segunda-feira, 19 de setembro de 2011

História - Fluminense x Avaí



Fluminense e Avaí já se enfrentaram 15 vezes na história. Foram 10 vitórias tricolores, 3 empates e 2 triunfos do clube catarinense, com 27 gols do Fluminense e 10 tentos do Avaí.

Abaixo, a lista com todos os resultados da história do confronto:
18/05/1958 - Avaí 0 x 4 Fluminense - Adolfo Konder (Florianópolis)
06/04/1974 - Avaí 2 x 2 Fluminense - Orlando Scarpelli (Florianópolis)
31/05/1986 - Avaí 0 x 0 Fluminense - Ressacada (Florianópolis)
30/07/1988 - Avaí 0 x 0 Fluminense - Ressacada (Florianópolis)
22/07/2001 - Avaí 0 x 1 Fluminense - Ressacada (Florianópolis)
21/09/2011 - Fluminense 3 x 1 Avaí - Engenhão (Rio de Janeiro)
08/08/2015 - Avaí 1 x 0 Fluminense - Ressacada (Florianópolis)
22/11/2015 - Fluminense 3 x 1 Avaí - Kléber Andrade (Cariacica/ES)
21/06/2017 - Avaí 0 x 3 Fluminense - Ressacada (Florianópolis)
15/10/2017 - Fluminense 1 x 0 Avaí - Maracanã (Rio de Janeiro)

Fichas técnicas dos primeiros confrontos (preciosa colaboração do amigo Alexandre Magno Barreto Berwanger):


01) Avaí 0 x 4 Fluminense
Data: 18 de maio de 1958
Competição: Amistoso Interestadual
Local: Adolfo Konder (Florianópolis/SC).
Árbitro: Fausto Correa/SC
Público: Não informado
Renda: CR$ 88.700,00
Gols: Mario (F) 17' do 1º tempo; Almir (F) 20' e 25' e Escurinho (F) 35' do 2º tempo
Expulsão: Marreco (Avaí)
Avaí: Tatú; Carioca e Enísio (Binha); Marreco, Cláudio e Lelo; Oscar (Bolão), Nílson, Rodrigues, Lauro (Oscar) e Jacó. Técnico: Libório Silva.
Fluminense: Márcio (Vítor Gonzalez); Lácio e Roberto; Dodô, Ivan (Jair Santana) e Clóvis; Almir, Mário, Sombra (Alecir), Jair Francisco (Léo) e Escurinho. Técnico: Sílvio Pirilo.

02) Avaí 2 x 2 Fluminense
Data: 6 de abril de 1974
Competição: Brasileiro
Local: Orlando Scarpelli (Florianópolis/SC).
Árbitro: Dulcídio Wanderley Boschilla/SP
Público: 12.731
Renda: Cr$ 105.019,00
Gols: Carlos Roberto (A) 20' e Zenon (A) 39' do 1º tempo; Rubens Galaxie (F) 9' e 10' do 2º tempo
Cartões vermelhos: Carlos Roberto (A) e Gerson Andreotti (F).
Avaí: Ubirajara, Sousa, Ari Prudente, Vilela e Carlos Roberto; Lourival e Zenon; Ademir, Toninho, Balduíno e Juti. Técnico: Jorge Ferreira.
Fluminense: Roberto, Marinho Sermond, Silveira (Abel), Assis e Zé Maria; Gerson Andreotti e Gerson; Cafuringa (Moacir), Gil, Manfrini e Rubens Galaxie. Técnico: Duque.

03) Avaí 0 x 0 Fluminense
Data: 31 de maio de 1986
Competição: Amistoso Interestadual
Local: Ressacada (Florianópolis/SC)
Horário: 21h
Arbitragem: Roberto Nunes Morgado/SP, auxiliado por José Carlos Bezerra e Antônio de Pádua Salles.
Público: 4.056.
Renda: CZ$ 221.940,00.
Avaí: Osvaldo; Roberto Teixeira, Silva, Everaldo e Miranda; Júnior, Douglas Onça e Branco; Pedrinho Gaúcho, Décio Antônio (Toninho) e Nelsinho. Técnico: Vicente.
Fluminense: Ricardo Cruz; Renato Martins, Vica, Ricardo Gomes e Eduardo; Jandir, Rogério e Gallo; Washington(Assis) e Tato(Paulinho). Técnico: Nelsinho.
OBS.: Inauguração dos refletores do estádio da Ressacada.

04) Avaí 0 x 0 Fluminense
Data: 30 de julho de 1988
Competição: Amistoso Interestadual
Local: Ressacada (Florianópolis/SC)
Árbitro: Aliatar Fraga/SC
Público: 5.300
Renda: CZ$ 1.358.500,00 (CZ$ 1.100.000,00 de cota fixa)
Avaí: Fossati (Prê), Nena, Maurício, Sérgio Márcio e JJ Rodriguez; Belmonte, Flávio Roberto, Ivan Formiga (Biguaçú) e Adílson Heleno; Marcos Severo (Mendonça) e Falcão (Eliseu). Técnico: Sérgio Lopes
Fluminense: Paulo Victor, China, Rangel, Alexandre Torres e Eduardo; Dago, Leomir e Paulo Andreolli; João Santos, Niltinho (Cacau) e Franklin (Robert). Técnico: Sergio Cosme

05) Avaí 0 x 1 Fluminense
Data: 22 de julho de 2001
Competição: Amistoso Interestadual
Local: Ressacada (Florianópolis/SC)
Árbitro: Iolando Marciano Rodrigues/SC
Público: 5.962
Renda: R$ 38.705,00
Gols: Paulo César (F) 44' do 1º tempo
Avaí: Flávio; Paulo Sérgio (Cedenir), Marcos Telles, Naílton e Edno (Luiz Fernando); Júnior (André), Fantick, Marquinhos Rosa e Ronaldinho; Willian Carioca (Hélder) e Rinaldo (Espíndola). Técnico: Humberto Ramos.
Fluminense: Murilo (Nicola); Paulo César(Flávio), André Luís, César e Anderson (Vinicius) ; Gilmar (Agnaldo Liz), Fabinho, Caio (Jorginho) e Fernando Diniz; Roni (Agnaldo) e Magno Alves. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

06) Avaí 3 x 2 Fluminense
Data/hora: 20/6/2009 - 18:30 (de Brasília)
Competição: turno do Campeonato Brasileiro de 2009.
Estádio: Ressacada (Florianópolis/SC).
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)
Auxiliares: Geovani Cesar Canzian (SP) e Nilson de Souza Monção (SP)
Renda/público: R$ 80.740,00 / 10.020 ( 9.142 pagantes )
Cartões amarelos: Marcos Vinícius, Ferdinando, Anderson (AVA); Diguinho, Maurício, Thiago Neves (FLU).
Cartões vermelhos: Maurício, 39'/2ºT
Gols: Muriqui, 12'/1ºT (1-0); Marquinhos, 15'/1ºT (2-0); Fred, 13'/2ºT (2-1); Fred, 15'/2ºT (2-2); Léo Gago, 48'/2ºT (2-2).
Avaí: Eduardo Martini, Ferdinando, André Turatto, Anderson, Uendel, Marcos Vinícius (Caio, 35'/2ºT), Léo Gago, Muriqui, Marquinhos, Lima (William, 18'/2ºT) e Luis Ricardo (Cristian, 37'/2ºT) - Técnico: Silas.
Fluminense: Ricardo Berna, Diogo (Mariano, intervalo), Luiz Alberto, Edcarlos e Augusto (Maurício, 26'/2ºT); Wellington Monteiro, Diguinho, Marquinho (Leandro Amaral, intervalo) e Conca; Thiago Neves e Fred. Técnico: Carlos Alberto Parreira.
OBS.: No sexto jogo contra o Avaí, a primeira derrota do Fluminense, com gol nos acréscimos em chute de longe. O 1º gol de Fred foi o de número 1.200 em Brasileiros desde 1971.

07) Fluminense 3 x 2 Avaí
Competição: returno do Campeonato Brasileiro de 2009.
Local: Maracanã, Rio de Janeiro.
Data e hora: 27/09/2009, 16:00.
Fluminense: Rafael; Ruy, Gum, Luiz Alberto e Paulo César (Dieguinho); Diguinho, Urrutia, Marquinho (Adeílson) e Conca; Fábio Neves e Alan (Fabinho). Técnico: Cuca.
Avaí: Eduardo Martini; Anderson (Caio), Emerson e Augusto; Luís Ricardo (Roberto), Ferdinando, Léo Gago, Marquinhos e Eltinho; Muriqui e Willian (Leonardo). Técnico: Silas.
Árbitro: André Luiz de Freitas (GO).
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence (ambos de Goiás).
Gols: Willian 9'/1T (0-1); Alan 14'/1T (1-1) e 13'/2T (3-2); Muriqui 31'/1T (1-2) e Fábio Neves 43'/1T (2-2).
Cartões amarelos: Marquinho, Diguinho, Gum e Rafael (FLU); Eltinho, Luis Ricardo, Willian (Avaí).
Expulsões: Não houve.
Público: 19.098 pagantes / 20.178 presentes.

08) Avaí 0 x 3 Fluminense
Competição: turno do Campeonato Brasileiro de 2010.
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Data/hora: 5/6/2010, às 18h30 (de Brasília).
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR).
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e José Amilton Pontarolo (PR).
Renda/público: R$ 77.315,00 / 8.458 pagantes.
Cartões Amarelos: Rodriguinho, Leandro Euzébio (Fluminense).
Cartão Vermelho: Péricles Chamusca (Avaí, 4'/2ºT).
Gols: Leandro Euzébio, 43'/1ºT (0-1); Fred, 4'/2ºT (0-2); Alan, 11'/2ºT (0-3).
Avaí: Zé Carlos; Rafael, Émerson Nunes (Gustavo, 24'/2ºT) e Emerson; Marcos (Medina, intervalo), Rudnei, Rodrigo Thiesen, Davi (Robinho, 33'/2ºT) e Pará; Roberto e Leonardo. Técnico: Péricles Chamusca.
Fluminense: Fernando Henrique; Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Diogo, Diguinho, Marquinho (André Luís, 39'/2ºT) e Darío Conca (Equi González, 43'/2ºT); Rodriguinho (Alan, intervalo) e Fred. Técnico: Muricy Ramalho.

09) Fluminense 1 x 0 Avaí
Competição: returno do Campeonato Brasileiro de 2010.
Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).
Data/hora: 29/09/2010, 21:00.
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP).
Auxiliares: João Bourgalber Nobre Chaves (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP).
Renda/público: R$ 170.715,00 / 11.533 (8.923 pagantes).
Cartões amarelos: Leandro Euzébio (Flu); Zé Carlos, Pará, Marcos (Avaí).
Gols: Darío Conca, aos 37'/2ºT (1-0).
Fluminense: Rafael; Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Julio Cesar; Diogo, Fernando Bob (Valencia, intervalo), Deco (Marquinho, 24'/2ºT) e Darío Conca; Rodriguinho (André Luis, 39'/2ºT) e Washington. Técnico: Muricy Ramalho.
Avaí: Zé Carlos; Patric, Émerson Nunes, Emerson e Pará; Diogo Orlando, Rudnei (Marcos, 21'/1ºT), Davi (Batista, 16'/2ºT) e Jéferson (Roberto, 25'/2ºT); Robinho e Marcelinho. Técnico: Édson Santos.


10) Avaí 0 x 1 Fluminense
Motivo: Campeonato Brasileiro
Local: Estádio da Ressacada, Florianópolis (RJ)
Data/Hora: 26/6/2011 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Asp. Fifa/SP)
Auxiliares: Herman Brumel Vani (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
Renda/público: R$ 49.110,00 / 4.319
Cartões amarelos: Bruno, Cleverson, Pedro Ken (AVA); Diego Cavalieri, Mariano, Marquinho (FLU)
Cartão vermelho: Rafael Moura, aos 37'/ 1ºT (FLU)
Gol: Conca, aos 36'/1ºT (FLU)
AFC: Aleks, Daniel, Welton Felipe e Gustavo Bastos e Julinho (Fábio Santos, intervalo); Bruno (Cleverson, aos 43'/ 1ºT), Acleisson (Maurício Alves, aos 22'/ 2ºT), Estrada e Pedro Ken; Rafael Coelho e William. Técnico: Alexandre Gallo.
FFC: Diego Cavalieri; Mariano, Gum, Márcio Rosário e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Souza (Fernando Bob, aos 41'/2ºT), Conca (Ciro, aos 44'/2ºT) e Marquinho (Matheus Carvalho, aos 31'/ 2ºT); Rafael Moura. Técnico: Abel Braga.


11) Fluminense 3 x 1 Avaí
Motivo: Campeonato Brasileiro de 2011.
Local: Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).
Data/hora: 21 de setembro de 2011 - 20h30 (de Brasília).
Árbitro: Fabrício Neves Correa (RS).
Assistentes: Tatiana Jacques de Freitas (RS) e Alexandre A.P. Kleiniche (RS).
Renda / público: R$ 144.142.50 / 8.845 ( 6.689 pagantes ).
Cartões amarelos: Carlinhos, Leandro Euzébio e Edinho (FLU); Bruno e Batista (AVA).
Gols: Fred, aos 4' e 35' do 1º T, William, 8' do 1ºT e Martinuccio, 31' do 2ºT.
FFC: Diego Cavalieri; Mariano, Digão, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Diogo, Marquinho (Souza, 38' do 2ºT) e Lanzini (Deco, 28' do 2ºT); Rafael Sobis (Martinuccio, 30' do 2ºT) e Fred. Técnico: Abel Braga.
AFC: Felipe; Arlan, Dirceu, Gian e Romano (Estrada, 38' do 2ºT); Bruno (Fabiano, 16' do 2ºT), Batista, Cleverson (Maurício Alves, 15' do 2ºT) e Lincolm; Robinho e William. Técnico: Toninho Cecílio.

PCFilho

3 comentários:

  1. Quando eu vi a foto do Conca, me sobressaltei de alegria.
    Quanta dedicação!

    ResponderExcluir
  2. Sobre o primeiro Avaí versus Fluminense, publicou o excelente site Memória Avaiana, por Felipe Matos:

    http://www.memoriaavaiana.com.br/o-1o-avai-x-fluminense-1958/

    Como adiantamos ontem, o primeiro encontro entra Avaí e Fluminense aconteceu em 18/05/1958, numa partida amistosa no velho estádio da Praia de Fora.

    O time das Laranjeiras, então dono de um invejável acervo de conquistas – detentor da Taça Olímpica, mais vezes campeão carioca, campeão do Rio-São Paulo de 1957 e outros tantos – não conseguiu levar ao campo praiano um público tão grande quanto os que tiveram Vasco, Botafogo e Flamengo.
    A explicação estava na delegação do Flu, que não trouxe os maiores cartazes de então: Castilho (goleiro Campeão da Copa do Mundo de 1958), Valdo, Altair, Telê Santana e Robson. Daí a renda não ter chegado à casa dos cem mil cruzeiros. Já o Avaí teve dois reforços de última hora, Carioca, emprestado ao Clube e a estréia de Oscar, um dos reforços avaianos para a temporada de 1958. A surpresa ficou por conta do Fluminense, que utilizou o jogador Sombra, craque emprestado pelo Paula Ramos que surpreendeu o público.
    Caso Sombra jogasse bem e agradasse ao Fluminense, seu passe seria adquirido junto ao Paula Ramos e seria levado com a delegção. No entanto, Sombra não fez uma boa partida, aparentando nervosismo ao ser jogado na fogueira da partida.
    A partida daquele domingo de 1958 deixou muito a desejar, técnica e disciplinarmente. O jogo brusco do início ao fim, praticado pelos dois lados, acabou piorado por uma péssima arbitragem de Fausto Corrêa, prejudicial ao Avaí, embora não tenha influenciado na vitória dos cariocas.
    A linha de frente dos guanabarinos esteve por demais apática. Lutaram, é certo, os avantes tricolores com apreciável valentia, mas chegaram poucas vezes com perigo, para sorte da zaga avaiana.
    Embora o goleiro Márcio, do Fluminense, tenha defendido um pelotaço desferido pelo avaiano Oscar, mandando a bola para escanteio, o Avaí acabou dominado em campo, facilitando as coisas para o time visitante e perdendo por 4 a 0.
    Aos 17 minutos de jogo, coube a Mário a honra da abertura do escore. Após escanteio batido por Escurinho, a bola sobrou para Mário, que mesmo marcado por Loló conseguiu arrematar no canto esquerdo do goleiro avaiano: 1 a 0 Fluminense.
    No segundo tempo, ambas as equipes voltaram a apresentar um futebol fraco, mas os gols surgiram com mais facilidade. Aos 20 e 25 minutos da etapa final, em duas escapadas sensacionais do extrema Almir, o Fluminense aumentou o marcador para 3 a 0. Por fim, o último gol do time pó de arroz foi marcado pelo craque Escurinho, um dos maiores artilheiros de todos os tempos das Laranjeiras.
    Fluminense vice-campeão carioca de 1957: Vítor Gonzales, Pinheiro, Altair, Jair Santana, Roberto e Castilho. Ajoelhados: Paulinho, Paulo, Jair Francisco, Cacá e Robson. Sentados: Clóvis, Valdo, Telê Santana, Léo e Escurinho.
    Confira a Ficha Técnica daquela partida:
    AVAÍ - Tatú; Carioca e Enísio (Binha); Marreco, Cláudio e Leló; Oscar (Bolão), Nilson, Rodrigues, Lauro (Oscar) e Jacó. Técnico: Libório Silva.
    FLUMINENSE - Márcio (Vitor Gonzales); Lácio e Roberto; Dodô, Ivan (Jair Santana) e Clóvis; Almir, Mário, Sombra (Alecir), Jair Francisco (Léo) e Escurinho. Técnico: Sílvio Pirilo.
    (Fonte: O Estado, 20/05/1958.).

    ResponderExcluir
  3. Avaí 1 x 0 Fluminense, 08/08/2015.

    Público: 11.033 (10.766 pagantes). Renda: R$288.720,00

    ResponderExcluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.