sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Efemérides tricolores - 6 de outubro


1912: em um jogo válido pelo returno do Campeonato Carioca, na rua Campos Sales, o Fluminense ganhou por 1 a 0 do Mangueira, com um gol de Edgard Gulden.

1918: em partida válida pela antepenúltima rodada do Campeonato Carioca, no campo da rua General Severiano, o Fluminense empatou em 2 a 2 com o Flamengo, e virtualmente garantiu o título de bicampeão da cidade. Os gols do jogo foram de Zezé e Welfare para o Fluminense, e de Dias e Galvão Bueno para o Flamengo. Com a chegada da epidemia de gripe espanhola ao Rio de Janeiro, a prefeitura proibiria aglomerações de pessoas, e o Campeonato seria suspenso por dois meses. Oficialmente, seriam registradas 14.348 mortes pela gripe no Rio de Janeiro, das quais 24 de sócios do Fluminense - um deles o atacante Archibald French, que faleceria em 29 de outubro, tendo feito neste Fla-Flu o último jogo de sua carreira. O Fluminense confirmaria matematicamente o bicampeonato na partida seguinte, contra o Mangueira (vide 8 de dezembro).

1929: em jogo válido pelo returno do Campeonato Carioca, na rua Paysandu, o Fluminense derrotou o anfitrião Flamengo por 1 a 0, graças ao gol do ponteiro-direito Ripper, no primeiro tempo. O placar só não foi maior devido à ótima atuação do goleiro rubro-negro Pinheiro, que efetuou ao todo 29 defesas.

1935: em partida disputada no Estádio de Laranjeiras, válida pelo segundo turno do Campeonato Carioca, o Fluminense ganhou por 4 a 0 da Portuguesa da Ilha, com gols de Orozimbo, Russo e Sobral (dois).

1946: em jogo válido pelo returno do Campeonato Carioca, no campo da rua Conselheiro Galvão, o Fluminense ganhou por 6 a 3 do Madureira. Os gols tricolores na partida foram de Rodrigues Tatu (dois, um de falta e um de pênalti), Pascoal, Ademir Menezes, Simões e Orlando Pingo de Ouro. Em quatorze partidas na competição, o Fluminense acumulava dez vitórias e quatro derrotas. No Campeonato mais disputado da história, Fluminense, America, Botafogo e Flamengo terminariam empatados em pontos ganhos, e jogariam o Supercampeonato, no qual o Tricolor se sagraria campeão.

1956: em partida disputada no Estádio do Maracanã, válida pelo turno do Campeonato Carioca, o Fluminense venceu o Bonsucesso por 3 a 0, gols de Jair Francisco (dois) e Waldo.

1963: em jogo válido pelo returno do Campeonato Carioca, no Maracanã, o Fluminense ganhou por 3 a 0 do São Cristóvão, gols de Oldair (dois) e Manoel.

1973: em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, no Estádio do Maracanã, o Fluminense ganhou por 1 a 0 do Sport Recife, com um gol do centroavante Dionísio, aos 26 minutos do primeiro tempo.

1979: em jogo válido pelo terceiro turno do Campeonato Carioca, no Estádio do Maracanã, o Fluminense goleou o Bangu por 5 a 0, graças aos gols de Robertinho, Parraro (três) e Kléber. Curiosamente, estes seriam os três únicos gols de Parraro com a camisa do Fluminense.

1984: no Estádio Nacional de Seul, capital da Coréia do Sul, o Fluminense ganhou por 3 a 1 da Seleção de Camarões, e sagrou-se campeão do Torneio de Seul! Os gols da vitória tricolor foram marcados por Assis, Romerito e Washington, todos ainda no primeiro tempo do jogo. Fluzão, campeão em mais um continente!
Flagrante do jogo entre Fluminense e Seleção de Camarões, em Seul.
O troféu do Torneio de Seul.

1998: na décima e última rodada da primeira fase da Série B do Campeonato Brasileiro, o Fluminense empatou em 1 a 1 com o ABC, no Machadão, em Natal. O gol tricolor foi de Nelsinho (contra). O resultado encerrou a campanha de 2 vitórias, 5 empates e 3 derrotas, que rebaixou o Fluminense para a Série C, consumando uma tragédia inimaginável. Felizmente, a partir do ano seguinte, o Tricolor voltaria a trilhar caminhos de glória, sob o comando técnico de Carlos Alberto Parreira: "Aceito esse desafio pelo Fluminense. Sua grandeza, seu real propósito de se reorganizar, de comprovar que não há qualquer mácula na história em chegar a essa condição, desde que haja espírito para lutar e melhorar. Não faria isso por mais clube algum"

1999: em partida disputada no Estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica, válida pela Série C do Campeonato Brasileiro, o Fluminense venceu o Serra por 1 a 0, gol de Marco Brito, aos 44 minutos do segundo tempo. O Tricolor seguia na campanha do título, na jornada de retorno à elite do futebol nacional.

2001: em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, no Estádio Municipal de Juiz de Fora, o Fluminense ganhou por 2 a 1 do Botafogo, graças aos gols de Andjelkovic e Paulo César. O Botafogo marcou seu gol de honra nos acréscimos do segundo tempo, com Artur.

2004: em partida movimentada, válida pelo Campeonato Brasileiro, no Estádio Olímpico de Porto Alegre, o Fluminense venceu o Grêmio por 3 a 2. Os gols foram, na sequência, de Edmundo (Fluminense 1 a 0), Cláudio Pitbull (1 a 1), Roger Flores (Fluminense 2 a 1), Roberto Santos (2 a 2) e Ramon Menezes (Fluminense 3 a 2).

2010: em jogo válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Engenhão, o Fluminense perdeu por 3 a 0 para o Santos. Esta foi a primeira e seria a única derrota daquele time por mais de um gol de diferença na competição. Com 52 pontos ganhos em 28 jogos (15 vitórias, 7 empates e 6 derrotas), o Fluminense seguia na campanha que terminaria com a conquista do terceiro Brasileirão de sua história.

2012: em partida válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense ganhou por 1 a 0 do Botafogo, no Engenhão, graças ao gol de Fred, aos 27 minutos do segundo tempo. O Fluminense acumulava 62 pontos na tabela de classificação, com 18 vitórias, 8 empates e 2 derrotas, seguindo firme para conquistar o quarto Brasileirão de sua história.

****

Aniversariantes do dia:

Goldenir Cazanbon (1926), ponta-esquerda que integrou o elenco do Fluminense entre 1947 e 1948.

Leandro Eugênio Soares (1979), lateral-esquerdo que jogou no Fluminense em 2005, ano em que participou de três partidas da campanha vitoriosa no Campeonato Carioca.

PCFilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.