quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Efemérides tricolores - 10 de janeiro


1937: em sua estreia no Torneio dos Campeões Estaduais, o Fluminense perdeu por 4 a 1 para a Portuguesa, campeã paulista de 1936, no campo da rua Cesário Ramalho, em São Paulo. O gol de honra tricolor foi marcado por Hélio. O Fluminense teria sua revanche dez dias depois (vide 20 de janeiro). O Torneio dos Campeões, um quadrangular com os campeões do Distrito Federal, de São Paulo, de Minas Gerais e do Espírito Santo, foi uma das primeiras tentativas de organização de um campeonato nacional de clubes.

1942: foi fundado, na cidade mineira de Araguari, o Fluminense Futebol Clube, com o escudo e as cores do Fluminense. Conhecido como o Tricolor do Bosque, o Fluminense de Araguari conquistou o Campeonato do Triângulo Mineiro, em 1951. É uma das dezenas de agremiações esportivas inspiradas no Fluminense, espalhadas pelo mundo.

1946: o Fluminense empatou em 0 a 0 com a Tuna Luso, no segundo jogo de uma série de amistosos de pré-temporada, no Estádio Baenão, em Belém. Naquele ano, o Tricolor ainda seria reforçado pela contratação de Ademir Menezes, e voltaria a conquistar o Campeonato Carioca.

1960: no primeiro amistoso da excursão tricolor pelas Américas Central e do Norte, o Fluminense ganhou por 3 a 2 do Deportivo Saprissa, no Estádio Nacional da Costa Rica, em San José, capital daquele país. Os gols tricolores foram marcados por Waldo e Maurinho (dois). No mesmo dia, com o tricolor Altair na defesa, a Seleção Carioca venceu o Flamengo por 3 a 0, na Gávea.

2010: no primeiro jogo do ano, um amistoso no Estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica, o Fluminense ganhou por 2 a 0 do Rio Branco, gols de Alan e Maurício. Era o início de uma temporada que seria memorável, com a conquista do Campeonato Brasileiro após 26 anos de espera.

****

Aniversariantes do dia:

Lamartine de Azeredo Babo (1904), o autor da letra do hino popular do Fluminense, sobre melodia de Lyrio Panicali. Torcedor fanático do America, Lamartine compôs os hinos populares de onze clubes do Rio de Janeiro: Fluminense, Botafogo, Flamengo, Vasco, America, Bangu, Bonsucesso, Madureira, Olaria, São Cristóvão e Canto do Rio. Lamartine também compôs outras músicas de sucesso, como as marchinhas "O teu cabelo não nega" e "Linda morena".


Moisés Mathias de Andrade, o Moisés "Xerife" (1948), zagueiro que jogou no Fluminense na temporada de 1979, totalizando 20 partidas com a camisa tricolor. Quando ainda atuava no Vasco, Moisés disputou uma partida pela Seleção Brasileira, um amistoso contra a União Soviética no dia 21 de junho de 1973, em Moscou (vitória de 1 a 0).
Moisés era conhecido como "Xerife".

Armelino Donizete Quagliato, o Zetti (1965), goleiro que atuou no Fluminense no ano 2000, tendo defendido a meta tricolor em 28 partidas. Em 1994, quando era atleta do São Paulo, Zetti foi reserva da Seleção Brasileira que conquistou a Copa do Mundo dos Estados Unidos.
Zetti se apresentando ao Fluminense, em 2000.

Roberto de Assis Moreira, o Assis (1971), meio-campista gaúcho, que integrou o elenco do Fluminense na temporada de 1996. É o irmão mais velho de Ronaldinho Gaúcho, que também teria uma breve passagem pelo Fluminense, em 2015.
Assis, o irmão de Ronaldinho Gaúcho.

Marcelo Oliveira da Silva, o Marcelinho "das Arábias" (1984), atacante com cinco atuações pelo Fluminense, no segundo semestre de 2013.
O "Marcelinho das Arábias" teve breve passagem pelo Fluminense.

Felipe Garcia dos Prazeres, o Felipe Garcia (1988), goleiro com seis atuações pelo Fluminense, na temporada de 2014.
Felipe Garcia no gol do Fluminense (foto: Ruano Carneiro, Agência Estado).

PCFilho

10 comentários:

  1. Uma observação sobre o aniversariante Moisés: as principais fontes divergem sobre sua data de nascimento: algumas indicam 10 de janeiro, outras 30 de novembro. Como as fontes que considero mais confiáveis apontaram 10 de janeiro, escolhi esta data. Uma reportagem de 1973, fonte mais antiga que encontrei, apontou 10 de janeiro. Uma figurinha de Moisés quando ele atuava no Flamengo, também apontou 10 de janeiro. O site fluzao.info e uma lista de registros da CBF, idem. A notícia de sua morte no site globoesporte.com também diz 10 de janeiro.

    Vale registrar que os sites "Tardes de Pacaembu" e "Que fim levou" (Milton Neves), fontes que eu também respeito, apontam 30 de novembro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Nascido em 10 de janeiro de 1948 na cidade de Resende (RJ), Moisés iniciou a carreira em 1966 no Bonsucesso e atuou também pelo Vasco, Flamengo, Botafogo, Corinthians, Fluminense, Portuguesa e Bangu, onde parou de jogar em 83."

      http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/0,,MUL737486-9825,00-XERIFE+MOISES+MORRE+NO+RIO+DE+JANEIRO.html

      Excluir
  2. PC, acho q esse foi esse Moises que certa vez falou q se o Zico aparecesse na área do Fluminense no Fla × Flu, ele ia quebrar ele. Não sei como foi o jogo, mas o Flu ganhou de 1x0. Tem como pesquisar se ele ganhou algum Fla X Flu por esse placar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael, o Moisés "Xerife" jogou três Fla-Flus pelo Fluminense, que foram os seguintes:
      11/03/1979 - Flamengo 1 x 1 Fluminense - Maracanã (Rio de Janeiro)
      22/04/1979 - Fluminense 1 x 1 Flamengo - Maracanã (Rio de Janeiro)
      24/06/1979 - Flamengo 2 x 1 Fluminense - Maracanã (Rio de Janeiro)

      Zico jogou todos os três, pelo Flamengo.

      Excluir
  3. Obrigado. Então não foi ele o zagueiro que eu estava pensando. DataPC é sensacional!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos lá. Fla-Flus vencidos pelo Fluminense por exatamente 1 a 0, com Zico em campo pelo Flamengo:
      10/10/1971 - Flamengo 0 x 1 Fluminense - Maracanã (Rio de Janeiro)
      07/11/1976 - Fluminense 1 x 0 Flamengo - Maracanã (Rio de Janeiro)

      Escalação do Fluminense em 10/10/1971:
      Jorge Vitório; Oliveira, Galhardo, Assis e Marco Antonio; Denílson e Marquinhos; Cafuringa, Rubens Galaxe, Ivair e Lula (entraram Jeremias e Silveira).

      Escalação do Fluminense em 07/11/1976:
      Renato; Carlos Alberto Torres, Miguel, Edinho e Rodrigues Neto; Carlos Alberto Pintinho, Paulo Cezar Caju e Rivellino; Gil, Doval e Dirceu.

      Algum palpite? rsrs!

      Excluir
  4. PC, Galhardo e Assis não foram. Pode ter sido esse Miguel do Fla X Flu de 76. Mas, não conheço esse jogador.
    Mais provável de ter sido o Moisés mesmo em um dos Fla X Flus que ficaram empatados em 1 X 1 em 79.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OK, Rafael! Se eu descobrir algo sobre esse caso, aviso. Abraços!

      Excluir
    2. Hahahaha DataPC é a memória viva do futebol carioca. 😂

      Excluir
    3. A frase mais famosa de Moisés é aquela em que ele se refere ao prêmio dado antigamente aos jogadores mais disciplinados:

      "ZAGUEIRO QUE SE PREZA NÃO GANHA O BELFORT DUARTE."

      Hehehe! Justificado o apelido de Xerife? :)

      Excluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.