terça-feira, 21 de julho de 2015

Carta a Eurico Miranda: para lembrar quem é maior


Nada prezado Eurico Miranda, presidente do Vasco,

Esta carta é para te lembrar quem é maior.

É para te lembrar que, quando o teu Vasco subiu para a primeira divisão do Campeonato Carioca, em 1923, vocês não tinham onde jogar, e foram pedir o Estádio das Laranjeiras emprestado.

É para te lembrar que o Fluminense fundou a Seleção Brasileira, em 1914, dois anos antes de o Vasco começar a praticar futebol.

É para te lembrar que, enquanto o Vasco apanhava de 10 em divisões inferiores, o Fluminense já era o maior clube de futebol do Rio de Janeiro e do Brasil.

É para te lembrar que o Fluminense sempre cumpriu os regulamentos - nunca forçou, por exemplo, que uma decisão de Campeonato Brasileiro fosse no Maracanã, como vocês fizeram em 1974, a despeito de o Cruzeiro ter feito a melhor campanha.

É para te lembrar de Rivellino canetando Alcir e marcando o maior golaço da história do Maracanã. (veja aqui)

É para te lembrar da apoteose de Narciso Doval em 1976, no último minuto da prorrogação, deixando o teu Vasco com o vice. (ler mais aqui)

É para te lembrar do gol de falta do Edinho em 1980, decretando mais um vice-campeonato de vocês. (ler mais aqui)

É para te lembrar que, no grande confronto da história deste clássico, Romerito deixou Roberto sentado, e o Campeonato Brasileiro de 1984 veio para Laranjeiras. (ler mais aqui)

É para te lembrar de Washington bagunçando a defesa do Vasco e marcando outro maior golaço da história do Maracanã. (veja aqui

É para te lembrar que, nas quartas-de-final do Brasileirão de 1988, o Fluminense ganhou as duas do Vasco, que tinha feito a melhor campanha da primeira fase. Na prorrogação, Washington fez outro golaço e mandou vocês pra casa! (ler mais aqui)

É para te lembrar que o Fluminense nunca precisou escalar um jogador suspenso para ser campeão, como o Vasco fez com Edmundo na decisão do Brasileiro contra o Palmeiras, em 1997.

É para te lembrar que o Fluminense nunca precisou de W. O. para ser campeão.

É para te lembrar que Castilho, Pinheiro, Didi, Telê e companhia foram campeões mundiais em 1952, enquanto vocês esbarraram no Real Madrid em 1998.

É para te lembrar de Roger e Agnaldo eliminando vocês da Copa do Brasil de 2000, dentro de São Januário.

É para te lembrar que o Fluminense nunca colocou em risco a vida de seus próprios torcedores, como o senhor fez ao superlotar São Januário na decisão do Brasileirão de 2000, contra o São Caetano.

É para te lembrar de Deco surpreendendo Fernando Prass na decisão da Taça Guanabara de 2012.

É para te lembrar que o Fluminense não conhece rebaixamento já há dezessete anos - enquanto isso, no mesmo período, o teu Vasco já caiu duas vezes, e caminha para o tri a passos largos...


É para te lembrar que quem nasceu para Regatas nunca será, de fato, um Football Club.

É para te lembrar que, nas próximas décadas e nos próximos séculos, a tua torcida terá que ficar indo para lá e para cá, sem um lugar fixo no Maracanã.

É para te lembrar que tudo pode passar, só o Tricolor não passará jamais...

PCFilho

77 comentários:

  1. Falta de Informação de vocês!!!

    Mais uma mentira histórica exposta na mídia

    Em matéria veiculada por ESPN.com.br e reverberada pelo site Netvasco uma mentira histórica foi passada ao público leitor.

    A matéria diz em determinado ponto:

    “Mas o regulamento exigia um estádio, coisa que Eurico Miranda, atual presidente do clube, cansa de reclamar na atualidade. E sem poder mandar seus jogos no campo da Rua Morais e Silva, o Cruz-Maltino recorreu ao já gigante Fluminense, que podia ceder o estádio ao clube de regatas. Importante lembrar que alguns anos antes, o Flamengo, clube formado pela dissidência de jogadores tricolores também recebeu o apoio do Flu e atuou nas Laranjeiras”.

    A verdadeira história é a seguinte:

    Em fevereiro de 1923 o Vasco solicitou atuar no campo do Fluminense, optando por este em detrimento de seu campo na Rua Moraes e Silva, embora pudesse atuar nele, e o motivo foi de ordem financeira, uma vez que com o estádio lotado na Rua Moares e Silva o clube faturaria apenas 4 contos de réis, a princípio, podendo, com reformas, chegar a 10 contos de réis, enquanto que atuando no campo do Fluminense, praticando os mesmos preços, poderia alcançar os 30 contos de réis com o estádio apanhando um bom público.

    O tricolor das Laranjeiras, que ALUGAVA não emprestava seu estádio, por um valor caríssimo, diga-se de passagem, sorria de orelha a orelha com a escolha do Vasco, assim como a Federação Metropolitana de Desportos Terrestres (FMDT), que mordia parte da renda. Já os dirigentes cruzmaltinos aceitavam pagar o alto valor de aluguel confiando no fato de que sua torcida – que comprovaria naquele ano e nos subsequentes daquela década ser a maior e mais popular da cidade – encheria o estádio na maioria dos jogos, fazendo valer à pena arcar com o referido custo cobrado pelo adversário.

    De fato, em 1923 a melhor média de renda e público entre os clubes que disputaram o Campeonato Carioca foi a do Vasco, o Campeão Carioca daquele ano, surpreendendo as elites futebolísticas da cidade.

    Aqui a verdade prevalece!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois pesquise os jornais sobre a entrada do Vasco no Campeonato Carioca e verás que o FFC foi uma espécie de padrinho do Vasco na primeira divisão, sofrendo inúmeras críticas por parte dos co irmãos, dizendo que o FFC iria se arrepender desse apadrinhamento, pois demonstravam profunda antipatia por este clube.
      Matérias disponíveis em álbum de época do Flumemória, para os que não quiserem ler jornal a jornal.

      Excluir
    2. Olha a fonte do Anderson... "Netvasco"... Totalmente imparcial, só que não... rsrs. Cara, sério, vou repetir meu conselho pra você: estude a história do futebol carioca antes de vir falar besteira aqui.

      Não, o Vasco NÃO PODIA jogar no campo da Rua Morais e Silva, isso está documentado nos jornais da época e no livro "O Negro no Futebol Brasileiro", referência absoluta do assunto. O Vasco teve que pedir pra jogar no Estádio do Fluminense (sim, Estádio, por sinal o maior do país na época). Ou jogava no Estádio do Fluminense, ou não poderia disputar o Campeonato.

      Trechos transcritos do livro "O negro no futebol brasileiro" (Mario Filho):

      "O Vasco não era outra coisa. Um clube com um campinho na Rua Morais e Silva, que não servia nem para os jogos da primeira divisão. E o Fluminense já com outro estádio (...). Eles tinham tudo, o Vasco nada, só o campinho da Rua Morais e Silva quase abandonado, um dormitório." (pág. 121)

      "E, depois, havia a história do campo, o Vasco tendo de jogar no estádio do Fluminense." (pág. 140).

      Fim da discussão. ;)

      Excluir
    3. Eu já disse, o freguês sempre tem razão!!!

      Excluir
    4. O dia que teu time ganhar um título sobre o Flamengo (eu nunca vi isso acontecer na minha vida), tu volta aqui, blz?

      Excluir
    5. É triste ver um clube que ja foi tradicional cair para uma serie C , se tornar a 3a potencia de seu estado. O futebol é conquistado no campo , titulos e etc. Sao os titulos que fazem a torcida, sao os titulos que tornam o time conhecido. O fluminense é um nanico no futebol mundial , virgem das americas. Ja teve um estadio , time de burgues. Nos construimos o nosso e era muito maior que o de voces. Futebol nao é feito de contratos e canetas. Futebol é bola , idolos, torcida. Ser antigo nao quer dizer nada , pelo o contrario, é um peso a mais , deveriam dar exemplo e nao desonrar os outros clubes com canetas e contratos. Se querem que a tradição de vcs seja lembrada , nao desonrem as dos clubes que sao evidentemente maiores. Pequenininha , tua torcida cabe dentro de um fusquinha.

      Excluir
    6. Tô, achando que o gol do Cocada será eterno para o Vasco.
      So lembrando, esse gol não tem importância alguma, pois com ou sem ele, o Vasco seria campeão, ao contrário do gol Do Rondinele e do Petkovic e Valido.

      Excluir
    7. Aaaaaaaaaahhhhhhhh, então lembra de qualquer outro que não seja em final, pois em 97 quando vocês acharam que daria, Edmundo acabou com vocês e foram eliminados, este ano ainda estão chorando por causa do pênalti legitimo e gol contra vocês junto com nova eliminação. Agora volta pro videogame!!!

      Excluir
    8. Só quero saber do seguinte:

      Quem comprou a Portuguesa?

      Excluir
    9. Rafael, cair para a série C não é vergonha alguma, pelo contrário, é uma honra ver q o fluminense foi do fundo do poço pro topo da América, e quase q a conquista, q saiu da terceira divisão para ganhar 2 títulos brasileiros da série A em 3 anos, pra conquistar a copa do Brasil em 2007... Poucos são os clubes q podem falar q se reergueram, e isso é uma grande glória pros tricolores, e não uma vergonha como vcs pensam q seja, e torcida pequena? Não preciso nem argumentar um comentário desses, até pq não há base alguma pra tal afirmação sua, já andou o Brasil inteiro? Já perguntou o time de todos os brasileiros? Acho q não

      Excluir
    10. Chorando jamais. Pode comemorar.
      Pênalti legítimo igual ao gol do Marcio Araújo ano passado.
      Sempre achamos que dar, porém em finais, desde o gol sem importância do Cocada, não sabemos o que é ser vice do Vasco.
      O Vasco é nossa alegria.

      Excluir
    11. Não é vergonha cair para a série C???? Tricolores são mesmo sem vergonha kkkkkkkkk

      Outra coisa, quem subiu como??? Vocês subiram por pena da CBF e do clube dos 13, porque todos viram a incapacidade e incompetência da diretoria e time de vocês para voltar a ELITE sozinhos!!!

      Não são CAMPEÕES DA AMÉRICA por pura INCOMPETÊNCIA!!!!

      Isso quem tem é só CLUBE DE EXPRESSÃO, conhecido MUNDIALMENTE!!!

      Excluir
    12. PC, Estádio aqui no Rio de Janeiro, só quem tem é o Vasco!!!

      O restante é do Governo.

      Vocês não e nunca tiveram, naquela época (1923), isso que você está se vangloriando valia como alguma coisa, mas conforme o tempo as coisas mudam, fizemos o nosso, com o suor dos nossos familiares como chamamos todo torcedor do Vasco e aliados, então para de viajar, vocês são um clube dependente, se ninguém mais ajudar vocês ficam a ver návios.

      Návio esses com a Cruz de Malta se desejar!!!

      Estádio de Clube aqui no Rio de Janeiro é igual Hilander, só existe um, se chama SÃO JANUÁRIO, minha CASA, meu CALDEIRÃO!!!

      Abraços.

      Excluir
    13. Tomar o gigantismo por base da conquista ou não da Libertadores chega a ser hilário. Se assim o for, vocês são tão grandes quanto o Once Caldas. Mas duvido que o Once Caldas tenha sua camisa encontrada à venda em Paris, Londres, Nova Iorque... a do Flu certamente você encontra!

      Excluir
    14. Novamente desinformado, temos cedes de torcida, principalmente organizada até do outro lado do MUNDO, por favor Aloisio, deixa o PC falar que ele é melhor para debater.

      PC quase me calou, você está me fazendo rir!!!

      Excluir
    15. De um campinho à um estádio construído por torcedores... que evolução hein!
      Isso é ter história...

      Excluir
    16. Anderson,

      Você mesmo escreveu que, conforme o tempo passa, as coisas mudam. Pois é, o tempo passou, estamos no século XXI. Enquanto vocês acharem que São Januário é um estádio, estarão fadados a se apequenar. São Januário é um local construído nas décadas de 20 e 30... e nunca passou por uma reforma grande de verdade. É um estádio do passado, como Laranjeiras, como Gávea. É uma Ilha do Retiro, um Aflitos, um Canindé, no Rio de Janeiro.

      Legal que tenha sido construído pelos torcedores (o do Flu foi construído pelos sócios e adeptos, também, e com recursos próprios). Mas o Vasco precisa de desapegar e entrar no século XXI. Bom, essa é minha opinião, mas o problema é de vocês. Se quiserem continuar com um Eurico de dirigente e um estádio medieval, o problema é de vocês...

      Sobre a Série C, não é vergonha nenhuma, mesmo. Acho até engraçado, porque vocês realmente acham que nos atingem, que nos magoam, com essa história de Série C. Eu, quando vejo "Série C", só me faz lembrar que o Fluminense esteve no inferno e voltou de lá. Quer prova maior de grandeza do que essa? ;)

      Excluir
    17. Esse rapaz precisa aprender a interpretar um texto e a usar o corretor ortográfico... tá difícil, PC!

      Excluir
    18. PC, bom dia!!

      Que São Januário precisa de reformas, isso concordo com você em todos os gêneros, por mim poderiam demolir e deixar só a fachada, já que dizem que esta não pode ser demolida.

      Fachava todo o contorno do estádio, colocando arquibancadas em dois andares, estipulando um público de 50.000 ou 60.000 pessoas mas, infelizmente nesse ponto, não vi diretoria nenhuma (Dinamite o Eurico), correrem atrás de alguma empresa para dar segmento a isso, talvez estejam afim que seus torcedores construam novamente um estádio novo, não sei.

      Quanto a gente brincar com vocês com esse negócio de Série C, serve para mostrar que nenhum, repito NENHUM, dirigente do futebol brasileiro está apto a ficar de frente para administrar um CLUBE, vocês sofreram tanto com uma má administração que passaram por várias quedas manchando qualquer tipo de HISTÓRIA que seu clube tenha, assim como o meu e vários outros.

      O SR BANDEIRA DE MELLO, dirigente do flamengo, só engana a eles, a mim não engana, todo dirigente aqui do BRASIL rouba o CLUBE, ele se finge de bom moço dizendo que está pagando as contas e etc, mas nenhum torcedor deste derivado clube está se preocupando de que forma, ele está com tanto medo de perder a ELEIÇÃO no final do ano, que trouxe esses jogadores para ver se consegue a reeleição.

      A verdade é que os clubes brasileiros, tem que ser comprados e administrados por seus DONOS, como na EUROPA e qualquer problema financeiro que venha calhar em ter quem paga é o DONO, não a sua torcida.

      Eurico a frente do Vasco, não é glória pra ninguém, ele defende o clube também por interesses próprios e sabemos disso, mas quando vi os outros concorrentes dele, cheguei a temer a total falência do Vasco. Uns caras que não sabem nada em matéria de administrar e que iriam fazer igual ao Dinamite, que deixava qualquer um entrar em nossa casa, fazer uma farra, largar tudo bagunçado e transparecer tudo para a maliciosa mídia. A minha maior preocupação é com o nosso próximo presidente!

      Aloisio, debater com você é gastar tempo a toa, me desculpe!

      Excluir
    19. Repito: para mim, a queda para a Série C não é mancha alguma. Vocês podem berrar e espernear "Série C, Série C, Série C", que eu só consigo me lembrar da bonita história que o Fluminense construiu voltando dos círculos do inferno... ;)

      Sim, o Fluminense foi vítima de péssimas administrações, como todo clube eventualmente é, mas conseguiu se reerguer. Eu prefiro ter estado numa terceira divisão e hoje ver meu clube sempre brigando no topo, tendo ganhado 2 dos últimos 5 Brasileirões, a ser essa gangorra que o Vasco tem sido desde 2008...

      Excluir
  2. Esqueceu de fazer uma colocação muito importante. Enquanto torcer para o Vasco no relembra de nossa superveniencia à Portugal, país que embora tenha nos colonizados, quem nasce no Brasil é Brasileiro! E quem nasce no Estado do Rio de Janeiro é FLUMINENSE! Portanto ser tricolor é uma questão de patriotismo e orgulho da terra em que nasceu, eque to que ser vascaino nos lembra de uma decadente história etinocentrica. ST

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho engraçado essas vascaínos, não sabem mais o que falar e colocam os mesmos comentários de sempre, aqueles clichês, típico de anti sem conhecimento e sem argumentos, "série C" "pague a série B", poderiam melhorar ne

      Excluir
    2. Ok...Então paguem as duas SÉRIE B, cuidado que a compra da PORTUGUESA está sob INVESTIGAÇÃO!!!!

      Excluir
    3. Engraçado quererem que o Fluminense pague o que não deve. Que Série B? A de 2000, que não aconteceu? A de 2014, que o Flu não caiu?

      Rebater as diversas chineladas do post, que é bom, nada... Rsrsrs.

      Excluir
    4. Primeira Série B, com a queda do Brasileiro de 1996 com virada de mesa e abertura de Champanhe!
      Segunda Série B, virada de mesa em 1999, convidados até hoje a jogarem na Elite do Campeonato Brasileiro!
      Cuidado para não serem pegos na envestigação da queda estranha da PORTUGUESA, senão vão ter que pagar três.

      Excluir
    5. Ignorância só se cura com leitura. Recomendo o livro "Pagar o quê?" para que você evite passar vergonha na internet por mais tempo.

      Excluir
    6. O Vasco tinha mais motivos de subornar a Portuguesa do que o Fluminense. Basta estudar a tabela de classificação da 37a rodada do Brasileirão 2013.

      Excluir
    7. Anderson, mais um show de desinformação da sua parte.

      Por que você omite que em 1996 o Campeonato foi MANIPULADO? Você aceitaria que o Vasco fosse rebaixado em um campeonato contaminado com manipulação de resultados??? Pois é, nós não aceitamos. O Fluminense não teve nada a ver com o que Corinthians e Atlético Paranaense fizeram. Não merecia ser rebaixado, e não foi. Isso não é virada de mesa.

      Em 1999, o Fluminense jogou E VENCEU EM CAMPO a Série C. Houve uma confusão enorme na Série A, envolvendo Botafogo, Inter, Gama, São Paulo... e a CBF não pôde organizar o Campeonato de 2000. NÃO HOUVE SÉRIE B EM 2000. E o Fluminense não tem culpa alguma disso. Em 2000, ficamos EM TERCEIRO LUGAR na primeira fase. Portanto, obtivemos sim, NO CAMPO, o direito de jogar a Série A de 2001, quando a CBF voltou a organizar o Campeonato.

      Sobre 2013, estou tranquilo. Não faz sentido o Fluminense ter comprado a Portuguesa. Se alguém comprou, não foi o Fluminense. Há um clube carioca que foi o maior beneficiado pelo descuido da Portuguesa, mas esse clube não é o Fluminense. Basta olhar a tabela de classificação final para descobrir qual clube foi o grande beneficiado pelo erro da Lusa...

      Excluir
    8. Como bem observou o Marcelo, os outros dois clubes cariocas envolvidos tinham mais motivos para subornar a Portuguesa que o Fluminense... ;)

      Excluir
  3. Futebol é ilógico, não adianta discutir, todos tem razão e ao mesmo ninguém tem razão.
    Pra mim o Flamengo é o maior do MUNDO, pra outros não.
    Tudo é relativo. Parabéns aos clubea e suas histórias.
    Continurmos "RECUPIRANDO". Faz parte do futebol.

    ResponderExcluir
  4. É para te lembrar que em 1961, o Torneio de Paris foi considerado pela imprensa francesa como um autêntico título intercontinental extra-oficial, ou autêntico mundial de clubes, em um ano em que a final do torneio teve similaridade à final vencida pelo Vasco em 1957 (em ambos os anos, foi uma final entre o então campeão europeu e um grande clube do Brasil, em ambos os casos o clube brasileiro era a equipe considerada pela imprensa francesa como a melhor da América do Sul).42 43

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mundial mesmo o Vasco disputou três.

      Em 1951, perdeu a semifinal pro Palmeiras.

      Em 1998, perdeu o jogo único pro Real Madrid.

      Em 2000, perdeu a final pro Corinthians.

      O resto e invenção de torcedor lunático...

      Excluir
    2. Mundial em 1951 pro Palmeiras???

      Então podemos dizer que o Vasco é Campeão Mundial de 1957, Real Madrid 3 x 4 Vasco!!!???

      Excluir
    3. Gente falando do Torneio de Paris me dá vontade de rir. Se for contar o Torneio de Paris, somos tricampeões mundiais. Esses vascaídos...

      Excluir
    4. Eu não disse nada, só fiz uma pergunta, porque pelo que eu saiba a FIFA começou a colocar uma disputa entre o melhor Sul Americano contra o melhor time Eurpeu depois que o Real Madrid tomou essa pancada, pois eles tinham um timaço e o Vasco perto deles era quase nada!!

      Então os Jornais de lá esculhambaram com o Real Madrid, dizendo que o verdadeiro futebol não estava na Europa e sim na América do Sul, pois vieram a aprender a jogar bola em 30 minutos levando uma lavada do Vasco.

      Excluir
    5. Jornal Frances no dia seguinte.

      "E então, bruscamente o Real desapareceu literalmente. Seriam as camisas de um vermelho pálido ou os calções de um azul triste que enfraqueciam a soberba equipe espanhola? Não; é que, antes, apareceram subitamente do outro lado os corpos maravilhosos, apertados nas camisas brancas com a faixa preta, de onze atletas de futebol, de onze diabos negros que tomaram conta da bola e não a largaram mais. Durante a meia hora seguinte a impressão incrível, prodigiosa, que se teve é que o grande Real Madrid campeão da Europa, o intocável Real vencedor de todas as constelações europeias estava aprendendo a jogar futebol".

      Excluir
    6. Torneio de Paris o Flu ganhou dois, em 1976 e 1987. Em 1976, ganhamos só da SELEÇÃO DA EUROPA na decisão. Isso não significa que é um Mundial. Não tem nada a ver, é um torneio amistoso, sempre foi.

      Em 1975, o Fluminense venceu o Bayern de Munique, então bicampeão da Champions' League (conquistaria o tri no ano seguinte), e base da Seleção da Alemanha Ocidental, campeã da Copa do Mundo de 1974. E venceu massacrando, diante de 100 mil pessoas no Maracanã. Mas isso não nos faz pensar que isso é "um Mundial", porque não é. Foi apenas um amistoso.

      Já a Copa Rio, sim, foi um Mundial de fato e de direito. E a verdadeira inspiradora do atual Mundial de Clubes da FIFA. Podem espernear à vontade, mas Torneio de Paris é só uma competição amistosa, e Copa Rio é um Mundial, sim.

      Portanto, o Fluminense é campeão mundial, sim, e o Vasco não. Apesar de ter jogado 3 Mundiais, perdeu todos... paciência... Quem sabe um dia vocês têm outra chance (pra começo de conversa, tem que sair do Z4 hahahaha).

      Excluir
    7. Essas coisas de Mundial ganho na caneta, assim como outros títulos como campeonatos brasileiro que uns clubes ganharam na caneta, não sou a favor não, odiaria ver meu clube metido numa história dessas, acho ridículo.

      Mas, já que você aceita então parabéns, PC.

      Excluir
    8. Só uma observação, PC!

      Final em 1951

      Palmeiras 1 – 0 Juventus
      Palmeiras 2 – 2 Juventus

      Palmeiras Campeão!!! Juventus Vice, favor se corrigir!!!

      Excluir
    9. Anderson,

      Não tem nada de "ganho na caneta", não. O Fluminense ganhou o Mundial EM CAMPO, vencendo o Peñarol com vários titulares da Seleção Uruguaia de 50, o melhor Corinthians da história e outros times campeões de seus países.

      O Vasco venceu o Campeonato Sul-Americano de 1948, também em campo. Não existe esse papo de "ganho na caneta".

      Quanto a 1951, eu não tenho que me corrigir em nada. Não disse que o Vasco perdeu a final, mas sim a semifinal para o Palmeiras. O Palmeiras ganhou do Vasco na semifinal e da Juventus na final.

      O Vasco foi vice mundial em 1998 e 2000. Em 1951, caiu na semifinal. Foi isso que escrevi ali em cima.

      Excluir
    10. 1º Campeão Sul Americano Invicto - sim, mas não considero uma Libertadores.

      Excluir
  5. Falou, falou, falou, mas.... KD A LIBERTADORES?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkk casa da LDU...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Se vocês medem o tamanho de um clube pelo número de Libertadores, parabéns, o Vasco é do tamanho do Once Caldas, da LDU e do Argentinos Juniors, e três vezes menor que o Olimpia... ;)

      Excluir
  6. O CRVG é um grande clube brasileiro, com uma grande torcida e com uma grande história, mas neste momento é dirigido por quem tem mentalidade pequena, que pensa que ( ainda) pode ganhar qualquer coisa no grito, na ameaça e na pirraça, a ponto de querer à força rasgar um contrato de aluguel do estádio para, à força, colocar a torcida do seu clube em lugares que estão alugados pelos próximos 33 anos a outro clube.

    O mundo mudou...

    ...os venezuelanos, peruanos, colombianos e até os americanos que antes eram goleados, hoje estão jogando taco-a-taco com qualquer um...

    ...ninguém mais respeita nem tem medo da seleção...

    até japonesas e americanas são campeães mundiais de futebol, enquanto o Brasil chupa no dedo...

    ...mas este senhor do charuto ainda pensa que está no primeiro mandato, quando tentava, e muitas vezes conseguia, ter tudo e mais alguma coisa só no grito, na ameaça e na pirraça.

    É pena, mas o mundo mudou... e no grito ninguém "vai descer o Flu pra segundona", nem ninguém vai rasgar contrato assinado e oficializado em cartório...o CRVG como clube visitante contra o mandante Fluminense, teve e terá que colocar a sua torcida no local destinado à torcida visitante, pois jogou e jogará FORA DE CASA...como mandante, no caso em São Januário ou Engenhão ou Morumbi ou em Manaus, faz o que quiser...mas no Maraca, o CRVG fica onde o Fluminense quiser...PONTO FINAL.

    PC, nem vale a pena falar da Taça que o COMITE OLÍMPICO INTERNACIONAL, através do Barão Pierre de Coubertin premiou o Fluminense como o melhor clube do mundo, nem vale a pena citar 1952 com o dirigente da FIFA ENTREGANDO A TAÇA AO CAPITÃO TRICOLOR ou sobre quem Jules Rimet chamou de "exemplo de organização" que deveria ser copiado a nível mundial:-)

    E sabe porque que não vale a pena? Porque eles nem devem saber o que é COI, devem pensar que Jules Rimet é só uma taça derretida e que Pierre de Coubertin é um personagem da Corrida Maluca... a memória é curta e a preguiça de ir pesquisar pra escrever sabendo o que tá escrevendo é enorme:-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, cidadão!

      Nem vocês, nem flamengo são reconhecidos como campeões mundiais.
      Palmeiras foi chamado de Torneio Internacional de Clubes Campeões - Copa Rio.

      Na época de vocês era somente Copa Rio, mais uma vez esperaram a poeira baixar para na caneta ganharem algo!!!

      A edição de 1951 da Copa Rio chegou a ser, por um breve período (março/abril de 2007), reconhecida pela FIFA como sendo uma Copa do Mundo de Clubes,[60] [61] e algumas fontes alegam que apenas a edição de 1951 da Copa Rio teve cunho de Mundial de Clubes.[62] A edição de 1952 também chegou a receber menção como troféu mundial pela imprensa da época, porém bem menos que a edição de 1951 (em 1951, todos os 10 jornais brasileiros pesquisados trataram a competição como Mundial de Clubes; em 1952, só o jornal A Última Hora a tratou assim).[
      Além das diferenças nos países/clubes representados e no tratamento da imprensa quanto a ser ou não Mundial de Clubes, outra diferença entre as edições de 1951 e 1952 da Copa Rio foi quanto ao tratamento enquanto Torneio de Campeões. No início da competição de 1951, o jornal O Estado de S. Paulo (de 24/06/1951) sugeriu que o nome oficial da competição (Torneio Mundial dos Campeões) fosse mudado, dizendo que pela lista de participantes estrangeiros, o torneio não merecia ser chamado nem de Mundial nem de Campeões,[64] Neste mesmo mês, a CBD declarou que as edições seguintes do torneio (depois da edição de 1951) não seriam chamadas oficialmente de Torneio de Campeões mas só de Copa Rio
      Possivelmente por isso, a conquista do Fluminense em 1952 foi tratada apenas como Copa Rio pela imprensa, exceto pelo jornal A Última Hora, que a tratou como título Mundial e dos Campeões.[63] A competição de 1953 sucessora da Copa Rio Internacional, a Copa Rivadavia, também da CBD, foi também tratada como Campeonato Mundial de Clubes, ao menos perante o participante escocês Hibernian[66] , alegando que ela era rotulada dessa forma pela CBD,[67] [68] sendo que, por razões até agora desconhecidas, este clube tinha anteriormente recusado o convite para participar da Copa Rio em 1951 e 1952, ocasiões em que foi substituído pelo Austria Viena.[51] [57] [69] Também no início dos anos 1950, surgiu o conceito de competição intercontinental, em contraste ao conceito de competição mundial: a imprensa portuguesa, por exemplo, em 1953 citou a "característica euro-sul-americana" da Copa Rivadavia.
      Em 1951, o troféu entregue ao campeão Palmeiras carregou a inscrição "Torneio Internacional de Clubes Campeões - Copa Rio", porém naquele mesmo ano (inclusive antes da realização do certame de 1951) o vice-presidente da CBD Mário Polo informou que a designação "Torneio de Campeões" seria retirada do nome oficial de edições vindouras do evento pelo fato da CBD não ter conseguido seu objetivo de só contar com os clubes campeões mais recentes de cada país.[107]
      Em 1952, o troféu entregue ao campeão Fluminense carregou a inscrição "Copa Rio", sem a inscrição "Torneio Internacional de Clubes Campeões". O nome "Copa Rio" em 1951, era oficialmente apenas o nome do troféu do Torneio dos Campeões.

      Flamengo disputou essa Copa Intercontinental por Clubes convidados na época, onde os mais fortes se recusaram a participar, o que pela FIFA não vale como Mundial de Clubes, que só passou a existir em 2000, onde o Campeão foi o Corinthians, organizado pela FIFA!!!

      A Copa Intercontinental também não era organizada pela FIFA e a mesma não a considera um evento oficial da entidade.

      Excluir
    2. Anderson,

      Eu já li essa argumentação tosca antes, tentando diferenciar a Copa Rio de 1951 da de 1952. É, como escrevi, uma argumentação tosca, não-baseada em fatos.

      O nome dos torneios foi o mesmo, a fórmula de disputa das duas competições foi IDÊNTICA, os estádios utilizados foram os mesmos. Os critérios para escolha dos participantes também foram IDÊNTICOS (ou melhor, o critério de 1952 foi até um pouco melhor, pois só chamou clubes campeões ou líderes, enquanto em 1951 a Juventus tinha sido apenas a 3ª colocada do Campeonato Italiano).

      Se a FIFA considerar 1951 como Mundial (e parece que vai considerar, como noticiei aqui há uns meses), obrigatoriamente terá que considerar 1952 como Mundial, também, pois foram duas edições de um mesmo torneio.

      De qualquer forma, eu particularmente não ligo para o reconhecimento da FIFA. Sei, em minha consciência, que o Fluminense conquistou um campeonato que, dadas as condições da época, foi o equivalente de um Mundial de Clubes. Um torneio que, inclusive, é superior tecnicamente ao Mundial de hoje em dia, que só conta com 2 ou 3 times de alto nível. E isso me basta.

      Excluir
    3. '
      "Se a FIFA considerar 1951 como Mundial (e parece que vai considerar, como noticiei aqui há uns meses), obrigatoriamente terá que considerar 1952 como Mundial, também, pois foram duas edições de um mesmo torneio."

      Agora até na FIFA vocês querem mandar?? kkkkkkkkkk

      Isso que é desespero por título, PC está difícil pra você um desses né, então melhor ganhar na CANETA e sorrir dos mortos...lamentável!

      Excluir
    4. Quem ganha as coisas "na caneta", no futebol do Rio de Janeiro, não é o Fluminense...

      Vide o DOSSIÊ BACALHAU...

      Excluir
    5. "Meu caro meias verdades.
      Seria mais interessante se voce colocasse a verdade "inteira".
      Também seria bom udm Dôssie Fluminense
      - O Time que ganhava tudo nos tempos do Horta
      - Como o time subiu da 3a divisão do brasileiro direto para 1a
      - Como o Fluminense aceitou os favores do ditador do Vasco e depois o traiu
      Parabéns pelo título brasileiro
      Saudações esportivas
      Se preocupe mais em divulgar seu ótimo site e não jogar a sujeira da sua casa embaixo do tapete e apontar a casa dos outros" - Concordo!!!

      Sou tricolor, mas efeito suspensivo é um artificio legal, e pelo que vi foi utilizado corretamente pelo Vasco da Gama. - Concordo!!!

      Esse caso da Final da Copa JH é muito parecido com o que ocorreu no Clássico entre Fluminense x Botafogo, nas Laranjeiras pelo Brasileiro de 1991. O jogo foi interrompido devido a confusão e a invasão do campo pelos torcedores e posteriormente o Fluminense conseguiu os pontos e a vaga nas Semifinais no STJD e eliminando por tabela o Corinthians. E antes que diga "quem começou a confusão foi a Torcida do Botafogo" o mando de campo era do Fluminense, o estádio era do Fluminense, foi o Fluminense que escolheu levar a partida para as Laranjeiras. Por tanto era o Fluminense que deveria oferecer total segurança para que a partida fosse realizada assim como o Vasco em 2000 - Concordo!!!

      - Quem tem que oferecer a segurança necessária para que a partida seja realizada é o mandante.
      - Define a carga de ingressos disponível para a vendas é o mandante.
      - Clássicos devem ser realizados em estádios com capacidades superiores a 20.000
      - O Maracanã estava disponível para a realização do clássico.

      O que causou a revolta aos Dirigentes e a Torcida do Botafogo foi justamente o fato do Fluminense tirar a partida do Maracanã e levar para um estádio sem nenhuma condições de segurança e comodidade para a Torcida visitante.

      E antes que fale qualquer coisa sei da importância e do valor histórico que o estádio das Laranjeiras representa para o Futebol Nacional. Mas nos dias de hoje (mesmo há 22 anos atrás) não tem condições nem de realizar um jogo de estadual, quanto mais um clássico Decisivo e valendo uma vaga na Semifinal de Brasileiro. - Concordo!!!

      Excluir
    6. Como pode ver:
      - um dos maiores ídolos do Fluminense reclamando da falta de segurança do estádio (tá certo que o Renato jogava pelo Botafogo na época)
      - a própria torcida tricolor reclamando da capacidade do estádio e da falta de ingressos
      - a confusão já acontecia mesmo do lado de fora e 2 horas antes do jogo começar
      http://www.youtube.com/watch?v=ZgZ44lsy9n8

      Ta ae uma fonte - Concordo!!!

      Como disse o Leo Batista
      "a maior parcela de culpa cabe a insensibilidade dos dirigentes que comanda o Futebol Brasileiro (principalmente os que comandava o Fluminense na época) foram eles que marcaram um clássico das tradições de Fluminense e Botafogo para um estádio que sabidamente não oferece a menor condição de segurança"

      Por tanto antes de apontar os podres dos outros (caso da Final da JH 2000), faça um favor. Olhe os próprios podres do Fluminense. Pois tem muitos. - Concordo!!!

      fora esse fato ae bem lembrado pelo Renato ainda houve outro. Em 1996 a torcida do Fluminense invadiu o gramado das Laranjeiras e agrediu os jogadores e a comissão técnica do Atlético-PR. O goleiro Ricardo Pinto que atuava pelo Atlético-PR e teve passagem pelo Fluminense foi a nocaute, ficou em coma durante 3 meses e teve que passar por uma cirurgia para retirar um coágulo no cérebro. Agora eu pergunto: Qual foi a punição imposta ao Fluminense ?

      O Atlético Paranaense e Vasco devido ao confronto em 2013 sofreram punições:
      Atlético-PR = 9 jogos de perda de mandos de campo (4 com portões fechados), além da multa de R$ 80 mil.
      Vasco = 6 partidas de perda de mandos de campo (3 com portões fechados), além da multa de R$ 50 mil.

      O Coritiba contra o mesmo Fluminense foi punido severamente em 2009. Teve que jogar praticamente toda a Série B de 2010 fora do seu estádio e da capital, multa de R$ 600 mil, em um estádio com capacidade reduzida para 10 mil torcedores ...

      Enquanto a Torcida do Fluminense por muito pouco não matou um profissional e o clube nem se quer foi punido na época. - Concordo!!!

      Era Isso??? Está difícil PC...só para te lembrar que: todo clube tem problemas com qualquer tipo de coisa envolvendo mentiras, roubos e desonras, mas você só sabe citar as dos outros omitindo as do seu clube, como se fossem santos ou os mocinhos, para de tapar o sol com a peneira, fica menos ridículo PC!!!

      Excluir
    7. Todos estes argumentos mentirosos sobre o Fluminense foram devidamente rebatidos no post do Dossiê Bacalhau.

      Excluir
  7. PC, desse jeito o seu blog vai bater recorde de acessos!!! Rs...

    Essa briga, acirrada pelo nefasto esclerosado do charuto, é lamentável. Mas é disso que, infelizmente, ele vive hoje em dia. Ora, briga com o Fla, ora com o Flu. Precisa aparecer de alguma forma.

    Ah... e discutir história do Flu com PC Filho e Alexandre Magno, gente, é covardia! Desistam, eles sabem tudo!

    ST

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leandro,

      Você sabe bem que eu já li "um pouquinho" sobre a história do futebol carioca e brasileiro. hehehehe. Não sou nada demais, apenas tento esclarecer os fatos para os amigos, sejam eles tricolores, vascaínos, rubronegros, botafoguenses, americanos, bangüenses... :)

      O que me deixa triste mesmo é essa briga motivada por um debilóide arcaico. Como é que podem ainda dar ouvido ao "nefasto esclerosado do charuto"?

      Abraço, amigo! E parabéns pelo nosso aniversário tricolor! :)
      PC

      Excluir
    2. Eu sei,parceiro. Mas se eles derem bobeira, logo vão colher os 'frutos'!
      ST

      Excluir
  8. Alô Vascão, História não livra ninguém de rebaixamento não hein, vamos jogar mais bola, pegaram aquela zaga do Flu que deu doce o jogo todo e agora ficam aí de Papinho gostoso, o time é fraquíssimo, vamos se preocupar com outras coisas !!!
    #ST

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, Leandro Brito.

      Acho que os vascaínos estão esquecendo que o time deles é fraquíssimo. Só fez SETE gols em 14 jogos. Média de meio gol por jogo. Se continuar assim, termina o Campeonato com 19 gols. rsrs.

      O Vasco caminha a passos largos para o terceiro rebaixamento em sete anos... 2008-2013-2015...

      Excluir
    2. Alguém aqui disse que o time é forte????

      Excluir
  9. PC Filho, excelente texto, enaltecendo realmente quem é o maior. No entanto, gostaria de contribuir enumerando também, porque o vasco é MENOR: Com vcs, "As 7 Melhores do Vasco"

    1.Conseguiu ser lanterna da SÉRIE C DO CARIOCA (!), e ainda tomou 10x1 do extinto Paladino!;
    2, Já tomou de 7 de Vitória, Bostafogo e Patético-PR!;
    3. Foi eliminado, no LIXão Januario pelo XV de Campo BOM, time da Terceirona gaúcha, com goleada;
    4. o mesmo placar, na mesma competição anos atrás, no MESMO 'estádio' pelo Baraúnas, com atacante de 42 anos e 90 kg;
    5.na partida do gol 1000 de Romário, no Maraca-FLU, toma uma virada do Gama, perdendo por 1x2 e ainda ficaram sem ver o tal gol...;
    6.no 'aquecimento' pra Serie B 2009, toma de 4 do Figueira, ainda no 1º tempo, em casa;
    7.e pra fechar, com chave de ouro, o épico remake do filme "Avaí 5-0", em pleno 2014, em plena SÉRIE B, em pleno (de novo), Lixão Januário....nada pode ser menor! ST4!

    ResponderExcluir
  10. Só sei que em títulos o flamengo supera o de vcs e ponto.

    ResponderExcluir
  11. Anderson, siga as regras do blog, ou não comente mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, PC!

      O que fiz de errado???

      Não prestei atenção, pode me dizer por favor, até mesmo porque o meu objetivo no seu Blog é debater e jamais ofender, mas talvez eu tenha colocado alguma postagem ofendendo que não tenha percebido, de qualquer forma me desculpe!

      Excluir
    2. PC, já vi onde foi o erro e volto a pedir desculpas pelo incoviniente!!!

      Desobedeci está regra:

      2) Escrevam os nomes dos clubes sempre da maneira correta. Não serão tolerados os apelidos pejorativos, sejam quais forem.

      Mes desculpem todos, por favor!!!

      Excluir
  12. "É para te lembrar que o Fluminense nunca precisou escalar um jogador suspenso para ser campeão, como o Vasco fez com Edmundo na decisão do Brasileiro contra o Palmeiras, em 1997."

    Em que parte do REGULAMENTO diz que está errado????

    O jogador Edmundo, que havia recebido o terceiro cartão amarelo no jogo de 14 de Dezembro, estaria fora da decisão do dia 21. Mas, orientado pelo banco de reservas do Vasco, ofendeu o árbitro Antônio Pereira da Silva e foi expulso (o que também o deixaria fora do próximo jogo, de acordo com as normas da Fifa). No entanto, durante a semana, Edmundo foi julgado, absolvido e pôde jogar a final.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está nas Regras do Jogo da FIFA: cartão vermelho gera SUSPENSÃO AUTOMÁTICA.

      É automática. Não tem julgamento, não tem efeito suspensivo, não tem nada. Automático é automático.

      Eurico, utilizando seus expedientes toscos de sempre, conseguiu no tribunal escalar um jogador que não poderia atuar. Pior: o craque do time...

      Depois o Fluminense que é o time do tapetão... acho até engraçado... rsrs...

      Excluir
  13. "É para te lembrar que o Fluminense nunca colocou em risco a vida de seus próprios torcedores, como o senhor fez ao superlotar São Januário na decisão do Brasileirão de 2000, contra o São Caetano."

    Se esqueceu do problema que teve nas Laranjeiras???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fluminense x Botafogo, Brasileiro/1991: O Fluminense fez questão de exercer o mando de campo no clássico contra o Botafogo disputado no feriado de 1º de maio. Torcida, jogadores e diretoria do Botafogo ficaram indignados. O clima para o jogo era péssimo. No intervalo a organizada do Botafogo derrubou o alambrado, roubou uma faixa de uma organizada do Fluminense, deu-se a confusão e não houve segundo tempo. Na reta final do Brasileiro, quando o Botafogo já estava eliminado e o Fluminense lutando por vaga na semifinal, o julgamento sobre o episódio puniu o Botafogo e deu ao Flu os pontos do jogo.

      Não teve falta de Respeito por parte dos senhores também não???

      Querer um Clássico para um campo de Várzea!!!

      Excluir
    2. Sobre a confusão que você citou, do Fluminense x Botafogo de 1991, vamos contar a história do jeito certo, né? Foi a torcida do Botafogo que invadiu o gramado e obrigou a interrupção do jogo. Naquele dia, a torcida do Botafogo assumiu o risco da derrota ao invadir o gramado e depredar o estádio mais sagrado do futebol brasileiro.

      O Botafogo mereceu aquela derrota, até porque seus dirigentes incentivaram os torcedores a praticarem a barbárie, como se vê nos jornais daquela semana. Se a pena imposta foi justa? Depende do ponto de vista. Eu provavelmente decidiria por um novo jogo, mas é totalmente possível argumentar que a pena da derrota foi até pequena para o Botafogo. Esse ano mesmo, por muito menos, um clube foi excluído da Copa do Brasil (o Grêmio, pelo caso do racismo contra o goleiro Aranha, do Santos).

      Se a torcida visitante foi a causadora do incidente, e foi incentivada pela diretoria do clube a criar o tumulto, somente o visitante deve ser punido, óbvio. Que culpa teve o Fluminense???

      Aliás, naquele jogo a diretoria do Botafogo não apenas incentivou sua torcida a criar tumulto: o próprio clube comprou cinco mil ingressos para a torcida, conforme noticiaram os jornais da semana.

      Te incentivo a ler os jornais daquela semana, de antes e depois do jogo. Alguns estão disponíveis na internet até. Fica muito evidente que o Botafogo "tinha culpa no cartório". Os dirigentes alvinegros nem fizeram questão de esconder o incentivo à baderna, que seria uma resposta ao suposto absurdo de marcarem um clássico para Laranjeiras.

      De certa forma, o Botafogo conseguiu seu objetivo: aquele foi o último clássico da história do Estádio de Laranjeiras. Quem será que perdeu mais naquele primeiro de maio? O Botafogo, que perdeu um jogo? Ou o Fluminense, que "perdeu" o direito de mandar clássicos em sua casa? Vale a reflexão...

      A comparação com o caso do Vasco em 2000 até é cabível, mas convenhamos que a situação do Vasco foi muito pior, mas muito pior mesmo: houve centenas de feridos, e além disso a irresponsabilidade de vender ingressos além da capacidade-limite do estádio.

      PS: se Laranjeiras é um "campo de várzea", São Januário também é...

      Excluir
  14. "É para te lembrar que quem nasceu para Regatas nunca será, de fato, um Football Club."

    Se não tens capacidade nem de administrar futebol devendo rebaixamentos, imagina ter REGATAS!!!

    Vocês nadam, nadam e morrem na praia!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Fluminense não deve nenhum rebaixamento.

      Em 1996, o rebaixamento foi cancelado, e com razão, afinal o Campeonato teve um escândalo de manipulação de resultados. Portanto, se era para alguém cair, seriam os clubes envolvidos no escândalo, não o Fluminense.

      Em 1997 e 1998, caímos, e cumprimos os rebaixamentos em campo.

      Em 2013, o Fluminense terminou à frente de 5 clubes, e só 4 eram rebaixados. Logo, também não há "dívida de rebaixamento" nesse caso...

      Excluir
  15. "É para te lembrar que, nas próximas décadas e nos próximos séculos, a tua torcida terá que ficar indo para lá e para cá, sem um lugar fixo no Maracanã."

    Sem problemas, TEMOS ESTÁDIO, além disso GANHAREMOS de vocês em qualquer LADO que a TORCIDA ESTIVER NO MARACA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, continuem achando que São Januário é "um estádio", que serve para o Vasco...

      Eu acho que eu enxergo a grandeza do Vasco melhor do que vocês. Não percebem que, enquanto o Vasco jogar naquele estádio medieval, pequeno, arcaico, só se apequenará cada vez mais?

      Até Sport Recife e Náutico, clubes médios a nível nacional, estão aos poucos desistindo dos seus respectivos alçapões no Recife, optando pela Arena Pernambuco.

      Na primeira divisão, São Januário é, disparado, o pior "estádio" dentre os utilizados pelos 20 clubes. Até a Vila Belmiro é melhor.

      PS: quero ver convencerem a PM a deixar o Vasco mandar um clássico em São Januário... rsrsrs.

      Excluir
  16. "É para te lembrar que Castilho, Pinheiro, Didi, Telê e companhia foram campeões mundiais em 1952, enquanto vocês esbarraram no Real Madrid em 1998."

    Não precisa ser Campeão da Libertadores, para depois disputar o Mundial???

    Vocês já tem LIBERTADORES??? Em que ANO foram CAMPEÕES desta competição??? Porque a que eu vi perderam para LDU ou este Clube era Mexicano???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não é necessário ser campeão continental para ser campeão mundial.

      O Corinthians ganhou o Mundial da FIFA em 2000, sem ter sido campeão da Copa Libertadores. O Atlético Madrid ganhou a Copa Intercontinental sem ter sido campeão europeu... Diversos outros clubes disputaram a Copa Intercontinental sem serem campeões continentais...

      Esse "argumento" contrário à Copa Rio é, acima de tudo, DESONESTO. Afinal, a Copa Libertadores SEQUER ERA DISPUTADA no início da década de 50. Como exigir que o Palmeiras e o Fluminense fossem campeões de um torneio que nem existia? Desonestidade pura...

      Excluir

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.