terça-feira, 19 de setembro de 2017

Efemérides tricolores - 19 de setembro


1909: no campo da rua Guanabara (atual Estádio de Laranjeiras), em partida válida pelo returno do Campeonato Carioca, o Fluminense goleou o Haddock Lobo por 8 a 1. Os gols foram de Emile Etchegaray, Albert Victor Buchan (3), Armínio Motta (2), João da Costa Santos e Nestor Macedo para o Fluminense, e de José Cerqueira de Carvalho para o Haddock Lobo. Com seis vitórias e dois empates (fora a vitória anulada contra o Bangu), o Fluminense estava muito perto de garantir o tetracampeonato do Rio de Janeiro - o que aconteceria na partida seguinte, contra o Riachuelo (vide 26 de setembro).

1948: em jogo válido pelo turno do Campeonato Carioca, perante 25.436 pagantes em São Januário, o Fluminense derrotou o anfitrião Vasco por 2 a 0, graças aos gols de Rodrigues Tatu e Simões. Os vascaínos encararam o jogo como uma revanche da decisão do Torneio Municipal, que o Fluminense vencera por 1 a 0 (vide 30 de junho). Mas, de novo, deu Fluzão!

1954: em partida válida pelo primeiro turno do Campeonato Carioca, no campo da rua Bariri, o Fluminense ganhou por 4 a 2 do Olaria, graças aos gols de Waldo (dois) e Didi (dois, ambos de pênalti).

1965: em jogo válido pelo turno do Campeonato Carioca, diante de 38.739 pagantes no Estádio do Maracanã, o Fluminense empatou em 1 a 1 com o Vasco. Os vascaínos abriram o placar com Célio, em lance polêmico (aos 23), e os tricolores empataram com o aniversariante Amoroso, cobrando falta (aos 32). O árbitro Armando Marques teve péssima atuação, prejudicando o Fluminense em três lances cruciais: no gol do Vasco, quando ele apitou uma falta e depois deu a lei da vantagem como se não tivesse paralisado o jogo; na expulsão exagerada do meio-campista tricolor Denílson, que foi agredido e não revidou; e na não-marcação de um pênalti claro do zagueiro Brito - o que fez com que o Fluminense protestasse ao fim do jogo.

1976: em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, perante 29.119 pagantes no Estádio Governador Ernani Sátyro, o Amigão, em Campina Grande, o Fluminense venceu o Treze por 2 a 0, graças a dois gols do centroavante argentino Narciso Doval, aos 38 minutos da etapa inicial e aos 40 do segundo tempo. Dois dias antes do jogo, o atacante tricolor Paulo Cezar Caju fora preso após uma confusão em que agrediu um menor de idade - o Fluminense arcou com as despesas médicas do menor agredido, e Paulo Cezar Caju foi solto na manhã seguinte, tendo participado do jogo normalmente.
Flagrante do Amigão lotado, antes da partida Treze 0 x 2 Fluminense.

1981: com dois gols de Cláudio Adão e um de Edinho, o Fluminense venceu o America por 3 a 2, em jogo válido pelo Campeonato Carioca, disputado no Estádio do Maracanã.

1993: em uma partida histórica, diante de 101.670 pagantes no Maracanã, a Seleção Brasileira venceu o Uruguai por 2 a 0, com dois gols de Romário, e garantiu sua classificação para a Copa do Mundo dos Estados Unidos, em que conquistaria o tetracampeonato, sob o comando técnico de Carlos Alberto Parreira. Dois dos onze titulares - o zagueiro Ricardo Gomes e o lateral-esquerdo Branco - foram formados no Fluminense.
A Seleção Brasileira em 19 de setembro de 1993.
Em pé: Taffarel, Ricardo Rocha, Mauro Silva, Jorginho, Ricardo Gomes e Branco.
Agachados: Dunga, Bebeto, Raí, Romário e Zinho.

2010: em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, diante de 18.911 presentes (15.886 pagantes) no Engenhão, o Fluminense empatou em 3 a 3 com o Flamengo. No primeiro tempo, Leandro Euzébio abriu o placar para o Tricolor aos oito, mas o Rubro-Negro virou com Deivid, aos 22, e David, aos 39. Na etapa final, Rodriguinho empatou aos 18, o Flamengo fez mais um com Renato aos 20, e o Fluminense voltou a empatar com Rodriguinho, aos 27. Com 42 pontos ganhos em 23 jogos (12 vitórias, 6 empates e 5 derrotas), o Fluminense perdeu a liderança para o Corinthians. No entanto, aquela boa campanha terminaria com a conquista do título, em dezembro.

****

Aniversariantes do dia:

Mário Pernambuco (1890), centro-médio que jogou no Fluminense entre os anos de 1912 e 1915. Importante na retomada após a cisão que gerou o futebol do Flamengo, Pernambuco era um dos melhores médios do futebol do Rio de Janeiro, sendo frequentemente convocado para a Seleção Carioca. Foi titular nos dois primeiros jogos oficiais da Seleção Brasileira, contra a Argentina, em setembro de 1914, tendo conquistado a Copa Roca.

Pedro Amaro de Paula (1936), lateral-esquerdo que integrou o elenco do Fluminense entre 1954 e 1959.

José Amoroso Filho, o Amoroso (1937), atacante com 71 gols marcados em 133 jogos pelo Fluminense, entre as temporadas de 1964 e 1968. Conquistou o Campeonato Carioca de 1964, o Torneio Pará-Guanabara de 1966 e a Taça Guanabara de 1966.
Amoroso brigando pela bola contra o Botafogo.

Paulo do Nascimento Ribeiro, o Paulo Lumumba (1943), zagueiro com 23 atuações pelo Fluminense, entre 1970 e 1971. Conquistou o Campeonato Brasileiro de 1970, o Campeonato Carioca de 1971 e a Taça Guanabara de 1971.

Luiz Carlos da Matta, o Lulinha (1950), meio-campista com 2 gols marcados em 51 jogos pelo Fluminense, entre 1969 e 1971. Conquistou o Campeonato Carioca de 1969 e a Taça Guanabara de 1969.

Sidnei Pereira Costa, o Dedei (1963), centroavante com 4 gols em 32 jogos pelo Fluminense entre 1989 e 1990.

PCFilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.