segunda-feira, 22 de maio de 2017

Efemérides tricolores - 22 de maio



1927: o Fluminense venceu o Bangu por 7 a 4, na Rua Ferrer, em jogo válido pelo turno do Campeonato Carioca. Os gols do Fluminense foram marcados por Loló (no primeiro minuto do jogo), Alfredinho (aos 2, aos 16, aos 35 e aos 38 do 1º tempo, e aos 4 do 2º tempo) e Milton (aos 18 do 2º tempo).

1971: o Fluminense derrotou o Bonsucesso por 4 a 0, no Maracanã, pelo terceiro turno do Campeonato Carioca. Lula foi o grande destaque do jogo, com 3 gols marcados (aos 16 do 1º tempo, e aos 3' e aos 17 do 2º tempo). Silveira fechou o placar, aos 31 do 2º tempo. Nas semanas seguintes, o Fluminense arrancaria para conquistar o título da competição.

1988: o Fla-Flu, válido pelo Campeonato Carioca, terminou empatado em 0 a 0, diante de 68.333 pessoas no Maracanã.

1996: o Fluminense derrotou o Olaria por 4 a 2, na Rua Bariri, em jogo do Campeonato Carioca. Renato Gaúcho (2), Rogerinho e William marcaram os gols tricolores na partida.

2013: pela partida de ida das quartas-de-final da Copa Libertadores, o Fluminense empatou em 0 a 0 com o retrancado Olimpia, do Paraguai, no Estádio de São Januário.

****

Aniversariantes do dia:

Aloísio Soares Braga, o Índio (1920), médio-direito com 6 gols marcados em 96 jogos pelo Fluminense, entre as temporadas de 1948 e 1949.

Ivo Rocha Costa (1932), centroavante que fez parte do elenco do Fluminense entre 1953 e 1954, contabilizando 8 jogos e 1 gol com a camisa tricolor.

Marcos Aurélio dos Santos, o Macula (1968), meia-armador com 2 gols em 44 partidas pelo Fluminense entre as temporadas de 1990 e 1991.

Willians dos Santos Santana (1988), volante com 1 gol marcado em 18 jogos pelo Fluminense entre 2010 e 2011. Fez parte do elenco Campeão Brasileiro de 2010.

PCFilho

domingo, 21 de maio de 2017

Programação da Loteca - Concurso 751


Amigos e amigas, confiram abaixo a programação com as 14 partidas que compõem o concurso número 751 da Loteca, a loteria esportiva da Caixa Econômica Federal. Elas serão disputadas no sábado 27 e no domingo 28 de maio, válidas pelas Séries A, B e D do Campeonato Brasileiro:
1) São Paulo x Palmeiras (sábado, 16:00, Morumbi)
2) Sergipe x América RN (domingo, 16:00, Batistão)
3) Santos x Cruzeiro (domingo, 16:00, Vila Belmiro)
4) Paysandu x Internacional (sábado, 16:30, Mangueirão)
5) Vasco x Fluminense (sábado, 19:00, São Januário)
6) ABC x Vila Nova (sábado, 16:30, Frasqueirão)
7) Náutico x Ceará (sábado, 16:30, Arena Pernambuco)
8) Juventude x Paraná (sábado, 19:00, Alfredo Jaconi)
9) Vitória x Coritiba (sábado, 21:00, Fonte Nova)
10) Botafogo x Bahia (domingo, 19:00, Engenhão)
11) Bangu x Portuguesa (sábado, 15:00, Moça Bonita)
12) Sport Recife x Grêmio (domingo, 19:00, Ilha do Retiro)
13) Atlético Mineiro x Ponte Preta (domingo, 11:00, Independência)
14) Atlético Paranaense x Flamengo (domingo, 16:00, Arena da Baixada)

A captação das apostas neste concurso 751 da Loteca iniciar-se-á na manhã da segunda-feira 22, estendendo-se até as 14:00 de Brasília do sábado 27. Recomendamos que os leitores registrem seus bilhetes com a máxima antecedência possível, a fim de evitar filas e outros transtornos.

Confiram aqui os porcentuais estimados de apostas para os 14 jogos. Os porcentuais são a base do método de apostas que explico no e-book "Um método inteligente para apostar na Loteca", detalhando a estratégia que desenvolvi para a loteria esportiva. Interessados, por favor entrar em contato por e-mail: pcfilho@gmail.com, ou nos comentários abaixo. Ainda é possível adquirir o e-book com desconto.

Em cada um dos 14 jogos, o apostador deve escolher um dos três resultados possíveis: coluna 1 (vitória do mandante), coluna do meio (empate) ou coluna 2 (vitória do visitante). A aposta mínima na Loteca dá direito a um palpite duplo e custa R$ 2,00 (dois reais). Para cada palpite duplo marcado a mais, multiplica-se o preço da aposta por 2. Para cada palpite triplo marcado a mais, multiplica-se o preço da aposta por 3. Exemplos:
- uma aposta com 1 palpite duplo e 1 palpite triplo custa R$ 2,00 × 3 = R$ 6,00 (seis reais).
- uma aposta com 2 palpites duplos e 2 palpites triplos custa R$ 2,00 × 2 × 3 × 3 = R$ 36,00 (trinta e seis reais).
- uma aposta com 4 palpites duplos e 1 palpite triplo custa R$ 2,00 × 2 × 2 × 2 × 3 = R$ 48,00 (quarenta e oito reais).

Abaixo, a seção dos comentários está sempre aberta para que vocês façam suas observações. Qual será a grande zebra da rodada? Qual time não perderá de jeito nenhum? Esperamos as suas opiniões! Muito obrigado a todos vocês pelo prestígio a este blog Jornalheiros! Apostem com moderação, e boa sorte rumo aos 14 acertos!

PCFilho

Efemérides tricolores - 21 de maio


1903: no terceiro jogo de sua história, o primeiro fora do município do Rio de Janeiro, o Fluminense venceu o Rio Cricket por 3 a 1, em Niterói. Os gols do Fluminense foram marcados por Horácio da Costa Santos (aos 11 do 1º tempo), Edwin Cox (aos 25 do 1º tempo) e novamente Horácio da Costa Santos (aos 14 do 2º tempo).

1950: no Estádio Playa Ancha, em Valparaíso, no Chile, o Fluminense goleou o Santiago Wanderers por 6 a 1. Os gols tricolores foram de Waldir, Silas, Tite (2), João Carlos e Orlando Pingo de Ouro.

1955: o Fluminense iniciou sua excursão pela Europa com uma vitória por 4 a 1 sobre Adalet, da Turquia, no Estádio Olímpico de Istambul. Escurinho, Telê, Didi e Robson marcaram os gols tricolores.

1957: o Fluminense obteve mais uma vitória sensacional na implacável campanha do Torneio Rio-São Paulo: 2 a 0 contra o Vasco, diante de 58.026 pessoas no Maracanã. Os gols da vitória tricolor foram de Telê (aos 13 do 1º tempo) e Escurinho (aos 41 do 1º tempo). Após 6 rodadas, o Tricolor liderava a competição, com 5 vitórias e 1 empate. O Fluminense terminaria campeão invicto, com 7 vitórias e 2 empates.

1975: em partida válida pelo Campeonato Carioca, o Fluminense venceu o Bangu por 3 a 0, no Maracanã, com gols de Rivellino (2) e Gil. A Máquina Tricolor terminaria aquela competição como campeã.

1978: em jogo do Campeonato Brasileiro, o Fluminense venceu o Santos por 1 a 0, no Maracanã. O gol da vitória tricolor foi assinalado por Robertinho, aos 3 minutos do 1º tempo, de cabeça.

1995: o Fluminense empatou em 0 a 0 com o Botafogo, no Maracanã, em jogo válido pelo octogonal final do Campeonato Carioca. Nas semanas seguintes, o Tricolor conquistaria o título da competição.

1998: em jogo para cumprir tabela, o Fluminense venceu o Vasco, já campeão do esvaziado Campeonato Carioca daquele ano, por 2 a 0, gols de Magno Alves e Roni. O público de 962 pessoas foi o menor da história do clássico no Maracanã.

2000: com um gol de Roger Flores aos 13 minutos do 1º tempo, o Fluminense derrotou o Vasco por 1 a 0, em partida válida pela Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O Maracanã recebeu 44.014 pessoas.

2002: em partida do Campeonato Carioca, em Laranjeiras, o Fluminense venceu o Olaria por 2 a 1, com dois gols de Magno Alves. O Tricolor terminaria campeão da competição.

2006: o Fluminense venceu o Santos por 1 a 0, no Maracanã, em jogo do Campeonato Brasileiro. O gol tricolor foi de Luiz Alberto, contra, aos 24 do 2º tempo. Curiosamente, Luiz Alberto seria contratado pelo Fluminense no ano seguinte, quando faria parte do elenco campeão da Copa do Brasil.

2008: em partida eletrizante, o Fluminense derrotou o São Paulo por 3 a 1, no Maracanã, na volta das quartas-de-final da Copa Libertadores, e se classificou para a semifinal da competição sul-americana. No jogo de ida, na semana anterior, o São Paulo vencera por 1 a 0. No Maracanã, o Fluminense abriu o placar com Washington, aos 11 do 1º tempo, Adriano empatou para o São Paulo aos 24 do 2º tempo, e Dodô fez 2 a 1 para o Flu aos 26 do 2º tempo, mas, pela regra dos gols fora de casa, o Fluminense ainda precisava de mais um gol. Aos 46 minutos do 2º tempo, Thiago Neves cobrou escanteio e Washington marcou o gol da classificação, de cabeça, para a euforia dos 72.910 presentes no Maracanã.
Foto: Washington comemora no Maracanã: Fluminense 3, São Paulo 1.

2014: em jogo do Campeonato Brasileiro, o Fluminense goleou o São Paulo por 5 a 2, no Maracanã. Os gols tricolores foram de Walter (2), Lucão (contra), Wagner e Rafael Sobis.

****

Aniversariantes do dia:

Carlos Eduardo dos Santos Oliveira (1959), zagueiro com 5 atuações pelo Fluminense, parte do elenco que conquistou o Campeonato Carioca de 1983 e o Campeonato Brasileiro de 1984.

Leonardo Martins Dinelli, o Zada (1977), meia com 3 gols em 61 jogos pelo Fluminense, entre as temporadas de 2002 e 2003.

PCFilho

sábado, 20 de maio de 2017

2ª rodada do Brasileirão: históricos dos confrontos


Abaixo, estão os links para os retrospectos históricos dos dez duelos da segunda rodada do Campeonato Brasileiro, contabilizando todos os jogos de cada confronto (não apenas os válidos pelo Brasileirão):











PCFilho

História - Corinthians x Vitória



Ao longo da história, Corinthians e Vitória se enfrentaram em 40 jogos, com 22 vitórias do Corinthians, 12 empates e 6 vitórias do Vitória, 74 gols do Corinthians e 42 gols do Vitória.

Segue abaixo a lista com todos os resultados da história do confronto:
09/02/1958 - Vitória 1 x 1 Corinthians - Fonte Nova (Salvador)
28/10/1972 - Vitória 1 x 2 Corinthians - Fonte Nova (Salvador)
03/07/1974 - Vitória 1 x 0 Corinthians - Fonte Nova (Salvador)
20/07/1978 - Corinthians 2 x 2 Vitória - Pacaembu (São Paulo)
21/04/1980 - Vitória 2 x 6 Corinthians - Fonte Nova (Salvador)
26/04/1980 - Corinthians 5 x 0 Vitória - Morumbi (São Paulo)
17/09/1988 - Corinthians 2 x 1 Vitória - Canindé (São Paulo)
01/10/1989 - Corinthians 2 x 0 Vitória - Morumbi (São Paulo)
02/09/1990 - Vitória 0 x 0 Corinthians - Fonte Nova (Salvador)
03/02/1991 - Corinthians 1 x 1 Vitória - Morumbi (São Paulo)
24/11/1993 - Vitória 2 x 1 Corinthians - Fonte Nova (Salvador)
05/12/1993 - Corinthians 2 x 2 Vitória - Morumbi (São Paulo)
04/11/1994 - Corinthians 3 x 2 Vitória - Pacaembu (São Paulo)
11/11/1994 - Vitória 1 x 1 Corinthians - Barradão (Salvador)
20/09/1995 - Corinthians 3 x 0 Vitória - Joaquinzão (Taubaté)
10/10/1996 - Vitória 2 x 0 Corinthians - Barradão (Salvador)
04/03/1997 - Vitória 3 x 1 Corinthians - Barradão (Salvador)
11/09/1997 - Corinthians 3 x 1 Vitória - Morumbi (São Paulo)
31/10/1998 - Vitória 2 x 3 Corinthians - Barradão (Salvador)
18/08/1999 - Corinthians 5 x 1 Vitória - Pacaembu (São Paulo)
10/09/2000 - Corinthians 1 x 1 Vitória - Morumbi (São Paulo)
01/08/2001 - Corinthians 2 x 0 Vitória - Prudentão (Presidente Prudente)
19/09/2002 - Corinthians 2 x 1 Vitória - Pacaembu (São Paulo)
01/06/2003 - Corinthians 4 x 0 Vitória - Pacaembu (São Paulo)
05/10/2003 - Vitória 1 x 2 Corinthians - Barradão (Salvador)
13/05/2004 - Corinthians 1 x 0 Vitória - Pacaembu (São Paulo)
19/05/2004 - Vitória 2 x 0 Corinthians - Barradão (Salvador)
17/07/2004 - Vitória 1 x 1 Corinthians - Barradão (Salvador)
30/10/2004 - Corinthians 1 x 0 Vitória - Pacaembu (São Paulo)
23/07/2009 - Corinthians 2 x 1 Vitória - Pacaembu (São Paulo)
28/10/2009 - Vitória 0 x 1 Corinthians - Barradão (Salvador)
29/08/2010 - Corinthians 2 x 1 Vitória - Pacaembu (São Paulo)
21/11/2010 - Vitória 1 x 1 Corinthians - Barradão (Salvador)
11/08/2013 - Corinthians 2 x 0 Vitória - Pacaembu (São Paulo)
03/11/2013 - Vitória 1 x 1 Corinthians - Barradão (Salvador)
20/07/2014 - Vitória 0 x 0 Corinthians - Barradão (Salvador)
22/10/2014 - Corinthians 2 x 1 Vitória - Arena Pantanal (Cuiabá)
22/05/2016 - Vitória 3 x 2 Corinthians - Barradão (Salvador)
22/08/2016 - Corinthians 2 x 1 Vitória - Itaquerão (São Paulo)
21/05/2017 - Vitória x Corinthians - Fonte Nova (Salvador)

Observações:

- algumas fontes listam erradamente uma partida em 28/11/1945. Nesta data, o Corinthians jogou mesmo na Bahia, mas o adversário foi o Galícia - o jogo terminou 4 x 1 para o clube paulista, no campo da Avenida da Graça, em Salvador.

- fichas técnicas das partidas de 1980:

21/04/1980 - Vitória 2 x 6 Corinthians - Fonte Nova (Salvador)
Motivo: Campeonato Brasileiro 1980, 2ª fase.
Público: 35.536 pagantes.
Renda: Cr$ 2.851.820,00.
Árbitro: José Leandro de Castro Serpa (CE).
Vitória: Gélson; Vinícius, Xaxá, Zé Preta e Válder; Otávio Souto, Zé Mário (Dendê) e Sena; Sivaldo, Robério (Pita) e Tatá. Técnico: Orlando Peçanha.
Corinthians: Jairo; Zé Maria, Mauro, Amaral e Wladimir; Caçapava, Basílio (Biro-Biro) e Sócrates; Píter, Geraldão (Toninho) e Wilsinho. Técnico: Jorge Vieira.
Gols: Píter (29 do 1º), Otávio Souto (contra, 41 do 1º), Sócrates (43 do 1º), Píter (8 do 2º), Sócrates (22 do 2º), Geraldão (24 do 2º), Pita (41 do 2º) e Pita (45 do 2º).

26/04/1980 - Corinthians 5 x 0 Vitória - Morumbi (São Paulo)
Motivo: Campeonato Brasileiro 1980, 2ª fase.
Público: 32.149 pagantes.
Renda: Cr$ 2.896.320,00.
Árbitro: Alvimar Gaspar dos Reis (MG).
Corinthians: Jairo (Solito); Zé Maria, Mauro, Amaral e Wladimir (Luís Cláudio); Caçapava, Biro-Biro e Sócrates; Píter, Geraldão e Carlinhos. Técnico: Jorge Vieira.
Vitória: Gélson; Vinícius (Dílton), Amadeu, Zé Preta e Válder; Otávio Souto, Édson Silva e Sena; Zé Carlos (Dendê), Pita e Sivaldo. Técnico: João Vieira.
Gols: Wladimir (10 do 1º), Geraldão (29 do 1º), Carlinhos (34 do 1º), Sócrates (44 do 1º) e Píter (12 do 2º).
Cartão vermelho: Otávio Souto.

- vídeo com os gols do jogo do Campeonato Brasileiro de 1996:

PCFilho

História - São Paulo x Avaí



Ao longo da história, São Paulo e Avaí já se enfrentaram 14 vezes, com 8 vitórias do São Paulo, 3 empates e 3 vitórias do Avaí, 23 gols do São Paulo e 12 gols do Avaí. Confiram abaixo a lista com todos os resultados da história do confronto:
17/02/1977 - Avaí 1 x 2 São Paulo - Orlando Scarpelli (Florianópolis)
18/07/1985 - Avaí 0 x 1 São Paulo - Ressacada (Florianópolis)
15/01/2000 - São Paulo 3 x 2 Avaí - Morumbi (São Paulo)
12/04/2004 - Avaí 0 x 6 São Paulo - Ressacada (Florianópolis)
07/06/2009 - Avaí 0 x 0 São Paulo - Ressacada (Florianópolis)
12/09/2009 - São Paulo 2 x 0 Avaí - Morumbi (São Paulo)
14/07/2010 - São Paulo 1 x 2 Avaí - Morumbi (São Paulo)
02/10/2010 - Avaí 0 x 0 São Paulo - Ressacada (Florianópolis)
04/05/2011 - São Paulo 1 x 0 Avaí - Morumbi (São Paulo)
12/05/2011 - Avaí 3 x 1 São Paulo - Ressacada (Florianópolis)
07/08/2011 - Avaí 1 x 2 São Paulo - Ressacada (Florianópolis)
12/11/2011 - São Paulo 2 x 0 Avaí - Morumbi (São Paulo)
21/06/2015 - São Paulo 1 x 1 Avaí - Morumbi (São Paulo)
20/09/2015 - Avaí 2 x 1 São Paulo - Ressacada (Florianópolis)
22/05/2017 - São Paulo x Avaí - Morumbi (São Paulo)

PCFilho

História - Atlético PR x Grêmio



Ao longo da história, Atlético Paranaense e Grêmio já se enfrentaram em 63 jogos, com 29 vitórias do Grêmio, 19 empates e 15 vitórias do Atlético Paranaense, 91 gols do Grêmio e 62 gols do Atlético Paranaense.

Segue abaixo a lista com todos os resultados da história do confronto:
14/03/1937 - Grêmio 7 x 2 Atlético PR - Baixada (Porto Alegre)
16/06/1940 - Atlético PR 2 x 1 Grêmio - Joaquim Américo (Curitiba)
14/10/1948 - Atlético PR 3 x 2 Grêmio - Belfort Duarte (Curitiba)
04/05/1952 - Grêmio 2 x 0 Atlético PR - Baixada (Porto Alegre)
13/09/1959 - Grêmio 1 x 0 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
27/09/1959 - Atlético PR 0 x 1 Grêmio - Durival Britto (Curitiba)
27/10/1968 - Grêmio 1 x 1 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
08/11/1970 - Grêmio 3 x 0 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
21/01/1971 - Atlético PR 0 x 0 Grêmio - Durival Britto (Curitiba) (*)
05/02/1973 - Atlético PR 1 x 3 Grêmio - Belfort Duarte (Curitiba)
10/10/1973 - Atlético PR 1 x 1 Grêmio - Belfort Duarte (Curitiba)
25/11/1973 - Atlético PR 2 x 0 Grêmio - Belfort Duarte (Curitiba)
13/03/1974 - Grêmio 2 x 0 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
14/03/1976 - Atlético PR 0 x 0 Grêmio - Couto Pereira (Curitiba)
12/04/1978 - Atlético PR 0 x 0 Grêmio - Couto Pereira (Curitiba)
25/10/1979 - Atlético PR 1 x 0 Grêmio - Couto Pereira (Curitiba)
23/01/1983 - Atlético PR 0 x 1 Grêmio - Couto Pereira (Curitiba)
27/02/1983 - Grêmio 1 x 2 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
15/04/1984 - Grêmio 1 x 1 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
22/04/1984 - Atlético PR 1 x 4 Grêmio - Couto Pereira (Curitiba)
03/09/1986 - Grêmio 2 x 1 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
23/10/1988 - Atlético PR 1 x 2 Grêmio - Pinheirão (Curitiba)
07/02/1991 - Atlético PR 4 x 2 Grêmio - Pinheirão (Curitiba)
26/03/1996 - Atlético PR 1 x 1 Grêmio - Joaquim Américo (Curitiba)
19/04/1996 - Grêmio 3 x 0 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
04/09/1996 - Atlético PR 3 x 1 Grêmio - Joaquim Américo (Curitiba)
17/09/1997 - Grêmio 3 x 1 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
09/08/1998 - Atlético PR 0 x 0 Grêmio - Pinheirão (Curitiba)
25/07/1999 - Grêmio 2 x 1 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
12/11/2000 - Grêmio 3 x 0 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
02/08/2001 - Atlético PR 2 x 0 Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
07/04/2002 - Atlético PR 2 x 2 Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
20/04/2002 - Grêmio 1 x 5 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
27/04/2002 - Atlético PR 1 x 1 Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
30/10/2002 - Grêmio 2 x 1 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
29/03/2003 - Atlético PR 2 x 0 Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
10/08/2003 - Grêmio 1 x 1 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
31/07/2004 - Atlético PR 0 x 0 Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
28/11/2004 - Grêmio 3 x 3 Atlético PR - Colosso da Lagoa (Erechim)
12/08/2006 - Grêmio 2 x 0 Atlético PR - Centenário (Caxias do Sul)
12/11/2006 - Atlético PR 2 x 3 Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
28/07/2007 - Grêmio 1 x 1 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
31/10/2007 - Atlético PR 2 x 0 Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
22/06/2008 - Grêmio 3 x 0 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
21/09/2008 - Atlético PR 0 x 0 Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
05/07/2009 - Grêmio 4 x 1 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
07/10/2009 - Atlético PR 0 x 0 Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
29/08/2010 - Atlético PR 1 x 1 Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
20/11/2010 - Grêmio 3 x 1 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
29/05/2011 - Atlético PR 0 x 1 Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
04/09/2011 - Grêmio 4 x 0 Atlético PR - Olímpico (Porto Alegre)
06/07/2013 - Atlético PR 1 x 1 Grêmio - Durival Britto (Curitiba)
02/10/2013 - Grêmio 1 x 0 Atlético PR - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
30/10/2013 - Atlético PR 1 x 0 Grêmio - Durival Britto (Curitiba)
06/11/2013 - Grêmio 0 x 0 Atlético PR - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
20/04/2014 - Atlético PR 1 x 0 Grêmio - Orlando Scarpelli (Florianópolis)
10/09/2014 - Grêmio 1 x 0 Atlético PR - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
14/06/2015 - Grêmio 2 x 1 Atlético PR - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
16/09/2015 - Atlético PR 1 x 2 Grêmio - Couto Pereira (Curitiba)
26/06/2016 - Atlético PR 2 x 0 Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
24/08/2016 - Atlético PR 0 x 1 Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
21/09/2016 - Grêmio 0 x 1 Atlético PR [PK 4 x 3] - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
13/10/2016 - Grêmio 1 x 0 Atlético PR - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
21/05/2017 - Atlético PR x Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)

Observações:

(*) o jogo de 21 de janeiro de 1971 foi a despedida do lendário Djalma Santos dos gramados. No intervalo, Djalma deu uma volta olímpica com as chuteiras nas mãos, recebendo efusivos aplausos do público presente. A partida foi precocemente encerrada, aos 26 minutos do 2º tempo, devido a um apagão que desligou os refletores. Com o empate em 0 a 0, o Grêmio recebeu o Troféu Presidente Médici, homenagem a Emílio Garrastazu Médici, então Presidente da República.

- antes da inauguração da moderna Arena da Baixada, em Curitiba, o estádio do Atlético Paranaense era chamado por seu nome oficial, Estádio Joaquim Américo.

- o atual Estádio Couto Pereira, em Curitiba, se chamava Estádio Belfort Duarte anteriormente.

- em 1931, o Grêmio enfrentou um combinado de Atlético Paranaense e Palestra Itália do Paraná. O jogo não está incluído nas estatísticas do confronto:
19/11/1931 - Grêmio 3 x 1 Combinado Atlético/Palestra Itália-PR - Baixada (Porto Alegre)

PCFilho

Efemérides tricolores - 20 de maio



1951: o Fluminense derrotou o poderoso Arsenal, 5º lugar do Campeonato Nacional da Inglaterra, por 2 a 0, no Maracanã. Foi uma revanche tricolor, já que, na primeira vinda do clube inglês ao Brasil, dois anos antes, o Fluminense havia perdido por 5 a 1. Os gols da grande vitória tricolor foram de Joel (aos 25 do 1º tempo) e Orlando Pingo de Ouro (aos 37 do 1º tempo). 44.164 pessoas compareceram ao Maracanã para assistir à partida internacional.

1956: o Fluminense venceu um amistoso contra o Rio Branco por 4 a 1, no Estádio Governador Bley, em Vitória. Os gols tricolores foram de Waldo (3) e Léo Briglia.

1962: diante de um bom público no Independência, em Belo Horizonte, o Fluminense venceu o Atlético Mineiro por 2 a 1, em partida amistosa. Os gols tricolores foram marcados por Quarentinha, aos 19 do 1º tempo e aos 7 do 2º tempo.

1982: com um gol de Lela, o Fluminense derrotou o Palmeiras por 1 a 0, no Maracanã, em jogo válido pela Taça dos Campeões.

1984: com um público de 118.370 pessoas no Maracanã, o Fluminense empatou em 0 a 0 com o Corinthians, na partida de volta da semifinal do Campeonato Brasileiro. Como o Tricolor havia vencido por 2 a 0 na ida, no Morumbi, o resultado classificou o clube carioca para a finalíssima, contra o Vasco, na semana seguinte. O Fluminense conquistaria o segundo Campeonato Brasileiro de sua história.

2009: diante de 68.158 torcedores no Maracanã, o Fluminense empatou em 2 a 2 com o Corinthians, pela partida de volta das quartas-de-final da Copa do Brasil. Os gols tricolores no jogo foram de Alan e Thiago Neves. O placar não foi suficiente para obter a classificação.

2012: o Fluminense estreou no Brasileirão com uma vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, no Pacaembu, gol do zagueiro Leandro Euzébio, de cabeça, aos 27 do 2º tempo. Foi o início da campanha do quarto título do Fluminense na história do Campeonato Brasileiro.

****

Aniversariantes do dia:

Algisto Lorenzato, o Batatais (1910), lendário goleiro do Fluminense entre 1935 e 1946. Batatais defendeu pelo menos 26 pênaltis com a camisa tricolor, e não foi expulso em nenhuma das quase 300 partidas que disputou pelo Fluminense. Foi o goleiro titular nos 5 Campeonatos Cariocas conquistados entre 1936 e 1941. No último, foi o grande herói do jogo decisivo (o épico Fla-Flu da Lagoa), tendo atuado os minutos finais com a clavícula deslocada. Também atuou na Seleção Brasileira, tendo sido titular em dois jogos da Copa do Mundo de 1938. Já contei a história de Batatais aqui, no post O gigante Batatais.

João José da Silva, o Pirombá (1920), atacante com 8 gols em 15 jogos pelo Fluminense, nas temporadas de 1944 e 1945.

Wilson Ramos da Silva, o Wilson Bauru (1935), atacante com 21 gols em 56 partidas pelo Fluminense, entre 1959 e 1961. Fez parte do plantel campeão do Torneio Rio-São Paulo de 1960.

João Batista Nunes de Oliveira, o Nunes (1954), centroavante com 40 gols marcados em 58 jogos com a camisa tricolor, entre as temporadas de 1978 e 1979.

Mauro Rafael da Silva (1984), atacante com 3 gols em 16 jogos pelo Fluminense entre 2004 e 2005.

Rodolfo dos Santos Soares (1985), meia com 1 gol em 14 jogos como profissional do Fluminense, entre 2003 e 2006.

Gerson Santos da Silva (1997), meia formado pelo Fluminense, com 8 gols marcados em 63 jogos no time profissional entre 2015 e 2016, campeão da Copa da Primeira Liga de 2016. Gerson foi vendido para a Roma, da Itália, por 61 milhões de reais, na maior transferência da história do futebol carioca.

PCFilho

sexta-feira, 19 de maio de 2017

História - Santos x Coritiba


Ao longo da história, o Santos e o Coritiba se enfrentaram em 50 jogos, com 27 vitórias do Santos, 9 empates e 14 vitórias do Coritiba, 86 gols do Santos e 60 gols do Coritiba (essas estatísticas incluem uma vitória do Santos por WO em 1989 - vide observação abaixo da lista de resultados).

A seguir, está a lista com todos os resultados da história do confronto entre Santos e Coritiba:
20/05/1941 – Santos 10 x 3 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [AMIS]
03/06/1943 – Coritiba 4 x 2 Santos – Joaquim Américo (Curitiba) [AMIS]
07/07/1957 – Coritiba 0 x 2 Santos – Durival Britto (Curitiba) [AMIS]
21/12/1958 – Coritiba 1 x 1 Santos – Durival Britto (Curitiba) [AMIS]
11/10/1959 – Coritiba 0 x 1 Santos – Belfort Duarte (Curitiba) [AMIS]
18/02/1968 – Coritiba 3 x 1 Santos – Belfort Duarte (Curitiba) [AMIS]
22/10/1969 – Coritiba 1 x 3 Santos – Belfort Duarte (Curitiba) [BRD1]
10/01/1970 – Coritiba 1 x 3 Santos – Belfort Duarte (Curitiba) [AMIS]
25/03/1970 – Coritiba 0 x 0 Santos – Belfort Duarte (Curitiba) [AMIS]
27/10/1971 – Coritiba 1 x 0 Santos – Belfort Duarte (Curitiba) [BRD1]
20/09/1972 – Coritiba 0 x 0 Santos – Belfort Duarte (Curitiba) [BRD1]
18/11/1973 – Coritiba 1 x 2 Santos – Belfort Duarte (Curitiba) [BRD1]
29/06/1974 – Santos 2 x 1 Coritiba – Pacaembu (São Paulo) [BRD1]
15/11/1975 – Santos 1 x 0 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [AMIS]
06/03/1985 – Santos 1 x 0 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
14/04/1985 – Coritiba 2 x 1 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
28/10/1987 – Santos 2 x 1 Coritiba – Pacaembu (São Paulo) [BRD1]
26/11/1988 – Coritiba 2 x 0 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
22/10/1989 – Santos W x O Coritiba – Municipal (Juiz de Fora) [BRD1] (*)
01/09/1996 – Coritiba 1 x 3 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
14/09/1997 – Santos 2 x 1 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
03/10/1998 – Coritiba 1 x 1 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
29/09/1999 – Santos 1 x 1 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
27/04/2000 – Coritiba 0 x 1 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRCP]
03/05/2000 – Santos 1 x 1 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRCP]
05/11/2000 – Coritiba 2 x 1 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
12/08/2001 – Santos 2 x 0 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
11/09/2002 – Coritiba 4 x 2 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
06/07/2003 – Santos 3 x 1 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
25/10/2003 – Coritiba 0 x 4 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
29/07/2004 – Santos 4 x 2 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
21/11/2004 – Coritiba 0 x 1 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
01/05/2005 – Coritiba 2 x 3 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
28/08/2005 – Santos 2 x 0 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
03/08/2008 – Santos 1 x 3 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
22/11/2008 – Coritiba 5 x 1 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
05/08/2009 – Coritiba 0 x 1 Santos – Olímpico Regional (Cascavel) [BRD1]
22/11/2009 – Santos 4 x 0 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
17/08/2011 – Santos 2 x 3 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
20/11/2011 – Coritiba 1 x 0 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
24/06/2012 – Santos 2 x 2 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
16/09/2012 – Coritiba 1 x 2 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
21/07/2013 – Santos 2 x 2 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
09/10/2013 – Coritiba 1 x 0 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
26/04/2014 – Coritiba 0 x 0 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
13/09/2014 – Santos 2 x 1 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
08/08/2015 – Santos 3 x 0 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
22/11/2015 – Coritiba 1 x 0 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
22/05/2016 – Santos 2 x 1 Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]
21/08/2016 – Coritiba 2 x 1 Santos – Couto Pereira (Curitiba) [BRD1]
20/05/2017 – Santos x Coritiba – Vila Belmiro (Santos) [BRD1]

Legenda:
[AMIS]: Amistoso.
[BRD1]: Campeonato Brasileiro (1ª divisão).
[BRCP]: Copa do Brasil.

Observações:

- o Estádio Couto Pereira, em Curitiba, se chamava Estádio Belfort Duarte anteriormente.

(*) O Coritiba não compareceu a Juiz de Fora para enfrentar o Santos no dia 22/10/1989, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro daquele ano. Antes do horário marcado para o jogo, o Coritiba entregou ao árbitro Manoel Serapião Filho uma liminar do STJD adiando a partida para o dia 25, no mesmo horário de Sport Recife x Vasco, jogo adiado da 9ª rodada. O árbitro e o Santos aguardaram o time do Coritiba no gramado por 20 minutos. No julgamento final do caso, o STJD declarou o Santos vencedor da partida por WO, e puniu o Coritiba com a eliminação da competição e o rebaixamento para a segunda divisão (punição considerada dura na época, tendo em vista casos anteriores similares, como os de America, Flamengo e Internacional dois anos antes). Para a estatística do confronto, está sendo contabilizada a vitória do Santos, sem gol marcado.

PCFilho

Efemérides tricolores - 19 de maio


1918: com dois gols de Machado, o Fluminense venceu o America por 2 a 0, em Laranjeiras, seguindo firme na campanha do bicampeonato Carioca.

1940: em General Severiano, o Fluminense obteve uma vitória por 2 a 1 sobre o America, pelo Campeonato Carioca. Os gols tricolores foram de Hércules (aos 5 do 2º tempo) e Carreiro (aos 26 do 2º tempo). O Tricolor terminaria campeão da competição.

1957: o Fluminense seguiu avassalador no Torneio Rio-São Paulo: venceu o Corinthians por 3 a 2, no Maracanã, com gols de Escurinho (aos 25 do 1º tempo) e Waldo (aos 27 do 1º tempo e aos 43 do 2º tempo). Com os dois gols marcados, Waldo chegou a 9 gols em 5 jogos no Rio-São Paulo - ele terminaria artilheiro da competição, com incríveis 13 gols em 9 jogos. O Fluminense foi campeão invicto, com 7 vitórias e 2 empates.

1973: em jogo do Campeonato Carioca, no Maracanã, o Fluminense derrotou o Bangu por 5 a 0, gols de Manfrini (aos 27 do 1º tempo), Dionísio (aos 31 e aos 35 do 1º tempo), Manfrini de novo (aos 40 do 1º tempo) e Cafuringa (aos 21 do 2º tempo). O Tricolor terminaria campeão da competição.

1991: na Fonte Nova, em Salvador, o Fluminense venceu o Vitória por 2 a 1, em partida do Campeonato Brasileiro. Os gols tricolores foram marcados no 2º tempo: Pires (aos 6) e Ézio (aos 13). O Tricolor encerrou assim a primeira fase da competição na 3ª posição, classificado para a semifinal, em que enfrentaria o Bragantino.

1996: com três gols de Renato Gaúcho, o Fluminense derrotou o America por 3 a 0, em Laranjeiras, em partida válida pelo Campeonato Carioca.

****

Aniversariantes do dia:

Alamir Barreto Borges (1956), meio-campista com três atuações no time profissional do Fluminense na temporada de 1981.

Paulo César Lopes de Gusmão, o PC Gusmão (1962), treinador que esteve no comando técnico do Fluminense em 17 jogos, entre 2006 e 2007.

César Vinicio Cervo de Luca (1979), zagueiro com 202 atuações e 13 gols pelo Fluminense, entre as temporadas de 2000 e 2003. Fez parte do time Campeão Carioca de 2002.

PCFilho

quinta-feira, 18 de maio de 2017

É tetra! Flamengo é o único clube brasileiro 4 vezes eliminado na 1ª fase da Libertadores



Nesta quarta-feira 17, o Flamengo perdeu para o San Lorenzo por 2 a 1, em Buenos Aires, e está eliminado da Copa Libertadores de 2017, ainda na primeira fase da competição, repetindo os vexames de 2002, 2012 e 2014. O San Lorenzo e o Atlético Paranaense se classificaram no grupo, com Flamengo e Universidad Católica ficando para trás. Desde que o atual formato da Copa Libertadores foi adotado, no ano 2000, o Flamengo é o único clube brasileiro 4 vezes eliminado na primeira fase da Copa Libertadores.

Em 2002, o rubro-negro carioca foi eliminado em uma chave que tinha Once Caldas (Colômbia), Universidad Católica (Chile) e Olimpia (Paraguai). Em 2012, o grupo tinha Lanús (Argentina), Emelec (Equador) e novamente Olimpia. Em 2014, a eliminação se deu em casa, quando o Flamengo perdeu para o León, do México, em pleno Maracanã, por 3 a 2. A chave tinha também Bolívar (Bolívia) e novamente Emelec.

Em 2007 e 2008, o Flamengo passou da primeira fase, mas caiu logo nas oitavas-de-final. Em 2010, foi um pouco mais longe, tendo sido eliminado nas quartas-de-final.

PCFilho

Efemérides tricolores - 18 de maio


1919: no recém-inaugurado Estádio do Fluminense, em Laranjeiras, a Seleção Brasileira venceu a segunda partida no Sul-Americano: 3 a 1 contra a Argentina, diante de cerca de 22.000 pessoas. Amílcar abriu o placar aos 12 do 1º tempo, Carlos Izaguirre empatou para a Argentina aos 20 do 1º tempo, e a Seleção venceu com os gols de Millon aos 6 e Heitor aos 35 do 2º tempo. O Fluminense construíra o maior estádio da América Latina, com recursos próprios, especialmente para que o Brasil pudesse sediar competições internacionais.

1924: o Fluminense venceu o Botafogo por 1 a 0, no Estádio de Laranjeiras, em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Carioca. O gol da vitória tricolor foi marcado por Ribeiro, aos 20 minutos do 1º tempo. Com três triunfos em três jogos, o Fluminense seguiu na liderança da competição, que terminaria conquistando.

1946: em General Severiano, o Fluminense goleou o Madureira por 6 a 3, em jogo válido pelo Torneio Municipal. Os gols da vitória tricolor foram de Orlando Pingo de Ouro (2), Ademir Menezes, Pinhegas, Juvenal e Rodrigues Tatu.

1977: no Maracanã, em jogo do Campeonato Carioca, o Fluminense venceu a Portuguesa RJ por 1 a 0, graças a um gol de Rivellino, aos 36 minutos do 1º tempo.

1986: com diversos atletas adoecidos devido à dengue, o Fluminense não compareceu a Campos para enfrentar o Americano, pelo Campeonato Carioca. A Federação do Rio de Janeiro ignorou a situação, e declarou a derrota do Fluminense por W.O. (o segundo de três W.O.'s na história tricolor).

2005: no Amigão, em Campina Grande, o Fluminense perdeu para o Treze por 1 a 0, na partida de volta das quartas-de-final da Copa do Brasil. Como a partida de ida havia terminado 1 a 0 para o Fluminense, a classificação foi decidida em disputa de pênaltis. O Tricolor venceu o desempate por 9 a 8, e passou para a fase semifinal da competição.

****

Aniversariantes do dia:

Antônio Magnones (1918), meia-direita com 25 gols em 51 jogos pelo Fluminense, entre as temporadas de 1942 e 1945.

Sua Santidade o Papa João Paulo II (1920), nascido Karol Józef Wojtyła, no dia 18/05/1920, em Wadowice, na Polônia. Quando o Pontífice visitou o Brasil, em 1980, foi recepcionado com os belos versos "A benção, João de Deus, nosso povo te abraça! Tu vens em missão de paz, sê bem vindo, e abençoa este povo que te ama!". Em 26 de outubro daquele ano, o Fluminense empatava com o Vasco quando a torcida tricolor começou a entoar os versos. Na disputa de pênaltis daquele jogo, o Fluminense venceu por 4 a 1, e desde então os torcedores do clube cantam "A benção, João de Deus" para trazer sorte ao time. Em 2010, o Fluminense nomeou oficialmente o Papa João Paulo II como um dos padroeiros do clube.


Marcelo Gomes de Azevedo (1971), zagueiro com 13 jogos pelo time profissional do Fluminense em 1994.

Márcio Alexandre Bastos da Costa, o Márcio Costa (1971), zagueiro e volante com 99 partidas pelo Fluminense, entre as temporadas de 1994 e 1997. Foi titular na épica conquista do Campeonato Carioca de 1995.

PCFilho

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Palpites da Loteca - Concurso 750


Amigos e amigas, seguem abaixo os porcentuais estimados de apostas nas 14 partidas que compõem o concurso número 750 da Loteca. Em cada jogo, o primeiro porcentual refere-se à vitória do time mandante, o segundo porcentual refere-se ao empate, e o terceiro porcentual refere-se à vitória do time visitante:
1) Atlético Mineiro x Fluminense (75% 15% 10%)
2) Vitória x Corinthians (20% 35% 45%)
3) Joinville x Volta Redonda (70% 20% 10%)
4) Sampaio Corrêa x CSA (45% 30% 25%)
5) Chapecoense x Palmeiras (15% 25% 60%)
6) Santa Cruz x Guarani (80% 15% 5%)
7) Salgueiro x Moto Club (85% 10% 5%)
8) Luverdense x CRB (45% 30% 25%)
9) ASA x Remo (40% 30% 30%)
10) Figueirense x Náutico (65% 20% 15%)
11) Tupi x Ypiranga RS (60% 30% 10%)
12) Botafogo x Ponte Preta (45% 30% 25%)
13) Sport Recife x Cruzeiro (25% 20% 55%)
14) Atlético Paranaense x Grêmio (25% 30% 45%)

As apostas neste concurso podem ser registradas até as 14:00 de Brasília do sábado 20. A estimativa de prêmio para um ganhador único com 14 acertos no concurso 750 da Loteca é de R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais). Os rateios das premiações para as faixas de 14 e 13 acertos serão divulgados pela Caixa Econômica Federal em seu site, na tarde da segunda-feira, dia 22 de maio.

Concorda com os porcentuais? Discorda deles? Qual será a grande zebra do concurso? Será um prazer receber os seus comentários abaixo!

Muito obrigado a todos vocês pelo prestígio a este blog Jornalheiros, e boa sorte rumo aos 14 acertos! Apostem com moderação!

PCFilho

PS: estou terminando de escrever o e-book "Um método inteligente para apostar na Loteca", detalhando minuciosamente a estratégia que desenvolvi para a loteria esportiva. Interessados, por favor entrar em contato por e-mail: pcfilho@gmail.com, ou nos comentários abaixo. Ainda é possível adquirir o e-book com desconto.

Efemérides tricolores - 17 de maio


1914: o Fluminense venceu o Paulistano, campeão paulista de 1913, no Velódromo de São Paulo. A vitória tricolor foi pelo placar de 2 a 1, construída com gols de Welfare (aos 24 do 2º tempo) e James Calvert (aos 33 do 2º tempo).

1931: em São Januário, o Fluminense derrotou o Vasco por 2 a 1, em partida do Campeonato Carioca. Os gols tricolores foram de Demósthenes (aos 29 do 1º tempo) e Ripper (aos 35 do 2º tempo).

1941: em Laranjeiras, o Fluminense venceu o São Cristóvão por 3 a 0, com gols de Rongo (aos 21 do 1º tempo), Juan Carlos (aos 24 do 1º tempo) e Rongo novamente (aos 11 do 2º tempo). O jogo foi válido pelo Campeonato Carioca, que o Fluminense conquistaria com a espetacular campanha de 22 vitórias, 1 empate e 5 derrotas, 106 gols-pró e 48 gols-contra.

1959: no Maracanã, o Fluminense encerrou sua participação no Torneio Rio-São Paulo com uma vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras, gols de Waldo (aos 8 do 1º tempo) e Escurinho (aos 36 do 2º tempo).

1960: em amistoso na Suécia, o Fluminense goleou o Östers por 10 a 0, gols de Waldo (2), Jair Francisco (4), Edmílson (2) e Jair Santana (2).

1969: o Fluminense derrotou a Portuguesa RJ por 2 a 0, no Maracanã, gols de Carlos Pedro (contra) e Flávio Minuano. O jogo foi válido pelo Campeonato Carioca, que o Fluminense conquistaria nas semanas seguintes.

1970: em jogo pela Taça Guanabara (competição à parte do Campeonato Carioca), o Fluminense venceu o Botafogo por 2 a 0, no Maracanã, com gols de Flávio Minuano e Mickey.

1997: em partida do Campeonato Carioca, o Fluminense derrotou o Flamengo por 2 a 0, no Maracanã, com gols de Alcindo e Dirceu.

2003: pelo Campeonato Brasileiro, o Fluminense venceu o Figueirense por 3 a 0, no Giulite Coutinho, com gols de Jancarlos (aos 4 do 1º tempo) e Rodolfo (aos 43 do 1º tempo e aos 6 do 2º tempo).

2006: pela semifinal da Copa do Brasil, o Fluminense empatou com o Vasco em 1 a 1, no Maracanã. O gol tricolor foi de Petkovic, de pênalti. O resultado eliminou o Fluminense da competição, que viria a ser conquistada no ano seguinte.

2012: pela partida de ida das quartas-de-final da Copa Libertadores, o Fluminense perdeu por 1 a 0 para o Boca Juniors, no estádio La Bombonera, em Buenos Aires. Na partida, o Tricolor foi escandalosamente roubado pelo árbitro colombiano Jose Hernando Buitrago, que deixou de assinalar um pênalti claro para o Fluminense.

****

Aniversariantes do dia:

Waldemar de Brito (1913), grande centroavante do futebol brasileiro, que disputou a Copa do Mundo de 1934 pela Seleção. Em 4 partidas em 1944, o Fluminense teve o privilégio de contar com seu futebol. Ele marcou um gol com a camisa tricolor, na derrota de 3 a 1 para o America no Torneio Municipal.

David Ferreira, o Duque (1926), zagueiro com 90 atuações pelo Fluminense, nas temporadas de 1953 a 1956, e técnico do time profissional entre 1973 e 1974, período em que comandou a conquista do Campeonato Carioca de 1973.

César Augusto da Silva Lemos, o César Maluco (1945), atacante com 2 gols em 16 jogos pelo Fluminense em 1977. César disputou a Copa do Mundo de 1974 pela Seleção Brasileira, e é um dos maiores ídolos da história do Palmeiras.

Alessandro Andrade de Oliveira (1973), atacante com 29 atuações pelo Fluminense entre 2000 e 2001.

Sandro Silva e Souza (1988), zagueiro formado pelo Fluminense, com 8 jogos no time profissional entre 2007 e 2009.

PCFilho

terça-feira, 16 de maio de 2017

Cartola FC - Dicas da 2ª rodada - 2017


Amigos e amigas, no sábado 20, no domingo 21 e na segunda-feira 22 de maio, teremos a segunda rodada do Campeonato Brasileiro de 2017, com os seguintes dez jogos (no horário de Brasília), todos valendo para o Cartola FC:
20/05/2017 - Santos x Coritiba - Vila Belmiro (Santos)
20/05/2017 - Chapecoense x Palmeiras - Arena Condá (Chapecó)
20/05/2017 - Atlético Goianiense x Flamengo - Serra Dourada (Goiânia)
21/05/2017 - Vasco x Bahia - São Januário (Rio de Janeiro)
21/05/2017 - Atlético Mineiro x Fluminense - Independência (Belo Horizonte)
21/05/2017 - Atlético Paranaense x Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
21/05/2017 - Vitória x Corinthians - Fonte Nova (Salvador)
21/05/2017 - Botafogo x Ponte Preta - Engenhão (Rio de Janeiro)
21/05/2017 - Sport Recife x Cruzeiro - Ilha do Retiro (Recife)
22/05/2017 - São Paulo x Avaí - Morumbi (São Paulo)

Na primeira rodada, com o time sugerido aqui, o PC Football Club totalizou 72,53 pontos, e valorizou o patrimônio para C$ 127,02. Na nossa Liga Jornalheiros, que já tem 468 participantes, o PC Football Club está em 167º lugar. Os 10 maiores pontuadores da Liga na 1ª rodada foram:
1º. Só Golaços Foot Club (Otávio Linares), 110,93 pontos;
2º. AFC 096 (Renan de Almeida), 108,43 pontos;
3º. Esquadradaotricolor (Diego), 104,05 pontos;
4º. Guaraná Antártica F.C. (Pé de Guaraná), 103,30 pontos;
5º. PsVita FC (Kleber), 102,23 pontos;
6º. Tricolor Cartola 75 (Luã Alves), 100,13 pontos;
7º. alexrsfla (Alexander), 99,93 pontos;
8º. Los Breja AFA (Herbet), 99,73 pontos;
9º. FabianoC FC (Fabiano Carvalho), 99,19 pontos;
10º. suagibra (José Otto), 98,45 pontos.

Segue abaixo a minha sugestão de escalação para esta 2ª rodada, no esquema tático 3-4-3:
- Goleiro: Renan Ribeiro (São Paulo, C$ 8,49);
- Zagueiros: Tiago (Bahia, C$ 9,97), Pedro Geromel (Grêmio, C$ 7,00) e Igor Rabello (Botafogo, C$ 6,37);
- Meias: Thiago Maia (Santos, C$ 6,72), Arrascaeta (Cruzeiro, C$ 8,56), Alisson (Cruzeiro, C$ 10,82) e Edson (Bahia, C$ 16,83);
- Atacantes: Bruno Henrique (Santos, C$ 13,65), (Corinthians, C$ 8,28) e Walter (Atlético Goianiense, C$ 11,67);
- Técnico: Guto Ferreira (Bahia, C$ 8,76).

O time sugerido acima custa ao todo C$ 117,12, e tem a seguinte distribuição por clubes: Bahia (3), Cruzeiro (2), Santos (2), São Paulo (1), Grêmio (1), Botafogo (1), Corinthians (1) e Atlético Goianiense (1). Naturalmente, minha escalação poderá ser modificada até o dia do fechamento do mercado, já que as escalações prováveis dos times deverão sofrer alterações ao longo dos próximos dias. Relatarei todas as mudanças aqui no blog, como sempre.

E vocês, amigos e amigas? Como escalarão os seus preciosos times para esta 2ª rodada do Cartola FC 2017? Têm alguma sugestão para o blog esse ano? O Jornalheiros é um espaço democrático: os comentários de todos são bem-vindos, lembrando sempre: respeito em primeiro lugar! Sigam as regras do blog, grafem os nomes dos clubes da maneira correta, e tratem bem todos os que interagirem aqui. Boa sorte a todos, e obrigado pelo prestígio ao Jornalheiros!

Na foto do post, com a camisa 2, o lateral-direito Cafu, campeão das Copas do Mundo de 1994 e 2002, e atleta com o maior número de atuações na história da Seleção Brasileira.

PCFilho

PS: para os que também curtem a Loteca, estou terminando de escrever o e-book "Um método inteligente para apostar na Loteca", detalhando minuciosamente a estratégia que desenvolvi para a loteria esportiva da Caixa Econômica Federal. Interessados, por favor entrem em contato por e-mail: pcfilho@gmail.com. Ainda há tempo de adquirir o e-book com desconto.

Xadrez - Mate em 2! (François Paul Loquin)

François Paul Loquin, La Régence, 1849.
Código FEN: 8/8/8/8/5pk1/3B1N1R/5P2/4K3 w - - 0 1.

As Brancas jogam e dão xeque-mate em 2 lances!

(White to play and give checkmate in 2 moves!)

PCFilho

Efemérides tricolores - 16 de maio


1915: com três gols do artilheiro Welfare, o Fluminense derrotou o Rio Cricket por 3 a 1, em Laranjeiras, pelo Campeonato Carioca.

1926: o Fluminense venceu o Bangu por 3 a 2, em jogo do Campeonato Carioca, na rua Ferrer. Os gols do Tricolor foram marcados por Coelho (aos 30 do 1º tempo) e Lagarto (aos 9 e aos 20 do 2º tempo).

1948: o Fluminense goleou o Southampton, da Inglaterra, por 4 a 0, em partida amistosa no Estádio de São Januário. Os gols foram de Rubinho, Rodrigues Tatu, Orlando Pingo de Ouro e Cento e Nove. O jogo, promovido pelo Botafogo, levou 35.759 pessoas ao estádio do Vasco.

1957: pela quarta rodada do Torneio Rio-São Paulo, o Fluminense derrotou o Flamengo por 2 a 1, no Maracanã. Os dois gols tricolores foram marcados pelo artilheiro Waldo, aos 25 e aos 31 do 1º tempo. Com os gols no Fla-Flu, Waldo chegou a 7 gols em 4 jogos do Rio-São Paulo - ele terminaria artilheiro da competição, com incríveis 13 gols em 9 jogos. O Fluminense foi campeão invicto, com 7 vitórias e 2 empates.

1976: diante de uma multidão de 155.116 pessoas no Maracanã, Fluminense e Flamengo empataram em 0 a 0, em partida válida pela última rodada da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. Os resultados da rodada deixaram o Fluminense na terceira posição, um ponto atrás de Flamengo e Vasco, que decidiram o título do turno em jogo extra, no mês seguinte (o Vasco venceu na definição por pênaltis). O Fluminense terminaria campeão carioca, numa decisão dramática contra o Vasco, em 3 de outubro.

1993: no Maracanã, pelo Campeonato Carioca, o Fluminense venceu o clássico com o Botafogo por 2 a 0, gols de Julinho (aos 10 do 1º tempo) e Macalé (aos 45 do 1º tempo).

2004: em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, o Fluminense derrotou o Vitória por 1 a 0, no Maracanã, com um gol de Marcelo, aos 15 minutos do 2º tempo.

2007: no Maracanã, o Fluminense venceu o Brasiliense por 4 a 2, na partida de ida da semifinal da Copa do Brasil. Os gols tricolores foram marcados por Thiago Silva (aos 35 do 1º tempo), Alex Dias (aos 40 do 1º tempo), Adriano Magrão (aos 4 do 2º tempo) e Carlos Alberto (aos 33 do 2º tempo, de pênalti). O Tricolor terminaria campeão da competição, na decisão contra o Figueirense.

****

Aniversariantes do dia:

Fábio Bittencourt da Costa (1977), meia-armador com 20 atuações pelo time profissional do Fluminense entre 1998 e 1999.

Hiziel de Souza Soares (1985), atacante com 6 gols em 40 jogos pelo Fluminense na temporada de 2007, em que fez parte do elenco campeão da Copa do Brasil.

Willian Osmar de Oliveira Silva (1993), meio-campista com 14 atuações pelo Fluminense entre 2013 e 2014.

PCFilho

Brasileirão 2017 - Classificação após a 1ª rodada

Fonte da tabela: site Futbol24.

Os resultados da primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2017 foram os seguintes:
13/05/2017 - Flamengo 1 x 1 Atlético Mineiro - Maracanã (Rio de Janeiro)
13/05/2017 - Corinthians 1 x 1 Chapecoense - Itaquerão (São Paulo)
14/05/2017 - Fluminense 3 x 2 Santos - Maracanã (Rio de Janeiro)
14/05/2017 - Palmeiras 4 x 0 Vasco - Allianz Parque (São Paulo)
14/05/2017 - Cruzeiro 1 x 0 São Paulo - Mineirão (Belo Horizonte)
14/05/2017 - Bahia 6 x 2 Atlético Paranaense - Fonte Nova (Salvador)
14/05/2017 - Ponte Preta 4 x 0 Sport Recife - Moisés Lucarelli (Campinas)
14/05/2017 - Avaí 0 x 0 Vitória - Ressacada (Florianópolis)
14/05/2017 - Grêmio 2 x 0 Botafogo - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
15/05/2017 - Coritiba 4 x 1 Atlético Goianiense - Couto Pereira (Curitiba)

A segunda rodada, no próximo fim de semana, terá as seguintes partidas:
20/05/2017 - Santos x Coritiba - Vila Belmiro (Santos)
20/05/2017 - Chapecoense x Palmeiras - Arena Condá (Chapecó)
20/05/2017 - Atlético Goianiense x Flamengo - Serra Dourada (Goiânia)
21/05/2017 - Vasco x Bahia - São Januário (Rio de Janeiro)
21/05/2017 - Atlético Mineiro x Fluminense - Independência (Belo Horizonte)
21/05/2017 - Atlético Paranaense x Grêmio - Arena da Baixada (Curitiba)
21/05/2017 - Vitória x Corinthians - Fonte Nova (Salvador)
21/05/2017 - Botafogo x Ponte Preta - Engenhão (Rio de Janeiro)
21/05/2017 - Sport Recife x Cruzeiro - Ilha do Retiro (Recife)
22/05/2017 - São Paulo x Avaí - Morumbi (São Paulo)

PCFilho

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Efemérides tricolores - 15 de maio



1938: em partida válida pelo Torneio Municipal, em Laranjeiras, o Fluminense venceu o Vasco por 1 a 0, com gol de Santamaría, aos 23 minutos do 2º tempo. O Tricolor terminaria aquela competição com o título de campeão.

1949: o Fluminense perdeu para o poderoso Arsenal, da Inglaterra, por 5 a 1, em amistoso no Estádio de São Januário. A partida atraiu uma multidão estimada em 50 mil pessoas, quebrando o recorde de renda da história do futebol sul-americano. Dois anos depois, o Arsenal voltaria ao Brasil, e o Fluminense teria sua revanche (vide, em breve, as efemérides de 20 de maio).

1951: o Fluminense derrotou o Santos por 3 a 0, em amistoso disputado no Estádio de Laranjeiras. Os gols da vitória tricolor foram de Silas, Detinho e Tite. O goleiro Castilho defendeu um pênalti.

1954: o Fluminense estreou bem no Torneio Rio-São Paulo, vencendo o Botafogo por 4 a 0, no Maracanã. Quincas abriu o placar aos 19 do 1º tempo, de meia-bicicleta; Telê ampliou aos 21 do 1º tempo; Waldo marcou o terceiro aos 18 do 2º tempo; e Villalobos fechou o placar, cobrando pênalti, aos 25 do 2º tempo.

1971: o Fluminense empatou em 1 a 1 com o Flamengo, no Maracanã, em jogo do Campeonato Carioca. O gol tricolor na partida foi de Ivair, aos 7 do 1º tempo. O Fluminense conquistaria o título nas semanas seguintes.

1994: na decisão do Campeonato Carioca, o Fluminense perdeu para o Vasco por 2 a 0, em partida na qual o vencedor seria o campeão, e o empate daria o título para o Flamengo. Com o resultado, o Tricolor terminou na 3ª posição.

2005: o Fluminense venceu o Brasiliense por 3 a 0, na Boca do Jacaré, em partida do Campeonato Brasileiro, com gols de Lino, Tuta e Rodrigo Tiuí.

2010: no Maracanã, o Fluminense derrotou o Atlético Goianiense por 1 a 0, com gol de Marquinho, aos 24 minutos do 2º tempo. Foi a primeira das 20 vitórias tricolores na campanha do terceiro Campeonato Brasileiro da história do clube.

2016: no Independência, em Belo Horizonte, o Fluminense venceu o América Mineiro por 1 a 0, com gol de Fred (aos 38 do 1º tempo), pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

****

Aniversariantes do dia:

Jair Batista (1925), médio-esquerdo que atuou pelo Fluminense entre 1950 e 1952, tendo participado do elenco Campeão Carioca de 1951.

Ézio Leal Moraes Filho (1966), centroavante e lenda do Fluminense. Entre 1991 e 1995, Ézio atuou pelo Fluminense em 236 partidas ao todo, tendo assinalado 119 gols, média de 1 a cada 2 jogos. Foi vice-campeão da Copa do Brasil de 1992 e Campeão Carioca de 1995. O épico Fla-Flu final daquele Campeonato foi o último jogo de sua carreira brilhante no Tricolor. O Flamengo foi sua maior vítima: ele marcou 13 gols em 20 jogos contra o rival rubro-negro, incluindo um hat-trick no clássico de 13/03/1994:

Ézio Leal Moraes Filho, artilheiro tricolor.
(15/05/1966 — 09/11/2011)

PCFilho