sábado, 31 de dezembro de 2011

História - Fluminense x Times Russos

Foto (Jornal do Brasil): Fluminense 0 x 1 URSS, Maracanã, 13/12/1962. Danilov desarma Calazans.

Até hoje, o Fluminense jogou 3 partidas contra equipes da Rússia, todas entre 1962 e 1963:
13/12/1962 - Fluminense 0 x 1 Seleção da União Soviética - Maracanã (Rio de Janeiro)
06/06/1963 - Dínamo de Moscou 0 x 1 Fluminense - Dinamo Stadium (Moscou)
12/06/1963 - Seleção da União Soviética 0 x 0 Fluminense - Central Stadium (Volgograd)

Ficha Técnica do jogo do Maracanã:
13/12/1962 - Fluminense 0 x 1 União Soviética
Local: Maracanã (Rio de Janeiro).
Público: 17.124 pagantes (entre os quais o sr. Luis Carlos Prestes).
Renda: Cr$ 3.390.400,00.
Árbitro: Antônio Viug.
Fluminense: Castilho; Jair Marinho, Pinheiro, Wilson Silva e Nonô; Íris e Paulinho Omena (Válter Lino); Calazans (Corrêa), Valdir Araújo, Rodrigo (Quarentinha) e Escurinho (Hilton Oliveira). Técnico: Zezé Moreira.
URSS: Sergei Kotrikadze; Logosit e Jeskerniev; Danilov, Zavidinov e Toriachki; Basilevit (Voinov), Serebrianikov, Sevidov (Kruschtchov), Biba (Burchalkin) e Lobonovski.
Gol: Kruschtchov, aos 18 do segundo tempo.

PC

História - Fluminense x Times Suíços

Fluminense 1 x 0 Grasshoppers, Maracanã, Mundial de Clubes de 1952.

O Fluminense já enfrentou clubes suíços em 8 oportunidades, com 5 vitórias, 2 empates e 1 derrota. A primeira partida foi contra o Grasshopper-Club, na primeira fase da Copa Rio, Mundial Interclubes de 1952: o Fluminense venceu por 1 a 0, gol de Marinho. O goleiro Castilho defendeu um pênalti cobrado por Alfred Bickel, o melhor jogador suíço da época.

Confiram a lista com os 8 jogos do Fluminense contra equipes da Suíça:
05/06/1955 - Lausanne 2 x 3 Fluminense - La Pontaise (Lausanne, Suíça)
08/06/1955 - Grasshopper-Club 1 x 1 Fluminense - Letzigrund (Zurich, Suíça)
18/06/1955 - Basel 2 x 4 Fluminense - Stadion Rankhof (Basel, Suíça)
30/07/1986 - Servette 1 x 2 Fluminense - Stade des Charmilles (Genebra, Suíça)
18/08/1986 - Grasshopper-Club 0 x 0 Fluminense [PK 5x3] - Letzigrund (Zurich, Suíça)
27/01/1988* - Fluminense 2 x 1 Aarau - Campo do Várzea Clube (Teresópolis)
14/07/1989 - Young Boys 3 x 1 Fluminense - Wankdorf (Berna, Suíça)

* o amistoso contra o FC Aarau, em 1988, não aparece em muitas estatísticas, mas aconteceu e foi uma partida oficial, disputada no Campo do Várzea Clube, em Teresópolis. O Fluminense venceu o então terceiro colocado do Campeonato Suíço por 2 a 1, gols de Washington (2) para o Fluminense e Tchupper para o Aarau. O Fluminense jogou com Paulo Victor (Ricardo Cruz); Donizetti (Edinho), Torres, Ricardo e Eduardo; Jandir (Cruz), Leomir e Romerito (Cacau); Jorginho, Washington (Marcão) e Tato. Washington foi o capitão do time tricolor.

PC

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

História - Fluminense x Times Suecos

O ponta-esquerda sueco Lennart Skoglund, destaque da Copa do Mundo de 1958, jogou uma partida pelo Fluminense, na excursão de 1960.

O Fluminense já encarou adversários suecos em 15 partidas, com 12 vitórias e 3 derrotas. O primeiro jogo, em dezembro de 1949, conta o Malmö, aconteceu no Rio de Janeiro. Quatro anos depois, o adversário foi o Norrköping, em um torneio internacional no Uruguai. Os encontros restantes aconteceram na Suécia, em duas excursões do Fluminense ao país nórdico (em 1960 e 1963).

Confiram a lista completa das partidas:
14/12/1949 - Fluminense 2 x 1 Malmö/SUE - General Severiano (Rio de Janeiro)
06/02/1954 - Fluminense 0 x 1 Norrköping/SUE - Centenário (Montevideo, Uruguai)
12/05/1960 - Norrköping/SUE 0 x 4 Fluminense - Idrottsparken (Norrköping, Suécia)
17/05/1960 - Östers/SUE 0 x 10 Fluminense - Värendsvallen (Vaxjo, Suécia)
19/05/1960 - Combinado de Borlange/SUE 0 x 9 Fluminense - Domnarvsvallen (Borlange, Suécia)
29/05/1960 - Seleção da Suécia 3 x 0 Fluminense - Råsunda (Estocolmo, Suécia)
31/05/1960 - Malmö/SUE 2 x 4 Fluminense - Malmö Stadion (Malmö, Suécia)
06/06/1960 - AIK/SUE 1 x 4 Fluminense - Råsunda (Estocolmo, Suécia)
10/06/1960 - Istad/SUE 0 x 11 Fluminense - Råsunda (Estocolmo, Suécia)
16/05/1963 - Osk Degerfors/SUE 2 x 1 Fluminense - Eyravallen (Örebro, Suécia)
19/05/1963 - Elfsborg Horrby/SUE 2 x 4 Fluminense - Boras Arena (Boras, Suécia)
21/05/1963 - Atvidabergs/SUE 0 x 3 Fluminense - Kopparvallen (Atvidaberg, Suécia)
23/05/1963 - Salto BK/SUE 1 x 4 Fluminense - (Suécia)
28/05/1963 - Kristianstads/SUE 1 x 4 Fluminense - Kristianstads IP (Kristianstad, Suécia)
30/05/1963 - BK Landora/SUE 0 x 6 Fluminense - Landskrona IP (Landskrona, Suécia)

PC

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

História - Fluminense x Times Franceses

Foto: o lateral Eduardo em ação contra o Bordeaux, 1987.

O Fluminense já enfrentou equipes francesas 13 vezes, com 9 vitórias, 3 empates e 1 derrota:
15/06/1955 - Racing Paris/FRA 0 x 2 Fluminense - Parc des Princes (Paris, França)
25/06/1955 - Lille/FRA 3 x 3 Fluminense - Félix Bollaert (Lens, França)
12/06/1961 - Olympique Nice/FRA 2 x 7 Fluminense - Stade du Ray (Nice, França)
07/06/1972 - Troyes/FRA 1 x 3 Fluminense - Stade L'Aube (Troyes, França)
21/07/1975 - Fluminense 2 x 0 Olympique Marseille/FRA - Maracanã (Rio de Janeiro)
22/06/1976 - Paris Saint-Germain/FRA 0 x 2 Fluminense - Parc des Princes (Paris, França)
26/07/1977 - Paris Saint-Germain/FRA 1 x 1 Fluminense - Stade Olympique (Colombes, França)
28/07/1977 - Olympique Nice/FRA 1 x 2 Fluminense - Stade du Ray (Nice, França)
30/07/1977 - Olympique Ajaccio/FRA 2 x 5 Fluminense - Stade Mezzavia (Ajaccio, França)
09/07/1987 - Paris Saint-Germain/FRA 0 x 1 Fluminense - Parc des Princes (Paris, França)
10/07/1987 - Bordeaux/FRA 0 x 1 Fluminense - Parc des Princes (Paris, França)
17/07/1991 - Olympique Lyon/FRA 0 x 0 Fluminense - Gerland (Lyon, França)
16/07/1993 - Paris Saint-Germain/FRA 3 x 1 Fluminense - Parc des Princes (Paris, França)

PC

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

História - Fluminense x Times Italianos


Foto: Fluminense x Torino em 1987.

O Fluminense já jogou 16 vezes contra equipes italianas, com 10 vitórias, 5 empates e 1 derrota:
02/06/1955 - Fiorentina/ITA 1 x 3 Fluminense - Artemio Franchi (Firenze, Itália)
20/06/1960 - Genoa/ITA 2 x 3 Fluminense - Luigi Ferraris (Genoa, Itália)
28/05/1984 - Udinese/ITA 1 x 1 Fluminense [PK 4x2] - Giant Stadium (New Jersey, EUA)
10/08/1984 - Ascoli/ITA 0 x 2 Fluminense - Cino e Lillo del Duca (Ascoli Piceno, Itália)
12/08/1984 - Milan/ITA 0 x 1 Fluminense - Friuli (Udine, Itália)
16/08/1984 - SPAL/ITA 2 x 3 Fluminense - Paolo Mazza (Ferrara, Itália)
18/08/1984 - Pisa/ITA 0 x 0 Fluminense - Stadio Comunale (Pistoia, Itália)
21/08/1986 - Brescia/ITA 0 x 1 Fluminense - Mario Rigamonti (Brescia, Itália)
26/05/1987 - Fluminense 1 x 1 Torino/ITA - Kusanagi Stadium (Shizuoka, Japão)
31/05/1987 - Fluminense 2 x 0 Torino/ITA - Estádio Nacional (Tóquio, Japão)
13/08/1989 - Fluminense 1 x 0 Roma/ITA - Estádio Olímpico (Kiev, Ucrânia)
17/08/1989 - Livorno/ITA 0 x 3 Fluminense - Armando Picchi (Livorno, Itália)
20/08/1989 - Napoli/ITA 0 x 1 Fluminense - Stadio Partenio (Avellino, Itália)
03/06/2014 - Fluminense 2 x 2 Verona/ITA [PK 3x4] - Estádio do Junco (Sobral, Brasil)
08/06/2014 - Fluminense 3 x 5 Seleção da Itália - Raulino de Oliveira (Volta Redonda, Brasil)

Vídeo da partida de 28/05/1984:

PCFilho

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

História - Fluminense x Times Alemães



O Fluminense já enfrentou equipes da Alemanha em 18 partidas, com 12 vitórias, 1 empate e 5 derrotas:
11/07/1975 - Fluminense 4 x 1 Eppingen/ALE - Carlos Gline (Petrópolis)
14/08/1984 - Köln/ALE 4 x 1 Fluminense - Friuli (Udine, Itália)
20/08/1986 - Bayern München/ALE 1 x 0 Fluminense - Letzigrund (Zurich, Suíça)
16/07/1989 - Isny/ALE 2 x 5 Fluminense - Adolf-Wälder-Stadion (Isny, Alemanha Oc.)
19/07/1989 - Markdorf/ALE 0 x 6 Fluminense - Municipal (Markdorf, Alemanha Oc.)
21/07/1989 - Augsburg/ALE 0 x 1 Fluminense - Rosenaustadion (Augsburg, Alemanha Oc.)
23/07/1989 - VfL Bad Ems/ALE 0 x 1 Fluminense - (Bad Ems, Alemanha Oc.)
26/07/1989 - SSV Reutlingen 05/ALE 0 x 2 Fluminense - Kreuzeiche (Reutlingen, Alemanha Oc.)
30/07/1989 - Hünfeld Sport Verein/ALE 1 x 9 Fluminense - (Hünfeld, Alemanha Oc.)
02/08/1989 - SSG Bergisch Gladbach/ALE 1 x 4 Fluminense - Belkaw-Arena (Bergisch Gladbach, Alemanha Oc.)
24/07/1991 - Koblenz/ALE 1 x 6 Fluminense - Oberwerth (Koblenz, Alemanha)
27/07/1991 - Duisburg/ALE 2 x 4 Fluminense - Wedaustadion (Duisburg, Alemanha)
31/07/1991 - Netphen/ALE 0 x 5 Fluminense - Leimbachstadion (Siegen, Alemanha)

PCFilho

História - Fluminense x Times Turcos

Numa excursão em 1955, o Fluminense enfrentou quatro times da Turquia e a Seleção Nacional. Foram 4 vitórias e 1 derrota, com 12 gols-pró e 4 gols-contra. Confiram a lista de partidas, todas realizadas em Istambul:
21/05/1955 - Adalet Istambul/TUR 1 x 4 Fluminense - Estádio Olímpico (Istambul, Turquia)
22/05/1955 - Besiktas/TUR 2 x 1 Fluminense - Estádio Olímpico (Istambul, Turquia)
25/05/1955 - Fenerbahçe/TUR 0 x 1 Fluminense - Estádio Olímpico (Istambul, Turquia)
28/05/1955 - Galatasaray/TUR 0 x 2 Fluminense - Estádio Olímpico (Istambul, Turquia)
29/05/1955 - Seleção da Turquia 1 x 4 Fluminense - Estádio Olímpico (Istambul, Turquia)

PC

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

História - Fluminense x Times Portugueses


Jogo de 1952, válido pela Copa Rio, no Maracanã.

O Fluminense já disputou 12 partidas contra clubes portugueses, com 6 vitórias, 2 empates e 4 derrotas:
15/07/1928 - Fluminense 4 x 1 Sporting Lisboa/POR - Laranjeiras (Rio de Janeiro)
29/07/1928 - Fluminense 3 x 2 Sporting Lisboa/POR - Laranjeiras (Rio de Janeiro)
29/06/1955 - Porto/POR 3 x 1 Fluminense - Estádio das Antas (Porto, Portugal)
17/06/1956 - Fluminense 3 x 0 Porto/POR - Maracanã (Rio de Janeiro)
21/04/1960 - Sporting Lisboa/POR 3 x 0 Fluminense - José Alvalade (Lisboa, Portugal)
24/05/1961 - Sporting Lisboa/POR 2 x 0 Fluminense - José Alvalade (Lisboa, Portugal)
19/06/1975 - Fluminense 3 x 0 Sporting Lisboa/POR - Parc des Princes (Paris, França)
10/08/1985 - Porto/POR 1 x 0 Fluminense - Riazor (La Coruña, Espanha)
04/08/1989 - Benfica/POR 1 x 1 Fluminense - Stadion Feijenoord (Rotterdam, Holanda)
21/07/1991 - Fluminense 2 x 1 Sporting Lisboa/POR - Stade Gerland (Lyon, França)
25/07/1998 - Fluminense 1 x 0 Marítimo/POR - Laranjeiras (Rio de Janeiro)

PCFilho

domingo, 25 de dezembro de 2011

História - Fluminense x Times Holandeses

O Fluminense já enfrentou equipes holandesas em 8 partidas, com 2 vitórias, 4 empates e 2 derrotas:
09/07/1957 - Sel. de Curaçao 0 x 0 Fluminense - Stadion Ergilio Hato (Willemstad, Curaçao)
10/05/1960 - Feyenoord/HOL 1 x 2 Fluminense - Stadion Feijenoord (Rotterdam, Holanda)
06/08/1977 - Feyenoord/HOL 0 x 2 Fluminense - Riazor (La Coruña, Espanha)
18/08/1978 - Ajax/HOL 2 x 2 Fluminense [PK 5x4] - Olímpico (Amsterdam, Holanda)
20/08/1978 - AZ Alkmaar/HOL 2 x 2 Fluminense [PK 5x4] - Olímpico (Amsterdam, Holanda)
09/08/1991 - Ajax/HOL 3 x 0 Fluminense - Olímpico (Amsterdam, Holanda)
11/08/1991 - PSV Eindhoven/HOL 1 x 1 Fluminense [PK 4x5] - Olímpico (Amsterdam, Holanda)
04/08/1996 - Feyenoord/HOL 3 x 1 Fluminense - (Cazaquistão)

PC

História - Fluminense x Times Belgas

O Fluminense enfrentou times da Bélgica em 4 oportunidades até hoje:
05/05/1960 - Standard Liège/BEL 2 x 2 Fluminense - Maurice Dufrasne (Liège, Bélgica)
06/08/1989 - Anderlecht/BEL 1 x 2 Fluminense - Stadion Feijenoord (Rotterdam, Holanda)
03/08/1991 - Standard Liège/BEL 3 x 4 Fluminense - Maurice Dufrasne (Liège, Bélgica)
07/08/1991 - Royal Antwerp/BEL 0 x 0 Fluminense - Bosuilstadion (Antuérpia, Bélgica)

Escalações do jogo de 7 de agosto de 1991:
Royal Antwerp: Wim De Coninck (Stewan Stojanovic); Wim Kiekens, Nico Broeckaert, Geert Emmerechts e Hans-Peter Lehnhoff; Rudi Smidts, Zsolt Muzsnay (Patrick Van Veirdeghem), Raphaël Quaranta e Kari Ukkonen; Dragan Jakovljevic e Alex Czerniatynski.
Fluminense: Ricardo Pinto; Itaberá, Sandro, Alexandre Torres e Marcelo Barreto; Pires, Marcelo Gomes, Márcio e Edvaldo; Ribamar e Ézio. Entraram Marcelo Ribeiro e Denílson. Técnico: Edinho.

PCFilho

sábado, 24 de dezembro de 2011

História - Fluminense x Times Espanhóis

Maradona em ação no Fluminense x Barcelona de 1984, nos Estados Unidos.


Gérson em ação contra o Atlético Madrid, em 1972.


O Fluminense já enfrentou times espanhóis profissionais em 27 partidas, com 12 vitórias, 7 empates e 8 derrotas:

28/07/1954 - Fluminense 3 x 0 Deportivo La Coruña/ESP - Maracanã (Rio de Janeiro)
12/06/1955 - Valencia/ESP 3 x 3 Fluminense - Bosuilstadion (Antuérpia, Bélgica)
27/06/1956 - Fluminense 1 x 0 Espanyol/ESP - Maracanã (Rio de Janeiro)
28/06/1960 - Elche/ESP 1 x 0 Fluminense - Martinez Valero (Alicante, Espanha)
29/06/1960 - Valencia/ESP 3 x 4 Fluminense - Mestalla (Valencia, Espanha)
17/06/1961 - Espanyol/ESP 1 x 2 Fluminense - Olimpic Lluis Companys (Barcelona, Espanha)
28/06/1961 - Deportivo Málaga/ESP 0 x 6 Fluminense - La Rosaleda (Málaga, Espanha)
01/07/1961 - Valencia/ESP 2 x 3 Fluminense - Mestalla (Valencia, Espanha)
01/06/1972 - Burgos/ESP 0 x 2 Fluminense - El Plantio (Burgos, Espanha)
19/08/1972 - Atlético Madrid/ESP 4 x 2 Fluminense - Municipal (Huelva, Espanha)
20/08/1972 - Valencia/ESP 0 x 2 Fluminense - Municipal (Huelva, Espanha)
17/06/1975 - Valencia/ESP 1 x 0 Fluminense - Parc des Princes (Paris, França)
13/08/1978 - Deportivo La Coruña/ESP 1 x 2 Fluminense - Riazor (La Coruña, Espanha)
11/08/1985 - Real Madrid/ESP 0 x 2 Fluminense - Riazor (La Coruña, Espanha)
02/08/1986 - Sporting Gijón/ESP 1 x 1 Fluminense [PK 3x5] - El Molinón (Gijón, Espanha)
03/08/1986 - Real Madrid/ESP 2 x 0 Fluminense - El Molinón (Gijón, Espanha)
15/08/1986 - AD Tarancón/ESP 1 x 12 Fluminense - Campo da AD (Tarancón, Espanha)
16/08/1986 - Deportivo Segóvia/ESP 0 x 8 Fluminense - Municipal (La Albuera, Espanha)
22/08/1986 - Real Valladolid/ESP 0 x 0 Fluminense [PK 5x4] - José Zorilla (Vigo, Espanha)
23/08/1986 - Celta de Vigo/ESP 2 x 1 Fluminense - José Zorilla (Vigo, Espanha)
25/08/1986 - Rayo Vallecano/ESP 2 x 2 Fluminense - Teresa Rivero (Madrid, Espanha)
22/08/1989 - Athletic Bilbao/ESP 0 x 0 Fluminense - San Mamés (Bilbao, Espanha)
09/08/1999 - Deportivo La Coruña/ESP 4 x 0 Fluminense - Riazor (La Coruña, Espanha)
11/08/1999 - Numancia/ESP 2 x 0 Fluminense - Los Pajaritos (Soria, Espanha)
13/08/1999 - Cádiz/ESP 2 x 0 Fluminense - Ramón de Carranza (Cádiz, Espanha)
15/08/1999 - Las Palmas/ESP 3 x 3 Fluminense - Insular (Las Palmas, Espanha)

Em 2013, a equipe sub-17 do Fluminense eliminou o Real Madrid da Al Kass International Cup:
01/02/2013 - Fluminense 1 x 1 Real Madrid/ESP [PK 4x3] - Aspire P4 (Doha, Qatar)

PCFilho

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

História - Fluminense x Times Ingleses

Fluminense e Arsenal se enfrentaram no Rio de Janeiro, em 15 de maio de 1949.
Na foto, George Swindin (Arsenal), o árbitro Cyril John Barrick e Índio (Fluminense).
Este jogo quebrou o recorde de renda do futebol sul-americano (Cr$ 994.510,00).


Cartaz anunciando Manchester United x Fluminense, em 1986.

Até hoje, o Fluminense jogou 12 vezes contra adversários ingleses, com 6 vitórias, 2 empates e 4 derrotas.

Ainda na primeira década de sua história, o Tricolor teve a ousadia de encarar dois times da Inglaterra, nação inventora do futebol. Em 1908, derrota de 4 a 0 para o time da esquadra inglesa Percy Acott. Em 1910, a maior derrota que o clube já sofreu: 10 a 1 para o Corinthian Casuals. Jovens paulistas que assistiram a esse encontro resolveram fundar o Corinthians, semanas mais tarde. Em 1931, o Fluminense derrotou a equipe do navio porta-aviões inglês Eagle por 5 a 2, em Laranjeiras.

Em 1948, o Southampton veio em excursão ao Brasil, e atraiu multidões aos estádios tupiniquins. No dia 16 de maio, o jogo entre o clube inglês e o Fluminense levou 35.759 pessoas ao Estádio de São Januário. A renda da partida foi superior a 600 mil cruzeiros, recorde brasileiro na época. O Tricolor venceu por 4 a 0.

No ano seguinte, foi a vez de o Arsenal vir ao Brasil, também atraindo multidões aos estádios. No dia 15 de maio, incríveis 45 mil espectadores estiveram em São Januário para ver o jogo contra o Fluminense. A renda de quase um milhão de cruzeiros superou o recorde do ano anterior. Os ingleses venceram por 5 a 1.

Dois anos mais tarde, o Arsenal voltou ao Brasil. O confronto com o Fluminense teve lugar no recém-construído Estádio do Maracanã. Diante de 43.746 pessoas, desta feita o Tricolor venceu, por 2 a 0, gols de Joel e Orlando Pingo de Ouro. O Portsmouth também veio ao país neste ano, e enfrentou o Fluminense no Maracanã. Foi mais uma vitória tricolor: 2 a 1, dois gols de Orlando Pingo de Ouro, diante de 45.244 espectadores.

Em 1960, o Fluminense foi pela primeira vez à terra da Rainha. Lá disputou três partidas: uma contra o West Ham United (derrota por 5 a 4), uma contra o Brighton (vitória por 2 a 1), e uma contra o Middlesbrough (vitória por 3 a 2). Em 1986, o Tricolor voltou à Inglaterra, e empatou com o Manchester United (a ilustração deste post é o cartaz de divulgação da partida, que foi realizada em Old Trafford).
Confiram a lista com as 12 partidas do Fluminense contra oponentes ingleses:
06/12/1908 - Fluminense 0 x 4 Percy Acott/ING - Laranjeiras (Rio de Janeiro)
24/08/1910 - Fluminense 1 x 10 Corinthian Casuals/ING - Laranjeiras (Rio de Janeiro)
14/04/1931 - Fluminense 5 x 2 Eagle/ING - Laranjeiras (Rio de Janeiro)
16/05/1948 - Fluminense 4 x 0 Southampton/ING - São Januário (Rio de Janeiro)
15/05/1949 - Fluminense 1 x 5 Arsenal/ING - São Januário (Rio de Janeiro)
20/05/1951 - Fluminense 2 x 0 Arsenal/ING - Maracanã (Rio de Janeiro)
03/06/1951 - Fluminense 2 x 1 Portsmouth/ING - Maracanã (Rio de Janeiro)
25/04/1960 - West Ham United/ING 5 x 4 Fluminense - Boleyn Ground (London)
27/04/1960 - Brighton/ING 1 x 2 Fluminense - Withdean Stadium (Brighton)
02/05/1960 - Middlesbrough/ING 2 x 3 Fluminense - Ayresome Park (Middlesbrough)
06/08/1986 - Manchester United/ING 0 x 0 Fluminense [PK 4x3] - Old Trafford (Manchester)
20/07/2014 - Fluminense 0 x 0 Exeter City/ING - Laranjeiras (Rio de Janeiro)

PCFilho
(colaboração de Alexandre Magno Barreto Berwanger)

História - Fluminense x Times Austríacos

O Fluminense já enfrentou equipes austríacas em 6 partidas, com 5 vitórias e 1 empate:
12/06/1949 - Fluminense 3 x 2 Rapid Viena - São Januário (Rio de Janeiro)
25/01/1953 - Fluminense 1 x 1 First Viena - Centenário (Montevideo, Uruguai)
02/02/1954 - Fluminense 3 x 1 Rapid Viena - Centenário (Montevideo, Uruguai)
06/07/2013* - Áustria Viena 0 x 1 Fluminense - Pepsi Arena (Varsóvia, Polônia)
* a partida de 06/07/2013 foi disputada pelo time sub-23 do Fluminense, válida pela Deyna Cup. O Áustria Viena atuou com a equipe principal. O gol do Fluminense foi marcado por Peterson, aos 17 minutos do segundo tempo.

Os primeiros confrontos contra o Áustria Viena foram pelas semifinais da Copa Rio, o Mundial Interclubes de 1952. Na primeira partida, o Fluminense venceu por 1 a 0, e na segunda fez 5 a 2, classificando-se para a final contra o Corinthians, que bateu o Peñarol na outra semifinal.


Time titular do FK Austria Wien, que veio ao Brasil para disputar o Mundial em 1952.

Time titular do Fluminense na Copa Rio em 1952.

PC

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

História - Fluminense x Times Colombianos


O Fluminense já enfrentou equipes colombianas em 16 oportunidades, com 10 vitórias, 4 empates e 2 derrotas:
19/03/1953 - Deportivo Cáli/COL 1 x 1 Fluminense - Atanasio Girardot (Medellín/COL)
22/03/1953 - Atlético Nacional/COL 0 x 3 Fluminense - Atanasio Girardot (Medellín/COL)
29/03/1953 - Deportivo Cáli/COL 1 x 0 Fluminense - Atanasio Girardot (Medellín/COL)
23/06/1957 - Boca Juniors de Cáli/COL 0 x 4 Fluminense - El Campín (Bogotá/COL)
27/06/1957 - Atlético Nacional/COL 1 x 1 Fluminense - Atanasio Girardot (Medellín/COL)
30/06/1957 - Deportivo Pereira/COL 4 x 4 Fluminense - Ramírez Villegas (Pereira/COL)
04/07/1957 - Cúcuta Deportivo/COL 0 x 1 Fluminense - General Santander (Cúcuta/COL)
07/07/1957 - Independiente Santa Fé/COL 0 x 1 Fluminense - El Campín (Bogotá/COL)
14/02/1960 - Millonarios/COL 0 x 1 Fluminense - El Campín (Bogotá/COL)
21/02/1960 - Independiente Santa Fé/COL 0 x 2 Fluminense - El Campín (Bogotá/COL)
24/02/1960 - Independiente Medellín/COL 1 x 3 Fluminense - El Campín (Bogotá/COL)
09/02/1964 - Independiente Santa Fé/COL 1 x 0 Fluminense - El Campín (Bogotá/COL)
16/02/1964 - Millonarios/COL 1 x 3 Fluminense - El Campín (Bogotá/COL)
19/02/1964 - Independiente Medellín/COL 3 x 3 Fluminense - Atanasio Girardot (Medellín/COL)

PC

História - Fluminense x Times Venezuelanos



Ao longo de sua história, o Fluminense fez 8 jogos contra clubes venezuelanos, com 7 vitórias e 1 dolorosa derrota. Todas as partidas foram válidas pela Copa Libertadores da América:
14/02/1971 - Deportivo Galícia 1 x 3 Fluminense - Olímpico (Caracas, Venezuela)
17/02/1971 - Deportivo Itália 0 x 6 Fluminense - Olímpico (Caracas, Venezuela)
28/02/1971 - Fluminense 4 x 1 Deportivo Galícia - Maracanã (Rio de Janeiro)

PC

História - Fluminense x Times Bolivianos


O Fluminense enfrentou equipes bolivianas apenas 3 vezes em sua história, todas no Estádio Hernando Siles, em La Paz:
02/04/1950 - Deportivo Ferroviário/BOL 1 x 1 Fluminense - Hernando Siles (La Paz, Bolívia)
09/04/1950 - Bolívar/BOL 1 x 2 Fluminense - Hernando Siles (La Paz, Bolívia)
16/04/1950 - Deportivo Litoral/BOL 2 x 2 Fluminense - Hernando Siles (La Paz, Bolívia)

PC

História - Fluminense x Times Africanos



Ao longo de sua história, o Fluminense realizou algumas excursões à África. Em 1961, esteve no Egito. Em 1973, passou por Angola, Tanzânia, Zâmbia, Moçambique e Lesoto. Em 1978, foi à Nigéria, em excursão que acabou famosa pela histórica partida disputada por Pelé com a camisa do Fluminense (partida da foto - clique aqui para ler a história detalhada deste jogo). Em 1982, voltou à Nigéria. Em 1985, o Tricolor jogou novamente em Angola, e também na Argélia. Em 1986, jogou uma partida na Argélia.

Duas vezes, houve partidas contra seleções africanas disputadas na Ásia. Em 1984, o Fluminense enfrentou a Seleção de Camarões na final do Torneio de Seul, vencendo por 3 a 1. Em 1987, o Tricolor goleou a Seleção de Senegal por 7 a 0, na Copa Kirin, disputada no Japão.

Foram ao todo 25 partidas contra clubes, combinados e seleções africanas. O Fluminense venceu 16, empatou 6 e perdeu 3. Confiram a lista completa de jogos:
26/05/1961 - Nacional Cairo/EGI 1 x 2 Fluminense - Estádio Internacional (Cairo, Egito)
28/05/1961 - Tanta/EGI 0 x 3 Fluminense - Tanta Stadium (Tanta, Egito)
31/05/1973 - Sporting Luanda/ANG 0 x 4 Fluminense - Municipal (Luanda, Angola)
03/06/1973 - Benfica Huambo/ANG 1 x 4 Fluminense - Municipal (Luanda, Angola)
06/06/1973 - Benfica Luanda/ANG 0 x 7 Fluminense - Municipal (Luanda, Angola)
10/06/1973 - Young Africans/TAN 2 x 3 Fluminense - Tanzania National (Dar es Salaam, Tanzânia)
16/06/1973 - Seleção da Zâmbia 2 x 4 Fluminense - Arthur Davies (Kitwe, Zâmbia)
17/06/1973 - Seleção da Zâmbia 2 x 2 Fluminense - Municipal (Lusaka, Zâmbia)
21/06/1973 - Sel. Lourenço Marques/MOÇ 0 x 2 Fluminense - Estádio Salazar (Matola, Moçambique)
23/06/1973 - Combinado de Maseru/LES 0 x 3 Fluminense - Lesotho Stadium (Lesoto)
25/06/1973 - Seleção de Lesoto 0 x 3 Fluminense - Lesotho Stadium (Lesoto)
22/04/1978 - Seleção da Nigéria 1 x 3 Fluminense - Municipal (Lagos, Nigéria)
29/04/1978 - Shooting Stars/NGA 1 x 1 Fluminense - Municipal (Lagos, Nigéria)
04/12/1982 - Stationery Store/NGA 0 x 0 Fluminense - Estádio Nacional (Lagos, Nigéria)
06/12/1982 - Bendel Club/NGA 1 x 0 Fluminense - Estádio Nacional (Lagos, Nigéria)
08/12/1982 - Racca Rovers/NGA 1 x 1 Fluminense - U. J. Esuene (Calabar, Nigéria)
11/12/1982 - Nepa/NGA 1 x 0 Fluminense - Municipal (Lagos, Nigéria)
06/10/1984 - Fluminense 3 x 1 Seleção de Camarões - Estádio Nacional (Seul, Coréia do Sul)
04/02/1985 - Petro-Atlético/ANG 0 x 2 Fluminense - Coqueiros (Luanda, Angola)
05/02/1985 - Seleção de Huambo/ANG 1 x 2 Fluminense - Kurikutelas (Luanda, Angola)
22/02/1985 - Seleção da Argélia 0 x 0 Fluminense - Stade 5 Juillet (Argel, Argélia)
23/02/1985 - MPA Petrolier Alger/ALG 2 x 1 Fluminense - Vinte de Agosto (Argel, Argélia)
16/04/1986 - Seleção da Argélia 1 x 1 Fluminense - Stade 5 Juillet (Argel, Argélia)
29/05/1987 - Fluminense 7 x 0 Seleção de Senegal - Shizuoka Stadium (Shizuoka, Japão)

Fichas Técnicas das partidas da excursão de 1973:

31/05/1973 - Sporting Luanda/ANGOLA 0 x 4 Fluminense
Amistoso Internacional.
Local: Estádio Municipal de Luanda (Luanda/ANGOLA)
Fluminense: Jorge Vitório; Silveira, Abel, Assis e Zé Maria; Pintinho e Marquinhos; Cafuringa, Dionísio, Manfrini e Lula. Entraram Wilton e Kléber. Técnico: Duque.
Gols: Cafuringa e Dionísio (3).

03/06/1973 - Benfica Huambo/ANGOLA 1 x 4 Fluminense
Amistoso Internacional.
Local: Estádio Municipal de Luanda (Luanda/ANGOLA)
Fluminense: Jorge Vitório; Toninho, Silveira, Assis e Zé Maria; Pintinho e Marquinhos; Cafuringa, Dionísio, Manfrini e Lula. Entraram Oliveira, Abel e Kléber. Técnico: Duque.
Gols: Silveira, Dionísio e Manfrini (2).

06/06/1973 - Benfica Luanda/ANGOLA 0 x 7 Fluminense
Amistoso Internacional.
Local: Estádio Municipal de Luanda (Luanda/ANGOLA)
Fluminense: Jorge Vitório; Toninho, Silveira, Assis e Zé Maria; Pintinho e Marquinhos; Cafuringa, Dionísio, Manfrini e Lula. Entraram Nielsen, Oliveira, Abel, Kléber, Adilson e Wilton. Técnico: Duque.
Gols: Marquinhos, Dionísio (3), Manfrini (2) e Kléber.

10/06/1973 - Young Africans/TANZÂNIA 2 x 3 Fluminense
Amistoso Internacional.
Local: Tanzania National Stadium (Dar es Salaam/TANZÂNIA)
Fluminense: Jorge Vitório; Toninho, Silveira, Assis e Zé Maria; Pintinho e Marquinhos; Cafuringa, Dionísio, Manfrini e Lula. Entrou Adilson. Técnico: Duque.
Gols: Marquinhos, Dionísio e Adilson.

16/06/1973 - Seleção da Zâmbia 2 x 4 Fluminense
Amistoso Internacional.
Local: Estádio Municipal Arthur Davies (Kitwe, ZÂMBIA)
Fluminense: Jorge Vitório; Toninho, Silveira, Assis e Zé Maria; Pintinho e Marquinhos; Cafuringa, Dionísio, Manfrini e Lula. Entraram Abel, Oliveira, Kléber e Adilson. (observação: o zagueiro Abel entrou para jogar no gol!). Técnico: Duque.
Gols: Marquinhos, Manfrini (2) e Kléber.

17/06/1973 - Seleção da Zâmbia 2 x 2 Fluminense
Amistoso Internacional.
Local: Estádio Municipal de Lusaka (Lusaka/ZÂMBIA)
Fluminense: Jorge Vitório; Oliveira, Silveira, Assis e Toninho; Pintinho e Marquinhos; Cafuringa, Dionísio, Manfrini e Lula. Entraram Wilton, Adilson e Kléber. Técnico: Duque.
Gols: Dionísio (2).

21/06/1973 - Selecionado de Lourenço Marques/MOÇAMBIQUE 0 x 2 Fluminense
Amistoso Internacional, valendo a Taça Casa Lido (que ficou com o Fluminense).
Local: Estádio Salazar (Matola/MOÇAMBIQUE), atual Estádio da Machava.
Selecionado de Lourenço Marques: Brassard; Oliveira, Couto, João e Pinto; Tubarão e Camacho; Nélson, Baltasar, Taiobe e Simões.
Fluminense: Jorge Vitório; Toninho, Silveira, Abel e Zé Maria (Oliveira); Pintinho e Kléber; Cafuringa, Dionísio, Manfrini (Adílson) e Lula. Técnico: Duque.
Gols: Manfrini e Pintinho.

23/06/1973 - Combinado de Maseru/LESOTO 0 x 3 Fluminense
Amistoso Internacional.
Local: Lesotho Stadium (LESOTO).
Fluminense: Jorge Vitório; Toninho, Silveira, Abel e Zé Maria; Pintinho e Kléber; Cafuringa, Dionísio, Manfrini e Lula. Entraram Adilson e Wilton. Técnico: Duque.
Gols: Pintinho e Dionísio (2).

25/06/1973 - Seleção de Lesoto 0 x 3 Fluminense
Amistoso Internacional.
Local: Lesotho Stadium (LESOTO).
Fluminense: Jorge Vitório; Toninho, Silveira, Abel e Zé Maria; Pintinho e Kléber; Wilton, Dionísio, Manfrini e Lula. Técnico: Duque.
Gols: Dionísio (3).

Obs.: o lateral-esquerdo Marco Antônio não disputou estas partidas porque foi convocado por Zagallo para a Seleção Brasileira.

PCFilho

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Flamengo recebeu bônus da TV Globo

Marcelo Campos Pinto, diretor da TV Globo, e Patrícia Amorim, presidente do Flamengo.

Saiu hoje, no Lancenet: "A TV Globo pagou ao Flamengo um bônus extra de R$ 20 milhões pela assinatura do contrato de TV do Brasileiro, além dos R$ 27,3 milhões de luvas. O motivo extra-oficial é o papel que a presidente Patrícia Amorim teve para convencer os demais clubes do Rio a aderir a esse contrato. Esse bônus não foi revelado de início aos demais clubes."

(o leitor que quiser se informar sobre os valores dos contratos da TV Globo com cada clube pode ler o post "Sobre o acordo do Fluminense com a Globo" - entre os cariocas, o maior beneficiado é o Flamengo, que receberá mais de 100 milhões de reais anuais)

A notícia de hoje é a prova definitiva de que Fluminense, Vasco e Botafogo foram convencidos pelo Flamengo a entrar na canoa da TV Globo. Um caminho que, evidentemente, era melhor para o rubro-negro que para os demais. Como diria o seu Juca: "a raposa convenceu as galinhas".

(o amigo que considera impossível uma divisão mais igualitária dos recursos da TV pode ler o post "Sobre as negociações dos direitos de transmissão", que explica os modelos adotados em cada liga europeia)

O bônus de 20 milhões amplia ainda mais o abismo entre o Flamengo e seus três rivais cariocas. Vasco, Fluminense e Botafogo, especialmente os dois últimos, não assinaram apenas um contrato de televisionamento: assinaram um atestado de pequenez.

O Flamengo agradece.

PC

A história recente da política tricolor


Era uma noite do inverno de 2004. No imponente edifício Argentina, ali na praia de Botafogo, tomava lugar uma reunião decisiva para os destinos do Fluminense (há quem diga que o encontro foi no próprio Fluminense; enfim, o local não importa tanto). Estavam presentes David Fischel – presidente que terminava seu segundo mandato – Julio Domingues, Marcos Furtado, Julio Bueno, Roberto Horcades, Peter Siemsen, e mais alguns dirigentes e conselheiros tricolores à época. Na pauta, um único assunto: a escolha do sucessor de Fischel, que não mais poderia se reeleger.



Abro parênteses aqui porque sei que alguns tricolores já arregalaram os olhos. Siemsen numa reunião com Julio Bueno, Fischel e Horcades? No mesmo lado da mesa? Há sete anos? Isso realmente aconteceu? É possível o cenário político mudar tanto em tão pouco tempo? Eu sei que estas perguntas estão agora incomodando 9 em cada 10 leitores. A resposta para todas elas é sim: todos estes nomes já decidiam os destinos do Fluminense naquela época (para os que não se recordam, Siemsen foi vice-presidente jurídico de Fischel). Todo esse desconhecimento da comunidade tricolor me apavora: é a prova de que muitos dos sócios votaram praticamente às cegas em 2010. E isto não pode ser bom. Fecho parênteses.



A decisão daquela noite fria de 2004 foi tão importante quanto surpreendente: o vice-presidente médico Roberto Horcades não era um candidato nada óbvio. Mas, após algumas recusas, acabou sendo a alternativa encontrada. Seria ele mesmo o candidato da situação nas eleições de 2004. Se Horcades tivesse recusado, talvez, quem sabe, já teríamos Siemsen candidato naquela época. Outro concorrente naquele pleito foi José de Souza, que fazia parte da gestão Fischel mas rompeu com ela. Na oposição, havia dois candidatos: Augusto Ramos e Paulo Mozart (este expoente do Grupo Tricolor de Coração). Como todos sabemos, Horcades venceu.



No pleito de 2007, a citada reunião já não seria possível, pois o grupo se dividira. Horcades tentava a reeleição, apoiado por José de Souza, e seu oponente seria Siemsen, apoiado por Fischel, Julio Bueno, Marcos Furtado, Flusócio, Ideal Tricolor… (Paulo Mozart – do Grupo Tricolor de Coração – novamente se candidatou, numa chapa sem chances reais de vitória. O grupo foi acusado pela Flusócio de colaborar decisivamente para a reeleição de Horcades, ao “rachar a oposição”. A matemática não sustenta esse argumento: Horcades foi reeleito com mais votos que a soma das duas outras candidaturas.).



Já nas eleições de 2010, Siemsen, apoiado por Flusócio, Ideal Tricolor, Unimed (!!!), Tricolor de Coração (!!!) e alguns vice-presidentes de Horcades (!!!), enfrentaria Julio Bueno, apoiado por Marcos Furtado, Julio Domingues e o próprio Horcades. (Confesso, é bastante difícil acompanhar a dança das cadeiras…). Siemsen venceu com alguma facilidade.



Que a forma de fazer política no Fluminense precisa evoluir, eu espero que esteja óbvio para o leitor. Que o clube precisa de novos sócios, idem.



Tudo que peço, a quem já é sócio e a quem pretende se associar, é que se informem. Não tomem minhas palavras – nem as de ninguém – como verdades absolutas. Escutem todos os lados. Qualifiquem o seu voto para o pleito de 2013. O Fluminense precisa desse nosso esforço, para sair do caos atual e finalmente se refundar, entrando no século XXI.



**********



Para que um novo sócio possa votar nas eleições de 2013, ele deve se associar até outubro de 2012. Seguem abaixo informações sobre as regras das eleições do Fluminense. Minha fonte é o próprio Estatuto do clube (que, apesar de notoriamente ultrapassado, não deverá ser modificado pelo atual Conselho Deliberativo).



Podem votar e ser votados todos os que se associarem ao clube até um ano antes do pleito, e mantiverem as mensalidades em dia. Como o próximo ocorre no final de 2013, quem deseja participar deve se associar até setembro de 2012.



A eleição será disputada em turno único, por quantos candidatos se apresentarem, obedecendo aos critérios mínimos que explicarei no próximo parágrafo. Se o candidato vencedor obtiver mais que o dobro de votos do segundo colocado, terá direito a preencher todas as 150 cadeiras rotativas do Conselho Deliberativo. Senão, possuirá 135, deixando as 15 restantes para o segundo lugar. É bom lembrar que as outras 150 cadeiras do Conselho Deliberativo cabem aos conselheiros beneméritos, que devem manifestar vontade de ocupá-las. Se os vitalícios não chegarem a ocupar as 150 cadeiras a que têm direito, estas passarão a ser ocupadas pelos suplentes da chapa vencedora.



Para um sócio se candidatar à Presidência do Fluminense, ele deve apresentar sua chapa - uma lista com os nomes de presidente, vice-presidente e 200 sócios aptos. Esta lista de 200 nomes é subdividida, da seguinte forma:
- 15 primeiros nomes: serão conselheiros mesmo que a sua chapa seja a segunda colocada, a menos que esta obtenha menos que a metade dos votos da chapa vencedora;
- 120 nomes a seguir: serão conselheiros somente se sua chapa for a vencedora da eleição;
- 15 nomes a seguir: serão conselheiros somente se sua chapa for a vencedora da eleição, com mais que o dobro dos votos da segunda colocada;
- 50 nomes a seguir: são os suplentes, serão conselheiros somente se sua chapa for a vencedora da eleição, e os vitalícios não ocuparem suas cadeiras.



Embora uma das promessas de campanha de Peter Siemsen tenha sido um projeto de associação em massa - que demandaria uma reforma no Estatuto, especialmente nos artigos que explicam as regras acima - isto não será feito para a próxima eleição, segundo a Flusócio publicou recentemente (nada que me espante - quem me lê há algum tempo sabe que eu avisei sobre isso ainda na época das eleições passadas). Portanto, as regras para o pleito de 2013 serão mesmo estas.



Se o leitor está insatisfeito com a situação atual do Fluminense e deseja efetivamente participar de um processo de mudança, precisa se associar ao clube. Afinal, se o quadro de sócios aptos a votar for semelhante ao do pleito de 2010, provavelmente os grupos que estão no poder continuarão lá. Transparência e Profissionalismo continuarão sendo apenas palavras bonitas, sem aplicação em Laranjeiras.



Há duas modalidades: sócio-proprietário e sócio-contribuinte. Na primeira, é necessário comprar o título (hoje, custa R$ 3.960,00), mas em compensação o valor das mensalidades é menor (R$ 60,00). Na segunda modalidade, paga-se somente a joia (R$ 242,00), mas as mensalidades são mais caras (R$ 121,00). Todos os detalhes estão disponíveis no próprio site do Fluminense (clique aqui).



Por fim, reescrevo aqui o apelo: tudo que peço, a quem já é sócio e a quem pretende se associar, é que se informem. Não tomem minhas palavras – nem as de ninguém – como verdades absolutas. Escutem todos os lados. Qualifiquem o seu voto para o pleito de 2013. O Fluminense precisa desse nosso esforço, para sair do caos atual e finalmente se refundar, entrando no século XXI.



PC

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

História - Corinthians na Copa Libertadores


Nas suas 11 participações na Copa Libertadores da América até 2013, a melhor campanha do Corinthians foi em 2012, quando conquistou o título de maneira invicta. Até hoje, o Timão realizou 102 jogos pela principal competição sul-americana, com 55 vitórias, 23 empates e 24 derrotas. Ao todo, o Corinthians assinalou 181 gols nestas partidas. O maior artilheiro é Luizão, com 15 tentos.

I) Copa Libertadores da América 1977
03/04/1977 - Morumbi (São Paulo) - Corinthians 1 (Zé Maria), Internacional 1 (Vacaria)
10/04/1977 - Olímpico Atahualpa (Quito) - El Nacional 2 (Correa e V. Rhon), Corinthians 1 (Pérez contra)
13/04/1977 - Alejandro Serrano Aguilar (Cuenca) - Deportivo Cuenca 2 (Liciardi e Lizondo), Corinthians 1 (Palhinha)
24/04/1977 - Beira-Rio (Porto Alegre) - Internacional 1 (Darío), Corinthians 0
30/04/1977 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 3 (Claudio, Palhinha e Vaguinho), El Nacional 0
04/05/1977 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 4 (Vaguinho, Palhinha, Givanildo e Romeu), Deportivo Cuenca 0
Eliminado na primeira fase.

II) Copa Libertadores da América 1991
20/02/1991 - José Fragelli (Cuiabá) - Flamengo 1 (Marcelinho), Corinthians 1 (Fabinho)
11/03/1991 - Centenário (Montevideo) - Bella Vista 1 (Canals), Corinthians 1 (Mirandinha)
15/03/1991 - Centenário (Montevideo) - Nacional do Uruguai 1 (Dely Valdez), Corinthians 1 (Mirandinha)
20/03/1991 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 0, Flamengo 2 (Rogério e Gaúcho)
Observação: jogo encerrado em confusão generalizada, que resultou na interdição do Pacaembu para partidas da Conmebol.
29/03/1991 - Morumbi (São Paulo) - Corinthians 4 (Giba e Paulo Sérgio 3), Bella Vista 1 (Henry López Báez)
05/04/1991 - Morumbi (São Paulo) - Corinthians 0, Nacional do Uruguai 0
17/04/1991 - La Bombonera (Buenos Aires) - Boca Juniors 3 (Batistuta 2 (1p) e Graciani), Corinthians 1 (Giba (p))
25/04/1991 - Morumbi (São Paulo) - Corinthians 1 (Paulo Sérgio), Boca Juniors 1 (Graciani)
Eliminado nas oitavas-de-final.

III) Copa Libertadores da América 1996
13/03/1996 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 3 (Leonardo, Edmundo e Marcelinho), Botafogo 0
19/03/1996 - San Carlos Apoquindo (Santiago) - Universidad Católica 2 (Rozenthal e Daniel López), Corinthians 3 (Marcelinho, Leonardo e Edmundo)
22/03/1996 - Estádio Nacional (Santiago) - Universidad de Chile 1 (Rodrigo Goldberg), Corinthians 0
29/03/1996 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 3 (Leonardo, Marcelinho e Souza), Universidad Católica 1 (Caté)
03/04/1996 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Botafogo 1 (Dauri), Corinthians 1 (Souza)
16/04/1996 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 3 (Edmundo e Leonardo 2), Universidad de Chile 1 (Rodrigo Goldberg)
01/05/1996 - Olímpico Atahualpa (Quito) - Espoli 1 (Teodoro Jauch), Corinthians 3 (Cristiano, Jorge Ballesteros contra e Velmer García contra)
08/05/1996 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 2 (Marcelinho e Tupãzinho), Espoli 0
Eliminado nas quartas-de-final.

IV) Copa Libertadores da América 1999
27/02/1999 - Morumbi (São Paulo) - Palmeiras 1 (Francisco Arce), Corinthians 0
17/03/1999 - Morumbi (São Paulo) - Corinthians 2 (Marcelinho e Fernando Baiano), Palmeiras 1 (Paulo Nunes)
24/03/1999 - Defensores del Chaco (Asunción) - Cerro Porteño 3 (Mauro Caballero, Diego Gavilán e Gauchinho), Corinthians 0
26/03/1999 - Defensores del Chaco (Asunción) - Olimpia 1 (Marcelo Paredes), Corinthians 2 (Vampeta e Everton)
09/04/1999 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 4 (Dinei 3 e Marcelinho), Olimpia 0
14/04/1999 - Félix Capriles (Cochabamba) - Jorge Wilstermann 1 (Sérgio João), Corinthians 1 (Marcelinho)
21/04/1999 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 5 (Edilson, Dinei 2 e Nenê 2), Jorge Wilstermann 2 (Johnny Villarroel e Carlos Cárdenas)
05/05/1999 - Morumbi (São Paulo) - Palmeiras 2 (Oséas e Rogério), Corinthians 0
12/05/1999 - Morumbi (São Paulo) - Corinthians 2 (Edilson e Ricardinho), Palmeiras 0
Definição por pênaltis. Para o Corinthians converteram Rincón e Silvinho. Dinei chutou para fora, e Marcos defendeu a cobrança de Vampeta. Para o Palmeiras converteram Francisco Arce, Evair, Rogério e Zinho. Corinthians 2, Palmeiras 4.
Eliminado nas quartas-de-final.

V) Copa Libertadores da América 2000
16/02/2000 - Azteca (Cidade do México) - América do México 2 (Joel Sánchez 2), Corinthians 0
03/03/2000 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 6 (Marcelinho (p), Luizão 3, Luis Capurro contra e Dinei), LDU Quito 0
14/03/2000 - Defensores del Chaco (Asunción) - Olimpia 2 (Francisco Esteche (p) e Carlos Paredes), Corinthians 2 (Luizão e Marcelinho)
05/04/2000 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 2 (Vampeta e Dinei), América do México 1 (Cuauhtémoc Blanco)
11/04/2000 - Casablanca (Quito) - LDU Quito 0, Corinthians 2 (Luizão e Dinei)
19/04/2000 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 5 (Luizão 3, Vampeta e Marcelinho), Olimpia 4 (Richard Báez, Francisco Esteche (p) e Víctor Quintana)
03/05/2000 - Gigante de Arroyito (Rosário) - Rosário Central 3 (Juan A. Pizzi, Javier Cappelletti e Rafael Maceratesi), Corinthians 2 (Luizão 2)
09/05/2000 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 3 (Luizão 2 e Edilson), Rosário Central 2 (Juan A. Pizzi e Raúl Gordillo)
Definição por pênaltis. Para o Corinthians, converteram Ricardinho, Marcos Senna, Luizão e Marcelinho. Edu chutou para fora. Para o Rosário Central, converteram Juan A. Pizzi, Ricardo Canals e Germán Rivarola. Dida defendeu a cobrança de Ezequiel González e Raúl Gordillo chutou para fora.
18/05/2000 - Mineirão (Belo Horizonte) - Atlético Mineiro 1 (Guilherme (p)), Corinthians 1 (Luizão)
23/05/2000 - Morumbi (São Paulo) - Corinthians 2 (Edilson e Ricardinho), Atlético Mineiro 1 (Guilherme (p))
30/05/2000 - Morumbi (São Paulo) - Corinthians 4 (Ricardinho, Marcelinho, Edilson e Vampeta), Palmeiras 3 (Júnior, Alex e Euller)
06/06/2000 - Morumbi (São Paulo) - Palmeiras 3 (Euller, Alex e Galeano), Corinthians 2 (Luizão 2)
Definição por pênaltis. Para o Palmeiras converteram Marcelo Ramos, Roque Júnior, Alex, Faustino Asprilla e Júnior. Para o Corinthians converteram Ricardinho, Fábio Luciano, Edu e Índio. Marcos defendeu a cobrança de Marcelinho. Palmeiras 5, Corinthians 4.
Eliminado na fase semifinal.

VI) Copa Libertadores da América 2003
05/02/2003 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 1 (Liedson), Cruz Azul 0
19/02/2003 - Luis Franzini (Montevideo) - Fénix 1 (Javier Cámpora), Corinthians 2 (Fábio Luciano e Jorge Wagner)
11/03/2003 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 4 (Rogério, Anderson, Jorge Wagner e Liédson), The Strongest 1 (Froylán Ledezma)
26/03/2003 - Estádio Azul (Cidade do México) - Cruz Azul 3 (Tomás Campos, Juan Cacho e Francisco Palencia), Corinthians 0
02/04/2003 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 6 (Gil 2, Fabio Luciano, Leandro e Liedson 2), Fénix 1 (Javier Cámpora)
09/04/2003 - Hernando Siles (La Paz) - The Strongest 0, Corinthians 2 (Liedson e Leandro)
01/05/2003 - Monumental de Núñez (Buenos Aires) - River Plate 2 (Andrés D'Alessandro e Fernando Cavenaghi), Corinthians 1 (Jorge Wagner)
14/05/2003 - Morumbi (São Paulo) - Corinthians 1 (Liedson), River Plate 2 (Martín Demichelis e Esteban Fuertes (p))
Eliminado nas oitavas-de-final.

VII) Copa Libertadores da América 2006
15/02/2006 - Pascual Guerrero (Cali) - Deportivo Cali 0, Corinthians 1 (Ricardinho)
22/02/2006 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 2 (Roger e Nilmar), Universidad Católica 2 (Jorge Quinteros 2)
09/03/2006 - Estádio Universitário (Monterrey) - Tigres 2 (Emilio Martínez e Sixto Peralta), Corinthians 0
22/03/2006 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 1 (Carlos Tévez), Tigres 0
06/04/2006 - San Carlos Apoquindo (Santiago) - Universidad Católica 2 (Francisco Arrué 2), Corinthians 3 (Carlos Tévez e Nilmar 2)
19/04/2006 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 3 (Marcus Vinicius, Carlos Tévez e Nilmar), Deportivo Cali 0
26/04/2006 - Monumental de Núñez (Buenos Aires) - River Plate 3 (Ernesto Farías, Paulo Ferrari e Jonathan Santana), Corinthians 2 (Carlos Tévez e Xavier)
04/05/2006 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 1 (Nilmar), River Plate 3 (Dyego Coelho contra e Gonzalo Higuaín 2)
Eliminado nas oitavas-de-final.

VIII) Copa Libertadores da América 2010
24/02/2010 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 2 (Elias 2), Racing do Uruguai 1 (Martín Cauteruccio)
10/03/2010 - El Campín (Bogotá) - Independiente Medellín 1 (César Valoyes), Corinthians 1 (Dentinho)
17/03/2010 - Defensores del Chaco (Asunción) - Cerro Porteño 0, Corinthians 1 (Ronaldo)
01/04/2010 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 2 (Ronaldo e Chicão), Cerro Porteño 1 (Júlio dos Santos)
14/04/2010 - Parque Central (Montevideo) - Racing do Uruguai 0, Corinthians 2 (Dentinho e Elias)
22/04/2010 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 1 (Juan D. Valencia contra), Independiente Medellín 0
28/04/2010 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Flamengo 1 (Adriano), Corinthians 0
Eliminado nas oitavas-de-final.

IX) Copa Libertadores da América 2011
26/01/2011 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 0, Deportes Tolima 0
02/02/2011 - Manuel Murillo Toro (Ibagué) - Deportes Tolima 2 (Danny Santoya e Wilder Medina), Corinthians 0
Eliminado na fase preliminar.


Ronaldo no confronto com o Deportes Tolima.

X) Copa Libertadores da América 2012
15/02/2012 - Pueblo Nuevo (San Cristóbal) - Deportivo Táchira 1 (Sergio Dario Herrera), Corinthians 1 (Ralf)
07/03/2012 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 2 (Danilo e Jorge Henrique), Nacional do Paraguai 0
14/03/2012 - Estádio Azul (Cidade do México) - Cruz Azul 0, Corinthians 0
21/03/2012 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 1 (Danilo), Cruz Azul 0
11/04/2012 - Tres de Febrero (Ciudad del Este) - Nacional do Paraguai 1 (Peralta), Corinthians 3 (Jorge Henrique, Emerson e Élton)
18/04/2012 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 6 (Danilo, Paulinho, Jorge Henrique, Emerson, Liedson e Douglas), Deportivo Táchira 0
02/05/2012 - George Capwell (Guayaquil) - Emelec 0, Corinthians 0
09/05/2012 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 3 (Fábio Santos, Paulinho e Alex), Emelec 0
16/05/2012 - São Januário (Rio de Janeiro) - Vasco 0, Corinthians 0
23/05/2012 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 1 (Paulinho), Vasco 0
13/06/2012 - Vila Belmiro (Santos) - Santos 0, Corinthians 1 (Emerson)
20/06/2012 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 1 (Danilo), Santos 1 (Neymar)
27/06/2012 - La Bombonera (Buenos Aires) - Boca Juniors 1 (Roncaglia), Corinthians 1 (Romarinho)
04/07/2012 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 2 (Emerson 2), Boca Juniors 0
CAMPEÃO.

XI) Copa Libertadores da América 2013
20/02/2013 - Jesús Bermúdez (Oruro) - San Jose 1 (Salcedo), Corinthians 1 (Paolo Guerrero)
Observação: nesta partida, o menino boliviano Kevin Douglas Beltrán Espada faleceu após ser atingido por um sinalizador oriundo da torcida do Corinthians presente no estádio. Por causa do incidente, a Conmebol condenou o Corinthians a jogar a partida seguinte no Pacaembu com portões fechados.
27/02/2013 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 2 (Paolo Guerrero e Alexandre Pato), Millonarios 0
Observação: jogo disputado com público de apenas 4 torcedores, que conseguiram liminar na Justiça para entrar no estádio.
06/03/2013 - Estadio Caliente (Tijuana) - Tijuana 1 (Javier Gandolfi), Corinthians 0
13/03/2013 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 3 (Alexandre Pato, Paolo Guerrero e Paulinho), Tijuana 0
03/04/2013 - El Campín (Bogotá) - Millonarios 0, Corinthians 1 (Danilo)
10/04/2013 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 3 (Romarinho, Paolo Guerrero e Edenílson), San Jose 0
01/05/2013 - La Bombonera (Buenos Aires) - Boca Juniors 1 (Blandi), Corinthians 0
15/05/2013 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 1 (Paulinho), Boca Juniors 1 (Riquelme)
Eliminado nas oitavas-de-final.

XII) Copa Libertadores da América 2015
04/02/2015 - Itaquerão (São Paulo) - Corinthians 4 (Emerson, Felipe, Elias e Fagner), Once Caldas 0
11/02/2015 - Palogrande (Manizales) - Once Caldas 1 (Arango), Corinthians 1 (Elias)
18/02/2015 - Itaquerão (São Paulo) - Corinthians 2 (Elias e Jadson), São Paulo 0
04/03/2015 - Nuevo Gasómetro (Buenos Aires) - San Lorenzo 0, Corinthians 1 (Elias)
17/03/2015 - Luis Franzini (Montevideo) - Danubio 1 (Gonzalo Barreto), Corinthians 2 (Paolo Guerrero e Felipe)
01/04/2015 - Itaquerão (São Paulo) - Corinthians 4 (Jadson e Paolo Guerrero 3), Danubio 0
16/04/2015 - Itaquerão (São Paulo) - Corinthians 0, San Lorenzo 0
22/04/2015 - Morumbi (São Paulo) - São Paulo 2 (Luis Fabiano e Michel Bastos), Corinthians 0
06/05/2015 - Defensores del Chaco (Asunción) - Guaraní de Asunción x Corinthians
13/05/2015 - Itaquerão (São Paulo) - Corinthians x Guaraní de Asunción
...

PCFilho