terça-feira, 29 de maio de 2012

História - Fluminense no Campeonato Brasileiro de 1969

O jogo Fluminense x Santos em 1969 atraiu 87 mil pagantes ao Maracanã.

O Fluminense terminou o Campeonato Brasileiro de 1969 na nona colocação entre 17 participantes. A campanha tricolor teve 16 jogos: 5 vitórias, 5 empates e 6 derrotas, 20 gols-pró e 21 gols-contra. Os artilheiros do Fluminense no certame foram Flávio (10 gols), Lula (3), Denílson (2), Samarone (2), Mickey (1) e Marco Antônio (1). No jogo contra o Santa Cruz, Zé Júlio fez um gol-contra a favor do Fluminense.

Durante toda a competição, o treinador do Fluminense foi o ex-jogador e ídolo do clube Telê Santana. No primeiro semestre, o Tricolor havia se sagrado campeão carioca. No intervalo entre o fim dos Estaduais e o começo do Brasileirão, a Seleção, composta inteiramente por jogadores de clubes nacionais, conquistara a vaga na Copa do Mundo do México.

Confiram a lista de partidas do Fluminense no Campeonato Brasileiro de 1969:
07/09/1969 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 0, Cruzeiro 3 (Tostão 2 e Dirceu Lopes)
10/09/1969 - Fonte Nova (Salvador) - Bahia 1 (Mura), Fluminense 3 (Flávio 2 e Samarone)
14/09/1969 - Ilha do Retiro (Recife) - Santa Cruz 1 (Ramón), Fluminense 2 (Mickey e Zé Júlio contra)
17/09/1969 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 1 (Flávio), América 2 (Edu 2)
21/09/1969 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 2 (Denílson e Flávio), Vasco 2 (Valfrido 2)
28/09/1969 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Flamengo 1 (Galhardo contra), Fluminense 4 (Lula 3 e Flávio)
05/10/1969 - Belfort Duarte (Curitiba) - Coritiba 1 (Paulo Vecchio), Fluminense 1 (Flávio)
11/10/1969 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 2 (Flávio e Samarone), Grêmio 1 (Alcindo)
18/10/1969 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 2 (Flávio e Marco Antônio), Palmeiras 0
22/10/1969 - Palestra Itália (São Paulo) - São Paulo 1 (Zé Roberto), Fluminense 0
26/10/1969 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 0, Santos 0
01/11/1969 - Pacaembu (São Paulo) - Corinthians 2 (Ivair e Dirceu Alves), Fluminense 0
09/11/1969 - Beira-Rio (Porto Alegre) - Internacional 1 (Scalla), Fluminense 1 (Flávio)
12/11/1969 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 2 (Denílson e Flávio), Portuguesa 2 (Leivinha e Tatá)
16/11/1969 - Mineirão (Belo Horizonte) - Atlético Mineiro 2 (Oldair e Beto), Fluminense 0
23/11/1969 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 0, Botafogo 1 (Roberto)

Corinthians, Cruzeiro, Palmeiras e Botafogo classificaram-se para o quadrangular decisivo. O Palmeiras sagrou-se campeão.

PC

5 comentários:

  1. O jogo entre Fluminense e Santos atraiu mais de 87.000 PAGANTES ao Maracanã, pois provavelmente haviam mais de 100.000 PRESENTES no grande e saudoso estádio.

    ResponderExcluir
  2. O jogo entre Fluminense e Cruzeiro foi o jogo em que o embaixador americano sequestrado Charles Elbrick foi solto. Ao contrário do sugerido no filme "O que é isso, Companheiro?", não foi num jogo do flamengo, como fizeram crer no filme.

    ResponderExcluir
  3. É, Stratomaster, o problema é a mania que o povo tem de achar que tudo é o Flamengo. Os delírios de grandeza e tudo o mais...

    Campanha bastante irregular. Não devíamos estar entre os favoritos para o melhor Campeonato Brasileiro de todos os tempos em 1970...

    ResponderExcluir
  4. Alexandre, obrigado por mais essa correção. Você sempre é preciso quando o assunto é públicos pagantes e presentes. :)

    Stratomaster, obrigado pela colaboração. Confesso que não sabia que o embaixador tinha sido solto nessa partida.

    Ramón, o Fluminense não era mesmo favorito à conquista do Brasileiro em 1970. O Santos tinha Pelé e Carlos Alberto, o Cruzeiro tinha Tostão, o Palmeiras tinha Ademir da Guia, o São Paulo tinha Gérson, o Corinthians tinha Rivellino... Nem depois de garantirmos a vaga no quadrangular éramos favoritos... Diziam que a lesão de Flávio acabara com nossas chances. Não contavam com o grande Mickey...

    ResponderExcluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.