segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Os artilheiros do Fluminense em cada ano

Waldo e Fred, primeiro e terceiro lugares na lista de maiores artilheiros do Fluminense.
Waldo foi o maior goleador do clube em 7 temporadas; Fred em 6.
Foto: Nelson Perez/Divulgação FFC.

Atendendo a pedidos, segue abaixo a lista de artilheiros máximos do Fluminense em cada ano de sua existência, desde 1902. Vale ressalvar que os dados podem não ser 100% precisos, devido a divergências nas informações de alguns jogos, principalmente nas primeiras décadas. De qualquer forma, vale a viagem pela história centenária do clube mais importante da história do futebol mundial. Vem comigo nesse passeio, de Horácio da Costa Santos e Edwin Cox a Fred e Cícero.

1902: Horácio da Costa Santos, 3 gols.
1903: Horácio da Costa Santos, 4 gols.
1904: Edwin Cox, 9 gols.
1905: Horácio da Costa Santos e Edwin Cox, 8 gols cada.
1906: Horácio da Costa Santos e Edwin Cox, 19 gols cada.
1907: Emile Etchegaray, 6 gols.
1908: Edwin Cox, 13 gols.
1909: Emile Etchegaray e Albert Buchan, 19 gols cada.
1910: Emile Etchegaray, 6 gols.
1911: James Calvert, 8 gols.
1912: Ernesto Paranhos, 10 gols.
1913: João Baptista, 10 gols.
1914: Welfare, 22 gols.
1915: Welfare, 22 gols.
1916: João Baptista, 7 gols.
1917: Welfare, 18 gols.
1918: Welfare, 21 gols.
1919: Welfare, 22 gols.
1920: Welfare, 19 gols.
1921: Welfare, 15 gols.
1922: Welfare, 9 gols.

Welfare, o Tanque Inglês.
Goleador máximo do Flu em 8 temporadas
(1914, 1915, 1917, 1918,
1919, 1920, 1921 e 1922).

1923: Coelho, 20 gols.
1924: Nilo, 31 gols.
1925: Nilo, 21 gols.
1926: Coelho, 12 gols.
1927: Alfredinho, 14 gols.
1928: Preguinho, 20 gols.
1929: Preguinho, 14 gols.
1930: Preguinho, 27 gols.
1931: Preguinho, 20 gols.
1932: Preguinho, 24 gols.

Preguinho, mito tricolor.
Artilheiro do Flu em 5 temporadas
(1928, 1929, 1930, 1931 e 1932).

1933: Vicentino, 9 gols.
1934: Vicentino, 19 gols.
1935: Vicentino, 29 gols.
1936: Hércules, 44 gols.
1937: Hércules, 48 gols.

Hércules, goleador máximo do Fluminense nos anos de 1936 e 1937.
Os 48 gols assinalados em 1937 são uma marca superada apenas por Waldo.

1938: Sandro, 30 gols.
1939: Mário Milani, 18 gols.
1940: Mário Milani, 16 gols.
1941: Rongo, 30 gols.
1942: Maracaí, 21 gols.
1943: Maracaí, 29 gols.
1944: Antônio Magnones, 17 gols.
1945: Geraldino, 21 gols.
1946: Rodrigues, 35 gols.
1947: Ademir Menezes, 32 gols.
1948: Orlando Pingo de Ouro, 42 gols.
1949: Orlando Pingo de Ouro, 36 gols.
1950: Amadeo Vigani "Silas", 24 gols.
1951: Carlyle, 26 gols.
1952: Orlando Pingo de Ouro, 31 gols.

Orlando Pingo de Ouro, segundo maior artilheiro da história do Fluminense.
Foi o goleador máximo do clube nos anos de 1948, 1949 e 1952.
Na Copa Rio de 1952, o II Campeonato Mundial de Clubes, marcou 5 gols.

1953: Marinho, 24 gols.
1954: Esquerdinha, 19 gols.
1955: Waldo, 31 gols.
1956: Waldo, 48 gols.
1957: Waldo, 40 gols.
1958: Waldo, 38 gols.
1959: Waldo, 60 gols.
1960: Waldo, 59 gols.
1961: Waldo, 28 gols.

Waldo, o maior artilheiro da história do Fluminense.
Foi o goleador máximo do clube em 7 temporadas seguidas
(1955, 1956, 1957, 1958, 1959, 1960 e 1961).

1962: Rodrigo Faria, 19 gols.
1963: Manoel, 36 gols.
1964: Amoroso, 19 gols.
1965: Amoroso, 24 gols.
1966: Amoroso, 24 gols.
1967: Samarone, 17 gols.
1968: Lula, 17 gols.
1969: Flávio, 36 gols.
1970: Flávio, 47 gols.

Flávio, artilheiro do Fluminense em 1969 e 1970.
Peça fundamental no Campeonato Brasileiro de 1970.
Naquela temporada, Flávio marcou 47 gols.

1971: Lula, 14 gols.
1972: Lula, 19 gols.
1973: Dionísio, 34 gols..
1974: Gil, 16 gols.
1975: Gil, 30 gols.
1976: Narciso Doval, 39 gols.
1977: Narciso Doval, 23 gols.
1978: Marinho Chagas, 20 gols.
1979: Fumanchu, 30 gols.
1980: Cláudio Adão, 20 gols.
1981: Cláudio Adão, 36 gols.
1982: Amauri, 19 gols.
1983: Assis e Jason Rodrigues, 12 gols cada.
1984: Romerito, 23 gols.
1985: Washington César Santos, 21 gols.
1986: Washington César Santos, 23 gols.
1987: Washington César Santos, 25 gols.
1988: Washington César Santos, 22 gols.

Washington e Assis, o Casal 20, dupla dinâmica que encantou o futebol brasileiro.
Assis foi o maior goleador do Fluminense em 1983, ao lado de Jason Rodrigues.
Washington César Santos foi o artilheiro máximo tricolor de 1985 até 1988. 

1989: Hélio, 20 gols.
1990: Rinaldo, 10 gols.
1991: Ézio, 38 gols.
1992: Ézio, 30 gols.
1993: Ézio, 19 gols.
1994: Ézio, 26 gols.

Ézio, lenda do Fluminense.
Foi o goleador máximo do clube em 1991, 1992, 1993 e 1994.

1995: Rogerinho, 13 gols.
1996: Renato Gaúcho, 16 gols.
1997: Roni, 12 gols.
1998: Roni, 16 gols.
1999: Roni, 21 gols.
2000: Magno Alves, 32 gols.
2001: Agnaldo, 21 gols.
2002: Magno Alves, 39 gols.
2003: Romário, 18 gols.
2004: Romário e Ramon, 14 gols cada.
2005: Tuta, 33 gols.
2006: Tuta, 18 gols.
2007: Thiago Neves, 14 gols.
2008: Washington Stecanela Cerqueira, 37 gols.
2009: Fred, 22 gols.
2010: Fred, 18 gols.
2011: Fred, 34 gols.
2012: Fred, 30 gols.
2013: Rafael Sobis, 17 gols.
2014: Fred, 27 gols.
2015: Fred, 22 gols.
2016: Cícero, 16 gols.

Frederico Chaves Guedes, o Fred, terceiro maior artilheiro da história do Fluminense.
O lendário centroavante foi o maior goleador do clube Tricolor em seis temporadas
(2009, 2010, 2011, 2012, 2014 e 2015).

Jogadores que foram artilheiros do Fluminense em mais temporadas:
Welfare, 8.
Waldo, 7.
Fred, 6.
Preguinho, 5.
Horácio da Costa Santos, 4.
Edwin Cox, 4.
Washington César Santos, 4.
Ézio, 4.
Emile Etchegaray, 3.
Vicentino, 3.
Orlando Pingo de Ouro, 3.
Amoroso, 3.
Lula, 3.
Roni, 3.

PCFilho

6 comentários:

  1. Não sabia , mas não foi só em 46 , que um ponta esquerda foi o artilheiro do time (mesmo tendo um Ademir como centro avante) que Rodrigues tinha sido o maior goleador. Em 36 e 37 , o artilheiro foi outro ponta esquerda , Hércules.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigindo , outro ponta esquerda , foi artilheiro em dois anos seguidos , Lula em 71 e 72.

      Excluir
    2. Aliás Lula , três vezes 68 , 71 e 72.

      Excluir
    3. Absurdos como artilheiros de 1.949 para cá ; Esquerdinha (54) , Marinho Chagas (78) , Fumanchu (79), Hélio (89) , Rogerinho (95) , Agnaldo (02) e Cícero (16).

      Excluir
    4. Marinho Chagas eu achei impressionante. Um lateral terminar artilheiro do ano!!

      Vale aqui lembrar o lateral-direito Gabriel, que só não foi o artilheiro de 2005 porque Tuta fez 33 gols.

      Excluir
    5. (Gabriel fez 24 gols, alguns nos minutos finais, contribuindo para a fama do "time que se recusa a perder".)

      Excluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.