segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Fluminense 2, São Paulo 2


Amigos, o panorama do Campeonato Brasileiro nos últimos anos têm sido de muito equilíbrio. As grandes potências estão sempre suscetíveis a vitórias e a derrotas. Campeões recentes perderam jogos de goleada. No ano passado, o campeão Flamengo somou apenas 67 pontos, marca que poderia nem dar a vaga na Libertadores, e acabou dando o título.

Neste ano, porém, há uma equipe que, do primeiro ao último compromisso, vem demonstrando um rendimento alto e fixo. Refiro-me, claro, ao Fluminense. Ontem, no Maracanã, o Tricolor chegou a estar perdendo para o São Paulo, é verdade. Mas no segundo tempo arrancou o empate, e por muito pouco não saiu vitorioso. Tudo indica que o clube da rua Álvaro Chaves será o campeão: está desgarrado na liderança, com uma considerável vantagem sobre os demais concorrentes. Claro que, em futebol, nada é impossível. Ano passado mesmo, numa arrancada espetacular, o próprio Fluminense conseguiu reverter um rebaixamento que parecia certo. Não quero e não vou gozar, por antecipação, um triunfo futuro. Uma coisa, porém, é certa: seja qual for o desenlace do Campeonato, o Tricolor já demonstrou que é o concorrente mais forte, mais constante, mais poderoso. Já são quatorze jogos de invencibilidade, com dez vitórias e quatro empates. Perdemos somente duas partidas, lá no começo, ambas com decisiva influência da arbitragem.

O primeiro tempo da batalha Fluminense x São Paulo parecia desenhar mais uma vitória tricolor. Em jogada pelo flanco esquerdo, Darío Conca deu passe espetacular para Júlio César, que rolou para Deco marcar: Fluminense 1 a 0, e festa nas arquibancadas do Maracanã. Porém, o tempo passou e o Tricolor não conseguiu ampliar. Depois, em três minutos o panorama mudou: o São Paulo empatou e virou, um golpe logo após o outro. Primeiro, Rogério Ceni cobrando falta. Depois, Fernandão de cabeça. Em ambas as jogadas, falhas individuais de Belletti e Fernando Henrique. Primeiro tempo para esquecer. Até Mariano, grande destaque do Fluminense neste ano, errou tudo que tentou.

Muricy Ramalho trocou Belletti por Rodriguinho, e o Fluminense voltou muito melhor do intervalo. O gol de empate não demoraria a acontecer: Darío Conca cobrou falta da direita, e Leandro Euzébio marcou de cabeça: 2 a 2. Das arquibancadas, vinha o incentivo: "ê, vamos virar, Nense!".

Quando Richarlyson meteu a mão na bola, dentro da área, o juiz gaúcho Leandro Pedro Vuaden não teve escolha: assinalou o primeiro pênalti para o Fluminense em todo o Campeonato Brasileiro. Washington fez questão de cobrar, e acabou consagrando Rogério Ceni. Cabe dizer que a atuação do árbitro foi muito ruim. Deveria haver pelo menos mais um pênalti para o Fluminense, no valente Diogo, que surgiu na cara do gol após linda tabela.

Após algumas chances perdidas pelos dois times, o jogo foi encerrado com 2 a 2 no placar. O Fluminense segue líder absoluto. Mantendo a humildade e o trabalho, repito: tudo indica que o clube da rua Álvaro Chaves será o campeão.

Até quarta-feira!

PC

79 comentários:

  1. Discordo totalmente deste clima oba-oba. Acho que tu nunca acompanhou a ponta de um campeonato de pontos corridos. O fabuloso Fluminense está somente 2 pontos na frente do segundo colocado. E nos últimos 2 anos, o campeão tirou mais de 12 pontos do vice-campeão somente no 2º turno.

    ResponderExcluir
  2. Perin,

    "mantendo a humildade e o trabalho"

    "não quero e não vou gozar, por antecipação, um triunfo futuro"

    Meu texto não tem tom de oba-oba. Aliás, não há oba-oba nem na torcida, nem no time. Todo mundo aqui sabe que o Campeonato é muito difícil, e que não tem nada ganho. :)

    ResponderExcluir
  3. Não há motivos para achar que o Fluminense é o time mais forte, nem favorito. Sou Tricolor, mas estou preocupado com o clima de euforia que tomou conta da torcida. Ontem depois de um empate, já percebi gente desanimando. Não entendem que campeonato de pontos corridos tem autos e baixos, e que nem de longe o Fluminense iria ganhar, ou perder o campeona no jogo de ontem. Cada jogo é um tijolinho.
    Também tem que levar em consideração que levamos 4 gols (dois do vasco, e dois do são paulo) com falhas grotescas da defesa. e que o nosso goleiro não é confiável, além de não termos um substituto para o Mariano.
    Falta muito para esse time ser campeão. Por isso, vamos maneirar no otimismo Tricolores!

    ResponderExcluir
  4. virtualmente o tricolor é o campeão. Até agora é o time mais completo e com melhor elenco.... ta sobrando até agora....
    Concordo com o PC, trabalho e humildade...... mas o campeonato é difícil.

    BLOG DO CLEBER SOARES
    www.clebersoares.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Caro PC,

    não fique chateado, as pessoas tem muita dificuldade em entender a diferença entre favorito e "já ganhou". É óbvio que o Fluminense é o favorito pra ser campeão. Montou um belo time, tem um elenco acima da média, tem um dos melhores treinadores do Brasil e vem jogando bem. Isso quer dizer que já o faz campeão? Claro que não. É preciso manter o ritmo, jogar sério e também ter sorte.
    Ah, claro que se o extra campo não atrapalhar muito, também ajuda.

    ResponderExcluir
  6. "Tudo indica que o clube da rua Álvaro Chaves será o campeão: está desgarrado na liderança, com uma considerável vantagem sobre os demais concorrentes."

    Isto corrobora o que penso. Tá muito cedo, e o rendimento nem sempre melhora quando so reforços chegam. Em 2008 o Grêmio desandou ao chegar o Souza.

    ResponderExcluir
  7. Avisem ao Perim que 37 menos 34 são 3... hahaha

    Mas ainda acho que tem muita água pela frente e temos que manter a calma em jogos como o de ontem...
    Washington nunca poderia bater aquele pênalti, contra seu ex-clube... A melhor opção ali era o Deco ou o próprio Conca...
    Quanto à defesa, eu prefiro não comentar... O clube contrata meias, volantes e atacantes, mas se esquece de que precisamos mesmo são de bons zagueiros. Gosto do FH, mas ele falhou novamente.
    É isso...
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Perin e demais, tudo indica, sim.

    Até agora, o Fluminense tem a melhor campanha da história dos pontos corridos...

    Era para estar invicto até agora.

    Está há 14 jogos invicto (só o São Paulo de 2006 ficou mais tempo).

    Mas, é claro, isso não significa que o campeonato está decidido.

    ResponderExcluir
  9. "Era para estar invicto até agora."

    Se minha avó tivesse rodas, era uma bicicleta. Até agora, o Flu disputou duas competições e fracassou miseravelmente nas duas. Não mostrou ser um time de chegada.

    O melhor time do campeonato, para mim, é o Inter, que jogou oito jogos com reservas/misto e ainda está em quarto.

    ResponderExcluir
  10. Perin, eu digo que o Fluminense deveria estar invicto até agora baseado em fatos: o Fluminense não foi só roubado, foi absurdamente garfado nas duas derrotas até aqui.

    Contra o Corinthians, foram dois gols legítimos anulados. DOIS! Contra o Ceará, um pênalti inexistente gerou a expulsão de um zagueiro do Flu. Pra piorar, nosso goleiro defendeu a cobrança, e o juiz mandou voltar...

    Respeito sua opinião sobre o Inter, mas discordo muito dela. Acho até difícil que alguém não veja o Fluminense como o melhor time desse campeonato. Até o Cleber Soares, meu amigo flamenguista, concordou aí em cima...

    ResponderExcluir
  11. Sobre o fracasso nas duas competições anteriores, o Campeonato Carioca é uma loteria. O Flu teve azar nos 2 dias em que não poderia ter. Ponto final.

    Na Copa do Brasil, o Grêmio se aproveitou das duas apendicites na mesma semana para nos eliminar.

    O Campeonato Brasileiro, por ser uma competição mais justa e menos sujeita ao fator sorte, mostrará o verdadeiro potencial desse Fluminense.

    Esse time que, nos últimos TRINTA jogos de Campeonato Brasileiro, perdeu TRÊS, os TRÊS com atuações lamentáveis da arbitragem.

    ResponderExcluir
  12. O elenco é bom, mas tem limitações. Não temos outro lateral direito (Thiaguinho ou Belleti serão improvisados ali, ou o Muricy sobe o Ryan, do time de base, que é lateral de origem) e não temos um segundo atacante de velocidade (ou profundidade, como diz o Muricy) como o Emerson (a saida do Maicon já comprovou isso).

    A defesa falhou mais ontem que contra o Vasco. Afirmo isso porque contra o time da colina, os gols vieram em contra-ataques com o Carlos Alberto, que se apresentou muito bem (o melhor em campo, ao meu ver). Ontem, qualquer ser humano sabe que o Ceni é um dos melhores batedores de falta e o FH é um mão de quiabo que nunca sai debaixo da trave. Tinha que fazer tanta falta ali na área? Porque colocar contra o SP um jogador fora de forma/ritmo? Adversários de menor expressão (os times goianos por exemplo) servem para isso. Escalou mal o time sim, 3 jogadores apenas para marcação no meio campo que não deram conta do 3-4-1-2 do SP. Esse foi o jogo.

    O time melhorou no segundo, claro que tinha que mudar, o Rodriguinho provou que não é jogador para clube grande, que amarela. E camisas 9 não devem mais bater penalti.

    OBS: Em tempo, para mim, foi penalti no Diogo e não foi penalti do Richarlison. E o Flu mantém a escrita desde a máquina de 74: não sabemos bater penallidades duvidosas a nosso favor.

    Sobre as diferenças dos últimos anos serem recuperadas, a análise deve ser feita no momento do time líder, e não apenas em quem "passou": Palmeiras perdeu jogadores chave no meio da competição por contusões e não teve peça de qualidade para trocar.

    ResponderExcluir
  13. "Até agora, o Flu disputou duas competições e fracassou miseravelmente nas duas. Não mostrou ser um time de chegada."

    O campeonato carioca é uma loteria, da qual fomos sacados com erros clamorosos da arbitragem no jogo contra o Botafogo. E na Copa do Brasil enfrentamos o Grêmio, que derrotou o Inter no gaúcho, sem um titular sequer do setor ofensivo.

    Vc não deveria se iludir com o Inter, tem um bom time, mas passa longe de espetacular. Ficou feio ganhar a Libertadores passando das oitavas, quartas e semis no saldo qualificado.

    ResponderExcluir
  14. Concordo sobre os erros de arbitragem nas derrotas contra o Ceará e Corinthians.

    Sobre ao "ser melhor", o fato é que o Fluminense tem 37 pontos mas o Corinthians tem 34, e este seria líder de TODOS os Brasileirões de pontos corridos desde 2003 (na pior das hipóteses empatado com o SPFC 20-07 e Cruzeiro 2003).

    Três pontos não é nada, especialmente vendo reações do tipo Inter 2005 (tiramos 11 pontos do Corinthians + STJD faltando 9 rodadas), São Paulo 2008 (18 jogos invicto da 2º rodada do returno até o final) e Flamengo 2009 (13 pontos atrás do líder ao final da 1º rodada do returno)

    Acho muito cedo. O campeonato é um antes e outro ao final da janela de transferências + rodadas quarta/domingo/quarta, quando os elencos são forçados ao máximo.

    ao Ramon, "ficar feio ganhando no saldo qualificado" do campeão argentino, do campeão da américa e do mais vitorioso time brasileiro em Libertadores... Se em 2008 tivesse ganho nos pênaltis da LDU teria sido bonito? Telhado de Vidro, hein...

    ResponderExcluir
  15. Cláudio, o Fluminense realmente não sabe bater pênaltis, historicamente. É impressionante o número de insucessos nas cobranças.

    (deve ser falta de treino - foi o primeiro pênalti pro Flu nesse campeonato hehehe!)

    Perin, claro que isso é uma opinião, mas eu acho que o Fluminense mereceu mais a Libertadores de 2008 que o Inter mereceu a de 2010.

    ResponderExcluir
  16. Uma coisa é ganhar um confronto em critérios de desempate, outra é ganhar 3...não se irrite com a verdade, Perin. Teu teto de vidro é 3 vezes maior que o meu.

    ResponderExcluir
  17. Isso sem contar o fator Baldassi, decisivo pra LDU, ao não marcar pênalti claro em Washington, ao não expulsar o frangueiro na disputa de pênaltis...

    ResponderExcluir
  18. Essa derrota foi só pra mostrar que não somos imbativeis no Maraca e que podemos fazer, assim, do Engenhão a nossa casa..rs.

    Acho que o Belletti precisa de tempo para recuperar a forma e também está acostumado a um jogo em que não se marca tanta falta, assim ele acaba cometendo faltas que na cabeça dele não são faltas, assimo como ocorreu com o RC quando voltou para o Brasil, é normal.

    Outra coisa, é burrice o cara querer bater penalty contra o time que ele jogava a pouco tempo atrás, o Rogério conhece bem como ele bate, ele deveria ter deixado outro bater.

    []'s

    Ah, o Perin está trollando isso ai.

    ResponderExcluir
  19. Montanha, Belletti tem um destino: marcar o gol do título da Libertadores de 2011.

    ResponderExcluir
  20. Ramon, melhora ai teus argumentos. O Inter se classificou pq NÃO LEVOU GOLS EM CASA contra Banfield, Estudiantes e São Paulo. Se isto tivesse ocorrido com o Flu, parabéns. não existe isto de "merecer mais ou menos". O tão contestado Once Caldar ficou invicto em todos os mata-matas em 2004. Pela tua tese, merece mais o titulo que qualquer um que ganhou desde então.

    O Flu mereceu em 2008 tanto quanto o São Paulo em 2006. Na decisão, foi mal, levou uma goleada. O Inter na decisão de 2006 matou o campeão mundial fora de casa. Em 2008, o Flu pegou o campeão e venceu, o Inter pegou o campeão e venceu. Na semifinal, pegou o SP e venceu, o Inter pegou o SP e venceu. Na final, foi goleado pela LDU, o Inter venceu fora e em casa. Não existe isto que tu está falando.
    Ah, e nas oitavas-de-final, o Inter superou o campeão argentino.

    ResponderExcluir
  21. Eu que tenho que melhorar meus argumentos?

    Mata-me de rir.

    ResponderExcluir
  22. O Inter só ganhou do Chivas, meu caro. Não tem como fugir, não tem pra onde correr. É campeão da Libertadores com pouquíssimo mérito.
    Não adianta se irritar comigo, só estou falando a verdade.

    ResponderExcluir
  23. Realmente, o Inter "só ganhou do Chivas".

    Chegou na final de teletransporte. Depois desta, nem tenho mais o que falar.

    ResponderExcluir
  24. A campanha do Fluminense em 2008 foi de 9 vitórias, 2 empates e 3 derrotas. A do Internacional em 2010 foi um pouco pior, 8 vitórias, 3 empates e 3 derrotas.

    O Fluminense em 2008 foi primeiro geral na fase de grupos (mesmo estando no grupo da morte). Depois, eliminou três campeões anteriores (Atlético Nacional, São Paulo e Boca Juniors). Na final, perdeu para a altitude e para o Baldassi. E mesmo assim só caiu nos pênaltis.

    O Inter só chegou à final de 2010 por causa do saldo qualificado, critério que eu abomino, e considero tão injusto quanto os pênaltis.

    Mas opinião é opinião, né? Cada um tem a sua... (e todos, TODOS, são parciais...)

    ResponderExcluir
  25. Chegou na final na base do saldo qualificado...3 vezes!

    O Perin me parece um torcedor de botequim que se recusa a reconhecer os fatos. O Inter só ganhou do Chivas mesmo. Saldo qualificado é chamado de critério de desempate pq? E o cara vem falar que o Inter ganhou do São Paulo, do Estudiantes e do Banfield...

    ResponderExcluir
  26. A falta de memória é absurda e o Ramón deu um tiro no própriopé ao desmerecer conquistas via saldo
    qualificado.

    Fluminense 1x1 Bahia/Bahia 2x2 Fluminense, 3º fase da Copa do Brasil de 2007. E aí?

    Tese tosca: A copa do Brasil de 2007 não foi merecida para o Flu. Sendo assim, uma eventual Libertadores em 2008 também não o seria.

    Tua tese é ridícula. Torcedor de botequim é quem não reconhece méritos em um clube bicampeão da Libertadores.

    Torci para o Flu porque gosto muito da dupla de Thiagos, um deles inclusive vi surgir para o futebol e infelizmente não convenci a diretoria do Internacional a contratá-lo (felizmente ainda consegui convencer a trazer o Índio). E isto apesar do Renato como treinador e suas merdas proferidas.

    O regulamento foi assinado por todos os times, se o Fluminense tivesse se classificado no saldo qualificado contra o Boca Juniors ou SPFC, jamais viria aqui desmerecer esta conquista.

    ResponderExcluir
  27. Em algum momento eu disse que o Flu ganhou a Copa do Brasil com muitos méritos?

    Ainda adiciono um jogo que vc, no nervosismo de me responder, não viu. O Flu passou no saldo qualificado contra o América-RN.

    ResponderExcluir
  28. Do Bahia eu lembrava, vantagens de memória fotográfica. Do América-RN eu não pesquisei.

    ResponderExcluir
  29. Em tempo: eu não desmereço a conquista do Inter. Apenas acho que mereceu menos que o Flu de 2008.

    Sobre o saldo qualificado, está no regulamento e o Inter se aproveitou (assim como a própria LDU em 2008, nas fases anteriores à final).

    Mas que eu acho injusto, acho. O Fluminense passou do Bahia com dois empates em 2007, e eu achei injusto (deveria haver um terceiro jogo). Ano passado, passamos do Flamengo na Sul-Americana, e eu também achei injusto.

    No dia em que me convencerem que um time é melhor que o outro após dois empates, ou uma vitória igual para cada lado, eu passo a aplaudir esse critério. Difícil vai ser me convencer. hehe!

    ResponderExcluir
  30. Não é uma questão de aceitar ou não. o regulamento está lá. Quem garante que o Inter não iria todo pro ataque se fosse diferente?

    Reparem que nas finais, quando NÃO tem saldo qualificado, o inter não perdeu nenhuma vez: 2x1 no SPFC e Chivas fora, 3x2 no Chivas em casa e 2x2 com o SPFC.

    Isto é muito relativo, a postura do time muda totalmente em relação ao regulamento, ao fato do 1º jogo ser fora ou em casa.

    Isto tudo tem que ser pesado. Mas o regulamento foi assinado, quem se adapta melhor a ele, aproveite.

    O Inter fez 14 pontos a mais que o Grêmio e perdeu o Gauchão em dois empates em 2006... um 0x0 e outro 1x1 no Beira-Rio. Paciencia.

    ResponderExcluir
  31. O Flu perdeu uma Copa do Brasil pro Inter, em 92, no saldo qualificado também. (isso sem contar o erro do juiz, que marcou um pênalti que nem o Perin deve ter visto! hehehehe)

    Acontece, é o regulamento. Mas pra mim é tão injusto quanto disputa de pênaltis.

    ResponderExcluir
  32. Não havendo erros de arbitragem que favoreçam a algum time, mérito no futebol é bola na rede...rs.

    Brincadeira, mas acho que o time da Libertadores e esse que vem do fim do ano passado para esse demolindo tudo serão mais lembrados que o time campeão em 2007.

    bjundas.

    ResponderExcluir
  33. Montanha, o time "atual" vai ser muito mais lembrado, afinal ganhará o Brasileiro, a Libertadores e o Mundial! :)

    ResponderExcluir
  34. Dizem as más liguas que, com o time atual menos o Belletti, o Fluminense ganharia tudo isso sem esforço. Mas contrataram o Belletti pra colocar emoção e Nelson Rodrigues ficar feliz.

    ResponderExcluir
  35. Belletti é dose.... Tem uma historinha do Mundial em 2006... Zambrotta fazia uma dupla complicada com o Xavi na direita e tinha pesadelos sobre Rubens Cardoso/Hidalgo. Aí no dia da final, o Zambrotta tem uma lesão muscular e sai no intervalo. Entra o Belletti. Imagina se ele não ia ter uma atuação bisonha, falhando miseravelmente no gol do Gabiru.

    Mas vcs tem o melhor lat-dir do Brasileirão, o Mariano.

    ResponderExcluir
  36. Muita gente que diz que ganhar uma competição aos trancos e barrancos ou de maneira invicta é a mesma coisa...mas se tiver que escolher uma vai querer ganhar invicto. Hipocrisia, não?

    ResponderExcluir
  37. Hipocrisia é dizer que o VICE goleado em uma das finais mereceu ganhar mais que o CAMPEÃO que venceu as duas de maneira incontestável.

    ResponderExcluir
  38. Perin ficou nervoso e deu um tiro no próprio pé. Quis me ofender e ofendeu o PCFilho.

    ResponderExcluir
  39. "Hipocrisia é dizer que o VICE goleado em uma das finais mereceu ganhar mais que o CAMPEÃO que venceu as duas de maneira incontestável."

    Olha ele usando a minha tese ridícula!!!

    ResponderExcluir
  40. Perin, o Fluminense foi goleado em 2008 numa circunstância completamente atípica, que é aquele absurdo da altitude. Publiquei aqui o retrospecto da LDU em casa e fora, há um tempo. Chega a ser ridícula a diferença. "Santos de Pelé" em casa, Bonsucesso fora.

    Sobre "merecimento", competições mata-mata nem sempre premiam os melhores times. Isso é um fato. A sorte influencia muito. O próprio Flu-2008 seria eliminado pelo São Paulo (no maldito saldo qualificado), até que teve a sorte de aquele gol maravilhoso, épico, espetacular do Washington, aos 47 do segundo tempo.

    Comparando as campanhas, o Flu-2008 foi o melhor da primeira fase (no grupo da morte), eliminou o Atlético Nacional, e os multi-campeões São Paulo e Boca Juniors. Tudo isso na raça, sem utilizar critérios de desempate. Venceu a LDU na final também (perdeu num esporte parecido, e venceu no futebol).

    Sinceramente, não vi UMA campanha recente de campeão da Libertadores que se comparasse à do FLu-2008. Não vi UMA! (a que mais chegou perto, a meu ver, foi a do próprio Inter em 2006, que só perdeu um jogo - ADIVINHEM PRA QUEM, ADIVINHEM ONDE)

    A discussão tá boa aqui, hein? Se continuar assim, vai acabar barrando o "Obrigado Cuca" como recorde de comentários do blog. hehehe!

    ResponderExcluir
  41. O Inter de 2006 foi a 2º melhor campanha da 1º fase e só perdeu 1 jogo (e com 2 gols no finalzinho, vencia por 1x0 e ainda perdeu um gol ridículo no último lance).

    Na fnial, bateu fora de casa o campeão mundial no 1º jogo. No Mundial, ganhou do Barcelona que é muito superior à atual Internazionale.

    O Flu perdeu 3 jogos, logo imediatamente foi superior. Não existe nenhum critério no qual o Flu de 2008 foi superior ao Inter. O melhor time argentino da época, o River Plate, foi surrado pelo Libertad, que perdeu para o Inter em uma semifinal desesperadora.

    ResponderExcluir
  42. Perin, os adversários que o Flu encarou em 2008 foram mais fortes que os do Inter em 2006.

    FLU-2008 (9 vitórias, 2 empates e 3 derrotas):
    Arsenal-ARG (campeão sul-americano 2007)
    Libertad-PAR (semifinalista 2006)
    LDU Quito-EQU (viria a ser campeã)
    Atlético Nacional-COL
    São Paulo (bicampeão brasileiro, conquistaria o tri)
    Boca Juniors (campeão Libertadores 2007)
    LDU Quito-EQU

    INTER-2006 (8 vitórias, 5 empates e 1 derrota):
    Nacional-URU
    Unión Maracaibo-VEN
    Pumas-MEX
    Nacional-URU
    LDU Quito-EQU
    Libertad-PAR
    São Paulo (campeão Libertadores 2005)

    ResponderExcluir
  43. Perin,

    THIAGO SILVA é argumento suficiente para considerar o Fluminense de 2008 melhor que qualquer equipe que não tenha escalado Pelé.

    Correto, Montanha?

    ResponderExcluir
  44. LDU de 2006 era a Seleção Equatoriana que foi BEM na Copa 2006.
    O Nacional de 2006 tinha 6 jogadores no time 4º lugar no Mundial de 2010

    E, acima de tudo, aquele inter era melhor em quase todos os setores, com exceção do Thiago Silva e do Conca x Alex (que na época era mais meia que meia-atacante).

    ResponderExcluir
  45. Perin,

    nada nada, só estava pensando aqui.

    ResponderExcluir
  46. PC,

    justamente, eu superestimei a capacidade do interlocutor.

    []'s

    ResponderExcluir
  47. Pelo nível do último comentário sobre o Thiago Silva, eu realmente me retiro do tópico.Contra fanatismo, sem análise fria das coisas, não dá mesmo para comparar um time que foi surrado na final da Libertadores com outro que bateu o melhor time do planeta com o melhor jogador do mundo em campo, base da Seleção Espanhola e Holandesa finalistas do último Mundial.

    ResponderExcluir
  48. Continuo achando os adversários do Flu-2008 melhores que os do Inter-2006:

    Arsenal-ARG-08 = Nacional-URU-06
    Libertad-PAR-08 > Unión Maracaibo-VEN-06
    LDU Quito-EQU-08 > Pumas-MEX
    São Paulo-08 >>> LDU Quito-EQU-06
    Atlético Nacional-COL-08 > Libertad-PAR-06
    Boca Juniors-ARG-08 > São Paulo-06

    ResponderExcluir
  49. Perin, "Thiago Silva" foi uma brincadeira. Quer dizer, nem tanto. hehehe! :)

    Sobre a comparação entre os times, não vejo toda essa superioridade do time do Inter-2006, não.

    Numa seleção mista entre as equipes, eu escalaria no mínimo 5 tricolores: Fernando Henrique (a comparação é com Clemer), Thiago Silva, Arouca, Conca e Thiago Neves.

    Talvez haja vaga para Cícero e Washington também.

    ResponderExcluir
  50. Perin,

    o Fluminense tinha o FH no gol, dois laterais que se mandavam, o Luiz Alberto e Ygor compondo o setor defensivo, mas mesmo assim a defesa era excelente por conta da qualidade de Thiago Silva, ele cobria os laterais, o Luiz Alberto, o Ygor e a ele mesmo. Para mim, Thiago Silva e Cicero eram o segredo do funcionamento daquele time.

    []'s

    ResponderExcluir
  51. "Thiago Silva, ele cobria os laterais, o Luiz Alberto, o Ygor e a ele mesmo."

    O mais bizarro é que o Montanha não tá exagerando!!!

    ResponderExcluir
  52. "Perin,

    Thiago Silva."

    SENSACIONAL!

    ResponderExcluir
  53. A torcida pode fazer o auê que quiser. Festejar, tirar onda. Quem precisa manter os pés no chão são os jogadores e a comissão técnica. Desde que a 'euforia' da torcida não passe para os jogadores, não vejo nada de anormal. E nem acho que a torcida do Flu esteja desse jeito. Fazer festa, comemorar em dias de jogos, é maravilhoso. Isso é futebol também. Faz parte. E, cá entre nós, não tem torcida mais bonita que a Tricolor!
    *
    Sobre o campeonato, não tem nada decidido. Até o Grêmio pode reagir e ser campeão. Agora, com jogos domingo e quarta, quem tem melhor elenco, claro, leva vantagem, e são poucos os clubes com elenco de nível e suficientemente grande para isso. Mas deixa para os comentaristas fazerem suas análises. Que o meu Tricolor tem um elenco muito bom, ninguém pode negar.
    *
    Agora, Libertadores sem Boca, River (pelo menos) e LDU não deveria ter validade. E ponto final!

    Sds Tricolores a todos!!!

    ResponderExcluir
  54. Bem lembrado, Leandro.
    O Inter ganhou aos trancos e barrancos uma das Libertadores mais fracas de todos os tempos. E o cara quer que a gente diga que o time é espetacular e que merecia muito...

    ResponderExcluir
  55. Não vejo o Fluminense com todo esse elenco não. Pode ter um bom time (do meio pra frente), mas não tem tantas peças de reposição como o Inter.

    É favorito sim, pois já tem uma grande vantagem em relação aos times que estavam disputando Libertadores e Copa do Brasil (estou falando dos que foram longe, óbviamente).

    Mas se formos pegar jogador por jogador, sou MUITO MAIS meu Inter.

    obs. É impressionante como o Fluminense só ganha, empata ou é roubado. ¬¬

    ResponderExcluir
  56. "Agora, Libertadores sem Boca, River (pelo menos) e LDU não deveria ter validade. E ponto final!"

    UHAUHAAUHAUHAUHAUHAUAHAUHAUHAUHAUHAAUHAUHAUHAUHAUHAAHUAUHAHUAUHAHUAHUAHUAHUAUHAHAU QUE PIADA!

    ResponderExcluir
  57. Fernando, veja os VTs dos jogos Fluminense x Ceará e Fluminense x Corinthians, e depois venha me falar que não foram arbitragens escandalosamente favoráveis aos adversários.

    Portanto, NESSE BRASILEIRÃO, foi isso mesmo: ou o Fluminense venceu, ou empatou, ou foi roubado.

    Não acho o elenco do Inter isso tudo mesmo... ainda mais após a saída do Taison (que pra mim era o segundo melhor jogador, atrás apenas do D'Alessandro).

    Conca, Deco, Mariano e Fred seriam titulares inquestionáveis em qualquer equipe do Brasil. Até mesmo no Inter. Portanto, o Flu é sim o melhor desse Brasileirão.

    Se Deus quiser, vamos converter isso no título, que não levantamos desde 84 (e o Inter desde 79).

    ResponderExcluir
  58. Mariano e Fred seriam titulares no Inter, provavelmente.

    Mas atualmente, sou muito mais um meio-campo com D'alessandro e Tinga, do que com Conca e Deco.

    ResponderExcluir
  59. Deve ser por isso que Conca lidera a corrida pela Bola de Ouro da Placar, e Deco jogou a Copa do Mundo...

    ResponderExcluir
  60. "Deve ser por isso que Conca lidera a corrida pela Bola de Ouro da Placar, e Deco jogou a Copa do Mundo..."

    Brilhante você, sinceramente. O Flu sempre tem bons jogadores, sempre estão lá em cima nos rankings da Placar e tal, mas e as taças? Onde ficam?

    ResponderExcluir
  61. D'alessandro e Tinga já estiveram em suas seleções. E não precisaram 'virar' portugueses pra isso.

    ResponderExcluir
  62. Fernando,

    Onde eu escrevi que os jogadores do Fluminense estão sempre lá em cima????

    Você é que está viajando aí, estamos falando do presente, e você aí do passado recente.

    O Fluminense é o líder disparado do Campeonato. E não é à toa: é porque possui o melhor time até aqui.

    Não fique se gabando de "taças", não. Porque o Fluminense é campeão desde 1906, quando o Internacional nem era nascido. Ganhávamos o Carioca ano sim, ano não, quando este era o Maior Campeonato do Brasil. Ganhamos a Copa Rio de 1952, mundial de clubes mais difícil que o atual torneio da FIFA. Ganhamos dois Brasileiros (70 e 84). Ganhamos a Copa do Brasil.

    E só não ganhamos a Libertadores e a Sul-Americana recentemente por muito azar (ao contrário do Inter, que teve muita sorte, principalmente na conquista desse ano).

    ResponderExcluir
  63. Sobre a comparação dos jogadores atuais:

    Conca e D'Alessandro são parecidos. Ambos jogam muito bem e, na minha opinião, mereciam estar na Copa do Mundo.

    Agora, comparar Deco a Tinga beira ao ridículo. Deco é bicampeão da Liga dos Campeões da Europa, em uma das conquistas como protagonista. Na Copa do Mundo de 2006, levou Portugal à semifinal.

    Aposto que Deco será o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro nos próximos anos. Posso estar enganado, claro, mas é a minha aposta.

    ResponderExcluir
  64. 'Você é que está viajando aí, estamos falando do presente, e você aí do passado recente.'

    'Deco é bicampeão da Liga dos Campeões da Europa, em uma das conquistas como protagonista. Na Copa do Mundo de 2006, levou Portugal à semifinal.'


    Contraditório, não!?

    ResponderExcluir
  65. Pelo que eu li em alguns comentários foram esquecidos alguns episódios. Primeiramente, na Copa do Brasil de 2007, no jogo contra o Bahia lá em Salvador, o Flu foi prejudicado pela arbitragem que validou aquele gol de mão do atacante "saci" e no final do ano ficamos em quarto lugar no brasileirão, posição que garante vaga na Libertadoes.
    O Fluminense de 2008 merecer mais ser campeão da Libertadores que o internacional de 2006 e de 2010, isso é um fato. Detalhe, jogo só é goleada quando a diferença é maior que 2 gols.

    Fluzão rumo ao TRI.

    ResponderExcluir
  66. AVMSS, muito bem lembrado: os empates com o Bahia tiveram muitos erros de arbitragem, inclusive esse gol de mão do "Saci".

    Fernando, de novo você está misturando as coisas. VOCÊ abriu uma nova linha de argumentação, eu apenas respondi (e pelo visto te deixei sem resposta). Também, né, comparar Deco a Tinga é bizarro...

    ResponderExcluir
  67. A comparação tem que ser por ordem de classificação no grupo. Outra coisa, é forçar a amizade Nacional -Colombia > Libertad. só pq 'eram jogadores de um time sem nome'? O Libertad foi tricampeão paraguaio, enquanto o futebol colombiano não é nada mais.

    Só um comentário que não posso deixar passar. Boca Juniors 2008 fez uma temporada horrorosa no 1º semestre e o SPFC foi campeão brasileiro. E ainda assim o Boca é superior... O Nacional 2006 tinha 4 jogadores titulares do Uruguai 2010.

    ResponderExcluir
  68. Perin,

    O Boca Juniors de 2008 era praticamente o mesmo time campeão de 2007, com Riquelme, Palermo, Palacio e companhia. Acho que não dá nem pra comparar com o São Paulo de 2006, mas tudo bem, "forçando a amizade" a gente coloca igual.

    Quando à comparação entre Atlético Nacional/2008 e Libertad/2006, OK, suponhamos que o Libertad seja melhor. Se não me engano, o Atlético era campeão colombiano, e já venceu uma Libertadores, mas tudo bem, coloquemos o Libertad melhor.

    Ainda assim, os adversários do Fluminense em 2008 são, no geral, mais qualificados que os do Inter em 2006:

    Arsenal-ARG-08 = Nacional-URU-06
    Libertad-PAR-08 > Unión Maracaibo-VEN-06
    LDU Quito-EQU-08 > Pumas-MEX-06
    São Paulo-08 >>> LDU Quito-EQU-06
    Atlético Nacional-COL-08 < Libertad-PAR-06
    Boca Juniors-ARG-08 = São Paulo-06

    Ou não?

    ResponderExcluir
  69. me deixou sem resposta? hahahaha

    bem eu que demorei um dia pra responder né...

    Entenda, pra MIM, o Deco atualmente é menos jogador que o Tinga. Quem confundiu, e mudou completamente o assunto foi VOCÊ.

    Eu em nenhum momento disse que o Tinga tinha mais títulos que o Deco, ou que tenha jogado Copa do Mundo.

    Leia, releia, e pense mais dias se quiser, antes de falar besteira. VALEU!?

    ResponderExcluir
  70. A memória do Perin é fotográfica, mas só lembra do que lhe convém. O Boca foi campeão no segundo semestre...

    E que jogadores do nível de Riquelme, Palermo, Palacio e Dátolo o São Paulo tinha em 2006? Bondade do PCFilho igualar os dois times, o Boca era bem superior.

    "Não existe nenhum critério no qual o Flu de 2008 foi superior ao Inter."
    Existe sim. Número de vitórias. Os dois times fizeram a mesma pontuação. O Inter teve um gol a mais de saldo, isso pq pegou as babas Maracaibo e Pumas na primeira fase.

    ResponderExcluir
  71. Fernando,

    Procure se informar. Quantos jogos Tinga jogou na sua temporada recente na Alemanha? Quantos jogos Deco jogou na sua temporada recente na Inglaterra?

    Tinga é um grande ídolo da história do Internacional, beleza. Um dos maiores, acredito eu. Mas querer comparar o seu momento com o do Deco, que acaba de jogar uma Copa do Mundo, repito, beira ao ridículo.

    ResponderExcluir
  72. Beleza então. TUA opinião é essa.

    A minha, baseada no futebol mostrado pelos dois nesse ano, é de que o Tinga atualmente é mais jogador.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  73. Deco >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> Precipício >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> Tinga

    Tinga é um bom jogador, só isso.

    Deco é craque, só isso.

    e esta história de líder por uma semana me lembra:

    http://download3.globo.com/esporte/cronica_flaflu1957_div.jpg

    ResponderExcluir
  74. Montanha, isso é só a sua opinião...a minha, a da torcida do Flu, do Fla, do Vasco, do Botafogo, do Palmeiras, do Santos, do Corinthians...do Barcelona...

    ResponderExcluir
  75. do Borussia Dortmund...do Chelsea..

    ResponderExcluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.