sexta-feira, 15 de agosto de 2014

História - Fluminense na Copa Sul-Americana

Cerro Porteño 0 x 1 Fluminense, no Estádio General Pablo Rojas, em 2009.

Em 2017, o Fluminense disputa a Copa Sul-Americana pela sexta vez na história. A melhor participação foi em 2009, quando terminou vice-campeão. Ao todo, o Fluminense realizou 32 jogos pela Copa Sul-Americana, com 15 vitórias, 9 empates e 8 derrotas, 45 gols-pró e 32 gols-contra.

Seguem abaixo as campanhas detalhadas de cada participação do Fluminense na história do torneio.

I) Copa Sul-Americana 2003
13/08/2003 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 2 (Rodolfo e Sorato), Corinthians 0
03/09/2003 - Mineirão (Belo Horizonte) - Atlético Mineiro 0, Fluminense 2 (Joãozinho e Carlos Alberto)
17/09/2003 - Morumbi (São Paulo) - São Paulo 1 (Kléber), Fluminense 0
01/10/2003 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 1 (Jadílson), São Paulo 1 (Diego Lugano)
Eliminado na segunda fase.

II) Copa Sul-Americana 2005
17/08/2005 - São Januário (Rio de Janeiro) - Fluminense 2 (Tuta e Gabriel), Santos 1 (Élton)
31/08/2005 - Vila Belmiro (Santos) - Santos 2 (Edmílson e Geílson), Fluminense 1 (Tuta)
Fluminense classificado na definição por pênaltis. Para o Fluminense, Gabriel, Juan, Tuta e Felipe converteram, e Beto chutou para fora. Para o Santos, Giovanni e Wendel converteram, e Kléber defendeu as cobranças de Luciano Henrique e Edmílson. Fluminense 4, Santos 2.
14/09/2005 - São Januário (Rio de Janeiro) - Fluminense 3 (Leandro e Tuta 2), Banfield 1 (Jesús Dátolo)
28/09/2005 - Florencio Sola (Buenos Aires) - Banfield 0, Fluminense 0
18/10/2005 - São Januário (Rio de Janeiro) - Fluminense 2 (Juan e Dejan Petkovic), Universidad Católica 1 (Miguel Ponce)
09/11/2005 - San Carlos de Apoquindo (Santiago) - Universidad Católica 2 (Jorge Quinteros e Francisco Arrué), Fluminense 0
Eliminado nas quartas-de-final.

III) Copa Sul-Americana 2006
07/09/2006 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Botafogo 1 (Reinaldo), Fluminense 1 (Arouca)
14/09/2006 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 1 (Marcão), Botafogo 1 (Júlio César)
Fluminense classificado na definição por pênaltis. Para o Fluminense, Tuta, Dejan Petkovic, Marcelo e Thiago Silva converteram. Para o Botafogo, Júnior César e Reinaldo converteram, Thiago Marin chutou para fora, e Diego defendeu a cobrança de William. Fluminense 4, Botafogo 2.
28/09/2006 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 1 (Cláudio Pitbull), Gimnasia y Esgrima La Plata 1 (Diego Herner)
11/10/2006 - Ciudad de La Plata (La Plata) - Gimnasia y Esgrima La Plata 2 (Tuta contra e Santiago Silva), Fluminense 0
Eliminado na segunda fase.

IV) Copa Sul-Americana 2009
Fluminense classificado no critério dos gols fora de casa.

V) Copa Sul-Americana 2014
03/09/2014 - Serra Dourada (Goiânia) - Goiás 1 (Erik), Fluminense 0
Fluminense eliminado no critério dos gols fora de casa.

VI) Copa Sul-Americana 2017
05/04/2017 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 2 (Henrique Dourado e Richarlison), Liverpool do Uruguai 0
10/05/2017 - Centenário (Montevideo) - Liverpool do Uruguai 1 (Ignacio Ramírez), Fluminense 0
29/06/2017 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 4 (Henrique Dourado 2(1p), Richarlison e Wendel), Universidad Católica de Quito 0

26/07/2017 - Olímpico Atahualpa (Quito) - Universidad Católica de Quito 1 (Jhon Cifuentes), Fluminense 2 (Henrique Dourado e Marlon Freitas)
14/09/2017 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense 1 (Gustavo Scarpa), LDU Quito 0
21/09/2017 - Casablanca (Quito) - LDU Quito 2 (Hernán Barcos e José Cevallos), Fluminense 1 (Pedro)
Fluminense classificado no critério dos gols fora de casa.
25/10/2017 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Fluminense x Flamengo
01/11/2017 - Maracanã (Rio de Janeiro) - Flamengo x Fluminense

15 comentários:

  1. Este será o 14º torneio da Conmebol disputado pelo FFC, em 2014, participação definida dia 14.

    Isto deve significar alguma coisa!

    ResponderExcluir
  2. O caminho provável até a taça:
    Goiás, Universidad Católica, São Paulo, Internacional e na final um argentino (River Plate?).

    ResponderExcluir
  3. Só de não ter LDU já ajuda um bocado. Hehehe!

    ResponderExcluir
  4. Inesquecível disputa de pênaltis contra o Botafogo em 2006, aonde o William deve ter feito a pior cobrança da história do Maracanã. O Diego escolheu o canto e deu tempo de voltar pro meio pra agarrar.

    ResponderExcluir
  5. Rafael Rocha,

    Eu estava no Maracanã nessa disputa de pênaltis com o Botafogo.

    A tensão da disputa se dissipou com o lance bizarro. Eu não conseguia parar de rir na arquibancada. O pessoal do meu lado também gargalhava, um mais do que o outro. Foi talvez o momento mais engraçado que eu já vivi no Maracanã. hahaha!

    No metrô, na volta pra casa, ouvi um botafoguense rosnando "AQUELE FILHO DA PUTA, BATEU QUE NEM UM VEADINHO E FEZ MEU FILHO CHORAR. NUNCA VOU TE PERDOAR, SEU M!". hahahaha!

    ResponderExcluir
  6. http://netflu.com.br/fluminense-confirma-que-esta-atras-de-tres-reforcos/

    Essa notícia ilustra perfeitamente o quão patético é o nosso planejamento de elenco.

    O time não consegue jogar no contra-ataque? Dane-se. Não precisamos de atacante de velocidade. Por quase 3 meses, corremos atrás de um jogador dessa posição e agora chegamos à conclusão de que estávamos perdendo tempo!

    Ih, é verdade, rapaz!!! Nem tinha reparado que não temos reservas pras laterais... Ainda bem que ainda é possível correr atrás de alguma coisa com o campeonato quase na metade!!!

    ResponderExcluir
  7. Os dirigentes do Fluminense não se contentam em fazer tudo errado. Eles se esforçam para mostrarem ao mundo que fazem tudo errado.

    O fato de o Fluminense sobreviver no topo do futebol brasileiro com tanta incompetência gerencial é uma demonstração inequívoca de sua grandeza.

    ResponderExcluir
  8. O que dá tristeza é que, quando a Unimed for embora, não é só do dinheiro que a gente vai sentir saudade. O planejamento tbm vai fazer muita falta.

    ResponderExcluir
  9. Na boa, um time com um planejamento tão amador não pode e não merece ser campeão brasileiro.

    A Sul-Americana é a cara do Fluminense, afinal é um campeonato (não) organizado por uma confederação fantasma que não está nem aí pra nada.

    Seria quase poético sermos campeões dessa zorra.

    ResponderExcluir
  10. VICE-CAMPEONATO DA COPA SUL-AMERICANA

    LDU (EQU) 5 X 1 FLUMINENSE
    Local: Estádio Casablanca, Quito (Equador)
    Data/Hora: 25/11/09 - 21h50
    Árbitro: Roberto Silvera (URU)
    Assistentes: Pablo Fandiño (URU) e Wálter Rial (URU)
    Renda: Não disponível
    Público: 39.000 pagantes
    Cartões amarelos: Espínola, Walter Calderón (LDU); Marquinho, Gum (Fluminense)
    Gols: Marquinho, 23''/1ºT (0-1), Mendez, 20'/1ºT (1-1), Mendez, 43'/1ºT (2-1), Mendez, 14'/ 2ºT (3-1),
    Salas, 31'/2ºT (4-1), De La Cruz, 42'/2ºT (5-1)
    LDU: Domínguez, Willian Araújo, Espínola e Norberto Araujo; Reasco, Mendez (Chila, 39'/2ºT),
    Bolaños (Salas, 23'/2ºT), Diego Calderón e De La Cruz; Bieler e Walter Calderón (Graf, 23'/2ºT).
    Técnico: Jorge Fossati.
    FFC: Rafael, Gum, Cassio e Dalton; Mariano (Ruy, 25'/2ºT), Diguinho (Maurício, 14'/2ºT),
    Diogo, Conca e Marquinho; Alan (Kieza, intervalo) e Fred. Técnico: Cuca.
    Obs.: Clubes de Guayaquil optam por subir para Quito no dia da partida a fim de evitarem problemas
    gerados pela altitude. O Flu chegou 3 dias antes e sofreu a sua única derrota nesta competição.

    FLUMINENSE 3 X 0 LDU (EQU)
    Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
    Data/Hora: 2/12/09 - 21h50
    Árbitro: Carlos Amarilla (PAR)
    Assistentes: Emigdio Ruiz Roa (PAR) e Nicolás Yegros (PAR)
    Renda: R$ 1.409.695,00 (US$ 819.113,88 ou 546.393,41 euros)
    Público: 69.565 ( 65.822 pagantes )
    Cartões amarelos: Gum, Alan, Mariano (Fluminense); Campos, Larrea (LDU)
    Cartão vermelho: De La Cruz, 18'/1ºT, Fred, 30'/2ºT, Campos, 36'/2ºT
    Gols: Diguinho, 13'/1ºT (1-0), Fred, 43'/1ºT (2-0), Gum, 26'/2ºT (3-0)
    FFC: Rafael, Mariano (Maurício, 42'/2ºT), Dalton, Gum e Marquinho; Diogo (Raphael
    Augusto, 22'/2ºT), Diguinho e Conca; Adeílson (Ruy, 12'/2ºT), Alan e Fred. Técnico: Cuca.
    LDU: Domínguez, Norberto Araujo, Espínola e Campos; Reasco, Diego Calderón, William Araújo,
    Mendez e De La Cruz; Bieler (Bolaños, 43'/2ºT) e Walter Calderón (Larrea, 26'/1ºT,
    Calle, 38'/2ºT). Técnico: Jorge Fossati.
    Obs.: Precisando fazer quatro gols para ser campeão da Copa Sul-Americana, o Flu ainda teve
    um gol anulado e um pênalti pedido em mais uma arbitragem polêmica em final continental,
    não apenas por isso. O Fluminense teve a melhor campanha da competição (5 vitórias, 4 empates
    e 1 derrota), foi o clube que mais levou público aos estádios (146.786 presentes / 136.589
    pagantes), que teve a melhor média (29.357 presentes / 27.318 pagantes) e talvez o maior
    público pagante da história da Copa Sul-Americana na partida final. O Fluminense mantem-se
    invicto com o mando de campo em campeonatos organizados pela Conmebol, desde 05/08/1985 (23
    jogos, com 16 vitórias e 7 empates, ou 26 jogos, caso as estatísticas incluam os 3 empates
    no Rio contra Vasco, Flamengo e Botafogo, com o mando de campo dos adversários) até esta final.

    ResponderExcluir
  11. Até a edição de 2014 o Fluminense NUNCA perdeu em jogos no Rio de Janeiro (7 vitórias e 8 empates), tem Fred (5 gols) e Tuta (4 gols) como artilheiros, Conca e Diguinho (11 jogos) como os jogadores que mais atuaram, Cuca (8 jogos) e Abel Braga (6 jogos, que poderá vir a ser o primeiro) como os técnicos que mais atuaram (Marquinho, 9 jogos, poderá entrar na lista), e o Maracanã (12 jogos) e São Januário (3 jogos) como os estádios utilizados no Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maior goleada:

      Fluminense 4 – 1 Alianza Atlético Peru, Copa Sul-Americana, 1 de outubro de 2009, Estádio do Maracanã.

      Maiores públicos:

      Fluminense 3 – 0 LDU (Equador), 69.565, Copa Sul-Americana, 2 de dezembro de 2009 (65.822 pagantes).

      Fluminense 2 – 1 Cerro Porteño (Paraguai), 41.816, Copa Sul-Americana, 18 de novembro de 2009 (39.397 pagantes).

      Excluir
    2. Eu estive no Maracanã nestas três partidas. Especialmente as duas últimas, final e semifinal, foram muito emocionantes.

      Excluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.