quinta-feira, 28 de julho de 2016

A campanha do Atlético Nacional na Copa Libertadores de 2016

Miguel Borja (23) celebra o gol do título (Foto:AFP).

A Copa Libertadores de 2016 terminou nesta quarta-feira, 27, com o espetacular triunfo do Atlético Nacional, de Medellín, que conquistou a taça continental pela segunda vez em sua história. Segue abaixo a campanha detalhada do glorioso quadro colombiano na 57ª edição da Copa Libertadores da América:

Fase de grupos:
23/02 - Tomás Adolfo Ducó (Buenos Aires) - Huracán 0, Atlético Nacional 2 (Moreno e Berrío)
01/03 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 3 (Sánchez, Copete e Moreno), Sporting Cristal 0
08/03 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 2 (Bocanegra e Moreno), Peñarol 0
15/03 - Centenario (Montevideo) - Peñarol 0, Atlético Nacional 4 (Copete, Bocanegra, Berrío e Luis Carlos Ruiz)
12/04 - Nacional (Lima) - Sporting Cristal 0, Atlético Nacional 1 (Ibarbo (p))
19/04 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 0, Huracán 0
Atlético Nacional classificado como 1º lugar geral.

Oitavas-de-final:
26/04 - Tomás Adolfo Ducó (Buenos Aires) - Huracán 0, Atlético Nacional 0
03/05 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 4 (Ibarbo (p), Guerra 2 e Copete), Huracán 2 (Espinoza e Ábila)
Atlético Nacional classificado na soma dos placares (4 a 2).

Quartas-de-final:
12/05 - Gigante de Arroyito (Rosario) - Rosario Central 1 (Montoya), Atlético Nacional 0
19/05 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 3 (Torres, Guerra e Berrío), Rosario Central 1 (Ruben (p))
Atlético Nacional classificado na soma dos placares (3 a 2), graças ao gol de Orlando Berrío aos 49 minutos do segundo tempo. Até aquele gol, o Rosario Central estava se classificando no critério dos gols fora de casa.

Semifinal:
06/07 - Morumbi (São Paulo) - São Paulo 0, Atlético Nacional 2 (Miguel Borja 2)
13/07 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 2 (Miguel Borja 2(1p)), São Paulo 1 (Calleri)
Atlético Nacional classificado na soma dos placares (4 a 1).

FINAL:
20/07 - Olímpico Atahualpa (Quito) - Independiente del Valle 1 (Mina), Atlético Nacional 1 (Berrío)
27/07 - Atanasio Girardot (Medellín) - Atlético Nacional 1 (Miguel Borja), Independiente del Valle 0
Atlético Nacional campeão na soma dos placares (2 a 1).

A campanha do Atlético Nacional em 2016 foi a melhor da história da Copa Libertadores no formato atual, com 14 jogos, 10 vitórias, 3 empates e 1 derrota. O aproveitamento de pontos foi de 78,6%: os colombianos somaram 33 dos 42 pontos possíveis ao longo da competição.

Com seus cinco gols marcados nas fases semifinal e final, Miguel Borja igualou os feitos de Pelé (pelo Santos, em 1963) e Thiago Neves (pelo Fluminense, em 2008).

Parabéns, Atlético Nacional, pela épica conquista!

PCFilho

3 comentários:

  1. Mereceram muito!
    E têm um senhor time!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, um timaço. Mesmo perdendo peças importantes durante o torneio, sobrou...

      Excluir
  2. Mais que merecido esse título, melhor time desde o começo...

    ResponderExcluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.