segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

A verdade sobre 1987

Caderno de Esportes do Diário de Pernambuco, exaltando a conquista do Sport Recife.

Hoje saiu a notícia de que a CBF reconheceu o Flamengo como campeão brasileiro de 1987, ao lado do Sport Recife. A entidade, comandada pelo flamenguista declarado Ricardo Teixeira, mais uma vez age politicamente. Acham que uma canetada hoje pode mudar a história de um campeonato realizado há 23 anos...

Como era de se esperar, recebi dezenas de e-mails e mensagens com as mesmas argumentações de sempre, do lado do Sport Recife, e do lado do Flamengo. Cansado de ler tantas inverdades, resolvi resumir o que de fato aconteceu naquele ano.

I) O regulamento previa o cruzamento dos módulos?
Sim, previa. E convenhamos: tinha mesmo que prever. Afinal, o módulo do Clube dos Treze excluía clubes que possuíam o direito de disputar o título de campeão brasileiro daquela temporada. Por exemplo, o Guarani, vice-campeão brasileiro em 1986, estava fora. O América também, mesmo tendo sido semifinalista (bons tempos aqueles do Mequinha). Para que esses clubes pudessem ser campeões, o cruzamento dos módulos era absolutamente necessário. E estava, sim, previsto pelo regulamento, assinado por todos os clubes participantes. O módulo do Clube dos Treze começou a ser disputado no dia 11/09/1987, enquanto o módulo dos clubes restantes iniciou-se dois dias depois.

II) Aconteceu o quadrangular final?
No dia 15/01/1988, o Flamengo convocou o Conselho Arbitral para tentar modificar o regulamento do Campeonato, e se declarar campeão brasileiro. A tarefa seria árdua, afinal para uma mudança a posteriori de regulamento, é necessária a unanimidade. Unanimidade que não foi obtida, porque cinco clubes votaram contra a modificação das regras: Sport Recife, Guarani, Náutico, Fluminense e Vasco. Estava, pois, mantido o quadrangular final, com jogos marcados para janeiro e fevereiro. Eis os seis jogos "disputados":
24/01/1988 - Sport Recife W x O Internacional - Ilha do Retiro (Recife)
24/01/1988 - Guarani W x O Flamengo - Brinco de Ouro (Campinas)
27/01/1988 - Sport Recife W x O Flamengo - Ilha do Retiro (Recife)
27/01/1988 - Guarani W x O Internacional - Brinco de Ouro (Campinas)
30/01/1988 - Guarani 1 x 1 Sport Recife - Brinco de Ouro (Campinas)
07/02/1988 - Sport Recife 1 x 0 Guarani - Ilha do Retiro (Recife)

Todas essas partidas estavam previstas no regulamento assinado pelos clubes. Todas essas partidas tiveram trio de arbitragem. Todas essas partidas, à exceção de Guarani x Internacional, tiveram ingressos vendidos.

A Taça das Bolinhas, dada aos campeões brasileiros na época, foi entregue ao Sport Recife ainda no gramado da Ilha do Retiro, no dia 7 de fevereiro. Está até hoje na galeria de troféus do clube pernambucano.

A Taça das Bolinhas, desde 1987 na Galeria do Sport Recife.

III) Flamengo e Internacional fizeram o certo?
Isto é questão de opinião. Havia um acordo do Clube dos Treze (formado por Flamengo, Internacional, Fluminense, Vasco, Botafogo, Grêmio, Bahia, Cruzeiro, Atlético Mineiro, Corinthians, São Paulo, Santos e Palmeiras) para que o quadrangular final fosse ignorado. Ao honrarem o acordo e desobedecerem o regulamento, Flamengo e Internacional tiveram alguns prejuízos institucionais. Não tiveram reconhecidos os títulos de campeão e vice, e não disputaram a Copa Libertadores de 1988. (Poderiam até ser rebaixados por descumprirem o regulamento, como foi o Coritiba em 1989.) Mesmo pagando um preço caro, honraram o acordo do Clube dos Treze.

IV) Quais clubes representaram o Brasil na Copa Libertadores de 1988?
No dia 02/07/1988, Sport Recife e Guarani estrearam na Copa Libertadores da América, como representantes do futebol brasileiro na principal competição continental.

Finalizo afirmando que durante anos correu um processo na Justiça comum sobre o Campeonato Brasileiro de 1987, e que a decisão final, à qual não cabem mais recursos, deu ganho de causa ao Sport Recife.

PC

Os heróis do título do Sport Recife, campeão brasileiro de 1987.
Em pé: Betão, Estevam, Flávio, Zé Carlos Macaé, Marco Antônio e Rogério.
Agachados: Robertinho, Ribamar, Nando, Zico e Neco.

137 comentários:

  1. PC, se me permite,
    até onde eu sei quem acordou o cruzamento dos modulos foi Eurico Miranda, sem a autorização devida do clube dos 13, até por que a CBF nem iria realizar o campeonato por falta de dinheiro....
    Concordo que muitos clubes foram prejudicados por ficarem de fora, mas todos sabem que o ponto mais importante era fortalecer os clubes de maiores torcidas no país.
    Sobre a tese da justiça comum, me desculpe mas ela é patética, primeiro por que foi jugada em Pernanmbuco, sem chances de não ter favorecimento, e outra, a FIFA EXPULSA quem entra na justiça comum e não reconhece tais processo...
    enfim, são muitos os pontos que dão margem a muito bate boca, o melhor mesmo era ter reconhecido ambos como campeões já a muito tempo, mas o Ricardo Teixeira esperou o momento certo, pura política e das mais sujas.
    Passa lá no blog e vê o meu post sobre esse reconhecimento

    BLOG DO CLEBER SOARES
    www.clebersoares.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Pc, eu ia discordar de vc, na linha do Cleber, que for preciso. Não é verdade que o regulamento previa o cruzamento. Não previa, até porque a cbf tava fora. Depois ela entrou na parada e inventou o cruzamento, isso sim a posteriori. O Eurico fez o trabalho sujo e o resto é história. O Flamengo é o justo campeão, nem deveria haver a partilha com o Sport, abraço

    ResponderExcluir
  3. Luzíada, a Copa União começou em 11 de setembro de 1987, uma sexta-feira.

    O outro módulo, "o da CBF", começou no domingo, 13 de setembro. DOIS DIAS DEPOIS.

    A história de que a CBF entrou depois é balela, e a simples análise das datas demonstra isso.

    Eu acho que o Flamengo tem o direito de se proclamar campeão brasileiro de 1987, assim como se proclama campeão mundial de 1981, mesmo sem reconhecimento oficial.

    Mas o campeão brasileiro de fato foi o Sport Recife. Os clubes do "outro módulo" tinham o direito adquirido de brigar pelo título. Não é justo excluir o vice-campeão do ano anterior. Isso não existe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tudo o que importa é o reconhecimento da CBF pq o Fluminense se considerava Bi campeão até 2010, msm tendo só um título reconhecido pela CBF? kkkkk do msm jeito que não importava pra vocês.. não importa pra gnt amigo, podem reconhecer hoje, daqui a 50 anos (como foi com o Santos), ou nunca... o que importa é o que ocorreu dentro de campo...

      Do mesmo jeito que o título de 81, qualquer pessoa imparcial e coerente vai concordar que se o São Paulo é campeão de 2005 (jogo único - campeão da libertadores x campeão europeu) não tem a menor lógica o Flamengo tbm não ser... qdo até o Corinthians, sem ganhar a libertadores, tbm é... pergunta para um São Paulino se ele se considera menos tri campeão mundial sem o reconhecimento da FIFA?

      Excluir
    2. Eu nunca escrevi que "tudo o que importa é o reconhecimento da CBF".

      PS: em 2005 o Mundial de Clubes não foi em jogo único, já era o torneio da FIFA, com 7 participantes. Mais uma mentira tua, seu Vicente...

      Excluir
    3. "o que importa é o que ocorreu dentro de campo..."

      Exatamente, é isso que importa: o que ocorre dentro de campo. Como o Flamengo NÃO QUIS IR A CAMPO DISPUTAR O QUADRANGULAR FINAL PREVISTO PELO REGULAMENTO, o Sport Recife será, para sempre, reconhecido como o campeão...

      Excluir
    4. Senhor o senhor tinha que deixar clubismo de lado existe muitos casos obscuros como o Fluminense estar na terceira divisão em 1999 e criarem a copa joão havelange em 2000 e fluminense subir automaticamente para a primeira divisão. Como o amigo citou aí vários clubes disputaram em jogo único o mundial de clubes (vide cruzeiro, grêmio, são paulo, internacional, flamengo e o próprio vasco) mas como sempre os outros clubes e vide torcedores que não buscam a verdade igual ao senhor. A época a Cbf falou que não tinha condições de promover o campeonato e o clube dos 13 assumiu a organização do campeonato e este mesmo campeonato ela resolveu modificar a regra para favorecer outros clubes já que depende das federações para sobreviver. A partir do momento que você resolve fazer um blog e publicar uma matéria dessa o senhor deve buscar a verdade e não criar falácias e deixar clubismo de lado e respeitar acima de tudo todas as torcidas inclusive a do Flamengo. em falar nisso o Fluminense disputou qual módulo o do Sport ou do Flamengo.

      Excluir
    5. Quanto foi o jogo, estamos falando de 1987, Sportxcorinthians - SportxSao Paulo - SportxFluminense - SpirtxVasco - SportxCruzeiro - SportxGremio - Sportxe outros grandes só pra resumir.
      Se não houve tais confrontos, como pode ser campeão de 1987. Só na fustiça comum e um agravante, caseira. No campo, podem falar essas balelas mentirosas, o Flamengo é campeão. Acordado pelos 13 clubes da elite do futebol brasileiro.

      Excluir
    6. Senhores, apesar do Módulo Amarelo ter começado dois dias depois, a mudança do regulamento criando o cruzamento aconteceu com o campeonato em andamento. Antes da organização do campeonato, que aconteceu meses antes, a CBF havia abdicado do direito de organizar o campeonato pois estava falida, quando viu que os clubes conseguiram patrocínios (CocaCola, Globo, Varig e etc..) e iria organizar o campeonato, a CBF resolver intervir e começou a mudar as regras, inventou o Módulo Amarelo, inventou o cruzamento no meio dos dois campeonatos e etc... Sejamos sensatos, qualquer um com isenção clubistica sabe que o Flamengo é o campeão. Não foi o Flamengo que recusou o cruzamento, foi o Clube dos 13, prova disso foi que nem o Internacional disputou.

      Excluir
    7. Meu amigo, não existia GRUPO DA CBF, a CBF nem tinha como organizar, ela suplicou ao clube dos 13 que incluísse os nanicos para não morrerem de fome, foram atendidos, o regulamento foi criado SEM cruzamento e foi alterado pela CBF com o campeonato em andamento com assinatura do Sr. Eumico Miando sorrateiramente e inclusive contrariando a sua palavra...
      Estude um pouco mais...

      Excluir
    8. E é justo, que um time rebaixado, seja declarado campeão? Por favor, se for fazer, faça bem feito.

      Excluir
  4. É impressionante a distorção que alguns veículos da imprensa colocam na história. FOI O FLAMENGO QUE, APÓS CONQUISTAR A COPA UNIÃO, TENTOU MODIFICAR O REGULAMENTO. Isso foi no Conselho Arbitral citado no post, em janeiro de 1988.

    Mas boa parte da imprensa conta a história inversa, de que a CBF é que alterou o regulamento sem a anuência dos clubes grandes.

    (enquanto o fato é que os clubes grandes assinaram o regulamento prevendo o cruzamento)

    ResponderExcluir
  5. PC, essas datas citadas por vc não dizem nada. O Brasileiro de 87 foi concebido pelos clubes do 13, nada demais nisso - na Europa as Ligas e as Federações são coisas distintas. Tentou-se aqui mas não deu certo, a CBF voltou atrás (e incluiu, sim o cruzamento a POSTERIORI) mas a concepção do Brasileiro não previa o cruzamento coisa nenhuma. Tanto que quando o Sport venceu o Guarani na final do módulo amarelo, não se estava comemorando o título, não houve clamor em Pernambuco nesse sentido. Eu tiha 21 anos, acompanhei tudo, posso dizer que a verdadeira final, e para todo o Brasil, INCLUSIVE Pernambuco foi Fla X Inter. Me incomoda essa tentativa de reescrever a história abraços

    ResponderExcluir
  6. Deus meu, os clubes de fato assinaram o cruzamento, mas DEPOIS de iniciado o Brasileirão, e mesmo assim ninguém achava que a coisa ia vingar. Foi um golpe da CBF que chantageou os clubes, é engraçado que há uma postura de crítica à CBF, muito justas aliás, mas mesmo os que criticam consideram a palavra desta entidade como a verdade sagrada, absoluta e tal, não é o caso. O Campeonato Brasileiro de 1987 seria parecido com o que aconteceu em 1979, mas ao invés de boiocote (e criação e espichamento de alguns estaduais)daquele ano, criou-se uma Liga para não deixar de haver campeonato (em 1987), porque a CBF alegava não ter condições de organizá-la. Depois voltou attrás, coptou alguns clubes, chantageou outros e o resto é história. Ufa! abraço!

    ResponderExcluir
  7. PC, me esqueci de um personagem fundamental para toda essa presepada. Nabi Abi Chedid, que era vice-presidente da CBF. O presidente Octavio Pinto Guimarães, que havia aceito a Copa União, foi meio que desafiado pelo Chedi, por questões de poder e grana. Veja por favor esse vídeo do Juca Kfouri sobre o assunto, bastante elucidativo, abs

    http://wn.com/Juca_Kfouri__Copa_Uni%C3%A3o_87

    ResponderExcluir
  8. Não eram esses os guardiões que condevam as viradas de mesa?
    Esse é o país que quer moralizar e credibilizar o futebol? Irá fazer uma Copa do Mundo.
    Tão moralistas e tão indecentes...

    ResponderExcluir
  9. Luzíada,

    Respeito Juca Kfouri como jornalista, apesar de ele de vez em quando escrever/falar suas besteiras.

    No entanto, nesse assunto da Copa União, a opinião de Juca nada vale, uma vez que ele era diretor da TV Globo, principal patrocinadora da Copa União. Evidentemente, ele vai se posicionar favorável "ao módulo do Clube dos Treze".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como ja disse não discuto mais isso, SPORT campeão, porém se o campeão da Copa união tivesse sido qualquer outro não existiria essa polêmica.

      Excluir
  10. Ué? Mas o sport não foi rebaixado em 86???
    Como poderia ser o campeão da 1º divisão em 87?

    Pois é, no fim, acho justa a partição, pois levará a curiosidade a pesquisar sempre o que aconteceu naquele ano. Quem enfrentou quem, pq na boa, o campeonato que o Sport disputou e empatou com o Guarani (naquela disputa interminável de penaltis) nem de longe se iguala ao do Flamengo. Não mesmo.

    ResponderExcluir
  11. O Sport foi rebaixado em 1986, assim como o Botafogo, que estava no módulo vencido pelo Flamengo. Também era inválido então?

    Claro que não.

    O que não pode é ser disputado um campeonato brasileiro sem dar chances de título ao atual vice-campeão (que era o Guarani).

    Quem não concorda com isso só pode estar "mal intencionado".

    ResponderExcluir
  12. aí concordo, calma tricolor rsrs , Guarani foi o vice de 86 e em 88 a injustiça foi desfeita com o retorno á Copa União.

    É realmente estranho o vice de uma ano ficar de fora da 1º divisão do ano seguinte, assim como o rebaixado de 86 ser o campeão brasileiro de 87 (!).

    Lembro que o cruzamento foi uma invenção da CBF para não ficar desmoralizada com a ruptura dos 13+3 clubes. Deveria nem ter reconhecido a Copa União, mas nada fez.

    Por essas e outras, chego a conclusão de que a partição do título é justa e representa melhor o que ocorreu naquele ano marco.

    ST

    ResponderExcluir
  13. PC, não vai adiantar muito, a mentira já foi contada centenas de vezes e parece ser aceita como verdade aos que convém acreditar nela.

    Vale lembrar que o regulamento da Copa União previa que se um clube se classificasse em primeiro nas duas primeiras fases, (Atlético-MG) a vaga seguinte seria do time que tivesse a melhor campanha nas duas fases. (Grêmio 18 pontos - Flamengo 17 pontos), mas para o Flamengo se classificar, o regulamento que deu a vaga ao time das farsas foi o da CBF que previa a vaga ao segundo colocado apenas daquela fase (Flamengo 12 pontos). Isso é prova de que o regulamento não só existia, como anulou o do Clube dos 13.

    Outra prova é o próprio reconhecimento da CBF anterior a essa presepada, onde ela cita no parecer dos auditores, o artigo 6° parágrafo 2º. Segundo me consta, algo posterior é chamado de adendo e não de artigo.

    Vejam aqui o artigo 6º parágrafo 2º, citado na “Sentença da 10ª Vara Federal de PE” sobre o campeonato brasileiro de 1987:

    http://farm6.static.flickr.com/5296/5467322284_f57f80b80a_b.jpg

    e

    http://farm6.static.flickr.com/5216/5466724735_b268db69a4_b.jpg

    Com relação ao Conselho Arbitral, o Artigo 5º “d” da resolução 16/86 do próprio CND afirma que só há modificações se houver unanimidade. Vejam aqui:

    http://farm6.static.flickr.com/5172/5466725901_239c96626c_b.jpg

    O destemido Cleber não está de todo errado, mas só está certo no que diz respeito até onde sabe. O que ele e a maioria não sabem, é que essa história de Eurico assinar algo, é apenas para que se possa ludibriar o cidadão, fazendo-o pensar com isso, que o regulamento fora imposto posteriormente, uma vez que se Eurico assinava algum documento nos momentos finais do Campeonato, só poderia ser a tal modificação imposta. Como vemos na primeira imagem, o regulamento já previa o cruzamento. Tal documento assinado por ele, nunca apareceu, ninguém viu, embora teria sido uma prova irrefutável de mudança, a qual daria razão ao próprio Sport Recife de que se num determinado momento alguém assinou que valia a “mudança imposta”, ela valeria, tal qual a CBF hoje diz valer, um documento assinado por todos os participantes, que teriam concordado em aceitar o Flamengo como campeão de 87. Tais documentos tem o mesmo peso: declarações. Nada mais, sendo que até hoje, não vi nem um nem outro.

    O Sport Recife entrou na justiça comum, mas não foi contra a CBF, pois como diz Cleber e assim pensam 30 milhões de idiotas que precisam do apoio moral da maioria, a FIFA não permite, mas sim contra o CND (Conselho Nacional de Desportos que era parte da União Federal, por tanto a ação judicial não foi na esfera esportiva) e a ação foi para que a CBF pudesse declará-lo como Campeão Brasileiro de 1987, uma vez que foi o CND quem interferiu no regulamento, obrigando a CBF a reconhecer o Conselho Arbitral não unânime, passando por cima do Artigo 5º “d” como visto acima. Confirmando o que eu digo, vejam aqui:

    http://farm6.static.flickr.com/5213/5466726445_949346553e_b.jpg

    e

    http://farm6.static.flickr.com/5178/5466796395_3b89d2b478_b.jpg

    ResponderExcluir
  14. Quanto a ser patética a ação em Pernambuco, o que convém ao Flamenguista seria ela ser julgada no Rio de Janeiro, local da CBF e do Flamengo? Pimenta só arde no dos outros.

    Outros fatos ridículos que com essa decisão a CBF deveria arcar:

    1 - Se o Módulo Verde vale como Campeonato Brasileiro, o Amarelo também deve valer. Por isso, o Sport é campeão duas vezes. Pelo Módulo Amarelo e por ter vencido o quadrangular final.

    2 - A Copa João Havelange de 2000 deverá ter também reconhecido como campeões, o São Caetano, vencedor de um dos módulos, tanto quanto o Vasco, vencedor do outro Módulo e da final prevista entre os campeões dos dois módulos. Assim como o Sport em 87, o Vasco teria dois títulos em 2000. Lembrando que a Copa João Havelange, também foi criada, projetada e regulamentada pelo Clube dos 13.

    3 – O Vasco então passaria a ser o primeiro Pentacampeão Brasileiro, (74-89-97-00-00) tendo direito a Taça Das Bolinhas.

    Enquanto os pareceristas estudaram o regulamento, o histórico da competição e alguns vídeos da época e decidiram pelo reconhecimento único do Sport, após 23 anos, a CBF em apenas alguns meses resolve dizer que recebeu provas contundentes, mas não as mostra, para declarar o Flamengo campeão paralelo só para dar-lhe mais um título. A unificação das Taças Brasil e Roberto Gomes Pedrosa, nada tem a ver com uma adição de uma fase de um campeonato. O módulo Verde era apenas uma fase do Campeonato Brasileiro de 1987.

    Para ser justo, Luzíada, deve-se dar chances. Coisa que o Clube dos 13 não deu aos dois finalistas do Módulo Amarelo. Todos lembram da frase arrogante do dirigente rubro-negro: “não jogo com times da segunda divisão para saber que já sou campeão.”

    Imagino que ainda vão garantir que a CBF impôs o quadrangular depois do Campeonato ter começado, mesmo tendo visto a decisão judicial que cita o Artigo 6º parágrafo 2º. Entenda que se trata de um documento judicial que cita o regulamento porque ele foi apresentado aos juizes.

    Aqui, a decisão da Assembléia da CBF: http://www.youtube.com/watch?v=Z_trqu-L1UE

    Luzíada, amigo, se era a Rede Globo a có-criadora da Copa União, ela iria transmitir a Copa União, o Módulo Verde. O Campeonato Brasileiro naquele ano se chamava Copa Brasil, que seria disputada no tal quadrangular. No youtube encontram-se vídeos da final do quadrangular. É só procurar.

    O fato de você informar que quando o Sport venceu o Guarani na final do módulo amarelo, não se estava comemorando o título é óbvio. O Sport ao vencer o Módulo Amarelo, estava apenas cumprindo tabela, já que o quadrangular ainda ia decidir o Título da Taça Brasil e tanto ele quanto o Guarani já estavam classificados. Cada módulo teve que ter suas finais para a entrega das respectivas taças. (João Havelange para o Verde e Roberto Gomes Pedrosa para o Amarelo)

    Mas podemos ver a comemoração do Sport ao vencer o último jogo do quadrangular com gol de Marco Antônio em: http://www.youtube.com/watch?v=TtfhkkrF2YE

    Impressionante como a palavra da Globo é tomada como “verdade sagrada, absoluta e tal” a ponto de não fazer enxergar aqueles que se beneficiam dela.

    Continuo afirmando que Juca Kifouri é um idiota. PC está certo quanto ao valor das suas declarações.


    PC, Domingo que vem, o Flamengo não precisa entrar em campo para enfrentar o Boa Vista, por que quem perde de WO nas finais é premiado com o título.

    Tudo na mesma no mundo do faz de conta...

    Axlace

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na realidade, o primeiro colocado do módulo onde aparecia CR Vasco da Gama, foi e é, de fato, EC Cruzeiro.

      Excluir
  15. Axlace, após ler a sua argumentação, acredito que qualquer cidadão isento formará a opinião de que o Sport Recife é o campeão brasileiro de 1987.

    Faço apenas duas observações:

    1) mesmo após já ter pesquisado muito sobre o assunto, não sabia que o Flamengo havia se beneficiado do regulamento da CBF para se classificar à fase final de seu módulo. Ao analisar a tabela, sempre estranhei a classificação do Flamengo no lugar do Grêmio, mas nunca tive a curiosidade de ir pesquisar os detalhes do regulamento.

    2) você se confundiu quanto aos vencedores dos módulos da Copa JH em 2000. Os vencedores dos módulos não foram Vasco e São Caetano, mas sim Cruzeiro e Paraná. Além do Malutrom/PR, vencedor do terceiro módulo.

    Obrigado pela detalhada explicação. Acrescentou muito ao tema.

    Abraços,
    PC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  16. Já tive minhas diferenças com o Axlace aqui no blog naquelas discussões de TRGP e TB.

    Mas o que ele escreveu aqui faz todo sentido.

    Se o regulamento da CBF já previa o quadrangular final e o Flamengo se vale dele pra se classificar, o rubro-negro NÃO é campeão brasileiro. Não cliquei nos links pra verificar.

    Independente disso, essa classificação do Flamengo em detrimento do Grêmio na Copa União é MUITO estranha. O Grêmio teve melhor campanha. A menos que me expliquem MUITO BEM essa história, pra mim o valor da Copa União é reduzido a quase ZERO. Na wikipedia falam em classificação pq o Fla somou mais pontos no segundo turno (!?!?!?). E O GRÊMIO FEZ MAIS NO PRIMEIRO!!! POR QUE O SEGUNDO VALE MAIS????? O Grêmio somou mais pontos na soma dos turnos que o Fla.

    Isso me cheira a forçação de barra pra classificar o time que vai dar mais IBOPE. Violação explícita de critérios técnicos. Isto não é esporte, é zona!

    ResponderExcluir
  17. Se uma pessoa assume que o módulo vencido pelo Flamengo foi o Campeonato em si, então ela está concordando com as diversas injustiças que isso acarreta:
    1) o vice-campeão brasileiro de 1986, nos pênaltis, não teve o direito legítimo de lutar pelo título no ano seguinte.
    2) o semifinalista América também não teve esse direito.

    Estaria configurada a maior virada de mesa às avessas da história do futebol mundial em todos os tempos!

    ResponderExcluir
  18. PC, perdoe-me. No adiantar da hora ontem, não me ocorreu verificar os campeões de 2000. Fui pela memória. Nesse caso, terei que rever a postagem que fiz ontem mesmo, que basicamente, é o que escrevi aqui.

    Reverei não só esse fato, mas também porque a Taça das Bolinhas não iria para os vascaínos.

    Quanto ao regulamento citado, encontrei isso em uma lista de discussões, que acredito vc fazer parte.
    Yahoogroups "historiadofutebol" LISTA ABERTA DA RSSSF BRASIL

    Uma vez também encontrei no youtube, uma dúvida sobre o regulamento, numa entrevista de Márcio Braga no globoesporte onde pairava uma dúvida que não lembro exatamente como era, mas que ele indagava à CBF, como fazer. Isso é outra prova de que eles usaram o regulamento da CBF, caso contrário, perguntariam ao Clube dos 13. Mas como já era tarde e não encontrei o termo certo usado na época, não citei aqui.

    Quem preferiu confiar nos links, esteja certo de que as imagens são do que eu falei. Mas ao não verificarem, não terão certeza absoluta. Se não quiserem linkar um por um, podem acessar o link http://aqipossa.blogspot.com/2011/02/no-mundo-do-faz-de-conta-cbf-reconhece.html com as imagens já à mostra.

    Saudações.

    ResponderExcluir
  19. Essa história de que fulano não tem isenção porque trabalhava na empresa X ou Y é besteira, porque a verdade existe, não é uma questão de lado! Olhem, o fato é o seguinte. A CBF se declarou impossibiliada de organizar o Brasileirão de 87. Os maiores clubes se reuniram, criaram o Clube dos 13, que existe até hoje, e trataram de viabilizar um campeonato entre eles, mais três convidados, totalizando 16 times, a Copa União. Conseguiram grandes cotas de patrocínio da Coca Cola, Globo, cervejas etc. Por incrível que possa parecer, isso NUNCA tinha sido feito, não nesses moldes - tratar o futebol como big business, aumentando a fonte de receita dos clubes. Isso foi rolando em junho, julho. Depois o Abi Che Did, vice de Octavio Pinto, movido pelos cifrões, decidiu que "dava" para organizar, se associou ao SBT e fez um catadão de times, que virou o módulo amarelo. O módulo verde, da Copa União, nunca existiu de fato. O Abi inventou o lance dos cruzamentos etc, que nunca foi aceito pelo Clube dos 13. Esses artigos que vcs mencionam se baseiam no que o Chedid criou A POSTERIORI, não tem valor nenhum. Mas a CBF tem poder, claro, e fez uso dele impedindo o Fla e Inter de disputarem a Liberta 88 etc. E sim, Guarani e América foram injustiçados, deveriam ter jogado a Copa União. Curiosamente, NÃO foi o caso do Sport, que havia ficado em 27º lugar no Brasileiro de 86. Mas isso não tem nada que ver com a legetimidade do campeão, que foi o Flamengo, de direito. abraço

    ResponderExcluir
  20. Faz-nos rir.

    Com todo respeito a todas as opiniões aqui citadas e as que possam aparecer. Mas em algo que não pode passar em branco: tem isenção quem faz parte da contenda?? Podemos pedir que o rato explique o sumiço do queijo? Aceitamos a explicação de políticos para o aumento salarial deles próprios? Não questionaremos os argumentos das escolas de samba que ficaram em segundo ou terceiro lugar perdendo o título?? O guarda aceita as desculpas do motorista e não lhe dá a multa por excesso de velocidade?

    A CBF estando impossibilitada, deu brechas para a criação do C13, sim. Mas forçada pela FIFA a controlar o futebol no Brasil sob pena de ficar impossibilitada de jogar e participar de campeonatos internacionais, ela teve que organizar o campeonato novamente, uma vez que a FIFA não permitia que se houvesse duas federações no controle. À essa altura, ou era ela, ou o C13. Não consigo entender, que alguém leia Clube dos TREZE e acredite que ao ser formado o TREZE, chamaram DEZESSEIS.

    Só são DEZESSEIS porque a CBF impôs um número redondo, ao juntar os times que por direito não podiam ficar de fora do Brasileirão. Mas isso foi antes e não depois. Justamente por ter sido acordado todas as cotas de TCV e patrocínio, ficaria impossível voltar atrás, já que como todos sabemos, essas coisas são pagas antes.

    O Luzíada lá no início, diz que as datas citadas não dizem nada, mas afirma que o campeonato foi rolando em Junho e Julho e que só depois o Sr. Abi decidiu que “dava” pra organizar o campeonato e fez o módulo amarelo após fazer o “catadão” de times. Qualquer pessoa de bom senso, pra não dizer, de raciocínio, já teria percebido a contradição. Ou então, Junho e Julho se passaram em apenas dois dias depois de começar a Copa União. Nesse caso, as datas dizem que o Luzíada está redondamente equivocado com suas convicções, uma vez que está em qualquer site esportivo, as datas de início de cada módulo. É simples entender agora, que não houve criação de módulos A POSTERIORI.

    Também não entendo que quem foge pode ser chamado de vencedor LEGÍTIMO.

    O poder que a CBF tinha de confirmar Sport e Guarani na Libertadores de 88 incomodou, mas o mesmo poder que ela tem de declarar o Flamengo campeão ded algo que ele NÃO foi, agora é conveniente.

    PC, vamos pedir à Conmebol que considere o Flamengo e o Inter, disputar em 2012 a Libertadores com vagas extras, para reparar a imensa injustiça feita aos times que não foram rebaixados ao não comparecerem ao jogo, como regia a lei esportiva do País

    Abraços.

    ResponderExcluir
  21. Agiposa. Não é difícil de entender. A criação do Copa União, depois que a CBF se disse impotente, foi nos idos de junho e julho. Com a adesão de grandes empresas ao projeto, a CBF foi mudando de idéia, coisa do Nabi, que fez acordo com o sbt. Não teve pressão da Fifa nada, até porque as condereações não precisam cuidar dos campeonatos, isso é jabuticaba brazuca, mais uma. P que rolou vou vontade de faturar. A coisa dosmódulos etc, tudo isso veio depois da criação da Taça União. E quanto ao lance da raposa e galinherio, isso é gestão pública, não confunda. Para as coisas privadas, há que se ter integridade
    Ou o PC está impedido de se pronunciar porque é flu? Não é por aí, e como disse, a verdade existe e não comporta lados, ideologias, times etc. Abraço

    ResponderExcluir
  22. E a CBF conseguiu o que queria, separou de vez as lideranças que a venceram na eleição do clube dos 13 (Flamengo e São Paulo) e criou um racha no clube dos 13 na semana de negociação dos direitos televisivos.

    Agora pode acontecer é que com o racha os clubes se enfraqueçam ainda mais ou seja criado um abismo entre o que os clubes receberam da TV, assim nos remariamos contra o que é feito nos melhores campeonatos e seguiriamos para o modelo espanhol onde só existiram dois clubes fortes, o que só é bom para quem vai se beneficiar finaceiramente de tal fato.

    []'s

    ResponderExcluir
  23. Essa impossibilidade, pelo que lembro, estava relacionada ao fim do pagamento das passagens aéreas dos clubes participantes... Antigamente a CBF pagava as passagens das equipes que disputavam a 1º divisão... E para o campeonato de 1987 ela cortou a verba... Com isso os clubes decidiram montar a liga e não disputar o campeonato da CBF... Essa "não possibilidade" de organizar o Campeonato Brasileiro é mais uma das grandes mentiras que se tornam verdade....

    ResponderExcluir
  24. Sobre a elaboração dos módulos e do regulamento de 1987: a CBF ficou de fora da elaboração da Copa União 1987/88 e Copa JH de 2000? a entidade máxima do futebol Brasileiro jamais teria que tomar essa atitude, sob pena de sofrer sérias sanções da FIFA caso permitisse um campeonato nacional sendo organizado por outra entidade que não seja a oficial. A FIFA é muito séria nesses assuntos e desde os anos 80, proíbe que países afiliados a ela tenham mais do uma entidade de futebol.

    ResponderExcluir
  25. onde encontro o regulamento da copa união e o da cbf do ano de 1987?

    ResponderExcluir
  26. Não discuto mais o brasileiro de 87, sport campeão, mas tem coisa tão absurda que não dar pra engolir, pessoas reinventando a história para melhor aceitar suas versões baseadas no ódio e no azar do Flamengo de ter ganho aquela malfadada Copa União, mas vamos aos fatos:
    1. A CBF não iria organizar o campeonato, os clubes se organizaram, juntamente com Globo e Coca Cola e formaram o que seria a primeira Liga Nacional de futebol, a Fifa entrou na jogada e a CBF resolveu voltar atrás, com seu Eurico Miranda representando os clubes e aceitando o regulamento da CBF. Regulamento assinado antes do início do campeonato, mas depois contestado pelo clube dos 13.
    2. Apesar de tentarem implicitamente acusar. NÃO O FLAMENGI NÃO ORGANIZOU O CAMPEONATO SOZINHO, seus clubes também participaram, se um deles tivesse sido campeão o olhar seria outro, justo.
    3. Agora dizerem que a classificação do Flamengo pra semis foi injusta, mudaram o regulamento; foi de lascar, essa foi a nova mais esquisita que ja li. Então Grêmio aceitou normalmente a mudança do regulamento e deixou o flamengo seguir no lugar dele, o Grêmio era time pequeno e aceitou, é isso? O regulamento era esdrúxulo , se era justo ou não, não sei, mas era o regulamento. O próprio grêmio em 1979 teve que perder pra se classificar no campeonato gaucho.
    Não devemos estudar a história com o olhar de hoje e sim com o da época, contextualizando: rebaixamento, acesso, as regras eram outras, o botafogo não iria disputar a primeira divisão porque teve um pessimo campeonato carioca em 1987.
    Parabenizar o inter, esse sim poderia voltar atrás e jogar o quadrangular mas não o fez, respeitou o acordado.
    Mas e o módulos branco ? Porque também não entrou na fase final?
    A verdade é que essa celeuma só existe porque o flamengo foi o campeão da Copa União. O futebol seria mais chato se tivesse sido outro, não exiatiria tanta contestação.

    ResponderExcluir
  27. Marcelino,

    O Grêmio não aceitou nenhuma mudança de regulamento, simplesmente porque não houve "mudança de regulamento". Os fatos são simples: sempre valeu o regulamento da CBF. Se valesse o "regulamento do Clube dos 13", o Grêmio teria se classificado à semifinal do módulo no lugar do Flamengo. Mas sempre valeu o regulamento da CBF, e portanto o Flamengo se classificou, seguindo os critérios previstos.

    O Flamengo é que, em janeiro de 1988, convocou o Conselho Arbitral, para tentar modificar o regulamento do Campeonato, para não precisar jogar o quadrangular. Não conseguiu porque a unanimidade era necessária, e houve 5 votos contrários (isso tudo foi amplamente noticiado, vá à Biblioteca Nacional e leia os jornais de janeiro de 1988). O Flamengo se valeu do regulamento da CBF pra passar de fase no módulo. Mas na hora de jogar o quadrangular final do Campeonato, o regulamento da CBF "não valia mais". Malandragem, rsrsrs.

    É isso: o erro do Flamengo foi ter batido o pé e não jogado o quadrangular, rasgando o regulamento assinado. Ponto.

    Quanto ao módulo branco, os campeões não foram para o quadrangular final porque não faria sentido. O módulo branco era a segunda divisão, simples assim...

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentários aqui devem seguir as regras do blog. Ofensas não são permitidas.

      Excluir
  29. Engraçado que o blogueiro desmerecer a opinião do Juca Kfouri por trabalhar na Globo e esquece que a opinião dele é de um tricolor. Se for pra desmerecer a opinião baseada no opinador a tua não valeria absolutamente nada! Eu não acho que devamos agir dessa forma. Temos que falar das IDÉIAS.
    1. O Flamengo não deu nenhum golpe. O conselho arbitral foi convocado e até mesmo os participantes do Módulo Amarelo concordaram que o Flamengo foi o campeão, exceto Guarani, Sport e Náutico.
    2. A representatividade de Guarani e Sport para fazer o cruzamento é altamente contestável, posto que estes dividiram o título do módulo amarelo num CLARÍSSIMO descumprimento do regulamento (bateram pênaltis até 11x11 e desistiram de continuar e concordaram em dividir o título). Isto por si só já derruba a legitimidade do Sport como campeão até do módulo amarelo.
    3. Na época o CND era o órgão máximo desportivo brasileiro (acima da CBF) e decidiu por UNANIMIDADE pelo título de 1987 ao Flamengo (sendo que o presidente da sessão era um vascaíno)
    4. A CBF descumpriu a determinação do CND e marcou as datas para o cruzamento (que já estavam previstas antes, mas foram espertamente alteradas). Foi um joguinho de cena do Chedid, que era inimigo figadal do Márcio Braga.
    5. Por fim: em todas as instâncias DESPORTIVAS o Flamengo foi declarado campeão. O Sport garfou esse título através do TAPETÃO. Foi à Justiça Comum e só venceu lá em Recife. O Flamengo sequer era parte nesse processo (que foi contra a União Federal) e na última instância (STF) o processo nem foi julgado por causa de perda de prazo (nada a ver com o mérito da questão). Ou seja, em termo de LEGALIDADE o Sport foi espertinho e conseguiu ser "campeão" sem enfrentar sequer um dos principais clubes do país, mas na LEGITIMIDADE não há como contestar o título do Flamengo. Só mesmo clubismo comezinho pra isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juca Kfouri foi parte diretamente envolvida no Campeonato, como diretor da TV patrocinadora de um dos módulos. Portanto, sim, a opinião dele não vale absolutamente nada.

      A minha opinião você nem sabe, eu não a expus no texto. Expus no texto apenas os fatos, como eles aconteceram. Talvez seja isso que tanto incomode vocês...

      Excluir
    2. Os fatos são simples: sempre valeu o regulamento da CBF. Se valesse o "regulamento do Clube dos 13", o Grêmio teria se classificado à semifinal do módulo no lugar do Flamengo. Mas sempre valeu o regulamento da CBF, e portanto o Flamengo se classificou, seguindo os critérios previstos.

      O Flamengo é que, em janeiro de 1988, convocou o Conselho Arbitral, para tentar modificar o regulamento do Campeonato, para não precisar jogar o quadrangular. Não conseguiu porque a unanimidade era necessária, e houve 5 votos contrários (isso tudo foi amplamente noticiado, vá à Biblioteca Nacional e leia os jornais de janeiro de 1988). O Flamengo se valeu do regulamento da CBF para passar de fase no módulo. Mas na hora de jogar o quadrangular final do Campeonato, o regulamento da CBF "não valia mais". Malandragem, rsrsrs.

      É isso: o erro do Flamengo foi ter batido o pé e não jogado o quadrangular, rasgando o regulamento assinado. Ponto.

      Excluir
  30. Se nem o campeão do módulo amarelo foi decidido como se deveria, ou seja, através das cobranças de pênalti, mas sim no par ou ímpar, como pode um desses times se declarar campeão brasileiro? Isso por si só já é o suficiente pra se derrubar toda essa história de Sport campeão de 87. Como, por exemplo, se monta a tabela da quadrangular sem se definir quem foi campeão e quem foi vice? Isso tem que estar decidido antes correto? E a forma como isso foi decidido foi completamente ridícula!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alex Kidd,

      O fato de a "decisão do módulo amarelo" ter terminado no par-ou-ímpar só fortalece o argumento de que aquele jogo não valia nada - o que valeria mesmo seria o quadrangular, em janeiro, previsto pelo regulamento.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Repete-se tanto a palavra "REGULAMENTO" nessa postagem, só pergunto uma coisa ao autor do post, em qual regulamento esportivo está previsto que os times podem abdicar de disputar os pênaltis de uma competição até o fim, e "dividir" o título de campeão?? kkk... Imagina se em toda disputa de pênaltis os times resolvessem dividir o título como fizeram Guarani e Sport...

      Excluir
    4. Vicente, pára e pensa um pouquinho. Não vai doer.

      O fato de a "decisão do módulo amarelo" ter terminado no par-ou-ímpar só fortalece o argumento de que aquele jogo não valia nada - o que valeria mesmo seria o quadrangular, em janeiro, previsto pelo regulamento.

      Aquela disputa de pênaltis só valia "o título do módulo". É tipo o título simbólico do primeiro turno do Brasileirão. Pode até ser maneiro terminar o primeiro turno na frente, mas não vale nada na prática.

      Excluir
    5. kkkkkk, só FORTALECE que o jogo não valia nada???? kkkkkkk nossa, agora você forçou ao extremo ein... só fortalece a falta de seriedade do módulo amarelo e da CBF em 87... nem a taça guanabara poderia ter uma bizarrice dessa, nem amistoso... mesmo que fosse legítimo, o tal cruzamento, o REGULAMENTO que você tanto fala, previa que os jogos seriam realizados entre o campeão e o vice-campeão de cada módulo... aí o campeonato era tão sério, que os times decidem contrariar o regulamento, e dividem o título por conta própria kkk... é a mesma coisa que a CBF querer mudar o campeonato agora, dpois q já começou... os times do módulo amarelo eram tão fortes, que a gnt já disputou 28 campeonatos brasileiros depois de 87, e 27 foram ganhos por times do "módulo verde" kkkkkk o "módulo amarelo" era tão forte que depois de 87 os times do módulo verde já ganharam mais de 60 títulos juntos, enquanto os do módulo amarelo ganharam 3, isso msm, TRÊS KKK (Atlético PR - 1 brasileiro, Criciúma - 1 copa do Brasil, Sport - 1 copa do brasil)...

      tem outro detalhe, já que você fala tanto em REGULAMENTO... em 86 ficou estabelecido que o campeonato do próximo ano seria composto no máximo de 24 equipes... o Sport que havia ficado em 27º deveria ter disputado a série B, mas de repente virou campeão brasileiro kkkkk putz.. tanto é, que nos demais anos, foi assim que o campeonato passou a viger, com 24 equipes, divididas em séries, com rebaixamento e acesso às séries superiores... mas se quiserem MENDIGAR esse título de 87 tbm, eu já to de saco cheio dessa história kkk só acho estranho implicarem tanto com o Hexa do Flamengo, enquanto todo mundo acha normal o Santos e Palmeiras pularem de Bi e Tetra.. pra Octa... mas tudo bem kkkk SRN

      Excluir
  31. Cara, isso não existe! Como vc faz um torneio e na decisão deste os caras do nada resolvem parar a disputa de pênaltis e dividir o título? Se não valia nada pra que jogou? É torneio de fundo de quintal isso? Pq nem na várzea fazem algo desse tipo! Tá simplesmente cagando para o regulamento! Aí só cumpre a parte que interessa? Amigo, deixe o clubismo de lado, seja imparcial!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Flamengo é que só cumpriu a parte do regulamento que lhe interessava.

      Se valesse o "regulamento do Clube dos 13", o Grêmio teria se classificado à semifinal do módulo no lugar do Flamengo. Mas sempre valeu o regulamento da CBF, e portanto o Flamengo se classificou, seguindo os critérios previstos.

      Aí, depois, na hora de disputar o quadrangular, o Flamengo fingiu que o regulamento da CBF não valia mais, e não o cumpriu.

      Não estou sendo "clubista", estou apenas relatando os fatos.

      Seja imparcial você: o Guarani, vice-campeão brasileiro de 1986 (derrotado na final em disputa de pênaltis), não tinha o direito de disputar a primeira divisão em 1987? Aguardo sua resposta IMPARCIAL a essa questão.

      Excluir
    2. Relatando os fatos?kkk Então de onde saiu essa afirmação de que o Flamengo FINGIU que o regulamento não valia mais?? kkk se você tivesse a seriedade de relatar os fatos, falaria que foi uma DETERMINAÇÃO do Clube dos Treze, com aval do CND... outro fato é que o Internacional tbm não jogou... se os clubes entendessem que deveria haver cruzamento para definir o campeão brasileiro, pq o Inter tbm não jogou??? afinal de contas, o mais interessado deveria ser ele... ele já havia perdido a copa união msm, pra que abdicaria de disputar o título "brasileiro"?pra ajudar o Flamengo? acho que não kkk

      Outro detalhe, esse tal "regulamento" só foi definido pela CBF DEPOIS que o campeonato já havia começado, nunca vi um regulamento ser feito "a posteriori" ao início da competição.. bizarrice kkk....

      E mais, o próprios clubes do módulo amarelo davam mais importância ao módulo verde, tanto é que o próprio Sport e Guarani tentaram entrar no módulo verde, o Guarani inclusive entrou na justiça... e o Sport fez uma manifestação pública na praça pra não disputar o módulo amarelo kkk... e outra, o América, que vc citou na publicação, não quis NEM DISPUTAR o módulo... na primeira rodada, só um jogo do amarelo foi disputado, os outros 7 não foram realizados, por W.O, pois os clubes se negavam a jogar um campeonato em que desconheciam o regulamento kkk...

      Mas a maior bizarrice de todas, foi o Guarani e Sport "dividirem" o título do módulo amarelo, o que depois foi bizarramente corrigido, após o Guarani "abrir mão" do título kkk...

      Outro detalhe, se eram todos jogos do mesmo campeonato, pq a Globo só transmitiu os jogos de um dos módulos? kkk.. o módulo amarelo só conseguiu ser televisionado pq tiveram que apelar para o SBT...

      Mas o principal de tudo... como um time é campeão brasileiro sem enfrentar NENHUM dos principais clubes do Brasil? kk... você pode até citar o Guarani, que na época era o vice-campeão, tirando ele.. o Flamengo venceu os maiores, é mais do que justo o reconhecimento do título...
      Você citou que seria injustiça com o Guarani não disputar o título... injustiça foram os clubes que deveriam ter sido REBAIXADOS, terem tido a oportunidade de disputar o título brasileiro, inclusive no módulo verde... mas a CBF havia abdicado de fazer o campeonato de 87, tanto é que ele se iniciou já no final do ano.. ou seja, TODOS os clubes estavam sendo impedidos de disputar o campeonato brasileiro, não só o GUARANI... então o clube dos treze realizou um campeonato com os clubes de maior peso e torcida do Brasil, que representavam quase 95% da torcida do país kkk

      Aí o Sport enfrenta o TREZE, o RIO BRANCO, Inter de limeira, CSA, Náutico, etc...clubes que nunca ganharam NADA e é campeão brasileiro? kk Enquanto Flamengo enfrentou todos os clubes campeões do Brasil... piada né, todos os clubes queriam participar do módulo verde... se soubessem que POSTERIORMENTE ia ser criado um regulamento em que haveria 2 módulos pra disputar o campeonato, você acha que os clubes não iam querer participar do módulo amarelo? kkk garanto que o Corinthians, o Grêmio, o Atlético mineiro (que tinha, talvez, o melhor time do Brasil), etc, iam querer disputar o módulo amarelo.. ficou fácil pra sport e Guarani né? os times do módulo verde com os maiores jogadores do país, de seleção brasileira, com 13, 14 times muito competitivos, e o grupo amarelo com 3, 4 times fortes...

      Excluir
    3. Seu comentário está recheado de informações falsas. A primeira rodada do módulo amarelo não teve 7 WOs... o regulamento não foi modificado a posteriori... enfim, sugiro que procure fontes melhores para embasar seu ponto de vista.

      Excluir
    4. A tabela do módulo amarelo previa a rodada inaugural para o domingo, 13/09/1987, com quatro partidas:

      Bangu 1 x 1 Joinville - Moça Bonita (Rio de Janeiro)
      Criciúma 1 x 2 Ceará - Heriberto Hülse (Criciúma)
      Treze 0 x 0 Atlético Paranaense - Amigão (Campina Grande)
      CSA 0 x 1 Guarani - Rei Pelé (Maceió)

      Como se vê, todos os jogos agendados foram realizados. Não teve nada de WO.

      Pra quê mentir, Vicente? Quem precisa apelar para a invenção de argumentos geralmente é porque não está do lado da verdade...

      Excluir
    5. De fato, posso ter me equivocado quanto aos WOs, admito quando erro, o que parece que não é o que você faz amigo, com todo respeito kkk... realmente, somente o América perdeu seus jogos por WO, pra você ver a importância que ele dava ao módulo amarelo kkk mas ouve sim, um adiamento não oficial, mas isso é o menos relevante.... agora, em relação ao regulamento, me desculpe, mas quem parece apelar para invenções de argumentos é você rs, também sugiro que procure fontes melhores para embasar seu ponto de vista, pois é fato comprovado que o regulamento veio posterior ao campeonato... assista o vídeo a seguir: https://www.youtube.com/watch?v=JXH-MCRf3QY ... mais especificamente no minuto "13min50seg"... o própria presidente do clube dos 13 diz que o campeonato já estava tendo jogos, contando pontos, quando a CBF sugeriu um regulamento que tinha o tal cruzamento... ou seja, FOI SIM "a posteriori".. se quiser contrariar um fato documentado em vídeo, declarado pelo Presidente do Clube, pela mídia, etc... fique a vontade kkk.. não sou eu dizendo, é o presidente do Clube dos 13... e tbm o presidente do Vasco falando, o maior rival do FLAMENGO, ou seja, NENHUM dos dois tem o mínimo interesse de favorecer o Fla, muito pelo contrário kkk o vídeo é longo, mas se quiser assisti-lo todo, é possível observar que a decisão de não haver cruzamento havia sido UNÂNIME entre todos os clubes... não foi uma decisão do Flamengo...

      Excluir
    6. O cara me aparece com um vídeo que é uma produção... da FLA FILMES. hahahahahaha. Você realmente espera que a gente leve a sério um vídeo editado pela "FLA FILMES"? Aqui nossa procura é pela VERDADE, não pela versão de um dos lados envolvidos...

      Nunca houve mudança de regulamento, e já que você valoriza tanto a imprensa, que tal, em vez de consultar a "FLA FILMES", você consultar os jornais de janeiro de 1988? Estão todos disponíveis lá na Biblioteca Nacional, no Centro do Rio de Janeiro. Eu mesmo os li, há alguns anos. Lá a história está todinha explicada: a tentativa DO FLAMENGO de mudar o regulamento a posteriori, tirando o cruzamento previsto para se auto-declarar campeão. A manobra do tapetão não foi adiante, porque cinco clubes votaram contra, e era necessária a unanimidade.

      Falando nessa confusão de "regulamento do Clube dos Treze" x regulamento da CBF, que tal você pesquisar também por que o Flamengo se classificou para a semifinal do Módulo Verde, mesmo tendo 17 pontos contra 18 do Grêmio?

      Não precisa pesquisar se não quiser, eu mesmo respondo: como o Atlético Mineiro ganhou os dois turnos do grupo, precisaram utilizar um critério para determinar qual seria o outro semifinalista. O "regulamento do Clube dos 13" classificaria o Grêmio, que teve melhor campanha geral (18 pontos, 12 no primeiro turno e 6 no segundo turno). Porém, o "regulamento do Clube dos 13" nunca valeu, porque o que os clubes assinaram foi o regulamento da CBF (aquele que previa o cruzamento dos módulos). E, no regulamento da CBF, estava determinado que, caso um mesmo clube vencesse os dois turnos de um grupo (como o Atlético Mineiro fez), apenas a campanha do segundo turno é que valeria para determinar o outro semifinalista. Por isso, o Flamengo, mesmo com campanha geral pior que a do Grêmio (17 pontos, 7 no primeiro turno e 10 no segundo turno), acabou ficando com a vaga na semifinal do módulo verde. GRAÇAS AO REGULAMENTO DA CBF!

      Aí, depois de vencer a semifinal e a final do módulo verde, o Flamengo partiu para o tapetão, na tentativa de ser campeão NA MARRA, rasgando o mesmo regulamento que o classificara para a semifinal do módulo!

      Vocês precisam se decidir: ou valia o regulamento do Clube dos Treze, que eliminaria o Flamengo ainda na fase de grupos; ou valia o regulamento da CBF, que previa o cruzamento dos módulos, que o Flamengo não quis disputar. De qualquer forma, o Flamengo termina sem a taça. rsrs.

      Vocês podem espernear o quanto quiserem: o campeão de 1987 sempre foi e continuará sendo o Sport Recife.

      É o Sport Recife que consta na lista de campeões no site da CBF.

      É o Sport Recife que está com a taça de campeão.

      Foi o Sport Recife que disputou a Copa Libertadores de 1988.

      O resto é chororô.

      Excluir
    7. VERDADE??? Como? se você quer IGNORAR uma declaração em vídeo dos dirigentes que ORGANIZARAM o campeonato, amigo kkkk... quem pode ter mais propriedade pra falar do que o Presidente e o Vice presidente do Clube dos 13?? kkk essa conversa de Grêmio é BALELA, nem o próprio Grêmio questiona como os anti flanguistas querem fazer... Cara, O PRESIDENTE DO VASCO... VC LEU?? O PRESIDENTE DO VASCO... o mesmo Vasco maior rival do Flamengo kk, ele fala COM TODAS AS LETRAS "O Flamengo é o legítimo campeão de 87" EM VÍDEO!!! onde está a edição?? kk pra um cara que ODEIA o Fla, admitir q ele é campeão, NO MÍNIMO, tem um fundo de verdade...

      Pra procurar nos jornais do Rio de Janeiro??? UAI, UAI... não foi você que escreveu a pouco que a opinião da IMPRENSA NÃO VALE NADA?? kkk, não seja contraditório colega... se quiser aproveitar então, vá até a Biblioteca do Rio e pesquise sobre o que foi estabelecido entre a CBF e o CND em 86, de que o campeonato brasileiro só teria 24 equipes em 87...

      só deixa eu entender a sua lógica... o Flamengo enfrenta os maiores clubes do Brasil, e vence um campeonato entre esses times... aí o Sport vence um campeonato de segundo escalão, com Guarani e +13 times "B", e é campeão brasileiro? Mas o "tapetão" é do Flamengo? kkk... Pra mim o maior TAPETÃO da história do Brasil é esse título do Sport... um time que num ano deveria ser rebaixado pra Série B, e no outro ano é campeão brasileiro e disputa a libertadores.. isso tudo sem enfrentar NENHUM time tradicional??? kkkkkkk pq no ano seguinte só os times do módulo amarelo caíram pra série b então?? kkk fácil falar que não tem procuração pra se esquivar dos argumentos desfavoráveis à sua tese kkk

      uma coisa eu tenho certeza que não estava em nenhum dos dois regulamentos: dividir um título na base da camaradagem... kkkk nunca vi isso em nenhum campeonato sério da HISTÓRIA!!!

      Excluir
    8. Legal, Vicente, acabei de aprender com você que declarações em vídeo valem mais que regulamentos assinados. Você tem talento pra comédia. rsrs.

      Sobre os jornais, é você que está sendo contraditório, não eu. Eu não valorizo mesmo a OPINIÃO dos jornais - mas não estou pedindo que você consulte a OPINIÃO - estou sugerindo que você consulte os RELATOS DOS FATOS. São coisas diferentes. Quando um jornal diz que o Fluminense conquistou seu segundo Campeonato em 2010, se na verdade conquistou seu terceiro, está dando uma OPINIÃO, ao meu ver equivocada. Quando um jornal diz que o Flamengo entrou com um pedido para modificar o regulamento do Campeonato com ele em andamento, está relatando um FATO.

      Sobre a "divisão do título do módulo", repito: só reforça a tese de que aquela disputa era mera formalidade. Pra quê continuar uma disputa que só valeria um título simbólico? Preferiram acabar com aquilo, já que em janeiro é que seria disputado o título de verdade. Uma decisão inusitada, de fato, mas sem consequências práticas. Aquela disputa não faria - e não fez mesmo - a menor diferença. Seria diferente, por exemplo, se o "campeão do módulo" tivesse o direito de jogar o quadrangular em casa. Aí, sim, haveria algo em jogo.

      Excluir
    9. kkkk, ah, obrigado... de fato você acertou, tenho talento pra comédia rs... mas não nesse caso...

      Você citou "relato dos fatos", você quer alguém melhor pra relatar os fatos do que o Presidente e Vice-Presidente do Clube dos 13?

      Fato comprovado? Que o "regulamento" foi feito posteriormente ao início do campeonato, é um fato mais do que comprovado... basta você também consultar o RELATO DOS FATOS rs... Que a CBF havia acordado junto ao CND que o campeonato de 87 contaria com apenas 24 equipes, também é um FATO COMPROVADO... então, pra começo de conversa, foi a própria CBF que descumpriu o que ela mesmo regulamentou...

      Sobre essa sua tese de divisão de título, que só "reforça" que o campeonato não valia nada é a maior bizarrice que já ouvi kkk... Nem na taça guanabara aconteceria um fato como esse... e outra, se a taça guanabara que é em âmbito estadual não é simbólica, quem dirá um campeonato teoricamente de nível nacional... pra início de conversa, isso se chama MANIPULAÇÃO DE RESULTADO, que deveria ser passível de punição! garanto que qq regulamento sério prevê sérias punições pra casos como esses... isso é balela, o Flamengo foi ameaçado de punição esse ano só por que queria jogar com o time reserva no campeonato carioca, imagine uma bizarrice dessas... uma decisão entre "compadres" e não em campo...

      Já que você citou o Fluminense.. você então deveria criar uma nova matéria: "A verdade sobre 2013", acredito que qualquer pessoa com bom senso vai concordar que escalar um jogador, nos minutos finais de uma partida que não valia nada é muito menos grave do que manipular o resultado de um jogo... a conduta da Portuguesa em descumprir o regulamento (por uma mera formalidade) fez com que ela fosse rebaixada, a conduta do Sport em descumprir o regulamento fez com que ele fosse Campeão Brasileiro kkkk E não adianta falar que tava previsto em norma, em regulamento... estou falando de BOM SENSO... até pq, se for falar de norma... a Portuguesa respeitou a decisão da CBF e do STJD e não ingressou na justiça comum, que poderia ter alterado o resultado... DIFERENTE DO SPORT, que desrespeitou o regulamento da FIFA, que está acima da CBF, que proíbe os clubes de ingressarem na justiça comum para resolver questões futebolísticas, até que se esgotem as instâncias desportivas... ou seja, a CBF foi OBRIGADA a alterar a decisão, ela não voltou atrás (já ouviu falar no ditado "pau que bate em Chico, bate em Francisco"? acho que é isso rs...

      Só mais uma coisa, citando o Fluminense de novo... É qse a mesma coisa, a CBF só reconheceu o título de 70 em 2010, ou seja, durante 40 anos o Fluminense não era campeão perante a CBF... e como vc disse, não fazia diferença para os torcedores... do mesmo jeito que não faz diferença pra gnt a CBF reconhecer ou não... o São Paulo tbm só é considerado campeão mundial uma vez, perante a Fifa, garanto que tbm não altera o sentimento de tri campeão... e posso citar muitos outros exemplos.. e por aí vai...

      Excluir
    10. A falta de organização dos nossos dirigentes fez com que o Campeonato Brasileiro tivesse diversos regulamentos e até nomes diferentes entre 1967 e 2003, quando enfim conseguiram adotar uma fórmula estável, que dura até hoje. O Campeonato de 1987 foi só mais um capítulo da extensa lista de trapalhadas dos dirigentes do futebol brasileiro. Havia tantos times em 1986 que a CBF resolveu realizar um "mega-rebaixamento" para enxugar o torneio. O Vasco contestou esse rebaixamento sofrido, e aí começou toda a confusão que deu origem à Copa União. A CBF pode até ter afirmado em determinado ponto que o Campeonato de 1987 teria só 24 clubes, mas este não é um fato relevante. O que importa é que 32 clubes foram inscritos na primeira divisão, divididos nos 2 módulos, e então o Campeonato foi disputado, conforme o regulamento assinado por todos. Ponto.

      Sobre 2013, há diversos posts aqui no blog explicando os fatos ocorridos. Mas em resumo: não houve nada demais. Dois clubes (Flamengo e Portuguesa) escalaram atletas suspensos e foram punidos unanimemente por isso, exatamente de acordo com o que previa o regulamento. A Portuguesa não teve como punição "o rebaixamento", mas sim a perda dos pontos, exatamente como o Flamengo. A Lusa não teria como recorrer à Justiça Comum nem se quisesse. Alegaria o quê? Não aconteceu absolutamente nada fora das regras estabelecidas.

      Por fim, eu concordo com você quanto ao reconhecimento da CBF não fazer a menor diferença. Este blog sempre considerou o Campeonato Brasileiro como sendo a competição anual disputada entre os principais clubes do país desde o ano de 1967. Considerava antes da decisão da CBF, e continua considerando agora. Vocês, flamenguistas, têm todo o direito do mundo de se declararem campeões brasileiros de 1987. Só não esperem que os outros brasileiros concordem com vocês.

      A torcida do Bangu também tem o direito de declarar que o simpático clube da Zona Oeste foi o campeão intergaláctico de 2004. Só não pode esperar que os outros seres humanos concordem. rsrs.

      Excluir
    11. *(Ainda sobre 2013, uma coisa que esqueci de comentar: você chamou a escalação de um jogador suspenso de "MERA FORMALIDADE"! hahahahaha definitivamente você é um comediante! Ganha a vida fazendo stand-up comedy? Deveria!)

      Excluir
    12. kkkkkkkkkkkkkkkkk.. então, MANIPULAÇÃO DO RESULTADO DE UM JOGO propositalmente (combinar o empate Sport x Guarani) é mera formalidade??? não valia nada, os times não deveriam ser punidos... Palavras suas amigo, admita as suas declarações... mas a escalação equivocada de um jogador, sem dolo, nos minutos finais, que não modificou em nada o campeonato, por conta de um sistema falho e precário da CBF é passível de perda de pontos e consequente rebaixamento de um time??? poww cara, é coerência simples, vc msm disse que pensar não dói... a CBF suspende um jogador, a comunicação é medieval... o sistema suspende o atleta, mas mesmo assim permite que ele seja relacionado... convenhamos né...

      Então deixa eu captar sua linha de raciocínio... Manipulação de um jogo oficial = nada! mera formalidade;
      Escalação irregular = dura punição;

      E eu que deveria fazer stand-up comedy?? kkkkk

      Excluir
    13. E mais, se sua defesa é que estava previsto no regulamento... em 87, a CBF não COMENTOU que o campeonato teria 24 equipes.. foi uma resolução do Conselho Arbitral que DEFINIU que assim seria... na sua concepção a assinatura da resolução não conta, o regulamento de 86 não conta, o regulamento da FIFA não conta... mas a assinatura, a posteriori, via traição do Eurico Miranda, do regulamento do campeonato de 87 é o Santo Graal dos documentos futebolísticos kkkk... poww

      Excluir
  32. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  33. Isso é chover no molhado, o Eurico Miranda, aquele sem vergonha, era o representante do clube dis 13, ele assinou que haveria o cruzamento dos módulos verde e amarelo.Não há discussão, o Sport é o legitimo campeão Brasileiro de 1987.

    ResponderExcluir
  34. Esse tema acabou quando foi proferida a decisão do TJPE que determinou o Sport Recife como o legítimo e único campeão brasileiro de 1987.

    1 uma das mentiras ditas todos esses tanto pela mídia como pelos flamenguistas, com perdão da má palavra, de que o regulamento foi mudado depois para incluir o quadrangular final, ruiu. Somente após definidos os 4 finalistas, e vendo que o título que achava que lhe pertencia, o fRamengo convocou arbitral da CBFpara, tentar excluir o quadrangular, em fevereiro de 1988;

    2 como o pedido não obedeceu o critério de unanimidade para mudar regulamento de campeonato em curso, o pedido não foi aprovado;

    3 o fRamengo resolveu atender determinação/ orientação do clube dos treze e não ir aos jogos juntamente com o inter;

    4 argumentos como 'jogamos contra os melhores' ou ' a TV e a placar diz que somos campeões', não é aceito já que a TV e a revista não tem poder de homologar títulos de campeão nacional, e sobre jogar contra os grandes clubes, não é critério senão a seleção de camarões ou da Bulgária jamais que não tem tradição nenhum no esporte;

    5 opiniões de PvC ou Juca, ou Milton neves, ou qlqr jornalista, é somente opinião é não tem nenhum valor jurídico para retificar ou ratificar esse ou qlqr outra questão;

    6 está tudo muito bem fundamentado, a questão é que torcedores do fRAmengo se apegam a argumentos falhos, sem nenhum nexo, ou lógica.

    Parabéns pelo debate civilizado apesar de alguns terem suas postagens censuradas, acredito, por não ter argumento suficiente para debater em alto nível.

    Abcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem parece não ter argumento pra debater em alto nível é você, colega... primeiramente, que se você quisesse um DEBATE de alto nível, não se dirigiria a nenhum clube de maneira pejorativa ("Framengo"), você mesmo desceu o tal "alto nível" que você citou kkk... em segundo lugar, também é você que demonstra ter argumentos falhos, tá tudo documentado, vai buscar no acervo da CBF, nas notícias de jornais... o regulamento foi criado APÓS o início da Copa União... depois que a CBF ABDICOU de fazer o campeonato brasileiro de 87, por inviabilidade financeira, e depois voltou atrás... Sport e Guarani NEM QUERIAM participar do módulo amarelo, o Guarani entrou na justiça pra compor o módulo verde...

      Realmente, TV e revistas não tem poder de homologar títulos, por isso a própria CBF decidiu reconhecer o título do Flamengo... então o Sport teve que se utilizar da justiça comum (descumprindo norma expressa da Fifa que veda a prática)... ou seja, até a própria CBF já se posicionou, e entende que o Flamengo é campeão, os clubes reconhecem, a torcida reconhece, a TV reconhece, até o presidente do MAIOR RIVAL do Flamengo reconhece... então como os argumentos são falhos? kkk

      O pior dos seus argumentos foi dizer que jogar contra clubes grandes não é critério kkkkkkkkkk... até onde eu sei, TODAS as competições, TODOS os esportes existem para definir quem são os melhores... se você não enfrenta os melhores, como poderá ser considerado o melhor? kkk

      Vamos imaginar um caso hipotético, a UEFA desiste de fazer a liga dos campeões esse ano, aí os clubes se unem e criam uma entidade pra organizar o campeonato... se juntam Real Madrid, Barcelona, Bayer de Munique, Borussia, Juventus, Inter de Milão, Milan, Arsenal, Liverpool, Manchester United, Manchester City, e fazem um campeonato com eles e os outros clubes mais poderosos da Europa... aí, de repente, fica de fora o Atlético de Madrid que foi vice-campeão, e o Sevilha, por exemplo... mas aí a UEFA se arrepende, volta atrás, e cria um outro grupo com esses dois times e outros times da Europa que nunca ganharam NADA... e decidem que o campeão da Champions só vai sair se houver um cruzamento final entre os dois grupos...

      Aí o Milan vence o campeonato contra esses clubes, todo mundo assiste esse campeonato.. vê o Milan sendo campeão, enfrentando os maiores clubes, mais tradicionais, que já venceram outras champions... só que o Zenit ganhou o outro módulo do campeonato, que tinha o CSKA, o Wolfsburg, o New Castle, o Celta de Vigo, etc... aí como o grupo que organizou o campeonato não deixou o Milan jogar contra o Zenit, ele foi declarado o grande campeão da Champions League... aí todo mundo sabe que o grande campeão é o Milan... a torcida viu, a tv transmitiu, e até a UEFA voltou atrás e declarou o time campeão... mas a justiça determinou que o Zenit é campeão...

      Foi exatamente que aconteceu com o campeonato de 87 do Flamengo... os argumentos não são falhos, só não aceita quem não quer... ademais, pra gnt já não faz a menor diferença... a TV nos chama de Hexa, os outros clubes nos reconhecem como Hexa, os jogadores de hoje e da época... e é o que importa... ^^ Abraços. SRN

      Excluir
    2. Você comete alguns equívocos em seus argumentos. Nenhum clube ou presidente de clube reconhece o Flamengo como campeão de 87, a não ser os presidentes do próprio Flamengo.

      Também a CBF não reconhece o "título" do Flamengo. Chegou a reconhecer, sob o comando do flamenguista Ricardo Teixeira, mas foi forçada a voltar atrás e reconhecer apenas o campeão legítimo.

      Somente vocês flamenguistas reconhecem essa suposta conquista. Mais ninguém...

      Excluir
    3. kkkkk, parece que quem comete alguns equívocos não sou eu colega... está documentado em vídeo a declaração de vários dirigentes, inclusive presidentes, de outros clubes declarando que o Flamengo é o legítimo campeão brasileiro, não é apenas falácia, está DOCUMENTADO, GRAVADO... o presidente do Vasco, o ex-presidente do São Paulo, o ex-diretor do São Paulo, vários jogadores de quase TODOS os times que participaram daquele campeonato... se quiser ir contra fatos que são públicos e notórios, através de uma simples pesquisa no youtube, no google... tudo bem ^^ e você falou tudo, a CBF foi FORÇADA a voltar atrás...só uma pergunta, pq o Inter deixou de disputar o "campeonato brasileiro" então??? deve ser um time muito bonzinho pra querer "ajudar" o Flamengo, afinal de contas o Flamengo tinha algo a arriscar, o Inter não perderia nada... pq ele abdicou de disputar o campeonato? kkk podem falar que o Flamengo, que tinha 5 jogadores que foram campeões da copa do mundo naquele elenco, ficou com medo o Sport kk, mas e o Inter? o que ele tinha a perder? teoricamente só tinha a ganhar... o MAIOR EQUÍVOCO desse seu argumento é insinuar que a CBF reconheceu o título do Flamengo pq o Ricardo Teixeira era Flamenguista kkk.. meu amigo, o Ricardo se tornou presidente da CBF menos de 1 ano depois do "título" do Sport, ainda na década de 80, se fosse pra favorecer o Flamengo ele já teria o feito desde aquela época... tá precisando estudar mais, esse seu conceito de "ninguém" tá meio fora do dicionário... qdo flamengo foi campeão em 2009 não vi nenhum jornal, da Globo e fora da Globo, falar que foi penta, todos os jornais estamparam bem grande HEXA campeão brasileiro...

      Excluir
    4. O Vasco e o São Paulo reconhecem o título de 1987 do Flamengo? Hahahaha faz-me rir.

      O Vasco foi um dos 5 clubes que votaram contra a mudança do regulamento proposta pelo Flamengo em janeiro de 1988. Portanto, nunca reconheceu o suposto título flamenguista.

      O São Paulo, se considerasse o Flamengo campeão de 1987, não reivindicaria a famosa Taça das Bolinhas para si próprio, como "primeiro pentacampeão desde 1971". O fato de o São Paulo reivindicar a Taça das Bolinhas é prova de que não reconhece o Flamengo como campeão de 1987.

      Repito: só quem acredita que o Flamengo tem 6 Brasileiros são os próprios flamenguistas. E o fato de a imprensa noticiar que isso significa que: ou o jornalista é flamenguista, ou é esperto e quer vender jornal para torcedores cegos que acreditam em qualquer mentira que contam.

      Excluir
    5. kkk.. cara, mais uma vez... você quer contraria FATOS??? Os presidentes do clubes representam a VOZ desse clubes... A partir do momento que você tem uma declaração PÚBLICA, EM VÍDEO... do PRESIDENTE DO SÃO PAULO E DO PRESIDENTE DO VASCO falando que o Flamengo é o legítimo campeão brasileiro, o que mais você quer entender como VASCO E SÃO PAULO consideram o flamengo campeão??? kkkk exatamente, o Vasco votou a favor do cruzamento, mais especificamente o Eurico Miranda... o São Paulo votou contra... e por maioria absoluta foi DETERMINADO pelo Clube do 13 com AVAL do Conselho Arbitrário.. não foi o FLAMENGO que não quis disputar kkk... e o Presidente na ocasião da disputa da taça das bolinhas já era outro, Juvenal Juvêncio, não era o Aidar, e essa disputa foi vista por muitos dirigentes com IMORAL por parte do São Paulo, só você pesquisar... e, ao que eu saiba, a taça foi devolvida pelo São Paulo à Caixa Econômica Federal kkk

      E mais, responda o que te perguntei... se foi medo, por parte do Flamengo, pq o INTERNACIONAL não foi disputar o tal título "BRASILEIRO"?? KKk... não disputou, pq respeitou o que fora DETERMINADO, e entendia que o campeonato já havia terminado... o Flamengo podem falar que tentou fugir, mas e o Inter? simplesmente desistiu de ser campeão brasileiro? kkk pq? pra favorecer o Flamengo?? kkk cara, tá aí... a maior prova de que o campeonato que o Flamengo venceu era composto dos clubes que dominavam o tutebol... é que, quase 30 anos depois, tirando o atlético em 2001... o campeonato brasileiro só é vencido pelos clubes do módulo verde... os 16 clubes do módulo amarelo estão por aí, espalhados nas séries B, C, D... e outros 2 ou 3 estão na série A, subindo e descendo quase todo ano, nunca disputam nada kk

      Excluir
    6. Não tenho procuração para responder pelo Internacional. De qualquer forma, já escrevi sobre isso no próprio post, que pelo visto você não leu:

      III) Flamengo e Internacional fizeram o certo?
      Isto é questão de opinião. Havia um acordo do Clube dos Treze (formado por Flamengo, Internacional, Fluminense, Vasco, Botafogo, Grêmio, Bahia, Cruzeiro, Atlético Mineiro, Corinthians, São Paulo, Santos e Palmeiras) para que o quadrangular final fosse ignorado. Ao honrarem o acordo e desobedecerem o regulamento, Flamengo e Internacional tiveram alguns prejuízos institucionais. Não tiveram reconhecidos os títulos de campeão e vice, e não disputaram a Copa Libertadores de 1988. (Poderiam até ser rebaixados por descumprirem o regulamento, como foi o Coritiba em 1989.) Mesmo pagando um preço caro, honraram o acordo do Clube dos Treze.

      Excluir
    7. Já que você falou em "disputa imoral", te faço uma pergunta:

      Você não acha que é IMORAL realizar um "campeonato brasileiro de 1987" com a presença de times rebaixados em 1986 (Botafogo e Vasco), e sem a presença de times semifinalistas em 1986 (Guarani e America)?

      Ao defender o "título" do Fla em 1987, você está defendendo isso...

      Excluir
    8. Não acho imoral, até porque, quem tinha o compromisso de cumprir o próprio REGULAMENTO era a CBF, ela e o conselho arbitral que haviam definido que o campeonato de 86 seria CLASSIFICATÓRIO para 87, e que o próximo campeonato iria contar com no MÁXIMO 24 equipes...

      O campeonato organizado pelo Clube dos 13, era composto pelos MAIORES CLUBES DO BRASIL, e não tinha vinculação com o campeonato de 86... Realmente, acho que faltou só o Guarani nesse campeonato, e mais nada...

      mas quem bagunçou tudo foi a própria CBF, ela deveria ter organizado o campeonato conforme ela mesmo estabeleceu em 86, já havia passado 3/4 do ano e ainda não tínhamos campeonato... quem deve achar IMORAL é quem defende o campeonato da CBF, pq ela q reconhece, como campeão brasileiro de 87, um time que deveria ser rebaixado em 86 kkk... eu defendo o campeonato do Clube dos 13 que foi inicialmente desvinculado da CBF, assim como o jornal "The Mirror" publicou recentemente, que os gigantes da Europa estão planejando fazer um campeonato desvinculado da UEFA por conta da insatisfação com a entidade... do que adiantaria um timinho pequeno lá da Europa ganhar um "liga" organizada pela UEFA, sem enfrentar NENHUM dos gigantes europeus?

      Os citados Guarani e América queriam tanto disputar o módulo amarelo que o América NEM DISPUTOU, e o Guarani entrou na justiça pra entrar no módulo verde kkkkk... Vcs falam tanto em JUSTIÇA... injusto é querer falar que o campeonato era dividido em dois grupos... de um lado TREZE campeões brasileiros tinham que se enfrentar... e do outro lado UM campeão brasileiro contra 15 times que NUNCA tinham ganhado nada kkk

      Cara, você falou que pensar não dói.. é só VOCÊ pensar.. como um time pode ser considerado campeão brasileiro sem enfrentar um time grande sequer??? Não tem lógica kk... é a msm coisa que a Fifa desistir de fazer a copa... aí se juntam Brasil, Alemanha, Argentina, Portugal, Espanha, Itália, Holanda.. todos as grandes seleções e fazem o próprio mundial, mas esqueceram da Colômbia que era vice das Eliminatórias... aí a Fifa se arrepende, e faz um outro "grupo" com Guiana Francesa, Sérvia, Peru, Ilhas Cayman.. e faz um REGULAMENTO em que o campeão mundial só vai ser definido depois que cruzarem os campeões dos dois grupos...

      Só que aí todo mundo assiste o campeonato dos grandes, o Brasil é o grande campeão em cima da Holanda, faz festa, ganha uma taça, o mundo assiste... mas a Fifa fala que só vai reconhecer o campeão depois que os dois enfrentarem a Guiné-Bissal e a Colômbia, que foram os campeões do outro "módulo", EMPATADOS na base da camaradagem kkkk mas como o Brasil e a Holanda não quiseram jogar, a Guiné fez mais um jogo contra a Colômbia e foi a grande campeã do mundo reconhecida pela FIFA kkk mas depois a FIFA voltou atrás, reconheceu os dois como campeões, mas Guiné entrou com uma ação na justiça e fez com que a Fifa não pudesse declarar que os dois são campeões... e fim da história kkkk

      Essa é a analogia perfeita pra ilustrar o que foi o título do Sport.. só não vê quem não quer...

      Excluir
    9. Todo esse blá-blá-blá pra justificar a ausência de dois semifinalistas do Campeonato de 1986 no Campeonato de 1987.

      rsrs. Não dá, cara. Um torneio de 1987 sem Guarani e America não pode ser chamado de Campeonato Brasileiro de jeito nenhum. Não cabe discussão.

      Em 2010, o Brasileirão terminou com Fluminense em 1º, Cruzeiro em 2º e Corinthians em 3º. Seria possível um Campeonato Brasileiro de 2011 sem Cruzeiro e Corinthians? Você acharia justo excluir Cruzeiro e Corinthians do Brasileirão de 2011? Parabéns, você acabou de excluir do Campeonato o clube que se sagraria campeão do mesmo...

      Excluir
    10. kkkkkkk, tá bom.. acho que você também tem talento pra comédia rs... primeiramente, o América nem quis participar do campeonato, ou seja, só ficou o Guarani... Em segundo lugar, de fato não acharia justo deixar o Corinthians de fora do campeonato, até pq há um abismo entre Guarani e Corinthians... a ideia do clube dos 13 era fazer um campeonato com os times de maior massa torcedora, o que não era o caso do Guarani...

      Mas deixa eu entender seu raciocínio... então você acharia injusto se o Campeonato de 2011 não contasse com o Cruzeiro? concordo... mas sabe o que eu acharia mais injusto? se o Guarani (que coincidentemente participou do campeonato de 2010) que deveria ter sido rebaixado em 2010, fosse o Campeão de 2011 kkk... foi o que aconteceu com o Sport... não acharia isso ainda mais injusto?

      Então deixa eu ver se eu entendi... um campeonato sem o Guarani (o América não conta, ele não participou nem do módulo verde nem do amarelo) não pode ser chamado de Campeonato Brasileiro... ou seja, o Flamengo não pode ser chamado de campeão pq não enfrentou o Guarani.. mas o Sport pode ser chamado de campeão sem enfrentar o Cruzeiro, o Atlético MG, o Internacional, o Grêmio, o São Paulo, o Santos, o Palmeiras, o Corinthians, o Fluminense, o Vasco, o Botafogo, etc... é isso que você tá dizendo??? kkkk eu acho que esses argumentos são muito mais do que "blá blá blá" amigo... se vc não fosse parcial, no mínimo, pensaria a respeito....

      E já que você gosta de ler os jornais da época... dá uma olhadinha no O Estado de S. Paulo do dia 23 de julho de 1987 (página 18)... Nabi Abi Chedid prometeu que a CBF organizaria o Campeonato de 1987 com base nas regras DETERMINADAS em 1986, ou seja, o Sport nem mesmo deveria ter disputado... então um campeonato pode ser chamado de "campeonato brasileiro" com um time que nem deveria ter participado sendo campeão, mas um sem o Guarani não pode?? repito.. tenha coerência amigo...

      Excluir
    11. Você viaja à beça nesses comentários gigantes, mas tentarei responder todos os questionamentos.

      "primeiramente, o América nem quis participar do campeonato, ou seja, só ficou o Guarani..."

      Não interessa que o America tenha abandonado o módulo amarelo. O Flamengo se declara campeão de um hipotético "campeonato brasileiro" que só contou com 16 clubes, sem o America e sem o Guarani. O Flamengo se acha campeão brasileiro após ter vencido um torneio que excluiu DOIS dos QUATRO semifinalistas do ano anterior. Ponto. Isso não é justo POR DEFINIÇÃO. Não adianta tentar contorcer os fatos: eles nunca se adequarão a essa versão maluca que você tenta defender.

      "você acharia injusto se o Campeonato de 2011 não contasse com o Cruzeiro? concordo... mas sabe o que eu acharia mais injusto? se o Guarani (que coincidentemente participou do campeonato de 2010) que deveria ter sido rebaixado em 2010, fosse o Campeão de 2011 kkk... foi o que aconteceu com o Sport... não acharia isso ainda mais injusto?"

      Eu não defendo nenhuma virada de mesa. No entanto, se a virada acontece e um clube vai e prova em campo que é o melhor, sinceramente não considero esta uma situação injusta. Se tivesse havido uma virada de mesa de 2010 pra 2011, e o Guarani disputasse e vencesse em campo o Brasileirão de 2011, seria, sim, um campeão com muito mérito, pois teria provado EM CAMPO que o rebaixamento teria sido uma injustiça. O mesmo vale para o bravo Sport Recife de 1987, que deveria ter sido rebaixado em 1986, mas não foi, e acabou provando em campo que era o melhor time do Brasil. Infelizmente, não pôde jogar contra Flamengo e Internacional, que resolveram não cumprir o regulamento assinado. Mas isso não é problema do Sport Recife, ora.

      Excluir
    12. "E já que você gosta de ler os jornais da época... dá uma olhadinha no O Estado de S. Paulo do dia 23 de julho de 1987 (página 18)... Nabi Abi Chedid prometeu que a CBF organizaria o Campeonato de 1987 com base nas regras DETERMINADAS em 1986, ou seja, o Sport nem mesmo deveria ter disputado... então um campeonato pode ser chamado de "campeonato brasileiro" com um time que nem deveria ter participado sendo campeão, mas um sem o Guarani não pode?? repito.. tenha coerência amigo..."

      Lembre-se que o Sport Recife não foi o único rebaixado em 1986. Botafogo e Vasco, por exemplo, também foram. Se o Sport Recife "não poderia" disputar o título de 1987, o Botafogo e o Vasco, que estavam no módulo verde vencido pelo Flamengo, também "não poderiam". Você está usando o argumento de que a presença de um clube rebaixado invalida o Campeonato. É um argumento que pode ser válido mesmo, mas cuidado: ao usá-lo, você anula também o "título" do Flamengo. rsrs. TENHA COERÊNCIA, AMIGO. hahahaha.

      Excluir
    13. EXATAMENTE, você chegou no ponto que eu queria kkk... ou se invalida AMBOS os títulos ou valida-se os dois... do mesmo jeito que você acha estranho um campeonato em que não se enfrente o vice-campeão do ano anterior.. eu acho ainda mais estranho um campeonato em que não se enfrente o CAMPEÃO do ano anterior kkk... 87 seria o único campeonato brasileiro em que o atual campeão nem sequer passou perto do campeão do ano anterior kkk e vc vai me dizer que isso não é bizarro...

      Quando te peço pra ser coerente, é simplesmente para entender sua linha de pensamento... então você acha que se o Guarani ganhasse em 2011, sem enfrentar todos os times que fluminense enfrentou em 2010, inclusive o próprio fluminense, estaria tudo certo?? é isso kkk... aí o flu q enfrentou os times mais top, se "matou" pra ser campeão brasileiro, aí o Guarani q não enfrentou NENHUM desses times, poderia ser o CAMPEÃO BRASILEIRO na sua concepção? e estaria tudo certo desde que a CBF reconhecesse? kkk ahh, faça-me um favor né kkkkk

      E O PIOR... vc acha um absurdo o Flamengo se declarar campeão com aval do Clube dos 13, em 87... mas acha normal no ano de 2000 o Clube dos 13 ter organizado OUTRO campeonato, e o Fluminense que estava na série C em um ano, poderia ter sido campeão brasileiro no outro kkkk... acha injusto um campeonato sem guarani, mas está tudo bem um campeonato com o Gama que tinha caído pra série B em 1999, e que ficou em 26º em 2000, participar da Série A em 2001 com 24 TIMES kkkk... o Malutrom (hoje J. Malucelli) caiu nas oitavas de final do torneio, assim como o Flu, pq o Flu participou e o Malutrom não? kk, pq o Remo que ficou em 15º não participou, mas o Botafogo-SP participou? depois de ter ficado em 36º...

      se foi o FLAMENGO que tentou VIRAR A MESA... a pergunta que não quer calar: SERÁ O INTERNACIONAL O TIME MAIS BENEVOLENTE DA HISTÓRIA DO FUTEBOL BRASILEIRO? kkkk pq então o Inter não votou contra?? kkkk pq o Inter não foi jogar o cruzamento? kkkk vc fala que não tem procuração do internacional, mas parece ter uma procuração do Flamengo kkkk... não fala pelo inter, mas fala pelo fla, mais uma vez, qual a coerência disso?



      Excluir
    14. Algumas correções:
      - não há "dois títulos" de 1987: houve apenas um Campeonato, vencido pelo Sport Recife.
      - o Campeonato Brasileiro de 2001 teve 28 times, não 24, como vc afirma para tentar forçar um argumento.
      - o Sport Recife só não enfrentou Flamengo e Internacional PORQUE ESTES FUGIRAM DOS JOGOS. Não é correto afirmar que o Sport Recife foi campeão sem enfrentar os principais clubes do país.

      Você é tão desonesto na sua argumentação que chega a me dar enjoo.

      Excluir
  35. A opinião da imprensa vale tanto pra você? Pra mim, não vale nada.

    Boa parte da imprensa não reconheceu que o Fluminense foi tricampeão em 2010. Várias reportagens sobre o título falaram que era "bicampeão", mas a torcida gritou "tricampeão", porque sempre soube que ganhou em 1970 e em 1984, e então se tornou tri em 2010.

    A imprensa estava errada, e a torcida do Fluminense estava certa. Tanto que, dias depois, a CBF reconheceu seu erro histórico e atestou que o Fluminense era tricampeão de fato e de direito.

    Reconheceu E NÃO VOLTOU ATRÁS. Diferente do caso de 1987, quando a Justiça reafirmou o fato de que o campeão legítimo de 1987 foi o Sport Recife. Vocês podem espernear o quanto quiserem: o campeão de 1987 sempre foi e continuará sendo o Sport Recife.

    É o Sport Recife que consta na lista de campeões no site da CBF.

    É o Sport Recife que está com a taça de campeão.

    Foi o Sport Recife que disputou a Copa Libertadores de 1988.

    O resto é chororô.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk, poxa amigo... você ainda quer citar o Fluminense como exemplo de algo? O time já caiu 3x e não disputou a série B, você estava achando injusto ter um campeonato que não tivesse o Guarani, mas não acha injusto o Fluminense participar de campeonatos entrando pela janela? Cadê seu "amor" pelos Regulamentos agora?

      A CBF não voltou atrás, ela foi OBRIGADA a revogar a decisão, não partiu da entidade esse decisão. Sobre a libertadores, o clube dos 13 de fato havia concordado que o cruzamento serviria como critério para decidir QUEM IRIA PARA A LIBERTADORES... no vídeo que eu te mandei o Eurico também fala isso, NÃO HAVERIA CRUZAMENTO PARA DEFINIR CAMPEÃO BRASILEIRO, e sim, para definir quem iria pra libertadores...

      Excluir
    2. Vicente Júnior, sobre o Fluminense, não é verdade que "o time já caiu 3 vezes". O Fluminense sofreu um único rebaixamento para a Série B em toda a sua história - no ano de 1997 - e disputou a Série B normalmente em 1998, conforme o esperado. Jamais "entrou pela janela" em campeonato algum. Você novamente apela para mentiras para defender seu ponto de vista. Assim fica difícil te levar a sério.

      E sim, a CBF voltou atrás porque foi obrigada. Obrigada PELA JUSTIÇA, que é quem decide o que é certo e o que é errado nesse país... E ela já decidiu que o campeão de 1987 é o Sport Recife (leia aqui a decisão, caso nunca tenha se dado ao trabalho). O Flamengo recorreu e perdeu. Não cabem mais recursos. Acabou.

      Sobre essa história de que o cruzamento definiria somente as vagas na Libertadores, MAIS UMA MENTIRA TUA. Você mostra um vídeo com opinião de dirigente, eu mostro O PRÓPRIO REGULAMENTO:

      Art 6º
      Parágrafo 2º: O campeão e o vice-campeão das taças João Havelange e Roberto Gomes Pedrosa disputarão, em quadrangular, o título de Campeão e Vice-Campeão Brasileiro de 1987, ficando de posse da Copa Brasil-1987 e classificados para representar a CBF na Taça Libertadores da América-1988.

      (caso duvide, leia no próprio regulamento aqui)

      Bom, acho que ficou bem claro, mais uma vez, que você está querendo desinformar os leitores com mentiras descaradas.

      Excluir
    3. Mentiras? kkk mais uma vez vou desmistificar sua tese falaciosa... ao que me consta, o Fluminense foi rebaixado em 1997 para a Série B, e em 1998 para a série C... na minha contagem já são duas quedas, ou isso é mentira também?? kkk a terceira, me refiro à 2013, que foi rebaixado no campo e subiu pela "janela"... sem contar que em 2000 só houve a copa joão havelange, ou seja, em 2001, quando voltou o campeonato normal, DA CBF, o Fluminense deveria ter disputado a série B... qual parte é mentira que ele entrou pela janela?? mas nem vamos aprofundar nesse tema, pq não é o objeto da discussão.. só pra ficar claro para os demais colegas quem é parcial e quem não é...

      E, mais um vez, você se engana, a decisão não só é passível de recurso, como ESTÁ EM FASE RECURSO NO STF, parece que quem não se deu ao trabalho de pesquisar foi você kkk... e inclusive, o recurso só não foi analisado no dia 02 de agosto de 2016, pq um dos ministros pediu vistas do processo, o que dilatou os prazos para julgamento... caso duvide também, basta acessar o site do STF, caso não confia na globo kkk quem está mentindo agora?? se o recurso será analisado, como acabou?? kkk

      Sobre o cruzamento, é fácil copiar um trecho de um regulamento que a CBF PROPÔS, difícil é provar que o clube dos 13 CONCORDOU... pra mim não ficou nada claro, creio que para os colegas tbm não kkk...

      pq você não cola a resolução do conselho arbitral que fala que a CBF iria organizar o campeonato com somente 20 clubes? pq você não cola a norma da FIFA que proíbe os clubes de ingressarem na justiça comum pra discutir questões desportivas, sob pena de perda de pontos e exclusão do campeonato?? pq você não cola as notícias dos jornais que a CBF abdicara de fazer o campeonato de 87 e depois voltou atrás?

      é fácil perceber quem quer informar e quem quer desinformar kkk...

      Excluir
    4. ahh, pq você não cola a data da EDIÇÃO E DA ASSINATURA do regulamento... vamos ver se bate ou não com o início dos jogos.. kkk

      Excluir
    5. Vamos lá. Já desmascarei duas mentiras tuas, e agora desmascaro outras. Pra começo de conversa, vou explicar os casos do Fluminense, que você deturpou de maneira ABSURDA.

      Em 2013, "o Fluminense foi rebaixado no campo e subiu pela janela"? Como assim, cara pálida? Com os resultados de campo, o Fluminense terminou em 15º lugar dos 20 clubes, e que eu saiba apenas 4 caíam. Logo, o Fluminense não foi rebaixado em 2013. Se dois clubes (inclusive o teu) descumpriram o regulamento e escalaram jogadores suspensos, o problema não é do Fluminense. Só sei que clubes que escalam jogadores suspensos perdem pontos, de acordo com o regulamento assinado por todos. Ou o Fluminense poderia ter escalado o Fred até nas rodadas em que ele estava suspenso? Óbvio que não. As punições de perda de pontos FAZEM PARTE DO RESULTADO DE CAMPO DO CAMPEONATO. O Fluminense terminou o Brasileirão de 2013 à frente do Flamengo. Este é um fato. E se o Flamengo não caiu, obviamente o Fluminense também não. Não houve rebaixamento, tampouco entrada pela janela. Mentira desmascarada.

      Sobre a entrada do Fluminense no Campeonato Brasileiro de 2001: o clube terminou o Campeonato Brasileiro de 2000 na 9ª colocação, como se verifica facilmente em qualquer tabela da chamada Copa João Havelange. Então, como assim "entrou pela janela"? Seria verdade somente se o Campeonato de 2001 tivesse até 8 clubes, mas ao que me consta teve mais de 20. Se teve mais de 20 clubes, como é que o 9º colocado do ano anterior não teria direito a disputá-lo??? Qual é o sentido disso??? Mentira desmascarada, mais uma.

      Repito: da Série A para a Série B, o Fluminense só foi rebaixado uma vez, no ano de 1997. E cumpriu esse rebaixamento em campo, no ano de 1998, conforme o previsto no regulamento. Onde estão as "entradas pela janela"? Em 1998, não houve. Em 1999, também não, pois o Flu caiu da Série B pra C e disputou a C normalmente. Em 2001, também não, como demonstrei acima. Em 2013, também não, como demonstrei acima. Afinal, quando foram essas "entradas pela janela"?

      Você é um fanfarrão. rsrs.

      Excluir
    6. Quanto ao tal recurso do Flamengo ao STF sobre o caso de 1987, qualquer cidadão ou instituição brasileira que se sentir injustiçado pode recorrer ao STF em busca de justiça. Acontece que, quando já existe uma sentença desfavorável transitada em julgado, sinto informar que não adianta nada recorrer. O STF não pode se debruçar sobre matéria já decidida, à qual, repito, não cabem mais recursos.

      Um dia, sabe-se lá quando, o STF se manifestará dizendo exatamente isso: que a matéria já foi julgada e decidida, que não cabem mais recursos, e que o Flamengo não tem direito a nada.

      Aliás, não foi você que disse que a FIFA não aceita recursos à Justiça Comum para decidir assuntos esportivos? O que o Flamengo está fazendo no STF, então? hahahahaha! Cuidado, hein? Vão acabar punidos!

      Excluir
    7. Quanto aos seus pedidos para que eu cole aqui "decisões de conselhos arbitrais", "datas de assinaturas", etc, desculpe, mas não vou fazer nada disso, até porque não preciso fazer, não preciso provar nada. Quem tem que provar sua tese aqui é você.

      O regulamento da CBF estava valendo, e os próprios fatos demonstram isso de maneira inequívoca:
      1) a classificação do Flamengo à semifinal do módulo verde, em detrimento do Grêmio, que seria o classificado pelo regulamento do Clube dos Treze;
      2) a convocação do Conselho Arbitral em janeiro de 1988 por parte do Flamengo, explicitamente para tentar modificar a posteriori o regulamento do Campeonato;
      3) a marcação das partidas do quadrangular decisivo, com trios de arbitragem designados e venda de ingressos;
      4) a promulgação por parte da CBF dos títulos de campeão do Sport Recife e de vice-campeão do Guarani;
      5) a entrega do troféu de campeão ao Sport Recife, até hoje exibido na sede do clube pernambucano;
      6) as classificações de Sport Recife e Guarani à Copa Libertadores de 1988;
      7) a decisão da Justiça, transitada em julgado, dando ganho de causa ao Sport Recife.

      É você que tem que provar alguma coisa, percebeu? Não eu. Prove aí que o regulamento da CBF não deveria valer, seja lá por que motivo. Boa sorte. hahaha.

      Excluir
    8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    9. "Repito: da Série A para a Série B, o Fluminense só foi rebaixado uma vez, no ano de 1997. E cumpriu esse rebaixamento em campo, no ano de 1998, conforme o previsto no regulamento. Onde estão as "entradas pela janela"? Em 1998, não houve. Em 1999, também não, pois o Flu caiu da Série B pra C e disputou a C normalmente. Em 2001, também não, como demonstrei acima. Em 2013, também não, como demonstrei acima. Afinal, quando foram essas "entradas pela janela"?"

      TA DE SACANAGEM NÉ?

      Em que posição o Fluminense ficou na Serie C pra subir pra B? e depois em que posição ficou na Serie B pra retornar a série A?

      Me explique melhor isso ai pq sou meio desinformado e não consegui intender como um clube que caiu pra Serie C em 1999 conseguiu terminar em 9º em 2000?

      Não teve mesmo entrada pela janela, foi um arrobamento de porta isso ai. Engraçado, novamente Eurico no meio dessa confusão. E Vasco campeão (o que eu acredito ter sido coincidencia pois o Vasco tinha um bom time), mas o Flamengo não, o Flamengo ganhou tudo roubado pq nosso time na decada de 80 precisava da ajuda extra campo.

      sou obrigado a concordar com o Vicente Júnior:
      "você que tinha que fazer Stand-up comedy kkkk";

      Não estou com tempo, para pesquisar e postar fontes seguras, mas se não me engano em 2012 o Cruzeiro tb escalou jogador irregular, o mesmo tb entrou nos minutos finais do jogo e nd aconteceu, cruzeiro foi campeão, no caso da Portuguesa foi punida salvando Fluminense do rebaixamento, foi muito estranho. Mas nesse caso foi correto a perca dos pontos pela Portuguesa, diferentemente de 2000 qdo Flu pulou da C pra A e teriam que ter vergonha disso, em 2013 foi estranho (Ainda desconfio de um esquema kkk), mas foi justo.


      Excluir
    10. Em que posição o Fluminense ficou na Serie C pra subir pra B? e depois em que posição ficou na Serie B pra retornar a série A?

      Vou esclarecer novamente os fatos. Em 1999, o Fluminense disputou e foi campeão da Série C, em campo, cumprindo exatamente as regras, como sempre (afinal, havia sido rebaixado na Série B de 1998, um torneio com regras estranhas, mas ainda assim estritamente cumpridas pelo clube).

      Assim, como campeão da Série C de 1999, o Fluminense estava se preparando para disputar a Série B no ano 2000. Acontece que, por problemas que não envolveram DE MANEIRA ALGUMA o Fluminense (pesquisem sobre o caso Sandro Hiroshi se quiserem saber mais), NÃO ACONTECEU SÉRIE B EM 2000. Foi organizada a Copa João Havelange, com mais de 100 clubes participantes. Entre eles, naturalmente, o Fluminense, que disputou o torneio, terminando a primeira fase em 3º lugar (à frente até do Vasco, que viria a ser o campeão). Após ser eliminado nas oitavas-de-final, o Tricolor terminou a competição na 9ª colocação - como pode ser verificado em qualquer tabela disponível na internet.

      A CBF oficializou a Copa João Havelange como o Campeonato Brasileiro de 2000 - dando o título de campeão ao Vasco e as vagas na Copa Libertadores de 2001 ao Vasco, ao vice-campeão São Caetano e ao terceiro lugar Cruzeiro. Portanto, o Fluminense foi, EM CAMPO, o 9º colocado do Brasileirão de 2000. ISTO É UM FATO, CONTRA O QUAL NÃO ADIANTA VOCÊS ESPERNEAREM.

      O que vocês esperavam em 2001? Que o Fluminense, NONO COLOCADO DE 2000, disputasse a segunda divisão? Só podem estar de sacanagem, né? E o Flamengo, 19º lugar de 2000? Disputaria a Série C? E o Corinthians, 28º lugar de 2000, com a "excelente" campanha de 4 vitórias, 4 empates e 16 derrotas? Disputaria a Série D?

      Vale ressaltar que o Fluminense novamente confirmou em campo que merecia estar na primeira divisão: chegou às semifinais, tanto em 2001, quanto em 2002. E desde então NUNCA MAIS FOI REBAIXADO.

      Nem mesmo em 2013 - como já demonstrei em comentários acima, o Fluminense terminou 2013 em 15º lugar, com o Flamengo em 16º e a Portuguesa em 17º. Só poderia ser rebaixado se Fla e Lusa também fossem...

      E não, escalações de jogadores suspensos não aconteceram sem as devidas punições. Não nos últimos anos, pelo menos. Os únicos casos que aconteceram foram punidos - um do Grêmio Prudente em 2010, e os casos de Flamengo e Portuguesa em 2013.

      Espero que tenha sido claro.

      Excluir
    11. PS: o último comentário de Vicente Júnior foi excluído, por ter desrespeitado 5 das 6 regras para comentar no blog:

      I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

      II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

      III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

      IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

      (...)

      VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

      Aproveitando a deixa: a partir de agora serão excluídos todos os comentários fora do contexto. Aqui é para discutir apenas o Campeonato de 1987.

      Excluir
    12. Entendido, sim, entendi que em 2000 o Fluminense foi beneficiado por um campeonato maluco (totalmente diferente dos anteriores e posteriores) saindo da Série B pra Série A, mas que de forma alguma foi feito para beneficiá-lo. Enquanto o Flamengo, esse não, esse em 87 tentou roubar um campeonato brasileiro na justiça, depois de acatar a decisão do CLUBE DOS 13 de não ter o quadrangular. Mas o Flamengo tinha obrigação de ter desacatado essa decisão e participado do quadrangular pra Salvar a CATÁSTROFE que foi o Campeonato feito pela CBF naquele ano.

      Eu até intendo os Rivais desinformados ou mesmos os informados mas que insiste em colocar o Flamengo que era um timaço e venceu o campeonato com todos os times grandes daquele ano (exceto o guarani como já foi falado acima ¬¬), intendo que esses falem que não somos campeões brasileiros de 87. Intendo até mesmo a CBF se ela não considerar o Flamengo como campeão, afinal ela queria o Quadrangular e o CLUBE DOS 13 não aceitou.

      Agora o que eu realmente não intendo é a dificuldade que as pessoas tem de aceitar que o Clube dos 13 é que não aceitou o Quadrangular, o Flamengo venceu o Campeonato com os maiores clubes do Brasil e todos na época, disse todos, tv, torcedores, vaticano, Papa, ONU, que assistiam futebol no Brasil, acompanhavam a Copa União como principal campeonato Nacional daquele ano.

      Fica a pergunta, alguem acha que algum dos times grandes que diputaram a copa união iriam contra a instituição que eles fundaram (CLUBE DOS 13) e participar desse quadrangular??

      No meu modo de ver o Flamengo respeitou a determinação do clube dos 13 como todos os outros times que dela participava, só estamos discutindo isso aqui pq foi o Flamengo que venceu.

      É correto o Fluminense se beneficiar de um campeonato louco e assim subir pra Série A sem disputar a B, afinal o Fluminense não tem nd com isso.
      Mas qdo o Flamengo acatou a decisão do Clube dos 13 de não participar do Quadrangular, ai não, ai o Flamengo que é o culpado. E tb estamos errado de tentarmos ser reconhecidos como campeões brasileiros por termos vencidos o campeonato que foi organizado apenas pq a CBF já tinha declarado que não tinha condições de fazé-lo.

      Volto a dizer, a CBF reconheceu um monte de titulos como sendo titulo brasileiro, entre eles tinha um campeonato do Santos que o mesmo já entrou na Semi-Final pois estava disputando a libertadores. Olha que ridiculo, ng fala, imaginem se fosse o Flamengo?

      Galera assumam o Flamengo é enorme isso encomoda, pra mim não importa se CBF vai reconhecer ou não, hj ela reconhece, amanha não reconhece, isso vai sempre depender dos interesses dela, e assim vai, somos HEXA Campeões Brasileiro, ou se vcs preferirem somos Penta Campeão Brasileiro e Ganhadores do principal campeonato nacional de 87 (Copa União) se isso facilitar pra vcs então eu concordo. Mas não somos culpados pela lambaça da CBF em 87, e nem fomos responsaveis por não jogar o quadrangular, por favor parem de tentar diminuir nossa história, até pq é impossível.

      Excluir
    13. Ainda sobre o caso de 2013, o correto é realmente valer o regulamento e a perda de pontos pela escalação irregular (não descordo) apesar de ter achado o fato muito estranho, mas enfim, o que realmente acho triste é a falta de critério, que não puniu da mesma forma o cruzeiro que fez a mesma coisa: http://esportes.r7.com/blogs/eduardo-marini/2013/12/11/cruzeiro-levou-apenas-multa-de-r-10-mil-por-colocar-no-banco-jogador-irregular-contra-o-vasco/

      Eu participo de um campeonato amador no interior de Minas onde esses problemas não acontecem, pois cada jogador tem sua ficha e qdo ele esta suspendo por qualquer motivo sua ficha não é liberada para o time e sem ela o jogador não assina sumula e não participa do jogo, simples demais para organizadores dos campeonatos amadores, mas a CBF não consegue controlar isso.
      impressionante

      Excluir
    14. Diego, vocês flamenguistas podem se declarar campeões do que quiserem. Isso é problema de vocês. O Bangu pode se declarar campeão mundial do ano passado. Vocês podem se declarar campeões de um hipotético "campeonato brasileiro" que só contou com 16 clubes, sem o America e sem o Guarani. Só não tentem convencer o resto do mundo que um time poderia ser o Campeão Brasileiro de 1987 após ter vencido um torneio que excluiu DOIS dos QUATRO semifinalistas do ano anterior. Isso obviamente não é justo. Não adianta tentar distorcer e contorcer os fatos: eles nunca se adequarão a essa versão maluca que vocês tentam defender.

      Ninguém aqui está diminuindo a história do Flamengo. Este blog mesmo tem dezenas de posts que exaltam a história rubro-negra. Eu é que digo: o Flamengo é grande demais, não precisa contar 6 títulos tendo só 5. :)

      Sobre o caso do goleiro do Cruzeiro: foi uma situação TOTALMENTE diferente dos casos de Héverton e André Santos. O goleiro NÃO ESTAVA SUSPENSO - sua situação estava irregular por mero problema burocrático na inscrição do atleta. Além disso, vale lembrar que ele não chegou a entrar em campo - o que faria uma punição ao Cruzeiro ser uma medida absurdamente exagerada.

      Eu também acho absurdo que a CBF tenha permitido a escalação dos atletas suspensos, pois poderia haver um sistema de controle fácil de ser implementado. Acontece que a entidade sempre preferiu passar essa responsabilidade aos clubes - e convenhamos, antes de 2013 ninguém nunca reclamou disso. O fato é que primeiro o Flamengo e depois a Portuguesa cometeram um erro GROSSEIRO e mereceram a punição que tiveram. E o Fluminense, repito, não tem nada a ver com isso.

      As punições FAZEM PARTE DO RESULTADO DE CAMPO DO CAMPEONATO. O Fluminense seria prejudicado se as punições não acontecessem, pois o próprio deixou de escalar seu maior craque, Fred, em pelo menos 2 ocasiões em que ele estava suspenso durante aquele Campeonato. Seria injusto Flamengo e Portuguesa poderem escalar jogadores suspensos, e o Fluminense (e os outros clubes todos) não.

      O que é MUITO ESTRANHO no caso de 2013 é o fato de dois clubes terem escalado jogadores suspensos na mesma rodada. Esta é a maior coincidência da história do Campeonato Brasileiro. Uma coincidência tão grande, mas tão grande, que é até difícil acreditar que foi mesmo uma coincidência...

      Excluir
    15. A coincidencia é simples, o jugamento dos dois jogadores foi no mesmo dia e o advogado que represento os times foi o mesmo. No meu modo de ver se a punição do Goleiro do cruzeiro era exagerado pois ele não jogou a punição do jogador da Portuguesa tb era pois o cara entrou praticamente no fim do jogo e se tocou a bola 2 vezes foi muito (e seria punido da mesma forma por ter assinado a sumula), ou seja não teve nenhuma influencia na partida.

      Pra MIM, suas opniões seguem linhas completamente contrarias qdo vc diz isso:
      Só não tentem convencer o resto do mundo que um time poderia ser o Campeão Brasileiro de 1987 após ter vencido um torneio que excluiu DOIS dos QUATRO semifinalistas do ano anterior. Isso obviamente não é justo. Não adianta tentar distorcer e contorcer os fatos: eles nunca se adequarão a essa versão maluca que vocês tentam defender.

      e depois diz isso:
      Sport Campeão Brasileiro de 1987.

      e depois diz isso:
      Fluminense NONO colocado do Campeonato Brasileiro de 2000.

      Porque da mesma forma que o Flamengo não pode ser campeão de um brasileiro pois o campeonato não tinha DOIS dos QUATRO times do ano anterior,
      o Sport tb não pode ser campeão Brasileiro tendo sido rebaixado no ano anterior, e vc o considera campeão Brasileiro sendo que ele enfrentou APENAS DOIS dos 24 Times que se qualificaram pra disputar a Serie A naquele Ano.

      E o Fluminense tb não poderia terminar em NONO em 2000, pois em 1999 ele havia subido da Serie C pra B.

      O fato é que pra MIM os caminhos totalmente contrarios na formação da sua opnião ao analizar esses 3 fatos apontam para o mesmo objetivo,
      diminuir a Historia do Flamengo, colocando ele como um time que tenta ganhar no tribunal um titulo que não conseguiu em campo.

      Pra mim unico culpado de todas essas bagunças já citadas é a CBF,
      e o Flamengo obedeceu uma determinação da Instituição que naquele ano havia ficado com a responsabilidade de organizar o campeonato.
      Então volto a repetir, não acho errado que analiza o acontecido friamente sem clubismo e diz q não considera o Flamengo campeão Brasileiro daquele ano.
      Já que o campeonato Brasileiro é feito pela CBF e o Flamengo não jogou todos os jogos como a mesma queria.
      Mas acho muito errado colocarem como se o Flamengo é que tivesse sido o causador de tudo isso e depois sem merito e sem motivos quisesse ter sua conquista reconhecida como titulo Brasileiro.

      Volto a repetir, o que acha q teria acontecido se fossem outros times naquela Final da Copa União?
      Fluminense e Gremio por exemplo, acha que eles teriam desobedecido o CLube dos 13 e participado do Quadrangular?

      Excluir
  36. Vcs só defendem o lado da história que lhes convém galera.

    Já pesquisei li pra caramba e no final vou resumir.
    A CBF fez uma grande merda em todos os sentidos nesse ano.
    O Flamengo NÃO É CULPADO por nd disso (até parece que ia ficar com medo de enfrentar Sport de Recife com todo respeito ao Sport).
    O Flamengo e o Inter assim como acredito que qualquer outro time da copa União apenas Obedeceu determinação do Clube dos 13.

    Então no final eu penso o seguinte, o campeonato brasileiro é feito pela CBF então, sim, o Sport Campeão Brasileiro de 87 um campeonato fraco, ridículo, cheio de trapalhadas que a CBF organizou.

    Flamengo campeão da Copa União de 87 um campeonato disputado com os maiores clubes do Brasil, que o Brasil todo assistiu e acompanhou, e só foi organizado pela incapacidade da CBF de organizar um campeonato naquele ano.

    Me respondam apenas uma pergunta todos vcs:
    Qual campeonato queriam q seu time tivesse vencido????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você erra quando tenta dividir o Campeonato Brasileiro de 1987 em dois. Existiu apenas um Campeonato, com dois módulos. Evidentemente, o campeão só poderia sair do cruzamento entre os vencedores desses módulos. (como aconteceu no ano 2000)

      Excluir
    2. Existiu uma enorme confusão que chamamos de campeonato brasileiro, cheia de politicagens e controvérsias, mas que no final as duas entidades (CBF e Clube dos 13) que organizaram, cada uma queria que fosse de um jeito. e pra CBF foi um campeonato só mas pro Clube dos 13 foram dois.

      Excluir
    3. É triste ver que alguns rivais se dão ao trabalho de fazer uma publicação inteira em desfavor do Flamengo simplesmente porque não conseguem aceitar à conquista do clube.

      É obvio, que houve dois campeonatos brasileiros em 87. Na verdade, ocorrem 4 campeonatos (módulo verde, amarelo, azul e branco), quem erra é o rapaz do comentário acima, que deve achar que conhece a história do campeonato de 87. O próprio Eurico Miranda, maior "hater" do Flamengo, falou em alto e bom som. Isso porque foi ele que assinou o tal cruzamento.

      O PC Filho também erra ao dizer que a CBF não propôs o quadrangular no meio do campeonato, os próprios dirigentes dos clubes, o presidente do Clube dos 13, os jornalistas, jogadores, uma simples pesquisa e é possível ver várias declarações de quem esteve lá, inclusive a pessoa que mais tem interesse em prejudicar o Flamengo, Eurico Miranda, de que o cruzamento foi proposto já na segunda rodada da Copa União, e foi assinado unilateralmente pelo Eurico Miranda, que à época disse que o cruzamento decidiria apenas quem seriam os dois presidentes da libertadores (tem isso em vídeo no youtube). E ainda assim, os demais dirigentes refutaram a conduta do cartola veementemente, tanto é que logo em seguida ele foi destituído do cargo de vice-presidente. Poxa, o autor desse blog quer fingir que a história não existe rs

      Dá pra ver nos comentários que ele insiste na tese de que a Copa União fazia parte do mesmo campeonato do Sport rsrs. Alguém aqui conhece algum campeonato do universo em que um grupo de um campeonato é transmitido em um canal, e o outro grupo no outro? rsrs tipo assim, "a Globo transmitirá o grupo A da liga dos campeões, e o SBT vai transmitir só o grupo B rsrs O fato principal que mostra que o suposto campeonato unificado não foi planejado previamente (e sim a Copa União), é que nenhum torneio justo teria a suposta divisão que foi feita: todos os campeões brasileiros juntos no mesmo grupo, e só o Guarani do outro.
      O que eu achei mais engraçado foi ele dizer que o Inter, que já era tri campeão, e o maior Flamengo da história "dono da década de 80", base da seleção brasileira, ficaram com medo de enfrentar o Sport campeão de nada rsrsrs Qualquer pessoa com inteligência média vai perceber que a CBF não conseguiu colocar o América e o Guarani pra dentro da Copa União, e teve que chamar mais 14 clubes de segunda linha pra fazer um suposto segundo grupo do campeonato brasileiro. Os dois maiores campeões brasileiros da época (ainda não havia reconhecimento dos campeonatos anteriores à 70), ficaram com medo? rsrs que falta de respeito coleguinha

      Excluir
    4. Realmente, muito bom o argumento da colega, eu também acho que por conta de todas essas manchas, dessas confusões, o mais justo seria a divisão do título. Meu lado emocional, de torcedora, quer ver o mal do Flamengo, mas meu lado racional também acha que não é justo o Sport ser considerado campeão e o Flamengo não, a Copa União foi um torneio muito maior. É o mesmo que a UEFA decidir que o campeão europeu só vai ser definido com a disputa entre os finalistas da Champions League e os finalistas da Liga Europa... Real e Juventus, por exemplo, se negam a disputar, e o Ajax que foi pra final da liga Europa se torna o grande campeão Europeu por W.O., enquanto Real e Juventus, que derrotaram os maiores times, os gigantes europeus, não são considerados nada... é só uma opinião, acho um desrespeito com os torcedores e com aqueles dois grandes times do Inter e do Flamengo da década de 80. Mas na FIFA e na CBF tudo é circo, agora resolveram desmerecer os títulos mundiais dos clubes também.

      Excluir
    5. Grazi,

      O paralelo que vc traça não é nada razoável. A Liga dos Campeões e a Liga Europa são competições distintas. Os melhores clubes de cada país europeu disputam a Liga dos Campeões, e os clubes "logo abaixo" disputam a Liga Europa. Tudo isso com base em critérios absolutamente técnicos, pré-definidos.

      O Campeonato Brasileiro de 1987 foi uma única competição, dividida em dois módulos. E não houve um critério técnico para a divisão desses módulos. Se houvesse, o Guarani certamente estaria no módulo "de cima" (caso você não saiba, o Guarani foi o vice-campeão brasileiro de 1986, tendo perdido a decisão para o São Paulo nos pênaltis).

      Não seria justa a divisão do título, de maneira alguma. Flamengo e Internacional não cumpriram o regulamento assinado, e jamais poderiam ser "campeões brasileiros" numa competição em que não enfrentaram o Guarani. Seria o equivalente de tirar o Santos, vice-campeão de 2016, do Brasileirão de 2017. Um absurdo total.

      Quem desrespeitou os torcedores de Flamengo e Inter foram as diretorias dos próprios clubes, ao abrirem mão de disputar o título do Campeonato. Agora, ficam tentando ganhar no tapetão 30 anos depois. E perdem, obviamente. Vão perder sempre. Porque quem assina tem que cumprir. E quem não cumpre o que assinou perde a razão.

      Excluir
    6. Aí eu discordo colega, Flamengo e Inter cumpriram o que haviam acordado com o Clube dos 13, se a CBF quis forçar a barra e impor um novo regulamento quem perdeu a razão, pra início de conversa, segundo seu raciocínio, foi a própria CBF. Ela não havia assinado, em 86, as regras de acesso e descenso para 87? bastava ela ter seguido as próprias normas, na condição de entidade organizadora, que nada disso teria ocorrido.

      Acho que o paralelo que eu tracei é bem semelhante com o que ocorreu em 87, no mínimo é razoável. Não dá pra falar que seria um absurdo o Guarani não disputar o campeonato, porque a Copa União era uma competição distinta do campeonato brasileiro, ela não tinha obrigação de seguir as regras de acesso e descenso estipuladas pela CBF no ano anterior, não havia vinculação. Quem tinha obrigação de seguir era a CBF, não o Clube dos 13. É como a Primeira Liga, ela não foi criada pela CBF, portanto foi organizada com critérios próprios, não dá pra dizer que é injusto que time A ou time B não esteja participando.

      A Copa União não era denominada "campeonato brasileiro", mas tinha a intenção de suprir a ausência de um campeonato nacional que, naquele ano, não existiria. Embora eu também ache que seria melhor ter o Guarani no torneio, não dá pra dizer que foi injusto. Em diversas competições de nível mundial, nem o campeão garante vaga na edição seguinte (vide a antiga copa do brasil, mundial de clubes), quem dirá o vice-campeão (libertadores, copa do mundo) e ainda de uma competição diferente, porque, como eu disse, a Copa União não era a continuação do Brasileiro de 86, era um campeonato novo criado em 87, por outra entidade não vinculada à CBF. Também de nível nacional, com os melhores clubes, mas que não era vinculado ao Brasileiro de 86.

      Tudo bem que o Eurico assinou unilateralmente um documento, mas eu sou a favor da divisão justamente por isso, foram tantos documentos e regulamentos assinados, revogados, modificados. Eu acho que o Sport também "merece" ser campeão porque não tem culpa da bagunça instalada pela CBF, mas desportivamente não enfrentou os grandes clubes do país como se espera de um campeão brasileiro. Com exceção do Guarani, o Sport só enfrentou times que deveriam estar na "série B" e que, até hoje, não possuem muitos títulos no cenário nacional. Nem no mesmo canal o suposto "mesmo campeonato" foi transmitido.

      Mas Brasil é isso, bagunça total! Aqui se ganha mundial sem libertadores, se sobe da série C para a Série A, é uma vergonha.

      Excluir
    7. Você escreveu:
      Aí eu discordo colega, Flamengo e Inter cumpriram o que haviam acordado com o Clube dos 13, se a CBF quis forçar a barra e impor um novo regulamento quem perdeu a razão, pra início de conversa, segundo seu raciocínio, foi a própria CBF.

      E você está errada. A CBF não quis impor nenhum novo regulamento. Desde o começo do Campeonato, o regulamento era claro: dois módulos de 16 clubes cada, com os dois melhores de cada módulo decidindo o título no quadrangular final. Essa informação está nos jornais da época, hoje disponíveis para pesquisa na hemeroteca digital da Biblioteca Nacional. O regulamento nunca chegou a ser modificado. Quem tentou modificar o regulamento FOI O FLAMENGO, em janeiro de 1988, convocando um Conselho Arbitral para isso (não conseguiu, pois era necessária a unanimidade e cinco clubes votaram contra a virada de mesa).

      Você continua...
      Tudo bem que o Eurico assinou unilateralmente um documento, mas eu sou a favor da divisão justamente por isso, foram tantos documentos e regulamentos assinados, revogados, modificados.

      Errada de novo. Não houve nada disso de assinatura unilateral de Eurico, nem "tantos documentos e regulamentos assinados e revogados". Havia, isso sim, um único regulamento, assinado por todos os 32 clubes desde o princípio, e descumprido por Flamengo e Internacional.

      Você continua...
      ... a Copa União não era a continuação do Brasileiro de 86, era um campeonato novo criado em 87, por outra entidade não vinculada à CBF. Também de nível nacional, com os melhores clubes, mas que não era vinculado ao Brasileiro de 86.

      Então, que o Flamengo se declare "campeão da Copa União, um campeonato que não tem nada a ver com o Campeonato Brasileiro". Aí eu concordaria totalmente. Mas não é isso que o Flamengo quer: o Flamengo quer ser reconhecido como campeão brasileiro de 1987. E isso ele não é.

      Por fim, quando você diz:
      Mas Brasil é isso, bagunça total! Aqui se ganha mundial sem libertadores, se sobe da série C para a Série A, é uma vergonha.

      Você finalmente se trai, fazendo ruir a historinha de que é torcedora do Fluminense. Nenhum tricolor de verdade cita "subir da Série C para a Série A", porque os tricolores que viveram aquela época do futebol brasileiro sabem que não foi assim que a história se desenrolou. Não houve Série B em 2000, e o Fluminense foi forçado a disputar uma Série A com 116 clubes, na qual terminou em 9º lugar (3º na fase inicial, muitas posições à frente do próprio Flamengo), conquistando assim NO CAMPO o direito a disputar a Série A de 2001.

      O fato de você, flamenguista, precisar criar um personagem tricolor fictício para tentar argumentar só demonstra a completa fraqueza da sua tese.

      Mas eu incentivo: continuem tentando! A gente se diverte. :)

      Excluir
  37. Contra fatos não tem argumentos. Sport Recife campeão brasileiro de 1987. Vasco em 1986 foi o 15 colocado do brasileiro. Então o único erro seu tricolor foi dizer que o Vasco não deveria disputar o brasileiro de 1987. Vencido pelo Sport com glória.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Vasco foi rebaixado em 86, sim, mas entrou no tapetão e conseguiu anular o rebaixamento, devido a uma confusão lá, se não me engano envolvendo Sergipe e Joinville.

      Excluir
  38. CBF (uma entidade que só visa politica e interesses próprios) reconheceu titulo brasileiro do Santos, onde o mesmo já entrou na Semi Final do campeonato, e não vejo ninguém discutindo isso.

    A verdade é que o Flamengo venceu o Maior campeonato Nacional daquele ano, porém o mesmo não foi organizado pela CBF.

    E só pra não deixar passar, é impressionante como Eurico Miranda sempre ta no meio dos rolos, tapetões, discussões e toda confusão que aparece no futebol brasileiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diego, aconselho que você leia outros posts deste blog. Ninguém questiona o reconhecimento da CBF dos títulos da Taça Brasil? Não, não! EU QUESTIONO!!! SEMPRE QUESTIONEI!!!

      O Santos não foi "pentacampeão brasileiro" coisa alguma. O Santos conquistou, entre 1961 e 1965, cinco Taças Brasil, competição predecessora da atual Copa do Brasil, que nada tem a ver com o atual Campeonato Brasileiro.

      O atual Campeonato Brasileiro, principal competição de clubes do país, começou a ser disputado em 1967, com um título do Palmeiras. Em 1968, aí sim, o Santos conquistou seu primeiro Campeonato Brasileiro. Em 1969, o Palmeiras ganhou o bi. Em 1970, o Fluminense conquistou o seu primeiro Brasileirão. Em 1971, o Atlético Mineiro levantou a taça. E por aí vai, até chegarmos ao título do Corinthians em 2015.

      Os títulos que o Santos conquistou após enfrentar só semifinal e final não são Campeonatos Brasileiros, independentemente do que a CBF diga sobre isso hoje em dia.

      Excluir
    2. Me perdoe pela injustiça no SEU CASO (meu "desabafo" não foi voltado apenas à vc), realmente não li os outros posts e nesse caso concordamos, isso não foi um campeonato Brasileiro, mas hj em dia a CBF o reconhece como tal, e algumas pessoas que se preocupam tanto com esse Titulo do Flamengo de 87 nesses outros casos tem opiniões contrarias o que pra mim prova q no caso delas não estão jugando fatos e méritos e sim estão tentando iminuir o Flamengo.

      Excluir
  39. Apenas uma interferência em um dos tópicos tão arduamente debatidos acima. Um rapaz que defende o lado flamenguista insiste em desmerecer a conquista do Sport afirmando que não houve cobertura da Globo para os jogos em Campinas e no Recife, que a dupla teria tido que "recorrer" ao SBT. Se fosse assim tão necessário o crivo da Globo, não entendo por que, então, o próprio repórter da emissora chamou o Sport de campeão brasileiro nesta matéria

    https://www.youtube.com/watch?v=TtfhkkrF2YE&ab_channel=P%C3%A9riclesM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e quem disse que o Sport não é campeão brasileiro Mike? Que o Sport é o campeão oficial pela CBF, todos sabem. Mas não sei qual pessoa sensata vai discordar que foi uma espécie de série B mascarada com aval da CBF, sendo o campeão brasileiro mais fajuto da história. Com validade de quadrangular, ou não, o que aconteceu no mundo real foi que não houve cruzamento, e na prática o campeonato do Sport foi jogar contra um monte de time de segundo escalão do país que nunca tinham sido campeões brasileiros, nem de nada, com exceção do Guarani, que deveriam ter sido todos rebaixados segundo a regra da CBF de 86, aí jogaram um campeonato entre si, que a grande maioria da população mal deu atenção. Qualquer pessoa viva em 87, sabe que a realidade foi essa. E o Sport foi declarado campeão brasileiro. E a Copa União, que foi o centro das atenções de 87, quem dizer que não vale nada rs.
      Eu sou flamenguista, e também falo que o Sport é campeão brasileiro, não precisa copiar link de repórter rsrs. Também posso juntar muito mais links de repórteres, jogadores, dirigentes que falam que o Fla é o verdadeiro campeão, mas claramente vocês só são coerentes quando lhes convém. rs

      Excluir
  40. Meu caro, é evidente que você não emite uma opinião imparcial sobre o campeonato de 87. Vou emitir o meu lado da verdade para que os torcedores sensatos possam refletir, fique a vontade em apagar caso se sinta ofendido pelo tamanho ou teor do texto, mas é uma discussão válida. O título da sua publicação deveria ser: “minha opinião sobre o campeonato de 87”, ficaria mais fidedigno com o que você escreveu, é muita prepotência dizer que essa é a “verdade”, olhando apenas do seu prisma, e sem apresentar, ou conhecer, todos os fatos como realmente ocorreram para os torcedores.
    Vi alguns dos seus comentários, e alguns deles não têm o mínimo sentido. Dizer que a Copa União é uma espécie de primeiro turno do campeonato brasileiro foi a maior asneira que eu já vi alguém escrever sobre o campeonato de 87, certamente você não deve ter acompanhado o torneio. Eu nunca vi primeiro turno ter grito de “é campeão”, ganhar taça, constar no Guia Oficial da CBF como título nacional, ter álbum sendo vendido nas ruas, faixa de campeão, ser noticiado na televisão como campeão brasileiro, pôster de campeão. Nunca vi isso em um primeiro turno. rs
    O mais bizarro de tudo, além de querer desmerecer o título do Flamengo, foi o fato de ter deixado de mencionar que o tal módulo amarelo que o Sport participou nem mesmo era transmitido no mesmo canal que a Copa União, era um campeonato separado até nisso. Os álbuns que as pessoas compravam na rua era da Copa União, não era o “campeonato brasileiro”, não tinha Sport ou qualquer outro time, o campeonato que o Brasil acompanhou foi esse, o patrocinador master (Coca-Cola) bancou exclusivamente a Copa União, e 95% da torcida brasileira era representada por ela. Então é uma grande piada sua escrita irônica insinuando que a Copa União foi um título simbólico. Simples, pegue o Guia Oficial da CBF de 2015 e 2016, que a própria entidade disponibiliza, e veja o rol de títulos nacionais do Fla, você vai ver a Copa União lá. Ao que eu saiba, títulos simbólicos não constam em guias oficiais. Além de tudo, a CBF já se posicionou em 2011 sobre a unificação do título e do termo “campeonato brasileiro”, que por uma intervenção jurídica, extracampo, teve que tirar, mas que já deixou claro, pra todos, o posicionamento oficial da entidade. E no mundo fático, nada se alterou.
    O pior de tudo é você querer falar de regra e CBF na mesma sentença RS, tudo que a CBF não fez em 87 foi seguir regras. Se assim o fizesse, o campeonato de 87 nem mesmo teria a participação do Sport, já que a própria entidade estabelecera em 86, junto ao CND, que o campeonato de 86 seria classificatório para 87, e que este teria apenas 24 equipes. Então, como o Sport, que ficara em 28º participaria? Não adianta falar que a Copa União também desrespeitou as regras classificatórias, se nem sequer ela tinha obrigação de seguir critério da CBF, quem deveria seguir o próprio regulamento era a entidade. O clube dos 13 confeccionou um campeonato distinto e desvinculado do campeonato brasileiro, com classificação própria, do qual foi utilizado o ranking da CBF e massa torcedora pra definir os participantes, o critério foi outro, já que não era o mesmo torneio. O Guarani e o América tinham direito de participar do campeonato brasileiro da CBF, não da Copa União. Do mesmo jeito que o vice-campeão da Libertadores de um ano pode nem participar no ano seguinte, e não é injusto, porque o critério de seleção não é a posição que o time terminou no torneio, e sim um critério distinto. Assim como o Clube dos 13 utilizou seu próprio critério, já que a CBF nem mesmo faria um torneio em 87. E não dá pra falar que foi um critério injusto, já que se assemelha à vários outros torneios e, inclusive, outros esportes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem inúmeros outros argumentos que tornam sua tese, no mínimo, duvidosa e incoerente. Você fala tanto em descumprimento de regra por parte do Fla, que pra início de conversa me parece bem hipócrita, já que, ao que me consta, você nem é torcedor do Sport, e sim de um dos clubes que jogaram a Copa União. Então, seu clube seguiria os mesmos passos do Fla se tivesse sido campeão.
      Eu, como Flamenguista declarada, tento ainda emitir uma opinião mais imparcial. Reconheço que o Sport é campeão brasileiro, pelo simples fato de ter sido a CBF que autorizou o campeonato que ele jogou. Mas, em contrapartida, sei que a Copa União teve muito mais peso no mundo futebolístico. No fundo, todos sabem que o tal módulo amarelo foi uma espécie de série b mascarada. Esquecem do fato, ou não sabem, que o América nem sequer quis participar porque entendia que seria disputar o equivalente a Série B, que o Sport fez manifestação na praça de Recife pra entrar na Copa União, assim como o Guarani entrou na justiça comum pra adquirir esse direito, e por aí vai.

      Se o tal cruzamento do módulo verde contra o amarelo seria a disputa do campeonato brasileiro, o que foi o módulo azul e branco? RS Ao que me consta, não há reconhecimento oficial como série B, C ou D pela CBF, se você ver o rol de campeões, não tem esses times. Não houve cruzamento, então cada um foi campeão separada de cada módulo. Nenhum dos dois subiu para a Série A, no ano seguinte. Então que campeonato foram esses outros módulos? Porque o Inter abriu mão de disputar o título da série A? Pq o América que ficou em último no campeonato de 87, mas disputou o campeonato de 88 normalmente, e o nono colocado foi rebaixado? Se os dois módulos eram equivalentes, pq só os times do módulo amarelo caíram em 87? Pq o Fla e Inter não foram punidos? Pq o Sport e Guarani não foram punidos ainda mais, pelo resultado combinado da final do módulo amarelo? Então é fácil falar que o Inter, e Fla desrespeitaram algum regulamento, se houve aval do CND, concordância do Clube dos 13, mas tá tudo certo a CBF quase defecar nos seus próprios regulamentos RS. É muito sujo você falar de um modo como se Fla e Inter tivessem fugido do campeonato, é triste saber que existem jornalistas desse nível.

      Enfim, até no papel que você colocou em um dos comentários, dá pra ver a parte que fala que “a CBF cassou na justiça o direito do CND de organizar o campeonato de 87”. Então é evidente que foi uma “queda de braço” jurídica e uma bagunça que se alastrou por um bom tempo e os prejudicados foram os clubes, que mal sabiam se era a CBF, CND ou Clube dos 13 que mandava. No caso do Sport, foi extremamente beneficiado, mas que não tem nada com isso tbm. Mas quem é coerente, sabe que o torneio foi uma verdadeira bagunça e o mais justo seria o reconhecimento dos dois campeões, pelo peso da Copa União por parte do Flamengo, e do Sport, pelo aval da CBF, que foi a principal causadora do imbróglio. Tanto é que a CBF assim o fez, mas o Sport apelou para uma decisão jurídica, que provavelmente nem seria a mesma se fosse proposta hoje em dia.
      Então, para os incoerentes e hipócritas fica o “mimimi de STF”, enquanto isso o título do Fla continua aparecendo nos Guias Oficiais da CBF, a torcida continua do mesmo jeito, a TV continua falando que a GNT tá disputando o HEPTA, as piadas de “cheirinho de hepta” vão continuar. No fim das contas é uma verdadeira discussão inócua, principalmente por quem não é torcedor do Sport nem do Fla, fica com ares de “chororô”. Abraço!

      Excluir
    2. Olha os argumentos da moça... o álbum de figurinhas... o patrocinador master... a televisão... a faixa de campeão... é pra levar a sério?

      Escreve um texto maior que o próprio post, cheio desses argumentos insanos, e nada de explicar como é que pode existir um "Campeonato Brasileiro" sem a presença de dois dos quatro semifinalistas do ano anterior...

      Fala em "Série B mascarada". Que inovação: uma Série B com dois dos quatro semifinalistas da Série A do ano anterior! UAU! Deve ser tipo aquela "Série B" do ano 2000, em que o São Caetano chegou à final da Série A e foi pra Copa Libertadores do ano seguinte.

      O que dá pra aproveitar do textão é: "Reconheço que o Sport é campeão brasileiro".

      Bom, se você mesma reconhece, acabou qualquer discussão. Abraço!

      Excluir
    3. "Olha os argumentos da moça... o álbum de figurinhas... o patrocinador master... a televisão... a faixa de campeão... é pra levar a sério?" - São fatos históricos colega, você acha tudo isso normal então? rs Só pra saber seu nível de coerência rs

      "... e nada de explicar como é que pode existir um "Campeonato Brasileiro" sem a presença de dois dos quatro semifinalistas do ano anterior..." oi??? Como não? rsrs Quem parece se esquivar de argumentos lógicos não sou eu rsrsrs Pelo contrário, deixei bem claro que o motivo pelo qual esses dois clubes não participaram, foi o fato do Clube dos 13 ter utilizado outro critério de classificação, este não tinha obrigação nenhuma de usar a posição do campeonato do ano anterior para definir os participantes da Copa União, o motivo dela ter sido criada foi, justamente, a inércia da CBF, portanto, não tinha vinculação com os critérios da entidade.

      Pela sua lógica, seria um absurdo a Copa do Mundo de 2018 não ter a vice-campeã Argentina e nem o Brasil, semifinalista em 2014. Se eles não se classificarem via eliminatórias, eles não irão rs. Também seria um absurdo o vice-campeão da Libertadores desse ano não se classificar pra edição do ano que vem. E o mundial de Clubes então? o que vc acha do CAMPEÃO não garantir vaga pra edição seguinte? rs Cada competição tem seus critérios próprios, a Copa União não foi diferente, como a CBF havia abdicado de organizar o campeonato (tanto é que ele só começou no final do ano, e só terminou no ano seguinte) o clube dos 13 confeccionou a Copa União com seus próprios critérios.

      Você pode até insistir, por birra, que não era uma série B mascarada, mas, na prática, o América nem participou do campeonato. Então, o que vimos foi o Guarani e mais 14 times. Pegue o Flamengo que é vice-líder do campeonato desse ano e coloque ele lá na série B e façam um campeonato novo o ano que vem.. pode até ser meio injusto com o Fla, ainda assim esse torneio teria muito mais cara de série B do que de série A, por isso o termo "série B mascarada", mas, claro, é uma grande inovação minha rsrsrs

      Por fim, quando disse que "reconheço o Sport", reconheço em conjunto do Flamengo. Pela simples aval da CBF em 87, e por entender que o Sport, apesar de ter sido beneficiado, não tem culpa de nada, assim como Inter e Fla também não. Renegar o título do Fla, como vocês fazem, é ir de encontro com o próprio senso de coerência de vocês. Até pq a própria CBF, mesmo depois de 2011, continua citando a Copa União no rol de títulos nacionais do Fla, basta olhar seus guias OFICIAIS (até desse ano), ou seja, independente da decisão do STF, o que mudou foi somente a unificação do termo "campeão brasileiro" pela entidade, não destituindo o título de campeão nacional da copa união em 87 do Fla, assim como os vencedores da Copa do Brasil não são chamados de campeões brasileiros, o que não diminui as conquistas. Mas como eu disse antes, nossa discussão é inócua, nem você irá concordar comigo, nem eu com você. rsrs. Boa tarde!

      Excluir
    4. Para a CBF, o campeão brasileiro de 1987 é único, e é o Sport Recife. O resto é mimimi.

      Excluir
  41. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  42. É, esse debate sobre o título do Sport de 1987 vai dar muito pano, espera que não pra manga, mas para lenços, rsrs.

    ResponderExcluir
  43. Sport caiu em 86 e foi campeão em 87? Como pode isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Botafogo caiu em 86 e jogou a primeira divisão em 87? Como pode isso?

      A histórica desorganização do futebol brasileiro não pode servir de argumento para defender lado nenhum...

      Excluir
  44. Algo que eu gostaria que fosse esclarecido pelo PC.
    Fiquei com uma simples duvida sobre o campeonato brasileiro de 2013.
    Lembro bem que o Flamengo ( Campeão Copa do Brasil ) teve seu jogo contra o Cruzeiro ( Campeão Brasileiro Antecipado ) antecipado para sábado, jogo rm que houve troca de faixas, os 2 times com 0℅ de chances de rebaixamento.
    Se não me engano, o Flamengo entrou em campo com 48 pontos e com um empate em 0 a 0, foi a 49.

    Lendo sua opinião sobre 2013 quando questionado por algum Vinícius,onde disse que em campo o Fluminense terminou na frente de clubes como o Flamengo, gostaria de saber porque o Fluminense jogou a sua ultima rodada em um jogo de vida ou morte no domingo e ao final da partida foi anunciado o rebaixamento do clube?

    Coisa que mudou apenas após o julgamento do STJD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A resposta a esse questionamento é muito simples, caro anônimo. Os torcedores e a imprensa em geral só podem avaliar as situações baseados nos fatos conhecidos por eles, obviamente. Ao fim da 38ª rodada do Brasileirão de 2013, eu, PC, desconhecia completamente o fato de o Flamengo ter escalado um atleta suspenso na véspera, e também o fato de a Portuguesa ter acabado de escalar um atleta suspenso, no jogo recém-encerrado. Assim, baseado nas informações que eu possuía, o Fluminense parecia mesmo estar rebaixado para a Série B, fato que lamentei inclusive aqui no blog.

      No entanto, assim que descobri que primeiro o Flamengo e depois a Portuguesa cometeram o inacreditável erro de escalar um atleta suspenso cada um, passei a ter a certeza de que o Fluminense não estava mais rebaixado. Ora, o regulamento do Campeonato é claríssimo: a escalação de um jogador suspenso acarreta a perda dos pontos conquistados na partida em que ele tiver sido escalado, acrescida de uma punição extra de 3 pontos. Está escrito de maneira claríssima no regulamento que todos os clubes assinaram. E PORTANTO ESSAS PUNIÇÕES FAZEM PARTE DO RESULTADO DE CAMPO DO CAMPEONATO.

      Analisei a tabela e percebi que o Fluminense, que terminara com 46 pontos (e continuou com os mesmíssimos 46 pontos após o julgamento), ficou na verdade à frente de Flamengo e Portuguesa, e que portanto estaria livre do rebaixamento, já que 5 clubes estavam com menos pontos que ele.

      Qual é a dúvida?

      Excluir
  45. Embora eu seja tricolor, tenho que reconhecer que o título do Sport foi vencido mais no papel do que no futebol. Tudo bem que não foi o Sport que deu causa ao conflito, mas se até a CBF havia reconhecido os dois como campeões em 2011, a disputa deveria ter se encerrado ali. Se a própria entidade tomou essa decisão, acho que foi uma forma de reconhecer que a causadora do imbróglio foi ela, e que o mais correto seria aceitar os dois módulos como campeonatos distintos. Todos sabemos que na prática foi o que aconteceu, mas é uma pena o futebol brasileiro ser tão manchado e desorganizado, espero que melhore!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A CBF não tem o poder de modificar a história. Se em 2039 a CBF resolver dividir o título de 2012 do Fluminense com o Atlético Mineiro, "a disputa deveria se encerrar"? Claro que não. Nós acompanhamos o Campeonato de 2012 e sabemos que o Fluminense foi o único campeão. Não podemos jamais aceitar a divisão do título com quem quer que seja.

      A CBF não causou confusão alguma em 1987. Ela simplesmente fez cumprir o regulamento do Campeonato, marcando os jogos do quadrangular para janeiro de 1988, escalando árbitros e tudo. Quem causou a confusão foram os clubes que estranhamente não apareceram para jogar.

      O mais correto é, sempre, cumprir o que está escrito e assinado, de acordo com as Regras do Jogo e os regulamentos dos Campeonatos. Só assim o futebol brasileiro se livrará de eventuais manchas e desorganizações.

      Excluir
    2. Colega, desculpe, mas "o paralelo que você trata não é nada razoável" rs. É justamente esse ponto, você praticamente argumentou pra mim rs, nem a CBF, nem o STF, nem ninguém tem o poder de modificar a história. Quem acompanhou o campeonato de 1987 viu o Flamengo sendo campeão, "não podemos aceitar" que uma decisão judicial em "2039" (leia-se 2017) venha modificar o que a gente viu, concordo plenamente com sua linha de pensamento.

      Não é coerente você falar que a CBF não causou confusão alguma. Ao que eu saiba, o Sport (e/ou outros clubes) nem estariam no campeonato de 1987 se a CBF tivesse cumprido o que estava "escrito e assinado, de acordo com as Regras do Jogo" em 86 e não tivesse abdicado de organizar o campeonato de 87, o clube dos 13 mal existiria rs. Então ela não causou confusão nenhuma??? :o Poxa colega, eu estava achando que esse era um post sério. Quem conhece a história de 87 não tem nem como falar que a CBF não causou confusão.

      Bom você ter citado 2012, imagine que ele fosse organizado pelo Clube dos 13, aí todo mundo tenha visto e acompanhando o Flu sendo campeão em 2012, mas quando acabasse o campeonato a CBF dissesse que tem um regulamento assinado pelo Eurico Miranda que obriga o Flu a jogar contra o campeão da Série B de 2012, e que na verdade não houve série B, mas sim eram 2 módulos do mesmo campeonato rs. Aí o Flu, obviamente, se nega (não por medo, mas por coerência), mesmo estando "assinado", e no final das contas o Goiás (que ganhou a Série B) que é considerado o "grande" campeão pela CBF. É como você mesmo disse, todo mundo que assistiu vai saber que o flu foi campeão, mas lá na frente o que valeria, principalmente para os rivais incoerentes, seria o papel, todo mundo ia falar que o Goiás que é reconhecido, que o que vale é o STF, que blablá, e a história seria ignorada. é basicamente o que ocorreu em 87.

      Mas respeito sua opinião amigo, não é das mais imparciais, mas tem certa dose de coerência, não totalmente, mas tem. Respeito os dois lados. Abraço!

      Excluir
    3. Poxa colega, eu estava achando que esse era um post sério.

      Esse é um post sério, apoiado nos fatos, tentando desenhar para vocês os fatos que tanta gente mal-intencionada tenta distorcer.

      Você insiste com a tese equivocada de que o "outro módulo" era a Série B. Não era Série B, nunca foi Série B. Onde já se viu "Série B" com dois dos quatro semifinalistas da Série A do ano anterior?? Isso não existe. O Guarani e o America tinham o direito inequívoco e inquestionável de disputar a Série A de 1987, e assim o fizeram. (O America até desistiu no meio do Campeonato, por discordar da divisão injusta de cotas entre os módulos, mas aí já é outra história.)

      A tua comparação com 2012 é totalmente sem sentido. A Série B de 2012 tinha 20 clubes que não tinham direito algum a disputar a Série A, e por isso mesmo não havia nenhuma previsão de "cruzamento de módulos" no regulamento do Campeonato. Se a CBF fizesse o absurdo que vc delirou, forçando um cruzamento da Série B com a Série A, seria uma óbvia virada de mesa. Situação que dista do que aconteceu em 1987 em escala interestelar.

      Quem está tentando reescrever a história de 1987 é quem defende o lado do Flamengo. Aproveitem e peçam para jogar de novo a Copa Libertadores de 1988, trinta anos depois. Mas aí não reclamem se o Atlético Mineiro quiser refazer o jogo da roubalheira de 1981... ;)

      Excluir
  46. PC Filho, você é um comediante cara kkkkk, falar que a CBF não fez confusão, falar que Eurico não assinou um documento concordando com o regulamento contra a vontade do clube dos 13, tratar como absurdo o Flamengo querer ser reconhecido Campeão Brasileiro em 87 tendo vencido todos os times grandes do País e com normalidade um campeonato com 116 times feito para puxar o Fluminense da Serie C direto pra serie A.

    A CBF é unica culpada dessa confusão toda, isso só aconteceu pois ela se declarou incapaz de organizar o campeonato brasileiro daquele ano e então surgiu o clube dos 13 e etc... não vou ficar aqui repetindo tudo que vc já sabe mas faz questão de não acreditar.

    E o Pior, para de usar essa tese de que o Flamengo não foi campeão Brasileiro pois o Guarani e o America tinham direito de disputar a serie A desse ano e não estavam entre os times da copa União, eu posso ate concordar com seu argumento, eles realmente tinham esse direito, porém se você usa isso como motivo deveria no minimo defender que não houve campeão Brasileiro em 87 pois como poderia o Sport ser campeão se havia sido rebaixado no ano anterior?

    O Flamengo e o Inter não disputaram pq o CLUBE DOS 13 não aceitou o quadrangular, tem nd disso de que Flamengo não quis encarar o todo poderoso Sport, e o Inter? que só teria a ganhar com essa disputa de quadrangular já que havia sido derrotado pelo Flamengo na copa União? Obedeceu tb a decisão do CLUBE dos 13.

    Resumindo CBF fez a merda toda, eu sou Flamenguista e realista, o Flamengo não disputou o Campeonato Brasileiro feito pela CBF, e não obedeceu o que a CBF ordenou, então a CBF não tem pq reconhecer o Flamengo como Campeão Brasileiro, tudo bem.

    Mas o Flamengo ganhou no campo o Maior Campeonato Nacional desse Ano, o Campeonato com todos os times Grandes do País, ele apenas foi organizado pelos clubes e não pela CBF, e isso sim é um fato e não uma interpretação, ou uma das muitas mentiras que vc vem dizendo aqui. Aquele Abraço, saudações Rubro Negras e paguem as duas Séries B por favor antes de questionar nossa SELEÇÃO dos anos 80.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Campeonato de 2000 foi feito para puxar o Fluminense da Série C pra Série A? Já começou errado, amigo. Leia sobre o caso Sandro Hiroshi, que aconteceu enquanto o Fluminense tava lá quietinho, na dele, jogando e ganhando no campo a Série C... Foi o caso Sandro Hiroshi que originou o Campeonato monstrengo de 2000... envolveu São Paulo, Internacional, Botafogo, Gama... o Fluminense não teve absolutamente nada a ver com isso. E apenas acatou a determinação da CBF de disputar o Campeonato que lhe foi disponibilizado. Aliás, disputou e HUMILHOU os demais grandes clubes do país. Recém-saído da terceira divisão, terminou a fase inicial à frente de quase todos (em terceiro lugar). E muito à frente do teu Flamengo, que terminou aquele Campeonato na DÉCIMA-NONA posição. Quem é que deve a Série B mesmo?? O Fluminense? Tem certeza??

      É óbvio que, se a CBF fosse uma entidade organizada, o Sport Recife não teria disputado o Brasileirão de 1987, após ter sido rebaixado em 1986. Porém, a bagunça do nosso futebol não pode ser usada para deslegitimar ou legitimar nada, ou então teríamos que cancelar quase todos os Campeonatos até 2002, convenhamos. O Vasco entrou pela janela em 1984 e terminou vice-campeão, ganhando até vaga na Libertadores. O Flamengo terminou o Campeonato de 1969 em penúltimo e jogou o de 1970. São centenas de viradas de mesa ao longo da história. Se formos apagar da história todos os campeonatos "contaminados", vamos apagar toda a história. Não faz sentido. Uma vez que os 32 clubes assinaram o regulamento de 1987 (e eles assinaram, você sabe disso), todos os participantes estão legitimados. Inclusive os rebaixados do ano anterior (entre eles, o Botafogo, que jogou o módulo vencido pelo Flamengo - opa, a presença do Botafogo invalidaria o "título" do Fla, hein? Cuidado com os argumentos que vc usa... rsrs).

      Você pode espernear o quanto quiser, pode até acreditar que o Flamengo ganhou "no campo" um Campeonato no qual ele perdeu seus dois últimos jogos por WO. Só não queria fazer com que os seres humanos não-flamenguistas acreditem nessa maluquice. ;)

      Quanto a "pagar as duas Séries B", te afirmo que o Fluminense não deve nenhuma Série B, e te DESAFIO a contestar os meus argumentos, no post devido: AFINAL, O FLUMINENSE DEVE A SÉRIE B?. Se conseguir, ganha R$ 10.000,00. Até hoje, ninguém conseguiu...

      Quanto a questionar vossa "Seleção dos anos 80", eu não preciso nem questiono nada. Um time que precisou do árbitro pra vencer o Campeonato de 1980 contra o Atlético Mineiro, um time que precisou do árbitro para eliminar o Atlético Mineiro da Libertadores de 1981, um time que precisou do árbitro para eliminar o Sport Recife em 1982 e depois precisou do árbitro de novo para vencer a final contra o Grêmio, um time que precisou do árbitro pra bater o Santos no Campeonato de 1983, e um time que fugiu da raia em 1987 não precisam que eu os questione. Os próprios fatos os questionam, fartamente.

      Aquele abraço, saudações tricolores, e um abraço do San Lorenzo. Sem árbitro, sem título. hahahahaha!

      Excluir
    2. Quanto a questionar vossa "Seleção dos anos 80", eu não preciso nem questiono nada. Um time que precisou do árbitro pra vencer o Campeonato de 1980 contra o Atlético Mineiro, um time que precisou do árbitro para eliminar o Atlético Mineiro da Libertadores de 1981, um time que precisou do árbitro para eliminar o Sport Recife em 1982 e depois precisou do árbitro de novo para vencer a final contra o Grêmio, um time que precisou do árbitro pra bater o Santos no Campeonato de 1983, e um time que fugiu da raia em 1987 não precisam que eu os questione. Os próprios fatos os questionam, fartamente.

      Aquele abraço, saudações tricolores, e um abraço do San Lorenzo. Sem árbitro, sem título. hahahahaha!

      Que belo nocaute foi esse hein PC, um soco direto, de direita,no queixo, bravo, Meus parabéns!!!

      Excluir
    3. Pode acrescentar aí também, Flamengo o time que foi bi tri vice dos anos 80 no campeonato carioca

      Excluir
    4. kkkkkkkkkkk Nocaute???

      "Quanto a "pagar as duas Séries B", te afirmo que o Fluminense não deve nenhuma Série B, e te DESAFIO a contestar os meus argumentos, no post devido: AFINAL, O FLUMINENSE DEVE A SÉRIE B?. Se conseguir, ganha R$ 10.000,00. Até hoje, ninguém conseguiu..."

      Se eu aceitasse seu desafio, quem decide o vencedor? Ah sim vc, tenho certeza que ninguem conseguiu kkkk

      Voltando ao Flamengo se vcs são felizes e faz bem pra vcs fingir que todas as conquistas do time mais popular e um dos times com mais titulos do país foi dado de presente por arbitros, continuem acreditando então, isso em nd diminui o Flamengo na verdade essa inveja de vcs o alimenta e faz grande como é.
      Afinal, eu não vejo Flamenguista fazendo Blog pra questionar conquistas dos outros times, e se fizesse ctz não daria tanto ibope.

      Seus arumentos PC Filho são unica exclusivamente de um torcedor, já cansei de ouvi-los de amigos meus torcedores de outros times no momento de zuação, e o fato de vc não conseguir admitir que o Fluminense subiu da Serie C para a Serie A direto prova isso, não foi feito pra isso tudo bem (falei so pra cutucar kkk), mas se beneficiou e muito dessa virada de mesa.

      Eu poderia aki fazer uma pesquisa e citar erros de arbitros em todas as conquistas do Fluminense, TODAS elas assim como todas conquistas de qualquer time teve erro de arbitro durante a trajetoria, mas como eu não tenho isso gravado na cabeça como vc tem as do Flamengo, pois nunca foi algo q me encomodou como provavelmente as conquistas do Flamengo te encomoda não vou perder tempo com isso.

      Confesso que o José Roberto Wright é louco e cagou no jogo contra o galo (não tenho problemas em admitir isso), mas ninguem saberia como ficaria o jogo se ele não houvesse feito isso. Detalhe José Roberto Wright é tricolor declarado.
      Prova de que ele é doido e fez varias e varias cagadas ao longo de sua vida é o que ele fez em 1985 na final do carioca entre Fluminence e Bangu, onde o Bangu sofreu um penalti CLARO ele apitou terminando o jogo e não marcou o penalti, e ainda saiu no braço com os jogadores do Bangu. Mas é claro que todos gostam de lembrar da lambança a favor do Flamengo.

      Falar que o Flamengo fugiu da Raia conta o Sport? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Se o Flamengo tivesse disputado esse quadrangular eu teria vergonha dele, por ele não ter cumprido o que foi acordado com o clube dos 13.
      Repito, o Internacional foi vice da copa União, seria o maior interessado no Quadrangular e tb não disputou pois isso foi o que ficou decidido pelo clube dos 13.
      Se o Flamengo deve ou não ser reconhecido como Campeão Brasileiro é uma coisa, falar que ele decidiu não jogar por contra propria é totalmente errado e sem fundamento, o fato do Inter não ter jogado prova isso.

      Em relação ao San Lorenzo, acho digno que vc comemore uma vitoria de outro time sobre o Flamengo, já que o seu time não conseguiu isso e perdeu o titulo carioca pra gente.

      Mas é claro, foi por causa do Juiz kkkkkkkk

      Excluir
    5. Pelo visto nocauteei mesmo, o cara ficou tão zonzo que resolveu escrever outro textão sem sentido, maior que o próprio post. rsrsrs.

      O desafio de provar que o Fluminense deve a Série B está de pé, você não aceita porque sabe que não vai conseguir, sabe que eu tenho razão.

      Quanto aos títulos do Flamengo dados de presente pelos árbitros: não sou eu que estou dizendo nada, são as imagens. Os vídeos estão TODOS AQUI. A roubalheira pró-Flamengo nos anos 80 é fartamente demonstrada. Você não pode contestar as imagens. (Você próprio admitiu aí a roubalheira de 1981, que resultou na maior conquista da história do Flamengo!)

      Se você acha que um time ser conhecido por ser o mais ajudado não o diminui em nada, paciência. Nós, do lado de fora, observamos o Flamengo e sentimos pena: o maior orçamento (com direito a bastante dinheiro público e da TV Globo), as maiores ajudas da arbitragem e dos tribunais, inúmeros benefícios com inversões absurdas de mando de campo, e ainda assim um time com resultados medíocres, tetra-eliminado na primeira fase da Libertadores, e UMA vez campeão brasileiro nos últimos 25 anos.

      Não, meus argumentos não são "de torcedor". São fatos, provados e demonstrados, e percebidos pela população em geral. Pergunte a qualquer torcedor do país quais são os dois maiores beneficiados pela arbitragem no país. Você tem alguma dúvida de que Flamengo e Corinthians serão os mais citados? Eu não.

      Você poderia mesmo fazer uma pesquisa e citar os erros de arbitragem em conquistas do Fluminense. FAÇA. Está desafiado! Pode fazer! Mostra aí, com vídeos e tudo, como eu fiz! Vamos ver se você consegue reunir algum material razoável. Eu duvido.

      Você já começou mal no seu levantamento dos erros a favor do Fluminense:
      1º. José Roberto Wright JAMAIS declarou que é torcedor do Fluminense (prove que ele disse isso!).
      2º. Em 1985, na final do Carioca entre Fluminense e Bangu, o Fluminense é que foi o clube prejudicado. Se você assistiu ao jogo, sabe disso: um zagueiro do Bangu impediu um gol certo do Fluminense com o braço, e ele não marcou o pênalti. Então, não me venha com esse papinho furado de que esse título foi roubado. Quem foi garfado nesse jogo, pra variar!, foi o Fluminense.

      Em relação ao San Lorenzo, eu comemoro mesmo. Na Libertadores, vocês não têm o árbitro. Aí passam vexame, como sempre. Estão acostumados a jogar com doze aqui no Brasil, aí na Libertadores sofrem com o homem a menos. hahahaha.

      Imagine se na final do Carioca vocês não tivessem o árbitro. Na melhor das hipóteses, levariam a final pros pênaltis, e seriam humilhados por Diego Cavalieri, que pegaria uns 3 pênaltis, enquanto T-Rex Muralha com seus bracinhos de dinossauro tomaria todos os gols, como tomou na decisão da Taça Guanabara.

      Aproveitem bastante, porque a mamata está para acabar. A divisão de cotas de TV deixará de ser injusta, a tecnologia vai chegar para acabar com os benefícios de arbitragem, e aí todos verão o Flamengo como ele é.

      Excluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.