra o Grasshopper-Club, da Suíça, em que defendeu um pênalti (vide 17 de julho). Com a Seleção Brasileira, conquistou o Pan-Americano de 1952 e participou de quatro Copas do Mundo (foi titular em 1954 e reserva em 1950, 1958 e 1962). Sua dedicação ao Fluminense era tamanha que, em 1957, resolveu amputar seu problemático dedo mindinho da mão esquerda, para poder continuar atuando pelo clube. Era tido como um goleiro sortudo, motivo pelo qual ganhou o apelido de Leiteria e é até hoje lembrado pelos tricolores durante os jogos do clube - quando um ataque adversário pára na trave, dizemos que fomos salvos pela Leiteria de São Castilho (leiam também: Para sempre, Castilho).






PCFilho

Xadrez - Mate em 8! (William Anthony Shinkman)

William Anthony Shinkman, St. Louis Globe Democrat, 1887.
Código FEN: k7/P7/P7/P7/P7/P7/P7/R3K3 w Q - 1 35.

As Brancas jogam e dão xeque-mate em 8 lances!
(White to play and give checkmate in 8 moves!)

Esta posição parecia ser ilegal, mas Bader Al-Hajiri descobriu que ela pode ser alcançada em uma partida de 34 lances, conforme mostrado aqui.
(This position seemed to be illegal, but Bader Al-Hajiri found out that it can be reached in a 34-move game, as shown here.)

PCFilho

domingo, 26 de novembro de 2017

Efemérides tricolores - 26 de novembro


1929: em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais, no Estádio do Fluminense, em Laranjeiras, a Seleção Carioca venceu a Seleção Pernambucana por 7 a 2. O escrete do Distrito Federal jogou assim: Joel [America]; Pennaforte [America] e Hildegardo [America]; Nascimento [Fluminense], Fernando Giudicelli [Fluminense] e Fortes [Fluminense]; Paschoal [Vasco], Oswaldinho [America], Russinho [Vasco], Nilo [Botafogo] e Theóphilo [São Cristóvão]. Os gols cariocas foram de Russinho, Nilo (dois) e Oswaldinho (quatro).

1936: em partida válida pela penúltima rodada do terceiro turno do Campeonato Carioca, em Campos Sales, o Fluminense ganhou por 6 a 2 do Jequiá, graças aos gols de Hércules (dois, um de pênalti), Marcial, Russo (dois) e Romeu Pellicciari. Com 9 vitórias, 3 empates e 2 derrotas, o Fluminense estava em segundo lugar, ao lado do Flamengo, ambos um ponto atrás do America. Na rodada final, o Flamengo venceria o Jequiá e o Fluminense venceria o America (vide 6 de dezembro). Assim, Flu e Fla terminariam empatados na liderança, e partiriam para decidir o Campeonato em três Fla-Flus (vide 20, 23 e 27 de dezembro).

1939: em jogo válido pela penúltima rodada do terceiro e derradeiro turno do Campeonato Carioca, em Figueira de Melo, o Fluminense venceu o Madureira por 4 a 1, graças aos gols de Novelli, Hércules (dois) e Mário Milani. Com a vitória do America sobre o Botafogo por 5 a 4, o Flamengo garantiu o título matematicamente. Este foi o único Campeonato Carioca entre 1936 e 1941 que o Fluminense não conquistou, terminando na quarta colocação.

1944: em partida válida pelo Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais, no campo da rua General Severiano, a Seleção Carioca ganhou por 2 a 1 da Seleção Mineira, e se classificou para a decisão do torneio. O escrete do Distrito Federal jogou assim: Jurandyr [Flamengo]; Newton Canegal [Flamengo] e Norival [Fluminense]; Biguá [Flamengo], Danilo [America] e Jayme [Flamengo]; Djalma [Vasco], Zizinho [Flamengo], Heleno de Freitas [Botafogo], Ademir Menezes [Vasco] e Jorginho [America]. Os gols cariocas foram de Zizinho e Ademir Menezes.

1950: em jogo válido pelo returno do Campeonato Carioca, no Caio Martins, em Niterói, o Fluminense venceu o Canto do Rio por 5 a 2, graças aos gols de Silas, José Brígido Camaño, Didi (dois, um de falta) e Róbson.

1975: em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, diante de 34.513 presentes (33.693 pagantes) no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, o Fluminense ganhou por 2 a 1 do Guarani. Manfrini e Gil marcaram os gols do Fluminense, e Davi fez o gol de honra do Guarani. O público foi o maior da história do estádio do Guarani, antes da construção de seu tobogã. Com a vitória, a Máquina Tricolor praticamente garantiu sua classificação à fase semifinal da competição.

1980: em partida válida pela última rodada do segundo turno do Campeonato Carioca, no Maracanã, os reservas do Fluminense perderam para o America por 2 a 1 (o gol tricolor foi de Wallace). No mesmo dia, o Vasco venceu o Americano por 2 a 1 e conquistou o segundo turno. Campeão do primeiro turno, o Fluminense enfrentaria o Vasco quatro dias depois, no Maracanã, pelo título de campeão do Rio de Janeiro (vide 30 de novembro).

1983: em partida válida pela última rodada do segundo turno do Campeonato Carioca, o Fluminense perdeu por 1 a 0 para o America, em São Januário. Por ter vencido o primeiro turno, o Fluminense já estava classificado para o triangular final, em que enfrentaria o Bangu e o Flamengo, para se sagrar mais uma vez campeão do Rio de Janeiro (vide 4 e 11 de dezembro).

2000: no jogo de volta das oitavas-de-final do Campeonato Brasileiro (Copa João Havelange), diante de 56.504 presentes (38.040 pagantes*) no Maracanã, o Fluminense perdeu para o São Caetano por 1 a 0, gol de Adhemar, de falta, aos 28 minutos do segundo tempo, e foi eliminado da competição. A boa campanha na primeira fase garantiu o retorno definitivo do Fluminense à elite do futebol nacional. O surpreendente São Caetano terminaria vice-campeão brasileiro.
* a diferença entre presentes e pagantes explica-se porque a Suderj excluiu ingressos promocionais, só considerando como pagantes os ingressos vendidos nas bilheterias do estádio.

2006: o Fluminense derrotou o Santa Cruz por 2 a 1, de virada, no Arruda, no Recife, em partida válida pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Nenê abriu o placar para o clube pernambucano, e Cláudio Pitbull e André Moritz marcaram os gols da virada tricolor. Com o resultado, o Fluminense se livrou matematicamente do risco de rebaixamento.

****

Aniversariantes do dia:

Walter Alves Silva, o Waltinho (1948), zagueiro com 67 atuações pelo time profissional do Fluminense, entre as temporadas de 1967 e 1969, ano em que participou do elenco que conquistou o Campeonato Carioca.

Gilcimar Wilson Francisco, o Gilcimar (1958), ponta-direita revelado pelo Fluminense, campeão da Copa São Paulo de Juniores em 1977. Atuou na equipe profissional tricolor entre 1977 e 1979 e entre 1981 e 1982, totalizando 27 gols marcados em 113 partidas pelo Fluminense.

Raimundo Nonato Tavares da Silva, o Bobô (1962), meia-atacante que integrou o plantel do Fluminense entre as temporadas de 1991 e 1992, ano em que foi vice-campeão da Copa do Brasil. Marcou 19 gols em 86 partidas com a camisa tricolor.

PCFilho

Xadrez - O problema de Leopold Mitrofanov

Leopold Mitrofanov, Rustaveli Tourney, 1967 (após 6 lances).
Código FEN: kb4Q1/P7/1PP5/K6q/8/8/8/4n3 w - - 0 1.

Há exatamente 50 anos, Leopold Mitrofanov compôs um estudo de fim de jogo no qual, após seis lances, se chega ao diagrama acima. O Rei Branco está sob xeque. Qual é o melhor lance nesta posição?

(Exactly 50 years ago, Leopold Mitrofanov composed an endgame study in which, after six moves, one arrives at the diagram above. The White King is in check. What is the best move in this position?)

PCFilho

sábado, 25 de novembro de 2017

Efemérides tricolores - 25 de novembro


1917: em partida válida pelo returno do Campeonato Carioca, no campo do Jardim Zoológico, o Fluminense venceu o Villa Isabel por 4 a 1, graças aos gols de Welfare (dois), Mano e Zezé (Othon marcou o gol dos anfitriões). O time tricolor atuou com Marcos; Vidal e Chico Netto; Laís, Oswaldo Gomes e Theóphilo; Mano, Zezé, Welfare, Machado e Moraes. A campanha do Fluminense passou a ser de doze vitórias, um empate e duas derrotas. Faltando três rodadas para o fim da competição, o Fluminense era o líder, empatado com o America nos pontos perdidos. Nas semanas seguintes, o Tricolor confirmaria a conquista do primeiro título do histórico tricampeonato do Rio de Janeiro.

1942: no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais, no Estádio do Fluminense, em Laranjeiras, a Seleção Carioca ganhou por 3 a 0 da Seleção Gaúcha, gols de Jair Rosa Pinto e Vevé (dois). Baseado no time do Flamengo, o escrete do Distrito Federal atuou assim: Jurandyr [Fla]; Domingos da Guia [Fla] e Newton Canegal [Fla]; Biguá [Fla], Zarzur [Vasco] e Jayme de Almeida [Fla]; Pedro Amorim [Fluminense], Zizinho [Fla], Pirillo [Fla], Jair Rosa Pinto [Madureira] e Vevé [Fla]. A Seleção Carioca confirmaria a classificação quatro dias depois, no campo do Botafogo; porém, perderia a decisão do torneio para o escrete de São Paulo, terminando como vice-campeã.

1951: em partida válida pelo returno do Campeonato Carioca, diante de 92.142 presentes (79.405 pagantes) no Estádio do Maracanã, o Fluminense derrotou o Flamengo por 1 a 0, graças ao gol de Orlando Pingo de Ouro. Foi a quarta vitória consecutiva do Tricolor, que passou a somar onze vitórias, dois empates e uma derrota na competição. O Fluminense liderava, um ponto à frente do Bangu - nas semanas seguintes, os dois clubes brigariam rodada a rodada pela ponta, até terminarem empatados, forçando duas partidas extras pelo título (vide 13 e 20 de janeiro).

1967: em jogo válido pelo returno do Campeonato Carioca, disputado no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense ganhou por 2 a 1 do Olaria, em grande atuação do meio-campista Suingue. Os gols da vitória do Fluminense foram anotados por Rinaldo (de falta) e Wilton, e o goleiro tricolor Márcio defendeu um pênalti cobrado por Mura.

1991: em partida válida pelo Campeonato Carioca, o Fluminense venceu o Bangu por 3 a 1, no Estádio de Laranjeiras. Wagner abriu o placar para os tricolores, Arturzinho empatou para os alvirrubros, e Marcelo Gomes e Renato Carioca marcaram os gols da vitória do Fluminense.

2009: após uma impressionante sequência invicta de 13 partidas, sendo 8 vitórias consecutivas, o "time de guerreiros" sucumbiu à maldita altitude, no primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana: a LDU venceu o exausto time do Fluminense por 5 a 1, em Quito, e pôs as mãos na taça. O gol tricolor foi do meio-campista Marquinho. A dolorosa derrota não abateu os tricolores: cerca de 300 torcedores foram ao Aeroporto do Galeão recepcionar o time com aplausos e incentivos, numa impressionante demonstração de amor. Uma testemunha comentou, impressionada: "a torcida do Fluminense está de parabéns. O time perdeu de 5 a 1, e olha os caras aqui apoiando! Imagina se tivessem vencido!". A resposta do meu saudoso amigo Marco Aquino foi genial: "se tivéssemos vencido, não estaríamos aqui". Uma semana depois, 69.565 fanáticos iriam ao Maracanã, dispostos a tentar uma virada impossível (vide 2 de dezembro).

2012: em jogo válido pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, diante de 32.937 pagantes na Ilha do Retiro, o Fluminense, já campeão, empatou em 1 a 1 com o Sport Recife. Fred abriu o placar para os tricolores, e Felipe Azevedo empatou para os anfitriões. Os campeões brasileiros somavam 77 pontos ganhos, com 22 vitórias, 11 empates e 4 derrotas - um domínio tão grande que, mesmo com os dois tropeços após a conquista, o Fluminense ainda tinha 7 pontos de vantagem para o vice-líder Grêmio.

****

Aniversariantes do dia:

Juan Carlos Bernárdez Martínez-Thedy, o Bernárdez (1895), ponta-esquerda uruguaio, que atuou no time campeão Carioca em 1917. Atuou em doze partidas com a camisa tricolor, e marcou um gol na vitória sobre o Villa Isabel em 26 de agosto de 1917. Posteriormente, seguiu carreira diplomática, tendo sido embaixador do Uruguai na Venezuela e na Guatemala.
Bernárdez, em 1917.

Zoulo Rabelo (1912), treinador que trabalhou no Fluminense entre 1955 e 1960, nas equipes de vôlei e no time de futebol juvenil.
Zoulo Rabelo.

Jorge da Costa (1941), atacante que jogou no Fluminense entre 1966 e 1967, contratado do São Cristóvão. Jorge Costa marcou 4 gols em 25 partidas com a camisa tricolor - dois deles na vitória por 3 a 0 sobre o Santos de Pelé, em 30 de abril de 1967.

Fernando Henrique dos Anjos (1983), goleiro revelado pelo Fluminense, integrante do elenco profissional tricolor entre as temporadas de 2002 e 2010, tendo atuado em 264 partidas. Conquistou os Campeonatos Cariocas de 2002 e 2005, a Copa do Brasil de 2007 e o Campeonato Brasileiro de 2010, e participou das campanhas vice-campeãs da Copa do Brasil de 2005, da Copa Libertadores de 2008 e da Copa Sul-Americana de 2009.
Fernando Henrique.

PCFilho